Como fazer social selling e vender pelas redes sociais?

Por: Victoria Salemi

Mulher segura celular com ícones das redes sociais aparecendo na tela, representando o social selling

Social selling ou venda social é uma técnica de vendas pelas redes sociais. Essa abordagem permite focar na prospecção de clientes e estabelecer relacionamentos por meio de conexões existentes.


Você sabe o que é social selling?

Se você está buscando novas formas de relacionamento com o público, saiba que existe uma nova modalidade que permite que sua empresa se concentre nos consumidores nas redes sociais e crie um relacionamento com uma rede de clientes em potencial.

Sendo assim, se for feito da maneira certa, o social selling (ou venda social) pode substituir a prática temida de ligações não solicitadas. Diante disso, se você ainda não incorporou a venda social em seu funil de vendas, provavelmente está perdendo negócios para concorrentes mais experientes em mídias sociais.

Mas, temos a certeza que ao terminar de ler este guia, você terá todas as informações de que precisa para mudar isso. Então, vamos começar?

📹 Veja também: Como vender pelas redes sociais?

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

O que é social selling?

A venda social ou social selling é a prática de usar os canais de mídia social de uma marca para se conectar com clientes em potencial e desenvolver uma relação com eles. A tática pode ajudar as empresas a atingir suas metas de vendas.

Pense na venda social como uma construção de relacionamento moderna. Conectar-se ativamente a clientes em potencial nas redes sociais pode ajudá-lo a ser a primeira marca que um cliente em potencial considera quando está pronto para fazer uma compra.

Essa técnica pode substituir outras, desatualizadas, de construção de relacionamento e vendas, como ligações não solicitadas. Porém, é importante ressaltarmos que a venda social não significa bombardear estranhos com tweets e mensagens diretas não solicitadas, por exemplo.

A venda social também não se trata apenas de adicionar novos contatos à sua lista. Trata-se de tornar essas interações significativas e apresentar sua marca como uma solução para um problema. Ao fazer isso, é mais provável que você construa confiança e lealdade, facilitando a conquista daquele cliente no futuro..

💡 Saiba mais: Como vender pelas redes sociais?

Por que investir no social selling?

Já deu para perceber que vender pelas redes sociais é uma opção que está ganhando cada vez mais espaço no Brasil e no mundo, não é mesmo? E agora que você já sabe o que é o social selling, vamos comentar por que você deve investir nessa estratégia. Confira os principais motivos:

O mundo está cada vez mais conectado e nas redes sociais

De acordo com os dados internos do LinkedIn Sales Solutions:

  • As empresas que são líderes no espaço de vendas sociais criam 45% mais oportunidades de vendas do que marcas com um baixo índice de vendas sociais;
  • As empresas que priorizam a venda social têm 51% mais chances de atingir suas cotas de vendas;
  • 78% das empresas que usam a venda social superam as empresas que não usam a mídia social.

💡 Saiba mais: Como vender pelo WhatsApp

A venda social ajuda sua equipe de vendas a construir relacionamentos reais

Manter o relacionamento com seu cliente é primordial. Sabemos que o networking e a construção de relacionamentos mudaram devido à pandemia da Covid-19. Agora, portanto, é o momento perfeito para priorizar o social selling.

A venda social cria oportunidades para se conectar com novos clientes em potencial nas redes, onde eles já estão ativos e conversando. O uso de ferramentas de escuta social permite que seus vendedores deem um passo adiante e identifiquem pessoas que já estão falando sobre seu negócio, seus concorrentes ou seu setor.

Isso significa que você pode alcançar um público que já tem interesse no que você está oferecendo e conectar-se autenticamente a ele, oferecendo informações úteis quando chegar a hora certa. Autenticidade gera confiança — e isso, por sua vez, pode conquistar a lealdade do cliente.

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Como funciona o social selling?

A venda social nada mais é do que se relacionar com os futuros clientes pelas redes sociais, criar um laço de confiança e se tornar a marca que eles mais amam.

Sendo assim, seja qual for a plataforma que você vai usar para atingir seu público exclusivo, certifique-se de adotar as melhores práticas de vendas sociais. Separamos algumas dicas de como isso funciona. Vamos conferir?

Estabeleça sua marca fornecendo valor

Ao interagir com clientes em potencial por meio de redes sociais, é importante não ser muito vendedor. E, se sua marca é nova em uma plataforma de mídia social, não mergulhe na venda social imediatamente. Antes de começar a falar de vendas, estabeleça sua posição como um especialista em seu setor.

Uma forma de construir sua marca nas redes sociais para vendas sociais é publicando conteúdo interessante, valioso e compartilhável. Em muitos casos, isso pode significar compartilhar conteúdo escrito por outras pessoas que se alinham com a sua marca

💡 Saiba mais: O que é marketing de conteúdo e como aplicá-lo em seu negócio?

Ouça estrategicamente e construa relacionamentos com as pessoas certas

Social selling tem tudo a ver com prestar atenção. Em outras palavras, certifique-se de estar ouvindo socialmente.

Use plataformas que sejam capazes de monitorar o que as pessoas estão dizendo sobre você, sua empresa, seu setor e seus concorrentes. Alguns exemplos de plataformas de social listening são o Sprout Social e a Socialbakers, ambas pagas.

Também é importante ficar atento aos pontos problemáticos e às solicitações, pois ambos oferecem oportunidades naturais para você fornecer soluções e se destacar.

Seja real

Em vez de escrever uma nota e enviá-la a inúmeros potenciais clientes, reserve um tempo para personalizar suas mensagens de vendas sociais. Isso significa que, antes de abordar alguém, você pode:

  • Reconhecer seus contatos profissionais mútuos;
  • Consultar uma parte do conteúdo que você compartilhou e a pessoa reagiu — e vice-versa;
  • Destacar um interesse característica em comum.

Em outras palavras, seja você mesmo. Estabeleça uma conexão iniciando uma conversa real e genuína!

Claro, você pode até usar ferramentas automatizadas de curtir e comentar, mas elas não fazem nada para construir o relacionamento. Quando se trata de vender, nada supera a interação com um ser humano real.

Seja consistente

Finalmente, não espere resultados imediatos. Se seus esforços de construção de relacionamento não produzirem resultados imediatos, não desista. Alguns contatos podem não estar prontos para comprar o que você está oferecendo ainda — mantenha contato.

Fale com as pessoas com as quais você já se conectou, mas de quem não tem notícias há algum tempo.

Mantenha relacionamentos significativos, oferecendo parabéns quando eles se mudarem para novos cargos ou empresas ou se envolverem com o conteúdo que eles compartilham nas redes sociais. Esteja pronto para oferecer conselhos ou ajuda, mesmo que isso não promova diretamente o seu produto.

💡 Saiba mais: Como vender pelo Facebook

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

6 dicas para trabalhar com as vendas sociais

Agora que entendemos o que é e por que investir no social selling, é hora de arregaçar as mangas e anotar as dicas para começar a sua estratégia. Confira:

1. Construa a credibilidade da sua marca nas redes

Para começar, sugerimos que você invista na produção de conteúdo de qualidade. Outro ponto é, se você tem um bom relacionamento com seus contatos, peça para eles postarem recomendações em seu perfil, pois isso ajuda a dar credibilidade instantânea com novos contatos.

Como marca, certifique-se de que seu perfil destaca a experiência do cliente, mostrando como você ajudou clientes anteriores a atingirem seus objetivos.

Você também deve compartilhar informações e conteúdo apenas de fontes confiáveis ​​e manter um tom leve, descontraído, mas que, ao mesmo tempo, transmita relevância, verdade e autonomia no assunto.

💡 Saiba mais: Como produzir conteúdo?

2. Tente aumentar sua rede de contatos em todas as redes

O foco aqui é encontrar seus potenciais leads, ou seja, pessoas que te cedem algum contato, e começar um contato com eles. Sendo assim, tente aumentar seus seguidores ou contatos adicionados nas suas redes sociais. Mas, atenção, não compre seguidores, ok?

A nossa dica é usar recursos de pesquisa para estender sua rede, buscando conexões mútuas com novos contatos. Você também pode ingressar em grupos relevantes do Facebook para o seu setor para se relacionar com colegas e clientes potenciais.

💡 Saiba mais: Funcionalidades para aumentar o engajamento no Instagram

3. Não se esqueça dos clientes existentes

Mantenha um relacionamento ativo com seus clientes atuais. Sugerimos que você tente acompanhar o que eles estão compartilhando nas redes sociais e aproveite a oportunidade para engajar, compartilhar ou comentar seus posts. Isso ajudará você a manter sua marca no radar.

Porém, não exagere! Garanta que suas interações com os clientes sejam significativas: apenas curta posts dos quais você realmente gosta e comente só quando tiver algo valioso a dizer. Certifique-se de permanecer relevante — seus clientes não precisam que sua marca interaja com atualizações pessoais.

4. Tenha conteúdo exclusivo para leads ou potenciais clientes

Conforme você identifica clientes em potencial, tente adicioná-los a uma lista privada e segmentada. Uma boa funcionalidade para isso é a de Close Friends, no Instagram.

A ideia é muito próxima do que é feito no Inbound Marketing, ou marketing de atração. Será necessário engajar esse potencial cliente por meio de conteúdos que sejam do seu interesse. Mas não se envolva com essas pessoas com o mesmo nível de familiaridade que você faz com os clientes existentes — o relacionamento aqui está só começando.

Uma dica legal é ficar atento ao que esse público está buscando, pedidos de ajuda ou queixas sobre seus concorrentes. Dessa forma, você pode responder com alguma informação útil.

5. Fique de olho no seu concorrente

Adicionar seus concorrentes a uma lista privada permite mantê-los sob controle sem precisar segui-los. Isso pode ajudar a gerar ideias para seus próprios esforços de vendas sociais.

💡 Saiba mais: O que é análise da concorrência e como fazer para se destacar?

6. Envolva-se ou faça parcerias com outras empresas

Normalmente, a experiência do seu cliente ficará ainda melhor quando ele compra o seu produto e precisa utilizá-lo com outro item. Sendo assim, tente fazer parcerias com outras empresas para conquistar de vez o consumidor, por meio do comarketing.

Resumo

Se você chegou até aqui, provavelmente já sabe que a venda social funciona e que é preciso estar nas redes sociais, criar sua autoridade por lá, estabelecer conexões verdadeiras com seus clientes, oferecer conteúdos valiosos e, no momento certo, concluir a venda.

Esperamos que você tenha gostado e que já esteja cheio de ideias para colocar em prática suas vendas sociais, afinal, não dá para perder tempo e nem oportunidades.

Mas, para relembrarmos tudo que aprendemos, que tal conferir o nosso resumo?

O que é social selling?

A venda social ou social selling é a prática de usar os canais de mídia social de uma marca para se conectar com clientes em potencial e desenvolver uma conexão com eles. A tática pode ajudar as empresas a atingir suas metas de vendas.

Por que investir no social selling?

  • O mundo está cada vez mais conectado e nas redes sociais
  • A venda social ajuda sua equipe de vendas a construir relacionamentos reais

Como funciona o social selling?

  • Estabeleça sua marca fornecendo valor
  • Ouça estrategicamente e construa relacionamentos com as pessoas certas
  • Seja real com seus clientes
  • Seja consistente durante sua estratégia

6 dicas para trabalhar com as vendas sociais

  • Construa a credibilidade da sua marca nas redes
  • Tente aumentar sua rede de contatos em todas as redes
  • Não se esqueça dos clientes existentes
  • Tenha conteúdo exclusivo para leads ou potenciais clientes
  • Fique de olho no seu concorrente
  • Envolva-se ou faça parcerias com outras empresas

Você pode deixar suas vendas ainda melhores! Já pensou em vender pelas redes sociais, mas também construir a sua loja online e proporcionar uma experiência incrível para seus clientes? Teste a Nuvemshop por 30 dias grátis e descubra como a nossa plataforma pode ajudar o seu negócio a decolar. É fácil, rápido e sem a necessidade de conhecimentos técnicos! 💙

Aqui você encontra:

Faça como +90 mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Testar 30 dias grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop

Quer uma loja virtual integrada com as redes sociais?

Com a Nuvemshop, você cria seu próprio site de vendas e pode integrá-lo com diversas redes sociais.

Testar 30 dias grátis

Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies