Conheça 14 aplicativos de vendas online e potencialize seu negócio

Por: Victoria Salemi

Pessoa mexendo no celular e administrando aplicativos de vendas online

Os melhores aplicativos de vendas são:

  1. Mercado Livre
  2. Shopee
  3. eBay
  4. Instagram Shopping
  5. Facebook Marketplace
  6. OLX
  7. Magalu Marketplace
  8. WhatsApp Business
  9. Buscapé
  10. Redes varejistas
  11. Enjoei
  12. iCarros
  13. Zaargo
  14. Yzye

Confira como cada app pode te ajudar a vender mais!


A difusão dos smartphones permitiu uma verdadeira revolução na forma como as pessoas se relacionam com a tecnologia. Com tudo ao alcance das mãos, ficou mais fácil ter acesso a produtos e serviços, e o surgimento de ferramentas, como aplicativos de vendas, só estreitou ainda mais a relação entre lojistas e consumidores.

Essas plataformas permitem a compra e venda de produtos dos mais diversos tipos, em qualquer lugar e a todo momento. Para comerciantes que ainda não têm um site para hospedar seu e-commerce, os apps são alternativas baratas e simples para vender mais e melhor.

Quer aumentar seus canais de venda e conquistar mais clientes? Então continue a leitura e conheça os 14 melhores aplicativos de vendas!

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

1. Mercado Livre

Se você já se perguntou sobre como vender pela internet, talvez o Mercado Livre tenha sido a sua primeira resposta.

Ele é um marketplace, isto é, um site de compra e venda, funcionando como um grande shopping center online, com milhares de vendedores mostrando seus produtos para que os usuários façam suas compras.

Embora a ideia inicial da plataforma tenha sido a compra e venda de objetos usados, mas ainda em bom estado, hoje ela abriga grandes lojas e profissionais especializados.

Por contar com um grande catálogo online, mais e mais lojistas e compradores procuram o Mercado Livre quando desejam fazer bons negócios.

Para começar a vender no Mercado Livre, é preciso:

  • Acessar a página de registro e criar uma conta;
  • Cadastrar as mercadorias, adicionar fotos, fazer a descrição de produtos e definir a precificação;
  • Preencher os dados de entrega;
  • Adicionar informações extras, como garantia, descrição personalizada e vídeo dos produtos.

2. Shopee

Shopee é uma plataforma de comércio eletrônico de origem asiática, que estreou no Brasil em 2019.

Assim como outros marketplaces, ela permite que vendedores se cadastrem no canal de vendas para comercializar os seus produtos, com preços competitivos e possibilidade de frete grátis.

Atualmente, o site oficial e o aplicativo de vendas abrem espaço para pequenos e médios empreendedores — brasileiros e internacionais — exporem seus produtos na vitrine virtual.

Caso você tenha interesse em criar uma conta e começar a vender na Shopee, os passos iniciais são:

  1. Acesse o site e clique em “Cadastrar”;
  2. De volta à página inicial do site, clique no botão Central do Vendedor para finalizar o seu cadastro;
  3. Faça login com o nome de usuário gerado no cadastro realizado na Shopee, com o e-mail cadastrado ou então com o telefone;
  4. Selecione o tipo da sua loja (Pessoal ou Empresarial) e preencha os dados para concluir o seu perfil;
  5. Selecione Perfil da Loja para completar as informações do seu marketplace.

💡 Saiba mais: O que é Shopee e como funciona esse marketplace

3. eBay

O eBay nasceu como um site de comércio eletrônico fundado ainda em 1995, nos Estados Unidos. Hoje, a empresa também opera por meio de aplicativo de venda, sendo uma das maiores plataformas mundiais de compra e venda.

As transações são feitas em dólar, ocasionando a cobrança de taxas de câmbio. Além disso, os vendedores podem optar por aceitar pedidos de determinados países — em razão do custo de envio e da taxação dos produtos.

Isso faz com que o eBay não tenha se popularizado tanto no Brasil em comparação aos demais países.

4. Instagram Shopping

O Instagram Shopping foi criado em 2018 e é uma funcionalidade do Instagram voltada para compras. A plataforma permite a inclusão de etiquetas com os nomes e preços de produtos em publicações, tanto no feed quanto nos Stories. É possível marcar até cinco produtos por foto ou 20 em carrossel.

Se você decidiu vender pelo Instagram, é importante saber que existem diferentes formas de visualizações de produtos, além do modo como os seguidores podem comprar as mercadorias:

  • Pelo feed;
  • Pelos Stories;
  • Pelos filtros de realidade aumentada;
  • Por quem não tem um site de vendas.

Para usar o Instagram como aplicativo de vendas, é preciso seguir alguns passos. Os principais estão descritos abaixo:

  • Conferir os pré-requisitos determinados pela plataforma para começar a vender;
  • Vincular sua página e conta de anúncios ao Gerenciador de Negócios do Facebook;
  • Fazer o upload dos produtos no Facebook (com um arquivo .xml);
  • Cadastrar o catálogo para liberar as “Compras no Instagram”.

💡 Saiba mais: Instagram Shopping: como ativar e começar a vender

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

5. Facebook Marketplace

O Marketplace do Facebook é uma proposta de negócio C2C (consumer to consumer, ou “consumidor para consumidor”, em tradução livre) que, no Brasil, tem dado bastante certo.

Em tese, o Marketplace do Facebook é um serviço integrado à rede social que permite que os usuários publiquem e vendam produtos, sejam eles usados, novos ou de fabricação própria.

O grande diferencial está no uso da geolocalização para selecionar produtos próximos de você. Por ser uma ferramenta integrada, a comunicação entre comprador e vendedor também é um ponto positivo.

Entretanto, os meios de pagamento e o fluxo de entrega são de responsabilidade única e exclusivamente dos usuários. O Facebook não se encarrega por nenhum desses processos.

Para vender pela plataforma:

  1. Acesse o Marketplace;
  2. Clique no botão “+ Vender Algo” no desktop, ou “Vender” no aplicativo;
  3. Selecione entre “Itens” (para produtos em geral), “Veículos”, “Casas para venda ou locação”;
  4. Preencha os campos pedidos, com fotos, título, preço, categoria do item, sua localização e a disponibilidade do produto;
  5. Selecione se quiser que o anúncio seja exibido em grupos dos quais você participa no Facebook;
  6. Finalize clicando em “Publicar”.

Segundo Mark Zuckerberg, cerca de 800 milhões de usuários já usam o Marketplace do Facebook em 70 países. Portanto, não há dúvidas de que este é um canal de vendas que vale a pena ficar de olho.

💡Saiba mais: O que é Facebook e como usá-lo da melhor forma

6. OLX

A OLX surgiu no mercado com uma proposta, até então, inédita: o comércio C2C. Esse modelo consiste, basicamente, na compra e venda de itens usados ou seminovos.

A princípio, lá em 2010, quando a OLX iniciou suas operações no Brasil, a plataforma era considerada um site de classificados, já que os anúncios eram feitos por pessoas que procuravam vender itens usados.

Presente hoje em 45 países, a OLX gera cerca de 1,9 bilhões de visitas mensais em seus sites e possui mais de 54 milhões de artigos anunciados mensalmente.

7. Magalu Marketplace

Com suas operações iniciadas em 2016, o aplicativo de vendas da Magalu conta hoje com mais de 200 empresas cadastradas, que comercializam desde eletrodomésticos até itens de cama, mesa e banho.

A diferença para o vendedor é que, para se cadastrar, é necessário ter um CNPJ ativo. O app da Magalu é focado em empresas que vendem produtos que se encaixem com a proposta e o público-alvo da marca.

Por outro lado, a plataforma garante ao lojista toda estrutura para oferecer uma experiência de compra segura e prática, além de atrair, consequentemente, o enorme público da marca para o aplicativo de vendas.

Optar por comercializar os produtos no marketplace da Magalu é uma forma de aumentar a receita da marca e conquistar mais clientes. Quer conhecer mais dicas? Então não deixe de conferir o material gratuito abaixo:

8. WhatsApp Business

Uma importante ferramenta de comunicação — e que tem sido amplamente usada como aplicativo de vendas — é o WhatsApp Business. Por ele, você consegue criar um catálogo virtual para exibir os seus produtos e divulgar sua loja.

Caso o potencial cliente tenha interesse em algum produto ou serviço, ele facilmente consegue enviar uma mensagem direta para você.

No entanto, um fator que precisa ser levado em consideração é a dificuldade de controlar as informações no aplicativo. Ou seja, você encontra dificuldade em analisar o alcance de uma promoção, por exemplo.

Além da troca de mensagens e do catálogo, a ferramenta possibilita enviar pagamentos com segurança e facilidade, o chamado WhatsApp Payments. Isso torna o aplicativo um excelente canal de vendas para quem já tem uma loja virtual.

Crie a sua loja virtual e venda pela internet
Testar 30 dias grátis

9. Buscapé

O Buscapé foi uma das primeiras startups do Brasil, sendo um dos sites mais populares e antigos quando falamos de comércio eletrônico no país.

Fundada em 1999, a plataforma começou como um comparador de preços online e, devido à sua popularidade, tornou-se em um dos maiores aplicativos de vendas do Brasil.

Atualmente, o Buscapé conta com um dos catálogos mais robustos do mercado digital e recebe mais de 700 mil acessos mensais via aplicativo. Em 2019, o app do Buscapé foi um dos 3 aplicativos de compras mais baixados do país.

10. Redes varejistas

No Brasil, atualmente, há grandes redes varejistas como Americanas, Submarino e Amazon. Todos esses nomes contam com aplicativos de vendas e permitem que você cadastre e comercialize seus produtos.

Assim, o seu trabalho pode ser exibido para um grande número de pessoas — já que essas plataformas são muito conhecidas por quem já tem o hábito de comprar online.

No entanto, muitos lojistas que escolhem esse caminho acabam se deparando com altas taxas cobradas pelas empresas, impactando o seu planejamento financeiro.

11. Enjoei

Enjoei é uma empresa brasileira de negócios digitais que oferece uma solução criativa de consumo colaborativo. Por meio do site ou do aplicativo de vendas, pessoas de todo o país conseguem comprar e vender produtos seminovos e usados.

Podemos dizer que o Enjoei é o maior e mais famoso brechó brasileiro, abrigando desapegos de personalidades famosas, influenciadores digitais e pessoas comuns.

Os itens vão desde roupas e calçados até acessórios para a casa e artigos esportivos. Para vender os produtos, é possível usar uma conta do Facebook ou criar login e senha com o e-mail de sua preferência.

12. iCarros

Os aplicativos de vendas também atingiram o público interessado em automóveis. O iCarros é uma plataforma de compra e venda de veículos novos e seminovos, que permite aos usuáriosanunciar, negociar e fechar negócio com agilidade e segurança, tudo online.

Após realizar o cadastro na plataforma com login e senha, é preciso:

  • Fazer o registro da placa e informações adicionais do veículo;
  • Inserir os dados do vendedor;
  • Selecionar as formas de pagamento aceitas.

13. Zaargo

O Zaargo é outro aplicativo de vendas que pode ser usado para comercializar qualquer tipo de item, seja ele novo ou usado — como veículos, imóveis, eletrodomésticos, eletrônicos etc. —, além de serviços.

A plataforma ainda possibilita usar vídeos nos seus anúncios e compartilhá-los de maneira fácil e rápida em qualquer uma das redes sociais mais usadas no mundo. Anunciar no app é grátis, basta apenas realizar o seu cadastro.

14. Yzye

O Yzye é um aplicativo de vendas gratuito cuja finalidade é promover o negócio entre pessoas próximas e fortalecer a economia colaborativa.

Por meio da plataforma, vizinhos conseguem vender, comprar e trocar produtos de acordo com sua geolocalização, possibilitando transações mais seguras e aproximando as pessoas de um mesmo bairro ou distrito.

A ideia por trás do aplicativo é encontrar formas sustentáveis de comercializar, pensando nos recursos naturais e fortalecendo a reciclagem e o reaproveitamento.

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Resumo

Os aplicativos de vendas são ferramentas poderosas para impulsionar os negócios da sua marca e dar um apoio para os lojistas que ainda não têm uma loja virtual. As possibilidades são muitas, por isso é fundamental entender como cada plataforma funciona e escolher aquela que mais se aproxima das preferências do seu público.

Confira a lista dos 14 melhores aplicativos de vendas:

  1. Mercado Livre
  2. Shopee
  3. eBay
  4. Instagram Shopping
  5. Facebook Marketplace
  6. OLX
  7. Magalu Marketplace
  8. WhatsApp Business
  9. Buscapé
  10. Redes varejistas
  11. Enjoei
  12. iCarros
  13. Zaargo
  14. Yzye

Para não ficar dependente de aplicativos de vendas, que tal criar sua loja virtual na Nuvemshop? Faça o teste da plataforma por 30 dias gratuitos e aproveite o melhor do e-commerce. Ah, e não é necessário ter conhecimentos técnicos para começar a vender! 💙

Aqui você encontra:

Faça como +90 mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Testar 30 dias grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop

Quer mudar de vida vendendo pela internet?

Crie agora sua loja virtual com a Nuvemshop e venda de maneira profissional.

Criar minha loja

Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies