Como aumentar as vendas da sua loja virtual em 2020?

Por: Raquel Lisboa
Como aumentar as vendas da sua loja virtual em 2020?

Aqui você encontra:

Em tempos de crise — como a provocada pelo coronavírus em 2020 —, é necessário se reinventar. Lojistas, em meio às incertezas, buscam descobrir como aumentar as vendas para manter a sustentabilidade do negócio.

Entretanto, são muitos os que esquecem que há passos básicos que podem ser revisados e aprimorados a qualquer momento (e não somente em períodos de instabilidade econômica).

Logo, pensando em te ajudar nesta tarefa, criamos uma lista com sete dicas para garantir o sucesso da sua marca. Vamos conhecê-la? 😉

1. Analise o comportamento do público-alvo

Definir o público-alvo é um dos primeiros passos a serem dados por quem está criando uma marca. Contudo, o comportamento dos consumidores pode se transformar com o passar do tempo, especialmente em momentos de crise.

Por isso, seguir acompanhando-os de perto é essencial para o bom funcionamento do seu negócio. Em fases de instabilidade, é provável que o seu público-alvo priorize determinados produtos e, até mesmo, faixas de preços que estão dispostos a pagar.

Assim, promoções e frete grátis podem chamar a atenção e gerar mais conversões.

Outro detalhe importante a se analisar é o que os seus (potenciais) clientes têm procurado na internet.

Neste período do coronavírus, por exemplo, é comum vê-los buscar por novas informações no YouTube. Há temas — como “refeições rápidas” — que, segundo o Think With Google, teve um crescimento de 45% se comparado ao ano passado. Outros assuntos em alta são “home office”, “estude comigo”, “redução de estresse” e “exercício em casa”.

Logo, se a sua marca tem produtos relacionados a esses tópicos ou a outros que estão sendo constantemente procurados, pode ser uma boa ideia investir em marketing no YouTube — caso você ainda não o faça — para atrair leads qualificados.

Para explorar temáticas, utilize ferramentas como o Google Trends e o Ahrefs. E para entender mais sobre como analisar o comportamento do seu público-alvo, ouça o nosso podcast gratuito sobre persona e JTBD:

2. Observe a concorrência

Será que as lojas concorrentes estão abaixando ou aumentando os preços?

Monitorar outras marcas do seu nicho pode parecer um pouco invasivo, contudo, se faz necessário para criar estratégias mais competitivas.

Portanto, observe a configuração dos sites, os preços e as promoções, tal como os checkouts. Se possível, realize compras para testar e entender melhor quais formas de pagamento e de entrega estão sendo disponibilizadas.

Além disso, entre em contato com o atendimento para constatar se há demora na resposta ou se novas informações sendo compartilhadas.

Esse tipo de acompanhamento te ajuda a pensar “fora da caixa” e compreender, junto ao comportamento do seu público-alvo, quais das necessidades dele ainda não foram supridas e podem ser desenvolvidas por você.

Para descobrir como vistoriar o mercado com ferramentas eficazes, acesse o nosso curso gratuito sobre o assunto:

3. Dedique-se ao SEO

A jornada de compra pode iniciar de diferentes maneiras, mas as mais comuns têm sido por meio de pesquisas orgânicas (quando o usuário busca por produtos e/ou serviços em mecanismos como o Google) e de redes sociais.

Como falaremos de mídias em breve, foquemos nas buscas realizadas no Google, que geralmente são incentivadas pelo desejo consciente do cliente de adquirir um artigo.

Antes mesmo de ser lojista, você, como consumidor, com certeza já realizou esse tipo de pesquisa, certo? Seja porque o carregador do celular pifou, o colchão da cama ficou velho ou por qualquer outro item que precisou ser substituído (ou simplesmente porque você queria adquirir um objeto novo, como uma cafeteira elétrica).

Agora reflita: quais dos resultados você acessou? É bem provável que a resposta seja “os do topo da primeira página do Google”.

Por isso, dedicar-se à otimização da sua loja virtual, a partir de técnicas de SEO (Search Engine Optimization), deve ser uma das principais estratégias do seu negócio ao pensar em como aumentar as vendas. Afinal, quanto mais próximo da primeira posição, maiores são as chances de cliques e, consequentemente, de conversões.

Assim, para aparecer em posições favoráveis a médio prazo (porque um bom ranqueamento não acontece “da noite para o dia”), é necessário cuidar dos títulos, das descrições e das URLs dos produtos. Para isso, use palavras-chave que tenham relação com o seu nicho.

Por exemplo: se você vende álcool, seja mais específico e descreva-o como “álcool em gel”, “álcool em gel antisséptico”, “álcool 70”, “álcool perfumado” etc, dependendo das variações disponibilizadas pela sua marca. Para aprender outras dicas de SEO, leia este artigo:

4. Utilize técnicas de venda

Para aumentar o ticket médio da sua loja virtual, existem técnicas de venda, como a cross-selling e a upselling, que podem te auxiliar! 💰

Cross-selling — ou “venda cruzada” — é quando se oferece ao cliente produtos relacionados ao que ele deseja comprar. Por exemplo: se um tênis for adicionado ao carrinho, você pode indicar meias e shorts de ginástica.

Contudo, lembre-se de que, para surtir efeito, é importante que os produtos complementares tenham valores mais baixos que o principal. Brindar descontos para o combo também pode ser bastante efetivo.

Na Nuvemshop, temos um app específico para cross-selling na nossa Loja de Aplicativos. Para saber mais sobre, acesse Compre Junto.

upselling é a técnica que busca induzir o consumidor a fazer um upgrade de produto. Por exemplo: se ele adicionou um tênis de uma marca popular ao carrinho, você pode indicar um tênis top de linha com uma desconto atrativo.

Bacana, não? Essas são duas das muitas técnicas de venda que você pode utilizar. No curso gratuito abaixo, conheça outras:

5. Não se esqueça dos gatilhos mentais

Gatilhos mentais são comportamentos adotados por seres humanos, quando estes são expostos a determinadas situações, imagens, sons e textos.

Na psicologia do consumo, eles são utilizados para estimular o desejo de compra no consumidor. Os mais aplicados em momentos de crise são os de prova social e de storytelling.

O primeiro relaciona-se a comentários positivos para promover novas vendas. Uma maneira de usá-lo no seu e-commerce é a de expor na home do site (ou até mesmo nas redes sociais) depoimentos (de clientes já fidelizados) sobre os seus produtos.

Esse tipo de ação gera mais confiança nos leads que estão conhecendo a sua loja virtual.

Por outro lado, o segundo gatilho mental, o de storytelling, tem como objetivo gerar identificação e conexão entre a sua marca e o público-alvo. Isso pode ser feito através do compartilhamento de histórias (em textos e/ou vídeos) que dizem respeito à sua equipe e à criação dos seus produtos, por exemplo.

Para descobrir outros doze gatilhos mentais, confira a lista a seguir:

6. Aproveite os canais de marketing

Ações de marketing podem ser feitas em diversos canais (blog, e-mail marketing e redes sociais) e formatos (vídeos, imagens e/ou textos). Independentemente do meio, os objetivos principais devem ser engajar o público-alvo e posicionar a sua loja virtual.

O blog corporativo, por exemplo, serve como canal para compartilhar conteúdos informativos que dizem respeito à sua marca e/ou ao nicho em que ela está inserida. Por exemplo: se você vende acessórios de moda, é interessante desenvolver artigos que abordem dicas de como usá-los em diferentes ocasiões.

Além disso, no blog, é possível linkar vídeos do YouTube — caso você tenha um canal por lá (conforme foi sugerido no primeiro ponto desta lista) — para disponibilizar tópicos ricos em multimídia.

Outra estratégia é a de divulgar os artigos em newsletters — o que nos leva a um segundo canal: o e-mail marketing.

O e-mail marketing é ideal para nutrir sua base — desde leads a clientes já fidelizados. É uma ferramenta utilizada tanto para promover conteúdos (conforme sugerido acima), como para divulgar ofertas e cupons de desconto. Caso você ainda não o faço, descubra todos os passos neste e-book gratuito:

Por fim, as redes sociais são indicadas para se aproximar do público-alvo e, consequentemente, aumentar as vendas. De acordo com o NuvemCommerce 2020, cerca de 25% das conversões de 2019 foram provenientes das mídias — e 75% delas foram pelo Instagram!

Pensando em te ajudar com isso, temos um guia completo sobre como vender pelo Instagram. Nele, você encontra dicas sobre funcionalidades como Instagram Stories, IGTV, Instagram Shopping e Instagram Ads. Não deixe de estudá-lo:

7. Acompanhe as tendências do mercado

O mercado está em constante transformação, principalmente em tempos de crise. Portanto, é importante observar o que está em alta para utilizar as melhores estratégias e aumentar as vendas do seu site.

Um dos destaques de 2020 — mas que, na verdade, já vinha crescendo desde o ano passado — é o de fretes alternativos para e-commerce. Antes, falava-se muito sobre Correios e suas opções disponíveis (PAC, Sedex 10, 12 etc) e pouco sabíamos sobre transportadoras.

No entanto, com a necessidade de entregas mais ágeis, baratas e, até mesmo, para produtos maiores, como móveis e eletrodomésticos, os meios de entrega alternativos foram ganhando espaço no mercado. 🚚

Como reflexo dessa popularização, em 2019, foi possível notar uma queda de 7 pontos percentuais dos Correios no share de frete das lojas Nuvemshop.

Por isso, vale a pena buscar meios diferenciados, como a Loggi e a Mandaê, e hubs que ofereçam condições e valores mais competitivos, como o Melhor Envio e a Frenet — disponíveis na nossa Loja de Aplicativos.

E para seguir se atualizando sobre as tendências do mercado, indicamos o portal Think With Google e, claro, o Blog da Nuvemshop.

Bônus: vídeo sobre como aumentar as vendas

Para recapitular alguns dos tópicos citados anteriormente, bem como para te apresentar alguns insights extras sobre como aumentar as vendas de uma loja virtual, preparamos este vídeo para você:

E aí, encontrou soluções para a sua dúvida sobre como aumentar as vendas em tempos de crise, certo?

Esperamos que estas dicas tenham te ajudado a se preparar melhor. Caso queira encontrar outras estratégias, indicamos a categoria Negócio do Blog da Nuvemshop.

Ah, e se você está pensando em vender pela internet, aproveite e teste a Nuvemshop por 30 dias gratuitos. Afinal, de nada adianta preparar uma lista de ações e não ter uma plataforma de e-commerce que comporte tudo o que você deseja alcançar, não é mesmo? Estamos te esperando! 💙

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Faça como +60mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Testar 30 dias grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop

Sabemos que migrar sua loja não é uma decisão simples.

Descubra os benefícios e facilidades que a Nuvemshop oferece exclusivamente para migrações.

Saiba mais sobre a migração