20 dicas para aumentar as vendas do seu negócio em 2021

Por: Raquel Lisboa

Mão de uma mulher carregando sacolas de compra para representar como aumentar as vendas.

Para aumentar suas vendas, você pode contar com as seguintes dicas:

  1. Analise o comportamento do público-alvo
  2. Observe a concorrência
  3. Tenha uma estratégia de preços
  4. Revise os processos internos e comerciais
  5. Aproxime o seu produto do cliente
  6. Atente-se à experiência do usuário
  7. Ofereça diferentes meios de pagamento
  8. Explore os diversos canais de marketing digital
  9. Dedique-se ao SEO
  10. Fique de olho na sazonalidade e aproveite as datas comemorativas
  11. Faça promoções e ofertas especiais
  12. Utilize técnicas de venda
  13. Não se esqueça dos gatilhos mentais
  14. Acompanhe as tendências do mercado
  15. Trabalhe o pós-venda e o relacionamento com o cliente
  16. Tenha um canal de atendimento
  17. Crie ações para recuperar consumidores antigos
  18. Use a tecnologia a seu favor
  19. Faça parceria com outras empresas ou lojas virtuais
  20. Expanda o mercado no qual você atua

Em tempos de crise — como a provocada pelo coronavírus em 2020 —, é necessário se reinventar. Lojistas, em meio às incertezas, buscam descobrir como aumentar as vendas para manter a sustentabilidade do negócio.

Entretanto, são muitos os que esquecem que há passos básicos que podem ser revisados e aprimorados a qualquer momento — e não somente em períodos de instabilidade econômica.

A premissa para aumentar as vendas da sua loja virtual é estar de olho em tudo que acontece não só dentro do seu nicho de mercado, mas fora dele também.

📹Veja também: Como aumentar suas vendas online?

Conhecer seus consumidores, sua concorrência e as melhores técnicas de vendas são só alguns passos. Logo, pensando em te ajudar nesta tarefa, criamos uma lista com 20 dicas para garantir o sucesso da sua marca ao vender pela internet.

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Papel e caneta na mão? Então, vamos começar! As 20 dicas para aumentar as suas vendas são:

1. Analise o comportamento do público-alvo

Definir o público-alvo é um dos primeiros passos a serem dados por quem está criando uma marca. Contudo, o comportamento dos consumidores pode se transformar com o passar do tempo. Assim, outro detalhe importante a se analisar é o que os seus potenciais clientes têm procurado na internet.

No início da pandemia do Coronavírus, por exemplo, foi comum vê-los buscando por novas informações no YouTube. Alguns temas — como “refeições rápidas” —, segundo o Think With Google, tiveram um crescimento de 45% se comparado ao ano anterior. Outros assuntos em alta foram “home office”, “redução de estresse” e “exercício em casa”.

Logo, se a sua marca tivesse produtos relacionados a esses tópicos ou a outros que foram constantemente procurados, uma boa ideia seria investir em marketing no YouTube para atrair leads qualificados.

Para explorar novas temáticas, utilize ferramentas como o Google Trends, o Planejador de palavras-chave do Google e o Ahrefs.

💡 Saiba mais: O que é persona e como criar uma para o seu negócio?

2. Observe a concorrência

Será que as lojas do seu nicho de mercado estão abaixando ou aumentando os preços? Fazer a análise da concorrência pode parecer um pouco invasivo, mas se faz necessário para criar estratégias mais competitivas.

Portanto, observe os tipos de vendas que realizam, a configuração dos sites, os preços e as promoções, tal como as páginas de checkout. Se possível, realize compras para testar e entender melhor quais formas de pagamento e de entrega estão sendo disponibilizadas.

Além disso, entre em contato com o atendimento para constatar se há demora na resposta ou se novas informações estão sendo compartilhadas.

Esse tipo de acompanhamento te ajuda a pensar “fora da caixa” e compreender, junto ao comportamento do seu público-alvo, quais das necessidades dele ainda não foram supridas e podem ser desenvolvidas por você.

Para descobrir como vistoriar o mercado com ferramentas eficazes, acesse o nosso curso gratuito sobre o assunto.

👉 Curso grátis: Como monitorar a concorrência e precificar produtos?

3. Tenha uma estratégia de preços

Totalmente relacionada à análise dos concorrentes está a estratégia de preços de uma empresa. Também conhecida como pricing, ela garante que a sua loja chegue ao custo ideal de cada produto, tendo como base o equilíbrio entre o valor da oferta com relação aos concorrentes e à demanda vinda dos clientes.

Para isso, é importante entender sobre inteligência de mercado e alguns conceitos de precificação de produtos, como custos variáveis, regime tributário da empresa, margem de lucro e margem de contribuição.

Quer conferir mais algumas dicas sobre isso? Então, confira o vídeo que fizemos com a Fabielle Bacelar, fundadora da Apreço, um aplicativo que te ajuda a precificar seus produtos de forma prática:

Também criamos uma planilha de precificação para facilitar o cálculo de preços, considerando  custos fixos, variáveis e a margem de lucro que você deseja atingir.

💡 Saiba mais: O que é estratégia competitiva e como definir a da sua empresa?

4. Revise os processos internos e comerciais

Para qualquer estratégia de vendas de sucesso, é importante ter foco e processos internos bem alinhados. Por isso, você deve revisar todas as etapas que permeiam a jornada de compra do cliente, desde o primeiro contato com a sua loja virtual até que ele receba, de fato, a mercadoria em sua residência.

Entenda quais são os principais pontos desse caminho e como sua equipe — ou você mesmo — está lidando com as principais dores encontradas dentro do processo. Assim, será possível listar pontos positivos e de melhoria dentro da sua operação.

Uma ótima ferramenta para isso é a análise SWOT, que identifica oportunidades e ameaças para o seu negócio dentro do ramo em que atua.

5. Aproxime o seu produto do cliente

Apesar de estar cada vez mais presente na vida das pessoas, os sites de compras online ainda geram receio em parte dos consumidores. E o principal motivo para isso é a falta de contato com a mercadoria antes da decisão de compra. Por isso, é importante que você aproxime o seu produto do cliente que está prestes a comprá-lo.

Uma dica simples para fazer isso é caprichar nas fotos e na descrição de cada item que você vai vender na sua loja. Tente dar o máximo de detalhes possíveis, como dimensões, material, fabricante, entre outras coisas. Veja o exemplo da Boreal Joias:

Mockup de celular com print de um produto da loja Boreal Joias para representar como aumentar as vendas de uma loja virtual.

Mockup de celular com print da descrição de um produto da loja Boreal Joias para representar como aumentar as vendas de uma loja virtual.

Mockup de celular com print da tabela de medida de anéis da loja Boreal Joias para representar como aumentar as vendas de uma loja virtual.

Uma outra opção, mais comum em lojas de roupas e calçados, é disponibilizar um provador virtual ao cliente. Assim, por meio de informações como peso, altura e medidas, essa inteligência artificial encontra a peça ideal que ele deve comprar.

Mockup com print do provador virtual da Zattini para representar um exemplo de como aumentar as vendas.

6. Atente-se à experiência do usuário

Garantir uma boa experiência ao usuário que navega pelo seu e-commerce é fundamental para gerar mais conversões. Isso porque um site organizado, intuitivo e visualmente agradável torna-se um canal de venda muito mais convidativo para a compra do que outro cheio de erros e dificuldades na jornada de compra.

Assim, tanto no desktop quanto no mobile, é preciso ter a certeza de que todas as informações podem ser visualizadas e acessadas de maneira simples pelo consumidor que entra na sua loja virtual.

Empresas que utilizam a plataforma da Nuvemshop, por exemplo, têm uma preocupação a menos quando o assunto é navegabilidade e responsividade. Ao escolher o layout da sua loja, o próprio sistema já adapta o seu e-commerce para rodar facilmente em todos os formatos de dispositivos móveis, como tablets e celulares.

Crie sua loja virtual
Testar 30 dias grátis

7. Ofereça diferentes meios de pagamento

Aumentar as opções do seu cliente é sempre uma boa alternativa para vender mais, uma vez que isso passa a sensação de mais autonomia durante o processo de compra pela internet. Nesse sentido, oferecer diferentes meios de pagamento pode influenciar diretamente na sua taxa de conversão.

No Brasil, os meios de pagamento mais utilizados pelos consumidores são o cartão de crédito e o boleto bancário. Mas o Pix também vem ganhando preferência, já que a empresa recebe o dinheiro na hora, adiantando também o envio da mercadoria. Nesse caso, você pode disponibilizar um QR Code (através de um gerador de QR Code) que direciona o cliente diretamente para o aplicativo do seu banco de preferência.

Para ter mais facilidade e segurança nos pagamentos e recebimentos da sua loja virtual, uma alternativa é optar pelo uso dos gateways de pagamento, sistemas responsáveis por conectar e transferir dados entre os usuários e os bancos, operadoras de cartão de crédito etc.

💡 Saiba mais: Como funciona um gateway de pagamento?

8. Explore os diversos canais de marketing digital

Ações de marketing podem ser feitas em diversos canais — como blog, e-mail marketing, redes sociais — e formatos — vídeos, imagens e/ou textos. Independentemente do meio, os objetivos principais devem ser engajar o público-alvo e posicionar a sua loja virtual.

O blog corporativo, por exemplo, serve como canal para compartilhar conteúdos informativos que dizem respeito à sua marca ou ao nicho em que ela está inserida. Por exemplo, se você vende acessórios de moda, é interessante desenvolver artigos que abordam dicas de como usá-los em diferentes ocasiões.

Além disso, no blog, também é possível linkar vídeos do YouTube para disponibilizar tópicos ricos em multimídia.

Outra estratégia é a de divulgar os artigos em newsletters, o que nos leva a um segundo canal: o e-mail marketing. Nesse caso, o ideal é nutrir sua base de contatos e utilizar essa ferramenta tanto para promover conteúdos como para divulgar ofertas e cupons de desconto. Caso você ainda não o faço, descubra todos os passos neste e-book gratuito:

👉 E-book: Como fazer e-mail marketing: um guia para começar

Por fim, as redes sociais são indicadas para se aproximar do público-alvo e, consequentemente, aumentar as vendas. De acordo com o NuvemCommerce 2021, cerca de 35% das conversões de 2020 foram provenientes dessas mídias — e 87% delas foram somente pelo Instagram!

Se quiser se aprofundar no assunto e conhecer 5 passos do marketing digital para iniciantes, assista ao vídeo abaixo:

9. Dedique-se ao SEO

Ainda dentro do universo do marketing digital, a jornada de compra pode iniciar de diferentes maneiras, mas a mais comum tem sido por meio de pesquisas orgânicas — quando o usuário busca por produtos e/ou serviços em mecanismos como o Google.

Antes mesmo de ser lojista, você, como consumidor, com certeza já realizou esse tipo de pesquisa, certo? Seja porque o carregador do celular pifou, o colchão da cama ficou velho ou qualquer outro item que precisou ser substituído — ou também, simplesmente, porque você queria adquirir um objeto novo, como uma cafeteira elétrica.

Agora reflita: quais dos resultados você acessou? É bem provável que a resposta seja “os do topo da primeira página do Google”.

Por isso, dedicar-se à otimização da sua loja virtual, a partir de técnicas de SEO para e-commerce (Search Engine Optimization), deve ser uma das principais estratégias do seu negócio ao pensar em como aumentar as vendas. Afinal, quanto mais próximo da primeira posição, maiores são as chances de cliques e, consequentemente, de conversões.

Assim, para aparecer em posições favoráveis a médio prazo — porque um bom ranqueamento não acontece “da noite para o dia” —, é necessário cuidar dos títulos, das descrições e das URLs de todos os seus produtos. Para isso, use palavras-chave que tenham relação com o seu nicho.

Por exemplo, se você vende álcool, seja mais específico e descreva-o como “álcool em gel”, “álcool em gel antisséptico”, “álcool 70”, “álcool perfumado” etc, dependendo das variações disponibilizadas pela sua marca.

No vídeo abaixo, entenda mais sobre essa e outras técnicas para aumentar suas vendas com o marketing digital sem gastar muito dinheiro:

10. Fique de olho na sazonalidade e aproveite as datas comemorativas

Aproveitar os períodos de sazonalidade e datas comemorativas é mais uma dica interessante para quem quer saber como aumentar as vendas. Algumas delas já são bem conhecidas pelos brasileiros, como Dia dos Namorados, Black Friday e Natal. Mas você sempre pode inovar.

Se você trabalha com comidas saudáveis congeladas, por exemplo, que tal aproveitar o Dia da Saúde e Nutrição (31 de março) para uma ação diferenciada com seus clientes? Ou, então, se você é uma marca de moda praia, pode pegar o gancho do início do verão para anunciar a nova coleção da sua loja.

Quer mais insights de datas comemorativas importantes para o comércio? Então baixe o nosso Calendário Comercial 2021!

11. Faça promoções e ofertas especiais

Ainda aproveitando a sazonalidade, outra ideia interessante é oferecer descontos aos seus clientes. Isso porque, nas vendas online, vouchers, cupons e frete grátis podem ser grandes incentivos para o consumidor que estava planejando uma compra sem tanta urgência.

Além disso, é comum encontrar empresas que optam por promoções no final do mês justamente como uma estratégia para chegar mais próximo da meta de venda estipulada para o período.

Por exemplo, se você tem uma loja de sapatos, pode criar uma campanha no estilo “leve 3 e pague 2”, oferecendo de graça o produto de menor valor para quem vai comprar três itens no seu site.

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

12. Utilize técnicas de venda

Para aumentar o ticket médio da sua loja virtual, existem técnicas de vendas, como a cross-selling e a upselling, que podem te auxiliar! 💰

Cross-selling — ou “venda cruzada” — é quando se oferece ao cliente produtos relacionados ao que ele deseja comprar. Por exemplo, se um tênis for adicionado ao carrinho, você pode indicar meias e shorts de ginástica.

Contudo, lembre-se de que, para surtir efeito, é importante que os produtos complementares tenham valores mais baixos que o principal. Brindar descontos para o combo também pode ser bastante efetivo.

Na plataforma da Nuvemshop, temos um app específico para cross-selling na nossa Loja de Aplicativos. Para saber mais sobre, acesse o Kit de Produtos.

upselling é a técnica que busca induzir o consumidor a fazer um upgrade de produto. Por exemplo, se ele adicionou um tênis de uma marca popular ao carrinho, você pode indicar um tênis top de linha com um desconto bem atrativo.

💡 Saiba mais: Como aplicar cross selling e up selling no e-commerce?

📹 Veja também: Técnicas para fazer vendas que convertem muito!
 

13. Não se esqueça dos gatilhos mentais

Gatilhos mentais são comportamentos adotados por seres humanos quando estes são expostos a determinadas situações, imagens, sons e textos. Na psicologia do consumo, eles são utilizados para estimular o desejo de compra no consumidor. Alguns exemplos são os gatilhos mentais de prova social, de urgência e escassez.

O primeiro relaciona-se a comentários positivos para promover novas vendas. Uma maneira de usá-lo no seu e-commerce é expor na home do site — ou até mesmo nas redes sociais — depoimentos de clientes já fidelizados sobre os seus produtos. Esse tipo de ação gera mais confiança nas pessoas que estão conhecendo agora a sua loja virtual.

Já os gatilhos mentais de urgência e escassez são muito utilizados para gerar a necessidade de compra no consumidor e ambos estão diretamente relacionados à questão do tempo. Por exemplo, uma promoção que dura somente até o fim do mês ou a edição limitada de um produto.

💡 Saiba mais: Como usar gatilhos mentais para aumentar as vendas?

14. Acompanhe as tendências do mercado

Como o mercado está em constante transformação, é importante observar o que está em alta para utilizar as melhores estratégias e aumentar as vendas do seu site.

Um exemplo que está entre os destaques de 2020 — mas que, na verdade, já vinha crescendo desde o ano anterior — é o de fretes alternativos para e-commerce. Antes, falava-se muito sobre os tipos de envios dos Correios (PAC, Sedex 10, 12 etc) e pouco sabíamos sobre transportadoras.

No entanto, com a necessidade de entregas mais ágeis, baratas e, até mesmo, para produtos maiores, como móveis e eletrodomésticos, os meios de entrega alternativos e os gateways de frete foram ganhando muito espaço.

Como reflexo dessa popularização, só em 2019, foi possível notar uma queda de 7 pontos percentuais dos Correios como meios de envio das lojas Nuvemshop. Por isso, vale a pena buscar soluções diferenciadas, como a Loggi e a Mandaê, e hubs que ofereçam condições e valores mais competitivos, como a Kangu, o Melhor Envio e a Frenet — disponíveis na nossa Loja de Aplicativos.

E, para seguir se atualizando sobre as tendências do mercado, indicamos o portal Think With Google e, claro, o Blog da Nuvemshop.

15. Trabalhe o pós-venda e o relacionamento com o cliente

Engana-se quem acredita que uma venda online termina assim que o cliente recebe a mercadoria em sua casa. Na verdade, o pós-venda e o relacionamento com esse consumidor são etapas de venda fundamentais para a fidelização e a recorrência das compras.

Por isso, é preciso realizar o acompanhamento da venda, monitorar a satisfação do comprador e nutrir esse cliente com novas ofertas e novidades que estão chegando no seu e-commerce.

Recadinhos no aniversário e em outras datas especiais, como Dia das Mães ou Dia dos Pais, também são bem vistos e ajudam a estreitar a relação.

💡 Saiba mais: 7 melhores estratégias sobre como fidelizar clientes

16. Tenha um canal de atendimento

Dúvidas, sugestões e reclamações são comuns em qualquer relação de compra e venda, mas, quando falamos do mundo do e-commerce, isso torna-se ainda mais frequente. O principal motivo é, mais uma vez, a impossibilidade de um contato físico com o produto antes da decisão de compra.

Por isso, ter um canal de atendimento disponível para o cliente é um grande diferencial competitivo, que pode melhorar muito a sua taxa de conversão de vendas.

Seja por chatbot, pelo inbox do Instagram ou pelo próprio WhatsApp, vale a pena tirar alguns momentos do seu dia ou ter uma pessoa dedicada só para essa função.

💡 Saiba mais: Atendimento ao cliente: o que é, dicas e métricas para melhorá-lo

17. Crie ações para recuperar consumidores antigos

Sabe aquele cliente que comprou de você há um tempo e depois não voltou mais para a sua loja virtual? Isso pode ter acontecido por diversos motivos. Nesse contexto, cabe a você, entender qual é ele — insatisfação com o produto, falta de dinheiro, falta de necessidade, pouca lembrança de marca etc.

Algumas das estratégias que já falamos acima podem ser interessantes também para recuperar consumidores antigos, como campanhas sazonais ou promoções. Que tal oferecer um cupom com 20% de desconto para os clientes que realizaram uma compra no seu site há mais de 6 meses?

💡 Saiba mais: Como usar cupom de desconto?

Uma ação como essa via e-mail marketing, por exemplo, além de gerar lembrança de marca, pode funcionar como um gatilho para que a pessoa aproveite esse desconto exclusivo.

18. Use a tecnologia a seu favor

A tecnologia veio para facilitar e agilizar processos. Quando falamos em aumentar as vendas da sua loja virtual, não seria diferente. Existem algumas ferramentas para e-commerce que podem servir como boas aliadas na hora de impulsionar o seu negócio. Como exemplo disso temos o CRM e o ERP.

O CRMCustomer Relationship Management — é um software de gestão de relacionamento utilizado para acompanhar a jornada de compra do cliente. Com ele, é possível entender os hábitos de consumo de cada comprador na sua loja, além de agregar mais produtividade à sua operação e te ajudar a vender mais e melhor.

Já o ERPEnterprise Resource Planning ou, em português, planejamento de recursos empresariais — serve para que os profissionais de uma empresa possam registrar e gerir todas as informações fundamentais do negócio, como controle de estoque, emissão de notas fiscais etc. Para saber mais sobre esse sistema, assista ao vídeo:

19. Faça parceria com outras empresas ou lojas virtuais

Trabalhar com parcerias é uma boa oportunidade de conquistar mais vendas. Isso porque os clientes de outras lojas virtuais passam a te conhecer também. Nesse sentido, entra em cena o co-marketing.

Trocar artigos de blog, gravar um vídeo juntos para o Youtube ou enviar uma newsletter especial para a base de leads da outra empresa são ideias interessantes para começar. No caso de estratégias mais avançadas, você pode oferecer descontos e condições especiais para quem já compra do seu parceiro.

Outra possibilidade de parceria é criar para o seu e-commerce um programa de afiliados, no qual os vendedores se cadastram e, por meio de códigos exclusivos, podem vender para você. Portanto, cada um deles vai cuidar e planejar suas próprias estratégias de divulgação e captação de clientes.

💡 Saiba mais: O que é marketing de afiliados e como funciona essa estratégia?

20. Expanda o mercado no qual você atua

Por fim, uma última dica para aumentar as vendas da sua loja é expandir o mercado no qual você atua, ou seja, oferecer novos produtos e serviços.

Para enxergar e reconhecer essas oportunidades, é preciso estar de olho em todos os pontos anteriores que falamos até aqui, como análise dos concorrentes, observação das tendências, revisão dos processos internos etc.

Além de ter mais opções para o cliente comprar, isso também pode fazer com que a sua marca ganhe cada vez mais alcance, peso e importância dentro do seu ecossistema.

💡 Saiba mais: Quando e como expandir o meu negócio?

Resumo

E aí, encontrou soluções para a sua dúvida de como aumentar as vendas do seu e-commerce? Esperamos que essas dicas tenham te ajudado a se preparar melhor!

Por isso, antes de terminar, preparamos um resumo para recordar tudo que falamos por aqui. E, caso queira encontrar outras estratégias, indicamos a categoria Negócio do Blog da Nuvemshop.

O que fazer para aumentar as vendas?

  1. Analise o comportamento do público-alvo
  2. Observe a concorrência
  3. Tenha uma estratégia de preços
  4. Revise os processos internos e comerciais
  5. Aproxime o seu produto do cliente
  6. Atente-se à experiência do usuário
  7. Ofereça diferentes meios de pagamento
  8. Explore os diversos canais de marketing digital
  9. Dedique-se ao SEO
  10. Fique de olho na sazonalidade e aproveite as datas comemorativas
  11. Faça promoções e ofertas especiais
  12. Utilize técnicas de venda
  13. Não se esqueça dos gatilhos mentais
  14. Acompanhe as tendências do mercado
  15. Trabalhe o pós-venda e o relacionamento com o cliente
  16. Tenha um canal de atendimento
  17. Crie ações para recuperar consumidores antigos
  18. Use a tecnologia a seu favor
  19. Faça parceria com outras empresas ou lojas virtuais
  20. Expanda o mercado no qual você atua

Ah, e se você está pensando em vender pela internet, aproveite e teste a Nuvemshop por 30 dias gratuitos. Afinal, de nada adianta preparar uma lista de ações e não ter uma plataforma de e-commerce que comporte tudo o que você deseja alcançar, não é mesmo? Estamos te esperando! 💙

Aqui você encontra:

Faça como +90 mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Testar 30 dias grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop

Quer mudar de vida vendendo pela internet?

Crie agora sua loja virtual com a Nuvemshop e venda de maneira profissional.

Criar minha loja

Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies