O que é Lean Canvas e como estruturar o do seu novo negócio?

Por: Paola Perroti
O que é Lean Canvas e como estruturar o do seu novo negócio?

Aqui você encontra:

Se você pensa em empreender e tem uma ideia de negócio em mente, precisa começar a estruturá-lo para colocar o plano em prática e mostrá-lo ao mundo! 🌎 E é nesse contexto que o Lean Canvas pode te ajudar.

Não faz muito tempo que, para começar um negócio e levar seu projeto adiante, era preciso montar um plano de negócios de forma detalhada e levá-lo a investidores e especialistas que validariam o projeto. Esse processo poderia levar até um ano, entre coleta de informações, projeções de lucro e análise de riscos.

Por sorte, existem novas metodologias que aceleram esse processo, como é o caso do Lean Canvas. Então, vamos conhecer esse formato de apresentação de um plano de negócios, além de um modelo de Lean Canvas. Portanto, ao trabalho! 💪

O que é Lean Canvas?

O Lean Canvas é uma forma de apresentação de um novo negócio. Ele é uma espécie de tabela em que o empreendedor indica os principais aspectos de sua ideia de empreendimento.

No passado, a quantidade de tempo dispensada antes mesmo de uma empresa ganhar vida fez com que o teórico Alexander Osterwalder  desenvolvesse, em 2005, uma forma mais rápida e simples de organizar e apresentar uma ideia: o Business Model Canvas, composto de alguns poucos pilares.

Não muito tempo depois, em 2010, o empreendedor Ash Maurya aperfeiçoou a tabela anterior e lançou o Lean Canvas em seu livro “Comece sua startup enxuta: Aprenda a aplicar a metodologia Lean em seu (novo) negócio”.

Esse novo modelo possui aspectos semelhantes ao do Business Model Canvas, porém é mais prático e objetivo, trazendo agilidade ao empreendedor. Seu foco fica nas soluções que a nova empresa vai trazer aos problemas dos potenciais clientes.

De acordo com Luiz Eduardo Buccos, coordenador dos cursos para executivos na Digital House, se em um plano de negócios tradicional era necessário detalhar informações como quantas pessoas se encaixam no perfil do segmento desejado e a condição socioeconômica de cada uma, no Lean Canvas você só precisa de uma simples definição de comportamento. Por isso, esse modelo é bastante indicado para startups que ainda estão na fase de testes e hipóteses.

Como preencher o Lean Canvas?

O Lean Canvas utiliza nove pilares que são dispostos em blocos em uma única folha de papel. Afinal, seu propósito é economizar recursos e tempo. As partes guiam você por etapas lógicas, começando com os problemas do seu cliente até a vantagem injusta, tema no qual vamos nos aprofundar mais adiante, da sua nova empresa.

Modelo com a tabela do Lean Canvas

Abaixo, descubra quais são cada um desses pilares, em que ordem preenchê-los de forma mais lógica para o novo negócio e como usá-los para estruturar seu empreendimento:

1. Problema

Neste bloco, é preciso descrever de um a três problemas prioritários que seu segmento de consumidores pode ter e que precisam de solução. Sem isso para oferecer, você não terá um produto ou serviço para sua empresa.

2. Segmento de clientes

Esse bloco está intrinsecamente ligado ao anterior. É preciso definir quem são os clientes da sua empresa e como eles podem ser organizados em categorias, de acordo com seus perfis.

Se você tiver mais de um segmento, faça um Lean Canvas diferente para cada um deles. Por exemplo, se você tem dois públicos muito distintos, sendo um deles de meninos adolescentes, de 13 a 18 anos, e outro homens acima de 50 anos, é uma boa ideia fazer um documento para cada um.

Mantenha em mente que, sem esse tópico, você não conseguirá pensar em um problema e vice-versa.

3. Proposta de valor única

No centro do seu Canvas está a Proposta de valor única. Ali, é preciso descrever o principal motivo pelo qual seus clientes comprariam o seu produto, o que faz dele diferente e atrativo. Por que seu público deveria gastar tempo e dinheiro com a solução oferecida pela sua nova empresa? É isso que você deve escrever nesse campo.

4. Solução

De modo resumido, aqui o empreendedor deve apresentar quais são as funcionalidades ou produtos em si oferecidos. Não é necessário detalhar cada um deles, mas trazer uma ideia geral de como a proposta de valor única do tópico anterior será entregue ao público.

Encontrar a solução é o mesmo que encontrar a galinha dos ovos de ouro. Esse bloco não é o mais fácil de se preencher e pode levar um pouco mais de tempo que os outros. Isso porque, de acordo com Steve Blanks, conhecido empreendedor do Vale do Silício, é preciso buscar essa resposta fora do escritório, conversando com seus potenciais clientes, fazendo pesquisas e entendendo melhor qual solução é a esperada pelas pessoas.

5. Canais

Os canais são os meios pelos quais você pretende atingir seu público-alvo. Eles também são úteis para te ajudar a ensinar mais sobre o seu segmento. Você pode listar canais gratuitos e/ou pagos que pretende usar, como redes sociais, blog, artigos, e-mail marketing etc — qualquer meio em que seu público possa estar.

6. Fluxos de receita

O dinheiro precisa entrar para garantir a receita. Qual será o modelo da sua empresa? Período de teste grátis com assinatura posteriormente? Venda de produtos? Detalhe como o dinheiro vai entrar em seu caixa.

7. Estrutura de custos

Aqui, é preciso listar todos os custos operacionais que a empresa terá ao entrar oficialmente no mercado. É importante fazer uma estimativa de gastos fixos e variáveis — desde contas de luz e água a gastos com fornecedores e marketing digital.

8. Métricas-chave

Independentemente do tamanho ou pretensão do seu negócio, é preciso ter métricas-chave para monitorar sua performance. Por isso, nesse bloco é preciso descrever quais serão as principais ações e KPIs (Key Performance Indicators, ou indicadores-chave de performance) para avaliar e garantir a retenção de consumidores, além da geração de receitas.

9. Vantagem injusta

O último item é também considerado um dos mais difíceis de serem preenchidos no Lean Canvas.

A vantagem injusta refere-se ao que sua empresa tem como diferencial. Ou seja, é aquilo que não pode ser copiado ou comprado por outro negócio, como, por exemplo, uma equipe dos sonhos, apoio de especialistas ou os clientes já existentes.

Modelo de Lean Canvas

Para que você possa começar a estruturar seu futuro empreendimento, disponibilizamos um modelo desse documento em branco. Com esse exemplo de Lean Canvas, você pode fazer o download e preenchê-lo com suas ideias:

Pronto para criar seu documento?

Com o resumo deste artigo sobre o Lean Canvas, você está pronto para começar a desenhar e estruturar o seu negócio. Mantenha em mente que você talvez não acertará de primeira e precisará refinar suas ideias para testá-las, até chegar em um formato mais realista.

Mas não desista, assim seu sonho de empreender pode sair do papel! 🚀

 

Faça como +60mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Testar 30 dias grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop

Sabemos que migrar sua loja não é uma decisão simples.

Descubra os benefícios e facilidades que a Nuvemshop oferece exclusivamente para migrações.

Saiba mais sobre a migração