O que são redes sociais e como elas podem ajudar a aumentar as suas vendas?

Por: Talitha Adde

imagem representando ícones das principais redes sociais, ilustrando o tema o que são redes sociais

Qual foi a última vez que você respondeu a um cliente no WhatsApp? Ou rolou o feed do Instagram e viu o lançamento de uma nova marca? Já faz algum tempo que os canais de relacionamento deixaram de ser apenas um espaço de entretenimento entre as pessoas e passaram a ser também entre negócios. Mas você sabe exatamente o que são redes sociais, quais tipos existem e como elas podem te ajudar a aumentar as suas vendas? Se você ainda não domina o assunto, não se preocupe. Neste artigo, trouxemos um guia completo sobre esse universo.

Afinal, uma pesquisa promovida pela Datareportal, indica que os brasileiros passam, em média, 3 horas e 42 minutos por dia conectados às redes sociais. E tem mais: dados da All iN | Social Miner, em parceria com a Etus e a Opinion Box, mostram que 37% dos usuários destas plataformas fazem visitas mensais a lojas virtuais e 23% acessam esses sites semanalmente.

Então, sem mais delongas, vamos descobrir tudo sobre as redes sociais — e como elas podem ajudar nas vendas do seu negócio!

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

O que são redes sociais?

Redes sociais são estruturas criadas— no ambiente online e offline — por pessoas e/ou organizações que se conectam a partir de interesses ou valores comuns. Por meio delas, criam-se relações e compartilhamento de informações de forma rápida.

Na internet, esses canais de comunicação são sites e aplicativos que operam em níveis profissionais, como o LinkedIn, de relacionamentos, a exemplo do Facebook e do Instagram, para entretenimento, como o YouTube. Tudo isso acontece sem hierarquias ou limites físicos.

Já no ambiente offline, podemos considerar, por exemplo, aqueles que se reúnem em torno de uma religião; grupo político etc, para debater algo em comum.

Portanto, as redes sociais têm essa capacidade de criar uma comunidade em torno de algo ou em uma plataforma digital.

Diferença entre redes sociais e mídias sociais

É comum confundir os termos redes sociais e mídias sociais. Apesar de muitos utilizarem como sinônimos, é importante ressaltar que não são a mesma coisa.

Como já mencionamos, as redes sociais são grupos de pessoas que compartilham dos mesmos valores e interesses. Já as mídias sociais correspondem às plataformas que garantem o compartilhamento do conteúdo em massa, como textos de um blog, vídeos, fotos etc. Ou seja, tudo o que as pessoas produzem dentro de uma rede social é considerado uma mídia social. Confuso, né? Então, vamos a um exemplo prático:

Pensando no ambiente online, as redes sociais são as plataformas que conectam as pessoas, como o Facebook, Instagram, LinkedIn, YouTube, Twitter etc. Nesse sentido, as mídias sociais correspondem ao compartilhamento de conteúdos nestes canais, como um vídeo no YouTube, um tweet no Twitter, uma atualização no Facebook ou uma informação no Instagram Stories.

Ficou fácil agora, não é mesmo?

Quando surgiram as redes sociais?

As redes sociais são mais antigas do que muitos imaginam. Na sociologia, por exemplo, o conceito é utilizado para analisar interações entre pessoas, grupos, organizações ou sociedades desde o final do século XIX.

Mas, foi somente em 1995, nos Estados Unidos e Canadá, que o americano Randy Conrads criou a primeira comunidade online. O ClassMates, precursora das redes sociais (e ativo até hoje), tem o objetivo de conectar estudantes das faculdades de ambos os países.

Na plataforma, os usuários podem compartilhar trailers de filmes, músicas e fotografias. No entanto, os anuários escolares são a principal atração para os membros que gostam de recordar o passado e tem o interesse em rever os antigos colegas de sala. Em seu auge, a rede social chegou a ter 50 milhões de seguidores.

A partir daí, nos anos 2000, começaram a surgir as redes sociais de conexão entre as pessoas que conhecemos hoje.

Entre elas, destaque para o MySpace, uma rede interativa de amigos, perfis pessoais, blogs, grupos, fotos, músicas e vídeos; o LinkedIn, rede social para divulgar vagas de emprego e encontrar perfis profissionais; o Orkut, plataforma já desativada, que ajudava os usuários a manterem contatos com amigos e a conhecer pessoas com os mesmos interesses e, por fim, o tão popular Facebook.

Veja um infográfico completo da evolução das redes sociais:

imagem ilustra em uma linha do tempo a evolução das redes sociais

 

Para que servem as redes sociais?

As redes sociais têm como principal objetivo conectar pessoas e promover interações entre elas. Nem todas oferecem como função principal apenas o entretenimento. Gerar mais vendas, fazer novas amizades, marcar encontros amorosos, procurar um emprego (e também divulgar vagas de uma empresa), fazem parte do uso desses canais. Vamos conhecer, daqui a pouco, os diferentes tipos de plataformas existentes.

Além disso, as redes sociais facilitam a comunicação, o envolvimento e o relacionamento entre os usuários. Quando uma pessoa compartilha uma foto de uma viagem em seu feed no Instagram, por exemplo, ela deseja estabelecer uma comunicação com os seus seguidores.

No caso de um negócio, é possível utilizar as redes sociais para divulgar cupons de desconto, comunicar o lançamento de uma nova coleção e melhorar o atendimento ao cliente.

💡 Saiba mais: Como vender nas redes sociais?

Principais tipos de redes sociais

Como já comentamos, existem diferentes tipos de redes sociais. Há opções para todos os gostos de usuários e, consequentemente, para todos os segmentos de mercado.

A seguir, conheça cada uma delas:

Relacionamento

Esse, talvez, seja o modelo mais tradicional de rede social. É o tipo de espaço dedicado para que as pessoas se conectem, compartilhem experiências e criem uma rede de amigos.

A mais popular nesta categoria é o Facebook. Na plataforma, é possível adicionar amigos, fazer comentários nas publicações de outros perfis, conversar por mensagens instantâneas etc.

Entretenimento

Redes sociais de entretenimento tem um objetivo simples: permitir o compartilhamento de conteúdos, como vídeos, fotos, transmissões em streaming, entre outras possibilidades.

Um exemplo de rede social deste segmento é o YouTube, plataforma de vídeos. Na rede social, os usuários publicam em seus respectivos canais conteúdos exclusivos. Outro caso é o Pinterest e o Instagram, plataformas que permitem que as pessoas compartilhem imagens.

Relacionamento profissional

Esta categoria é focada em criar um ambiente que facilite o networking, permitindo a divulgação de vagas de trabalho, captação de talentos e a busca por novas oportunidades de emprego.

O LinkedIn é a principal rede social do segmento. Na plataforma, os usuários compartilham os seus currículos, publicam artigos, discutem sobre sua área de atuação etc.

Nicho

As redes sociais de nicho tem foco específico em um setor, seja ele profissional ou social. Um bom exemplo é o Trip Advisor, plataforma digital criada para divulgação colaborativa de pontos turísticos e dicas de gastronomia.

No site, os usuários são convidados a compartilharem as suas experiências de viagem, dar dicas de lugares, avaliações de espaços, ambientes etc.

Quais são as vantagens das redes sociais para empresas?

Até agora, vimos o que são redes sociais, como elas funcionam e os principais tipos. Agora, vamos descobrir quais são as principais vantagens de utilizar essas plataformas na sua estratégia de marketing:

1. Vender por estes canais

Está procurando uma maneira de aumentar as suas vendas online? Com as redes sociais é possível!

Existem algumas plataformas, como o Instagram Shopping e o Facebook Shops, que são alternativas para aqueles que buscam vender direto para o consumidor, sem ter de usar um intermediário, como uma loja online.

Além disso, se você vende por um site, é possível integrar a sua loja virtual com o Facebook, possibilitando o redirecionamento do usuário para a sua página online.

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

2. Ganhar mais visibilidade para o seu negócio

Ter presença ativa em canais de comunicação, significa ter mais visibilidade para o seu negócio. Isso porque cada marca tem um público-alvo específico e nas redes sociais é possível estar em contato direto com eles.

Em plataformas como o Instagram e o Facebook, por exemplo, é possível criar anúncios segmentados, melhorando o alcance de uma publicação.

💡 Saiba mais: Como vender pelo Instagram?

📹 Veja também: Como vender pelo Instagram 2021?

3. Aumentar o tráfego do seu site de vendas

Se você tem um site de vendas, outra vantagem de criar um perfil do seu negócio nas redes sociais é atrair mais tráfego para o seu negócio online.

Isso porque, alguns canais de comunicação, levam o consumidor a finalizar o pedido em um e-commerce.

💡 Saiba mais: Como funciona um e-commerce?

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

4. Fidelizar e melhorar o relacionamento com clientes

As redes sociais também são poderosos meios de relacionamento que ajudam você a reter e fidelizar clientes. No pós-venda, por exemplo, é possível manter o contato pela plataforma e gerar novas oportunidades de negócios.

Além disso, essas plataformas funcionam como um canal de atendimento ao cliente. O WhatsApp Business, por exemplo, oferece funcionalidades extras para ajudar no atendimento rápido e com qualidade aos consumidores.

💡 Saiba mais: Como usar o WhatsApp Business?

5. Personalizar a comunicação

Seja nas vendas pelo WhatsApp, Instagram ou Facebook. Nas redes sociais, é possível ter um relacionamento customizado e direto com cada cliente ou possível consumidor, já que você pode entrar em contato com cada um, seja para resolver problemas ou descobrir novas informações.

Cuidados ao vender pelas redes sociais

Por mais que as redes sociais apresentem muitos benefícios para as empresas, existem alguns cuidados que você deve prestar atenção antes de investir nesses canais de venda. Vamos a eles:

1. Vazamento de dados

Ao acessar as redes sociais ou fazer algum tipo de cadastro online, é preciso fornecer alguns dados pessoais ou da empresa. Algumas vezes, esse tipo de informação pode sofrer vazamento.

Hoje, já existem debates ativos sobre segurança de dados em todo o mundo. Com a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), as empresas precisam ter mais cuidado quanto ao tratamento de informações.

Por isso, sempre que for fazer o cadastro em uma nova rede social, veja a finalidade da plataforma ao pedir os seus dados pessoais. Além disso, sempre dê o seu consentimento ao fornecer esse tipo de informação.

2. Divulgação de notícias falsas

Nas redes sociais é possível compartilhar muitas informações. O problema é que muitos perfis na internet acabam divulgando notícias falsas, que podem distorcer e consequentemente manchar a imagem de uma marca ou de uma pessoa.

Por isso, fique atento às notícias que estão sendo divulgadas sobre o seu negócio nas redes sociais. Caso tenha alguma informação falsa, tenha em mãos um plano de gerenciamento de crise para a sua empresa.

Quais são as principais redes sociais?

Você está convencido de que as redes sociais podem ajudar a melhorar a imagem e as vendas da sua marca? Então, agora, vamos conhecer quais são os principais canais na internet. Dessa forma, você poderá escolher qual melhor se encaixa para o seu negócio:

Facebook

O Facebook é a maior rede social do mundo. Com mais de 2,8 bilhões de usuários ativos, é um canal importante para estabelecer um relacionamento com o público e identificar pessoas interessadas pelo seu produto ou serviço.

💡 Saiba mais: Como fazer marketing no Facebook?

Além disso, a plataforma disponibiliza recursos para segmentar o público que você deseja atingir. Caso você venda camisetas online, por exemplo, você pode criar anúncios para promover a peça apenas para pessoas com algum interesse na mercadoria.

💡 Saiba mais: Como vender pelo Facebook?

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

YouTube

O YouTube já ultrapassou a barreira de e 100 milhões de inscritos. Assim como as redes sociais, a plataforma de vídeos permite que você divulgue o seu negócio online. Isso porque é possível diversificar o que você mostra para o seu público por meio de vídeos.

💡 Saiba mais: Por que utilizar vídeo marketing em sua estratégia digital?

Vamos a um exemplo prático. Supondo que você venda comida pela internet e está procurando diferentes formas para divulgar o seu negócio. Uma estratégia eficiente pode ser fazer vídeos de culinária, compartilhar dicas de receitas, comidas etc.

💡 Saiba mais: Como vender no YouTube?

Crie sua loja virtual
Testar 30 dias grátis

WhatsApp

A principal vantagem do WhatsApp para empresas, que já reúne mais de 2 bilhões de usuários ativos, é a facilidade em manter o relacionamento com o seu público.

A rede social pode ser utilizada como SAC, mas é principalmente uma grande aliada para a compra de produtos, sendo um facilitador para essas transações.

Além disso, é possível fazer pagamentos pelo próprio aplicativo, com a chegada do WhatsApp Pay.

💡 Saiba mais: Como vender pelo WhatsApp?

Instagram

Atualmente, o Instagram conta com mais de 1,22 bilhões de usuários ativos. Com tantas funcionalidades, a rede social é ideal para quem deseja saber como ganhar dinheiro na internet.

Postar no feed e nos Stories é uma chance de expor os seus produtos e serviços. Além disso, você pode fazer sorteios do Instagram para divulgar uma coleção nova, por exemplo, montar lista de Close Friends, para compartilhar informações exclusivas com os seus clientes mais próximos etc.

TikTok

O TikTok já tem alcance mundial, por isso, investir nessa rede social é ter grandes chances de divulgação e, consequentemente, aumento de vendas de produtos e serviços.

Com mais de 500 milhões de usuários ativos, a rede social permite a criação e o compartilhamento de vídeos com alto poder de circulação. Essa pode ser uma estratégia poderosa para quem quer expandir o alcance de uma loja virtual, por exemplo.

LinkedIn

A principal rede profissional do mundo, o LinkedIn, é utilizada por muitas empresas para recrutamento de pessoas.

Além disso, é importante ter um perfil da sua marca na rede social. Isso porque, a plataforma permite o compartilhamento de artigos de blog, o que é uma ótima maneira de gerar tráfego para o seu site.

💡 Saiba mais: Como fazer marketing no LinkedIn?

Twitter

Com o Twitter é possível dialogar com a sua comunidade sem a necessidade de ter que adicioná-los como amigos ou que eles sejam seguidores da sua marca.

Além disso, você pode utilizar a plataforma para fortalecer o posicionamento do seu negócio no mercado, criando debates sobre assuntos que realmente importam para os seus fãs.

💡 Saiba mais: Guia de marketing para Twitter

Pinterest

O Pinterest é uma rede social que funciona como uma busca de imagens, sem que dependam do dia e horário em que foram postadas para ganhar visibilidade. Além disso, a plataforma também permite que o usuário crie as suas próprias pastas de imagens e interações.

Por ser um canal buscas, a chance do perfil da sua marca ser encontrado ao fazer uma boa estratégia de SEO (Search Engine Optimization — ou otimização para mecanismos de busca, em tradução livre) é grande.

Por isso, se você vende na internet artesanatos, bijuterias, entre outros, não deixe de ter uma conta na rede social e compartilhar imagens.

💡 Saiba mais: Como aliar o Pinterest à sua estratégia de vendas?

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Clubhouse

O Clubhouse é uma rede social que tem como foco o bate-papo por áudio. Diferente de outros canais mais populares, a plataforma não oferece opções de curtidas, compartilhamentos, comentários etc.

Para negócios, a ferramenta pode ser um ótimo canal de networking e, eventualmente, encontrar parceiros de negócios. Dentre as diversas salas disponíveis, você pode encontrar grupos de conversa para discutir o universo do e-commerce, por exemplo.

💡 Saiba mais: O que é Clubhouse?

Como montar uma estratégia de marketing nas redes sociais?

Depois de conhecer as principais redes sociais do mercado, chegou a hora de montar a estratégia de marketing para o seu negócio. Para isso, separamos algumas dicas para você começar. Confira a seguir:

1. Defina a persona do seu negócio

Como vimos até aqui, existem diferentes tipos e canais de rede sociais. Para escolher qual é a melhor para o seu negócio, é preciso saber onde o seu cliente está. Afinal, é com ele que você quer estabelecer uma conexão.

Por isso, você precisa saber quem é a persona do seu negócio, ou seja, a representação do cliente ideal. Essa elaboração é feita por meio de estudos e análises dos dados das pessoas que interagem com a sua marca e compram os seus produtos.

Além disso, a elaboração da persona vai ajudar a entender o tom, a linguagem e a voz que a empresa deve adotar em suas redes sociais para se aproximar de possíveis clientes.

💡 Saiba mais: Buyer persona: como identificar o seu cliente ideal?

2. Tenha um objetivo

A escolha do seu objetivo é importante para nortear a próxima dica deste passo a passo: o cronograma. Então, é importante que você tenha em mente o que deseja alcançar com as redes sociais.

Existem algumas metas que você pode definir, como:

  • Aumentar o reconhecimento da marca;
  • Transformar o seu negócio em autoridade do mercado;
  • Melhorar as vendas;
  • Levar mais tráfego para o site o blog;
  • Entre outras.

Tendo isso estabelecido, vamos para a próxima etapa!

3. Elabore um calendário editorial

A elaboração de um calendário editorial é essencial para manter a organização durante o seu planejamento.

Nele, você deve estabelecer a frequência de postagens, importante para manter os usuários engajados, as datas de divulgação das postagens em cada rede social, temas e formatos de cada conteúdo etc.

Com ele, você terá visibilidade de tudo o que precisa para garantir que as ações sejam realizadas corretamente.

4. Defina as métricas e indicadores-chave de performance (KPIs)

Além de definir os objetivos, outra dica fundamental é determinar quais serão as métricas mais relevantes para atingir a sua meta.

Os KPIs, ou indicadores-chave de performance, são os principais números que você deve acompanhar para saber como está o andamento de suas ações.

Para redes sociais, algumas métricas de acompanhamento podem ser:

  • Alcance do post, para objetivos de melhorar o reconhecimento de sua marca;
  • Cliques no link, para metas de melhorar o tráfego de seu site, venda de produtos ou conversão de landing page;
  • Visualizações de vídeos e engajamento, caso o seu objetivo seja ser autoridade em seu nicho de atuação;
  • Entre outras.

5. Crie uma estratégia de produção de conteúdo

O conteúdo é importante para melhorar o relacionamento com os usuários e atingir os objetivos de seu negócio nas redes sociais.

Por isso, é importante criar uma estratégia de marketing de conteúdo para atrair mais visitantes para os seus canais de comunicação e, consequentemente, gerar leads (potenciais clientes para o seu negócio).

Além disso, saiba as datas e horários em que o seu público está online nas redes sociais de seu negócio. Dessa forma, você aumenta as possibilidades de interação com a publicação, fortalecendo o engajamento.

Saiba mais:

💡 Qual é o melhor horário para postar no Facebook?

💡 Qual é o melhor horário para postar no Instagram?

6. Invista em anúncios

Você pode até ter sucesso apenas com postagens orgânicas, mas investir em anúncios pode escalar os seus resultados e alcançar de forma mais prática os seus objetivos. Por isso, redes sociais oferecem plataformas de anúncio em suas ferramentas, além de vantagens, como:

  • Autonomia para escolher o orçamento;
  • Aumento do reconhecimento da marca;
  • Geração de tráfego para outros canais da marca;
  • Segmentação de anúncios para alcançar o público certo;
  • Mensuração de resultados para futuras melhorias.

Veja os nossos tutoriais para te ajudar nas estratégias de mídias pagas:

💡 Como anunciar no Facebook?

💡 Como anunciar no Instagram Ads?

💡 O que é Twitter Ads?

💡 Tudo sobre o Pinterest Ads

7. Analise os resultados

Por fim, e não menos importante, analise os resultados. São eles que vão te ajudar a encontrar soluções para melhorar a estratégia.

Uma dica é estudar a fundo as informações e dados adquiridos com o planejamento. Portanto, é fundamental entender todos os KPIs e saber o que fazer caso esteja indo mal.

💡 Saiba mais: Guia completo de marketing digital

[Extra] 4 dicas para vender mais nas redes sociais

A seguir, você confere quatro dicas para vender mais nas redes sociais! Então, vamos nessa:

1. Tenha uma identidade visual

Sabe quando você vê uma imagem ou cores na internet e já relaciona como uma empresa? Isso acontece porque o negócio tem uma identidade visual bem definida, como paleta de cores, fontes e tipos de imagens usadas.

Dessa forma, você pode garantir que seu público reconheça sua marca em cada publicação, impulsionando ainda mais as interações.

💡 Saiba mais: Identidade visual para redes sociais: dicas para bombar o seu perfil

👉 Ferramenta grátis: Gerador de Paleta de Cores Online

2. Utilize ferramentas de gestão de mídias sociais

Uma boa estratégia para fazer o gerenciamento de redes sociais é utilizar ferramentas para ajudar no monitoramento dos resultados.

Essas plataformas, como a Hootsuite, ajudam a monitorar menções da marca, responder dúvidas e programar post. Além disso, automatizam processos, poupando tempo e assegurando mais eficiência na estratégia.

💡 Saiba mais: 27 ferramentas para Instagram

3. Interaja com o seu público

Evite utilizar as redes sociais apenas para divulgar os seus produtos. É importante interagir com o público e sempre responder a dúvidas e perguntas.

Deixar os seus seguidores no vácuo pode levar à perda de clientes. Por isso, reserve algum tempo do seu dia para dar uma atenção especial a isso.

4. Faça parceria com influenciadores

Um estudo da QualiBest revelou que os influenciadores digitais já são a segunda fonte para a tomada de decisão de compra, perdendo só para parentes e amigos.

Então, você pode aproveitar o poder de alcance e a capacidade de gerar engajamento desses influenciadores nas suas estratégias de marketing.

Resumo

Esperamos que você consiga aproveitar tudo do guia sobre redes sociais para levar a estratégia de marketing de seu negócio a outro nível e aumentar as suas vendas.

Caso você ainda não tenha experiência com o gerenciamento destes canais, uma dica é criar um perfil em apenas uma rede social. Dessa forma, conforme você for adquirindo experiência, é possível criar e gerenciar contas em outras plataformas.

Antes de ir embora, veja um resumo deste conteúdo:

O que são redes sociais?

Redes sociais são estruturas criadas— no ambiente online e offline — por pessoas e/ou organizações que se conectam a partir de interesses ou valores comuns. Por meio delas, criam-se relações e compartilhamento de informações de forma rápida.

Principais tipos de redes sociais

  1. Relacionamento
  2. Entretenimento
  3. Relacionamento profissional
  4. Nicho

Quais são as vantagens das redes sociais para empresas?

  1. Vender por estes canais
  2. Ganhar mais visibilidade para o seu negócio
  3. Aumentar o tráfego do seu site de vendas
  4. Fidelizar e melhorar o relacionamento com clientes
  5. Personalizar a comunicação

Cuidados ao vender pelas redes sociais

  1. Vazamento de dados
  2. Divulgação de notícias falsas

Quais são as principais redes sociais?

  1. Facebook
  2. YouTube
  3. WhatsApp
  4. Instagram
  5. TikTok
  6. LinkedIn
  7. Twitter
  8. Pinterest
  9. Clubhouse

Como montar uma estratégia de marketing nas redes sociais?

  1. Defina a persona do seu negócio
  2. Tenha um objetivo
  3. Elabore um calendário editorial
  4. Defina as métricas e indicadores-chave de performance (KPIs)
  5. Crie uma estratégia de produção de conteúdo
  6. Invista em anúncios
  7. Analise os resultados

4 dicas para vender mais nas redes sociais

  1. Tenha uma identidade visual
  2. Utilize ferramentas de gestão de mídias sociais
  3. Interaja com o seu público
  4. Faça parceria com influenciadores

Se você se interessou pelo assunto de redes sociais porque vende pela internet, que tal experimentar a plataforma de e-commerce da Nuvemshop? Crie sua loja virtual e tenha 30 dias grátis para começar suas vendas e aplicar tudo o que você aprendeu aqui para potencializá-las.

E, caso você já tenha um e-commerce em outra plataforma e esteja pensando em migrar, venha para a Nuvemshop! Garantimos todo o apoio de que você precisa.

Aqui você encontra:

Faça como +90 mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Testar 30 dias grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop

Quer mudar de vida vendendo pela internet?

Crie agora sua loja virtual com a Nuvemshop e venda de maneira profissional.

Criar minha loja

Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies