Guia completo de como vender pelas redes sociais

Imagem mostrando um usuário olhando um catálogo por meio de um smartphone, representando como vender pelas redes sociais.
Pontos principais do artigo:
  • As redes sociais permitem que lojistas atinjam um vasto público global, aumentando significativamente a visibilidade da marca e o potencial de novos clientes;
  • Interações autênticas ajudam a criar confiança e lealdade com os visitantes, fortalecendo o relacionamento, promovendo a fidelização e aumentando as vendas pelas redes sociais;
  • Ao criar uma loja grátis na Nuvemshop, é possível integrar o e-commerce às principais redes sociais e potencializar a experiência de compra dos clientes.

Não é novidade que  vender nas redes sociais é uma estratégia que deve ser aliada ao e-commerce. Seja para divulgar uma marca ou conquistar mais clientes, estes canais tendem a ser bastante efetivos em estratégias de marketing digital.

Pensando nisso, elaboramos um guia completo sobre como ter lucro nessas plataformas. Sem mais delongas, separe o bloco de notas e vamos começar a leitura! 🧐

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Quais são as vantagens de vender pelas redes sociais?

Agora que você já sabe como vender mais nas redes sociais e quais são os principais canais a serem explorados, é a hora de conhecer as vantagens em levar os seus produtos para esses espaços.

Confira, na sequência, os cinco principais benefícios dessa estratégia.

1. Aumenta a visibilidade da marca

Com sua marca presente nas redes sociais, sua visibilidade e popularidade poderão crescer de forma orgânica. Isso porque, nesses canais, é muito comum os usuários compartilharem postagens sobre assuntos que os interessam.

Portanto, com um bom trabalho de conteúdo feito em suas publicações, as chances de elas alcançarem mais usuários é maior. Com isso, mais pessoas passam a ter conhecimento sobre a sua marca, o que é um dos primeiros passos na conquista de novos seguidores.

2. Ajuda a alcançar mais clientes

Conforme você for ganhando seguidores, suas redes sociais terão o papel de uma vitrine virtual. Ou seja, elas serão espaços onde você poderá exibir os produtos da melhor forma possível para todos os seus seguidores.

Assim, as chances de conquistar novos clientes aumentam. Pois, o usuário estará constantemente em contato com os produtos da sua marca e, em poucos cliques, ele pode ir direto para a sua loja virtual para ter mais informações sobre o item.

Por isso, é importante investir em boas fotos de seus produtos e usar links para a sua loja online. Essa facilidade faz com que o cliente avance mais rápido na jornada de compra, o que é superpositivo para o seu negócio.

3. Aumenta a taxa de conversão

As redes sociais possibilitam que você esteja frequentemente impactando sua audiência com conteúdos da sua marca. Dessa forma, as chances de um potencial cliente se esquecer de um produto que chamou sua atenção são menores.

Pense que, se um seguidor se interessou por um item da sua loja e, durante 15 dias, ele teve contato com imagens e informações desse produto, as chances de ele ceder e finalizar a compra são maiores. Por isso, organizar as publicações periodicamente irá ajudar bastante a aumentar sua taxa de conversão.

4. Auxilia a fidelizar clientes

Por fim, mas não menos importante, devemos lembrar que as redes sociais são ótimos canais para fidelizar clientes. Isso porque, como tratam-se de redes onde o público busca interagir, você tem a oportunidade de se aproximar de seus clientes e mantê-los sempre próximos da sua marca.

O pós-venda, por exemplo, é um dos principais fatores que contribuem para a fidelização de um cliente. Nas redes sociais, você pode fazer isso comentando publicações de clientes que estejam usando ou mostrando seus produtos, mandando uma DM (Direct Message, mensagem direta, no protuguês) perguntando sobre a experiência de compra etc.

Como vender pelas redes sociais?

Para vender nas redes sociais é preciso, antes de mais nada, dedicar um tempo exclusivo ao planejamento. Assim como em qualquer outra estratégia de marketing ou vendas, é preciso desenhar muito bem quais serão as ações antes de colocá-las em prática.

Para te ajudar com isso, separamos o passo a passo para que você possa criar uma estratégia de vendas efetiva para as suas redes sociais. Confira resumidamente:

  1. Defina o público-alvo;
  2. Planeje suas estratégias;
  3. Escolha as redes sociais certas;
  4. Crie uma identidade visual;
  5. Produza conteúdos de qualidade;
  6. Tenha um calendário editorial;
  7. Invista em anúncios pagos;
  8. Insira links para a sua loja virtual;
  9. Interaja com seu público;
  10. Acompanhe seus resultados.

💡 Saiba mais: O que é social selling e como usar as redes sociais para vender mais?

📹 Veja também: Como vender pelas redes sociais?

Agora, veja detalhes sobre cada um desses pontos!

1. Defina o seu público-alvo

Se você já tem uma loja virtual, certamente já fez o exercício de identificar o seu público-alvo, certo? Caso ainda não o tenha feito, agora é o momento.

É de extrema importância que você tenha pleno conhecimento sobre qual é a sua audiência. Somente assim, você conseguirá criar estratégias que funcionem bem e escolher as redes sociais certas para a sua empresa.

Portanto, procure saber qual é o perfil do seu público e, principalmente, em quais redes sociais ele está presente. Assim, além de entender em quais canais você terá mais facilidade para encontrá-lo, você terá em mente o tipo de conteúdo que pode ser mais atrativo.

💡 Saiba mais: O que é persona e como definir uma para o seu negócio?

2. Escolha as redes sociais certas

Depois de entender o comportamento do seu público, é a hora de escolher os tipos de redes sociais que irão fazer parte da sua estratégia. Não existem regras sobre quais redes usar ou não, ou uma quantidade ideal. Aqui, é importante pensar em quais canais vale a pena investir, considerando o engajamento da sua audiência em cada um deles.

As redes sociais que têm maior presença de marcas e lojas virtuais são o Instagram e o Facebook. Porém, dependendo do seu nicho de mercado e dos interesses do seu público, redes como o Pinterest, YouTube, TikTok e o Twitter podem ser canais potenciais.

💡 Saiba mais: Como escolher entre o Instagram ou Facebook?

3. Planeje suas estratégias

Com as redes sociais definidas, você partirá para o planejamento estratégico de cada uma delas. Nesta etapa, você deve responder algumas perguntas-chave sobre toda a estratégia de vendas nas redes sociais. Por exemplo:

  • Quais tipos de conteúdo serão criados para as redes? (imagens, vídeos ou lives);
  • Quais são os objetivos das campanhas? (divulgar, atrair, vender etc.);
  • Qual será a periodicidade das publicações? (diariamente, semanalmente ou quinzenalmente);
  • Qual é o orçamento disponível? (caso você opte por contratar designers ou apostar em anúncios pagos);
  • E qualquer outra questão que você julgue importante.

Criar um plano de marketing exclusivo para sua estratégia nas redes sociais pode te ajudar a desenhar melhor cada iniciativa. Assim, fica mais fácil identificar quais ações são mais efetivas, desse modo, todos os seus processos serão constantemente otimizados.

📘 Confira o e-book: Plano de marketing pronto para e-commerce

4. Crie uma identidade visual

A estética é parte fundamental da experiência do cliente no e-commerce. Isso porque, tanto sua loja quanto suas redes sociais, funcionam como uma vitrine virtual de todos os seus produtos.

Com isso em mente, garanta que a sua marca possua uma identidade visual própria e marcante. Crie uma paleta de cores e utilize-a em todos os materiais da sua empresa, como: banners, anúncios, imagens em geral, layout da página de vendas etc.

Uma marca que tem identidade tende a criar laços com sua audiência. Isso porque, assim como na comunicação verbal, as cores e demais elementos visuais também transmitem mensagens e sensações diferentes.

💡 Saiba mais: Identidade visual nas redes sociais: veja 4 dicas

👉Ferramenta grátis: Gerador de paleta de cores para o seu negócio

5. Tenha um calendário editorial

Com diversos canais para administrar, será necessário garantir que todas as iniciativas de conteúdo das suas redes sociais estejam alinhadas. Pensando nisso, criar um calendário editorial deve ser um dos pontos de partida da sua estratégia.

O calendário editorial permite que você organize tudo o que envolve a sua estratégia de marketing. Com a ajuda dele, é possível:

  • Definir prazos para produção dos conteúdos;
  • Planejar datas das publicações em cada rede social;
  • Organizar temas e formatos de cada postagem;
  • Determinar o público-alvo de cada publicação;
  • Estipular em quais redes sociais serão postados determinados conteúdos;
  • E qualquer outra informação que seja importante para sua estratégia.

Manter as postagens de suas redes sociais organizadas irá melhorar a experiência do usuário com a sua marca. Para fazer isso da melhor maneira possível, utilize ferramentas de automação de marketing.

Dessa forma, todas as suas estratégias nas redes sociais serão mais organizadas e efetivas. Isso consequentemente irá aumentar o seu engajamento e sua taxa de conversão.

Para te ajudar com essa tarefa, baixe gratuitamente o calendário com as principais datas de vendas para o e-commerce ao longo do ano:

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

6. Produza conteúdos de qualidade

Para que um usuário seja convencido a sair de sua rede social, visitar a sua loja virtual e comprar seus produtos, ele precisa ser atraído por seus conteúdos. Pensando nisso, produza materiais de qualidade.

Considere também que, para uma estratégia assertiva, você vai precisar produzir pelo menos três tipos de conteúdos. São eles:

  • Conteúdo de engajamento: materiais focados em promover o engajamento com a sua audiência e aproximar a sua marca do seu público-alvo. Postagens informacionais, enquetes e ações interativas são ótimas opções para este tipo de conteúdo;
  • Conteúdo de display: consiste em publicações que mostram seus produtos ou serviços de forma mais espontânea, sem deixar claro que trata-se de uma postagem para vender. Por exemplo: depoimentos de clientes e imagens mostrando o uso do produto e seus benefícios;
  • Conteúdo de vendas: essas são postagens mais diretas, nas quais você utiliza títulos marcantes e CTAs (Call To Action — chamadas para ação, no português) que estimulem seus seguidores a comprarem um determinado produto.

Pense que, nas redes sociais, o usuário não está necessariamente atrás de algo específico. Portanto, suas postagens precisam prender a atenção dele, seja com uma boa foto de seus produtos, um título chamativo, um gatilho mental etc.

🎓 Curso grátis: Curso de redes sociais para empreendedores

Com tudo isso em mente, capriche nas informações, descrições e, principalmente, nas imagens de suas publicações.

📘 Confira o e-book: Como tirar fotos de produtos: 8 dicas para loja virtual

7. Invista em anúncios pagos

Claro que, a ideia de todo empreendedor, é apostar em estratégias que garantam o maior ROI (Return On Investment — retorno sobre investimento, no português). No entanto, em fases de baixo engajamento, os anúncios pagos podem dar aquele empurrãozinho nos seus resultados, além de poder te ajudar a atingir novos consumidores.

Essa dica é opcional e pode ser efetiva em alguns momentos do seu negócio. Nesses casos, vale entender quais canais precisam de um incentivo maior, uma vez que cada rede social possui um sistema de anúncios diferente.

Os valores podem variar de acordo com a campanha e o canal no qual você decidir investir. Portanto, procure conhecer as ferramentas de anúncios de cada rede social. Os serviços mais populares no mercado digital são: Instagram Ads, Facebook Ads e Pinterest Ads.

Inclusive, para anunciar no Facebook, é importante que você use Gerenciador de Anúncios do Facebook, uma ferramenta que te permite não só criar campanhas, mas monitorá-las e otimizá-las conforme necessário.

8. Insira links para a sua loja virtual

Embora algumas redes sociais já possibilitem a compra sem que o usuário precise sair do aplicativo — como o Instagram e o Facebook — , links para a sua loja são sempre bem-vindos.

Utilizar algumas postagens para divulgar o seu e-commerce ou uma página de vendas exclusiva é uma ótima maneira de transformar seguidores em clientes. No entanto, é importante garantir que, ao chegar em sua loja virtual, o visitante tenha uma boa experiência de navegação.

Isso inclui um design responsivo (compatível com diversos dispositivos), certificados SSL e selos de segurança, dados de contato e informações que reforcem a confiança do seu negócio, como comentários e depoimentos de clientes. A plataforma de e-commerce Nuvemshop, por exemplo. oferece todas essas vantagens.

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

9. Interaja com seu público

É superimportante lembrar que as redes sociais são, em primeiro lugar, canais de interação e relacionamento entre os usuários. Por isso, para conquistar seu espaço no feed, é preciso interagir com seus seguidores.

Uma prática que pode te ajudar a se aproximar da sua audiência, é investir em conteúdos informativos. Por exemplo: postagens sobre assuntos relacionados ao seu nicho de atuação, mas que não necessariamente promovam algum produto.

Além disso, enquetes, sorteios e concursos culturais também podem ajudar a aumentar o engajamento das suas redes — os sorteios no Instagram costumam fazer muito sucesso. Porém, informe-se sobre as regras e leis a respeito dos sorteios online para evitar problemas.

👉 Ferramenta grátis: Sorteador de nomes

E, se você preferir, também disponibilizamos gratuitamente uma ferramenta para você sortear números online e realizar promoções de sucesso nas redes sociais. Confira abaixo:

👉 Ferramenta grátis: Sorteador de números

10. Acompanhe seus resultados

Por fim, não deixe de acompanhar os resultados de cada uma das estratégias. É importante que você saiba exatamente quais ações funcionam, para assim, aprimorar o seu planejamento com o decorrer do tempo.

Outro ponto importante é a definição de KPIs (Key Performance Indicators, no português, Indicadores-chave de performance). Eles funcionam como métricas específicas que são desenhadas de acordo com cada objetivo do seu negócio.

Acompanhando de perto o desempenho de suas iniciativas e os resultados obtidos, fica mais fácil construir uma estratégia de vendas nas redes sociais que seja efetiva.

💡 Saiba mais: Dicas de como vender mais de forma eficiente

Quais são as melhores redes sociais para vender?

De acordo com o relatório NuvemCommerce, das mais de dez milhões de vendas realizadas em 2022 por lojas da Nuvemshop, 26% aconteceram por meio das redes sociais. Desta parcela, 67% ocorreram no Instagram e 42% no Facebook.

Outro grande destaque foi a adesão ao WhatsApp por parte dos e-commerces. Só entre vendedores da Nuvemshop, a modalidade foi responsável por 73% das vendas no ano que passou.

Quanto ao YouTube, atualmente, ele é o segundo site mais acessado do Brasil e no mundo (ficando atrás apenas do Google). São mais de dois bilhões de usuários mensais e cerca de um bilhão de horas de conteúdos consumidos por dia. Com isso em mente, fica claro o por que devemos apostar neste canal, certo?

💡 Saiba mais: O que são redes sociais?

Pensando nisso, separamos um guia rápido sobre como vender nas principais redes sociais. Confira o passo a passo a seguir.

Como vender no Instagram?

  • Utilize suas melhores mídias: o Instagram é uma rede social visual, portanto, use as melhores fotos e vídeos de seus produtos para chamar a atenção no feed de publicações dos seus seguidores;
  • Explore as hashtags: as hashtags são uma das melhores formas de divulgar seu perfil e seus produtos no Instagram. Pois, por meio delas, os usuários podem encontrar suas publicações por meio do serviço de busca da ferramenta. Uma boa prática, é usar hashtags estratégicas e que se relacionem com seus itens. Por exemplo: #modapraia, #oculosdesol, #looksfemininos etc. Só tome cuidado com o limite de hashtags para evitar o shadowban do Instagram;
  • Use o Instagram Shopping: o Instagram Shopping é um recurso exclusivo que permite que você venda seus produtos diretamente na rede social, sincronizando sua loja virtual e seu catálogo de produtos. Explore essa função para dar um toque mais profissional ao seu perfil na rede social;
  • Aproveite as funcionalidades da ferramenta: o Instagram dispõe de uma série de funções que podem ser muito bem utilizadas no seu perfil comercial. Use o Stories, o Reels, as enquetes, as caixas de perguntas e as demais funcionalidades para complementar seus conteúdos na rede social;
  • Impulsione sua marca com o Instagram Ads: caso você queira dar um empurrão em suas estratégias orgânicas, o Instagram Ads pode ser uma boa opção. O serviço próprio de anúncios permite que você crie campanhas personalizadas de acordo com o objetivo e o público que você deseja atingir.

💡 Saiba mais: Como vender pelo Instagram?

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Como vender no Facebook?

  • Sincronize sua loja virtual com o Facebook: por meio do Gerenciador de Negócios do Facebook, é possível integrar sua loja virtual com o Facebook. Dessa forma, em sua página comercial, os usuários podem consultar o seu catálogo de produtos com todas as informações importantes, além de serem direcionados para sua loja virtual em poucos cliques, caso queiram fazer uma compra;
  • Capriche no catálogo online: aproveite que seus clientes podem visualizar seus produtos no Facebook e ofereça um ótimo catálogo online. Garanta que as imagens mostrem os itens em bons ângulos e insira tudo o que o consumidor precisa saber (preço, tamanho, disponibilidade em estoque, variações, material utilizado etc.);
  • Use o Facebook Ads: o Facebook também tem um serviço de anúncios próprio, portanto, se você achar que faz sentido investir em campanhas na rede social, é possível fazer isso dentro do próprio site.

💡 Saiba maisComo vender pelo Facebook?

Como vender no WhatsApp?

  • Use o WhatsApp Business: o WhatsApp disponibiliza uma versão gratuita e exclusiva para empresas que desejam usar a ferramenta no seu dia a dia. Além das funcionalidades presentes na versão comum, o WhatsApp Business permite que você crie mensagens automáticas, separe as conversas de acordo com o assunto e use etiquetas para identificar cada contato;
  • Mantenha um bom relacionamento: um bom atendimento ao cliente é também uma ótima técnica de venda. Portanto, aproveite o contato mais próximo com seus clientes através do WhatsApp para cultivar uma boa relação, interagindo e sempre respondendo prontamente às dúvidas e reclamações;
  • Tenha cautela: lembre-se de que, mesmo no WhatsApp, você está presente como empresa. Portanto, tenha cautela na forma de se comunicar. Evite mandar muitas mensagens, utilize um vocabulário cordial, não mande mensagens por áudio (exceto em casos de pessoas com deficiências visuais ou se o cliente preferir este formato) e não crie grupos com seus clientes, isso pode causar desconfortos e eles podem denunciar tal ação como spam;
  • Utilize o Status: o WhatsApp tem uma função bastante semelhante ao Stories do Instagram. Ela pode ser bastante útil para divulgar seus produtos, informar sobre promoções e descontos e qualquer outro tipo de comunicação em massa que você deseja enviar.

💡 Saiba mais: Como vender pelo WhatsApp?

Como vender no YouTube?

  • Crie um canal profissional: o ponto de partida é criar um canal profissional exclusivo para conteúdos da sua marca. Tente manter um padrão na periodicidade dos envios, utilize sua identidade visual nos vídeos e procure deixar sua marca em evidência;
  • Diversifique as pautas: é importante sempre trazer novidades para que os espectadores não percam o interesse em seu canal. Portanto, ao fazer vídeo para o YouTube, pesquise assuntos relevantes para o seu público-alvo e tente trazer o máximo de informações possível. Convidar especialistas e realizar entrevistas também é uma ótima maneira para diversificar o formato dos conteúdos;
  • Otimize seus vídeos para SEO: assim como um blog, os vídeos do YouTube também aparecem na página de resultados do Google. Ou seja, é possível encontrá-los por meio dos mecanismos de busca, portanto, use técnicas de SEO para otimizar seus vídeos com as palavras-chave ideias para aumentar o engajamento orgânico do seu canal;
  • Aproveite as ferramentas do YouTube: além do YouTube Studio, serviço de edição próprio e gratuito, a plataforma também disponibiliza uma ferramenta que permite analisar os seus resultados e medir a eficiência dos seus materiais. Com ele, é possível saber informações demográficas do público, origem do tráfego, quais foram os dispositivos usados, tempo médio que os espectadores permanecem nos vídeos, entre outras.

💡 Saiba mais: Como vender no YouTube?

Como vender no TikTok?

  • Crie um perfil empresarial: comece criando um perfil empresarial no TikTok. Use sua identidade visual para garantir consistência e profissionalismo. Complete todas as informações do perfil, incluindo uma bio clara e links para o seu site ou loja;
  • Produza conteúdo criativo e autêntico: o TikTok é uma plataforma que valoriza a autenticidade e a criatividade. Crie vídeos curtos e envolventes que mostrem seus produtos de maneira inovadora. Use efeitos visuais, trilhas sonoras populares e participe de desafios para aumentar a visibilidade;
  • Utilize anúncios: aproveite as opções do TikTok Ads, como os anúncios In-Feed, Brand Takeover e TopView. Esses formatos ajudam a aumentar o alcance e a interação com o público-alvo. A segmentação precisa permite alcançar consumidores com maior potencial de conversão;
  • Faça parcerias com influenciadores: colaborar com influenciadores do TikTok pode aumentar significativamente a exposição da sua marca. Escolha influenciadores cujos seguidores correspondam ao seu público-alvo e desenvolva campanhas autênticas e criativas;
  • Interaja com o público: responda a comentários e mensagens diretas para construir um relacionamento com seus seguidores. Use as ferramentas de engajamento do TikTok, como enquetes e sessões de perguntas e respostas ao vivo, para aumentar a interação e fidelização.

💡 Saiba mais: Guia completo de como vender no TikTok

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Por que é importante investir em social selling?

Investir em social selling permite que os lojistas não apenas aumentem suas vendas, mas também construam uma marca forte e duradoura, capaz de se adaptar rapidamente às mudanças do mercado e às necessidades dos clientes.

Veja, a seguir, por que você deve apostar nas vendas por redes sociais e somá-las às estratégias do seu e-commerce:

Ampliação do alcance e visibilidade da marca

As redes sociais têm bilhões de usuários ativos diariamente. Estar presente nessas plataformas significa que a marca pode alcançar um número enorme de potenciais clientes que, de outra forma, não seriam impactados pelos métodos tradicionais de marketing.

Construção de relacionamentos duradouros

Social selling não se trata apenas de vender diretamente, mas de construir relacionamentos sólidos com os clientes. Por meio de interações autênticas, como responder a comentários e mensagens, e compartilhar conteúdos relevantes, os lojistas podem estabelecer uma relação de confiança com seus seguidores.

Segmentação e personalização

As redes sociais oferecem ferramentas avançadas de segmentação que permitem que os lojistas atinjam exatamente o público-alvo desejado. Isso significa que as mensagens e ofertas podem ser personalizadas para atender às necessidades específicas dos clientes, aumentando as chances de conversão.

Redução do ciclo de vendas

Ao educar e nutrir leads diretamente nas redes sociais, o lojista pode acelerar o processo de decisão de compra. Clientes bem informados sobre os produtos e serviços têm maior probabilidade de fazer compras mais rapidamente.

Custo-efetividade

Criar e manter uma presença nas redes sociais é muitas vezes mais econômico do que métodos tradicionais de publicidade. Além disso, as redes sociais permitem uma mensuração precisa dos resultados, permitindo ajustes rápidos e eficientes nas estratégias de marketing.

Feedback em tempo real

As redes sociais proporcionam feedback imediato dos clientes, seja por meio de comentários, reações ou mensagens diretas. Isso permite que os lojistas ajustem rapidamente suas estratégias e produtos com base nas preferências e opiniões dos consumidores.

Fidelização de clientes

Interações constantes e personalizadas ajudam a manter os clientes engajados e fidelizados. Clientes que sentem que a marca se preocupa com suas necessidades e feedback tendem a ser mais leais e a fazer compras repetidas.

Reputação e autoridade

Compartilhar conteúdos informativos e úteis nas redes sociais posiciona a marca como uma autoridade em seu nicho. Isso aumenta a credibilidade da empresa e a confiança dos clientes, fatores cruciais para a decisão de compra.

Facilidade de integração com outras ferramentas de vendas

Muitas redes sociais oferecem funcionalidades específicas para vendas, como o Instagram Shopping e o catálogo de produtos do WhatsApp. Essas ferramentas facilitam o processo de compra diretamente nas plataformas, melhorando a experiência do cliente e aumentando as vendas.

Lojistas da Nuvemshop, por exemplo, conseguem exibir o catálogo da loja online diretamente nas redes sociais, por meio de uma integração nativa. Dessa forma, é possível usar o alcance dessas plataformas para levar os potenciais clientes até o e-commerce, sem impactar a experiência de navegação e de compra.

Além disso, a gestão da loja virtual e do Instagram Shopping, por exemplo, é feita em um só painel, o que facilita o acompanhamento das vendas.

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Pronto para vender pelas redes sociais?

Usar as redes sociais para potencializar sua estratégia de vendas é, sem dúvidas, uma das melhores escolhas a serem feitas no mercado digital. Unir diversos canais e explorar oportunidades irá ajudar o seu negócio a chegar cada vez mais longe. 🚀

E, se você ainda não vende online, o que acha de criar uma loja virtual gratuita com a Nuvemshop? Crie seu e-commerce de forma rápida e prática e conquiste seu espaço no mercado digital. 💙

Aqui você encontra:
Perguntas frequentes sobre como vender pelas redes sociais

Defina o público-alvo, planeje suas estratégias, escolha as redes sociais certas, crie uma identidade visual, produza conteúdos de qualidade, tenha um calendário editorial, invista em anúncios pagos, insira links para a sua loja virtual, interaja com seu público e acompanhe seus resultados.

Instagram, TikTok, Facebook, WhatsApp e YouTube.

Aumenta a visibilidade da marca, ajuda a alcançar mais clientes, aumenta a taxa de conversão e auxilia a fidelizar clientes

Faça como milhares de negócios e crie a sua loja

Criar loja grátis

Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies