Aprenda como vender pelo Facebook: guia completo 2021

Por: Kawan Lopes

Imagem mostra mulher acessando computador, o meio como vender pelo Facebook

Aqui você encontra:

Se você olha muito para outras redes sociais e nunca se perguntou sobre como vender pelo Facebook, pode estar deixando de lado uma verdadeira mina de ouro. 💰

O Facebook é a maior rede social do mundo. De acordo com uma pesquisa divulgada pelo Statista em janeiro de 2021, a rede social acumula cerca de 2, 7 bilhões de usuários ativos, à frente de canais como o YouTube e o Instagram.

Tendo em vista esse tráfego gigantesco, foi-se o tempo em que o Facebook era visto somente como uma rede de entretenimento e bate-papo. Com diversas ferramentas integradas, o Facebook é também um ótimo canal de venda, podendo ser um grande aliado de negócios que visam a vender mais na internet.

Quer aprender como vender no Facebook? Pegue o bloco de notas e venha comigo saber tudo sobre como aumentar as vendas neste canal. 📝

Como vender pelo Facebook?

Indo direto ao ponto, se você está pronto para transformar o seu Facebook em uma máquina de vendas, confira 14 dicas essenciais para sua estratégia:

1. Conheça o seu público

Quem já trabalhou no varejo, especialmente com vendas online, certamente, já está familiarizado com essa dica. Isso porque, no e-commerce, conhecer o público-alvo do seu negócio é fundamental.

Uma vez que você sabe exatamente quem você quer atingir e como esses grupos se comportam, fica mais fácil criar estratégias assertivas. Para isso, fazer o exercício de analisar o perfil dos seus consumidores e de suas personas — ou seja, um personagem fictício para representar o seu consumidor ideal — deve ser uma prioridade na gestão do seu negócio.

Com essas informações bem alinhadas, você terá mais facilidade para planejar suas ações de marketing e vendas como, por exemplo, ao publicar o tipo de conteúdo preferido do público usando uma linguagem que faça sentido para aquele grupo. Em consequência disso, suas chances de conversão serão maiores.

💡 Saiba mais: Como conhecer o seu público-alvo?

2. Tenha uma página da sua marca

Diferentemente do perfil pessoal, uma página no Facebook (também conhecida pelo termo “fanpage”) permite configurações específicas para negócios na rede social, como definir o seu segmento de atuação e ativar o botão “comprar agora” — ao longo deste conteúdo, vamos nos aprofundar neste item.

Além disso, quando você tem uma página, a imagem que você transmite ao público é de profissionalismo. Esse tipo de reputação é fundamental quando falamos sobre a confiança que alguém precisa ter quando quer comprar pela internet. Então, fique atento à ideia que sua marca passa às pessoas no Facebook.

3. Divulgue seus produtos

Essa pode parecer uma dica óbvia, mas vale reforçar: use o Facebook para divulgar os seus produtos. Criando postagens estratégicas, isto é, que forneçam informações importantes sobre suas mercadorias e serviços, sua marca pode atingir cada vez mais usuários na rede social.

O ideal, nesses casos, é criar publicações que contenham as informações mais relevantes sobre o seu produto ou serviço, como:

  • Preço;
  • Breve descrição;
  • Condições de entrega e pagamento;
  • E, claro, boas imagens.

Tenha em mente, apenas, que o público não navega no Facebook com o intuito de comprar. Então, é necessário haver um equilíbrio entre as postagens promocionais e aquelas com outros tipos de conteúdo — sobre as quais falaremos nas próximas dicas.

4. Use imagens de qualidade

Para que a experiência visual do usuário seja positiva, é importante tomar cuidado com as imagens utilizadas em suas publicações. Considere a identidade visual da sua marca e conte com cores e elementos que chamem a atenção dos usuários.

Além disso, se a ideia for exibir algum produto, é de extrema importância utilizar boas imagens, isto é: fotos com boa resolução e em ângulos que favoreçam a visualização do item. Veja o exemplo da loja Nerd Universe logo abaixo:

Captura de tela de postagem no Facebook da loja Nerd Universe, mostrando detalhes das imagens

Na publicação, é possível ver as estampas em detalhes, além do pijama em questão sendo usado por uma modelo. Desse modo, o público consegue visualizar todos os aspectos das peças pelas fotos.

💡 Saiba mais: Fotos para e-commerce: passo a passo de como tirar

5. Compartilhe conteúdos relevantes

Além da divulgação de seus produtos ou serviços, é importante levar em consideração que, no Facebook, as pessoas também buscam entretenimento e informação. Com isso em mente, crie publicações informativas e que se relacionem com o seu público e seu negócio.

Essa é uma prática muito comum em estratégias de marketing de conteúdo e pode ser positiva para o engajamento da sua marca nas redes sociais.

Por exemplo, se você vende produtos artesanais, como sabonetes, criar posts sobre aromaterapia, produção sustentável e dicas de cuidados com a pele pode ser interessante para os seus consumidores. Desse modo, você gera engajamento sem cansar a audiência sempre com posts focados em gerar vendas.

6. Trabalhe com um calendário de posts

Para manter um fluxo de postagens saudável — isto é, que não encha o feed de seus clientes, nem que faça com que eles se esqueçam da sua marca — , é importante organizar suas publicações. Para isso, você pode contar com um calendário de posts.

Ao montar sua agenda de postagens, considere os melhores horários e dias da semana para postar no Facebook. Por meio do Facebook Insights — ferramenta sobre a qual falaremos na dica 14 —, você consegue visualizar os períodos em que seu público é mais ativo na rede social.

Preste atenção também no equilíbrio entre os conteúdos. Intercalar posts de produtos com outros tipos de conteúdo é importante para não saturar a presença da sua marca no feed da rede social.

O excesso de anúncios e de publicações pode ser recebido de forma negativa, podendo levar sua conta a perder seguidores. Portanto, seja coerente com o volume de publicações na rede social.

💡 Saiba mais: Qual o melhor horário para postar no Facebook?

7. Crie anúncios

No Facebook, é possível criar campanhas nas quais você paga para divulgar seus produtos ou serviços utilizando o Facebook Ads. A funcionalidade exclusiva para usuários da plataforma oferece uma experiência bastante intuitiva de anúncios.

Com o Facebook Ads, você pode segmentar suas campanhas com base nos diferentes perfis dos seus consumidores. É possível escolher quem vai ver seus anúncios de acordo com dados demográficos, como idade e região, interesses e a partir do Público Semelhante. Este último é uma segmentação que encontra uma audiência parecida àquela que já interagiu com seus anúncios e publicações.

Deste modo, seus anúncios na rede social podem ser mais efetivos, trazendo maior taxa de conversão.

Para criar campanhas publicitárias e vender mais pelo Facebook, você deve ter uma página na rede social e criar uma conta no Gerenciador de Anúncios. Também é por meio desta ferramenta que você poderá criar anúncios no Instagram Ads, sendo ela uma ótima aliada de como vender pelo Facebook e Instagram, caso você também planeje anunciar e vender por lá.

💡 Saiba mais: Como anunciar no Facebook?

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

8. Turbine suas publicações

Essa dica é especialmente útil para novos negócios ou páginas com poucos seguidores no Facebook. Por meio próprio aplicativo, você pode turbinar suas publicações para que elas cheguem a um número maior de usuários.

Antes conhecido como “impulsionar publicações”, o serviço pago permite que você crie estratégias para aumentar o alcance de suas postagens orgânicas com base no seu público-alvo e no nível de engajamento que você deseja alcançar.

Quando você faz postagens em sua página do Facebook, essa opção aparece da seguinte forma:

Captura de tela de postagem no Facebook com o botão de "turbinar publicação"

Publicação da página da Boreal Joias

No entanto, é importante analisar quando pode ser válido apostar nessa prática, já que ela demanda investimentos em valores e, nem sempre, ter mais seguidores irá significar mais vendas. Se você não tem tanto dinheiro para investir no início, pode ser mais interessante criar anúncios como os que vimos na dica anterior para gerar vendas.

9. Faça promoções

Não é segredo que criar promoções é uma estratégia superassertiva, certo? Seja no comércio tradicional ou no e-commerce, oferecer condições especiais atrai clientes e pode elevar seu ticket médio.

No entanto, do ponto de vista do empreendedor, essa deve ser uma prática pensada com muito cuidado. Lembre-se de que as promoções precisam ser atrativas para o consumidor e, ao mesmo tempo, rentáveis para o seu negócio.

Ofereça descontos para itens estratégicos, como aqueles que estão parados no estoque ou os que estão próximos de esgotar. No comércio eletrônico, promoções de frete grátis ou custos mais baratos para envio tendem a ter peso na decisão de compra.

Portanto, crie os benefícios adequados para seu negócio e divulgue-os. Desse modo, mais pessoas tomarão conhecimento das suas promoções e você poderá vender mais no Facebook.

10. Trabalhe com remarketing

Sabe quando estamos navegando em alguma rede social e nos deparamos com anúncios de produtos que já pesquisamos anteriormente? Pois bem, esse é um exemplo de remarketing.

Essa é uma prática que tem crescido muito no e-commerce e é possível fazer isso no Facebook. Criando estratégias com base nos interesses e em buscas recentes do seu consumidor, é possível manter a imagem do produto fresca na memória dele. Com isso, fazer com que ele avance na jornada de compra fica ainda mais fácil.

Para fazer remarketing no Facebook, é necessário instalar o pixel do Facebook na sua loja virtual. Esse é um código capaz de rastrear a navegação dos usuários em seu site, de modo que seja possível medir suas ações tomadas a partir de campanhas no Facebook e também exibir esses anúncios personalizados.

Se você tem uma loja Nuvemshop, pode descobrir como instalar o pixel do Facebook em seu e-commerce no tutorial abaixo.

👉 Confira: Como utilizar o pixel do Facebook?

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

11. Crie conteúdos em vídeo

O vídeo é um formato que tem ganhado cada vez mais espaço no cotidiano dos usuários. Por isso, se você pretende usar as redes sociais para impulsionar a imagem da sua marca, criar vídeos será um grande diferencial.

Aposte em vídeos curtos, objetivos e que direcionem o usuário para algum lugar, como seu e-commerce, seu blog etc. Alguns formatos que tendem a fazer sucesso entre os usuários são:

  • Reviews de produtos;
  • Depoimentos de consumidores;
  • Lançamentos;
  • Tendências do mercado;
  • E lives.

Apesar de esses formatos costumarem fazer sucesso, quando falamos em conteúdo, não existe uma fórmula mágica. Então, faça testes e acompanhe os resultados para saber o que mais agrada o seu público — na dica 14 deste tópico, você saberá por onde observar o desempenho de seus posts.

💡 Saiba mais: Vídeo marketing: o que é e como utilizar a estratégia digital?

12. Mantenha um bom relacionamento com o cliente

Essa dica pode ser considerada um dos mandamentos do vendedor, já que oferecer um bom atendimento ao cliente é crucial para o crescimento de um negócio. Portanto, use o Facebook para se comunicar com sua audiência, seja por inbox (as mensagens privadas) ou respondendo comentários.

Seja sempre cordial e busque solucionar as dúvidas e reclamações de clientes de forma genuína. No caso de consumidores irritados nos comentários, direcione-os para o inbox para tentar resolver a questão. E nunca apague essas mensagens negativas em locais públicos, uma vez que isso tende a aumentar a raiva daqueles que já estão se sentindo prejudicados.

Marcas que interagem com seus seguidores tendem a conquistar o carinho do público, além de esse ser um ótimo caminho para fidelizar seus clientes. Dito isso, não deixe de cultivar uma relação saudável com aqueles que acompanham o seu trabalho. Isso só trará bons resultados para a sua empresa.

💡 Saiba mais: Tudo que você precisa saber sobre atendimento ao cliente

13. Comunique-se de forma humanizada

Ainda sobre o contato com o público, quando falamos de redes sociais, é importante considerar a linguagem adequada para esse tipo de canal, tanto em suas postagens quanto nas mensagens trocadas com cada pessoa. Formalidades, jargões técnicos e dialetos muito específicos, por exemplo, podem criar barreiras na mensagem que você pretende transmitir.

Portanto, observe a sua audiência e entenda qual é a melhor forma de falar com ela. Humanizar sua comunicação faz com que seu público se sinta próximo da marca. Com isso, sempre que as pessoas precisarem comprar algo que você venda, sua empresa será a primeira da qual vão se lembrar.

14. Acompanhe as métricas do negócio

Por fim, mas não menos importante, vêm as métricas do seu negócio. É por meio delas que você pode entender se está indo pelo caminho certo.

Pense que de nada adianta investir em estratégias de marketing se elas não resultarem no mais importante: vendas e receita. Portanto, criar o hábito de acompanhar os resultados vai te ajudar a criar ações mais assertivas para a sua empresa.

No Facebook, este trabalho pode ser feito internamente com a ferramenta do Facebook Insights. Com ela, você pode medir o alcance das suas publicações, ver os horários em que sua audiência está mais ativa e entender o perfil dos usuários que estão consumindo seus conteúdos na rede social.

Para acessar o Facebook Insights, você pode clicar em “Gerenciar Páginas” no menu à esquerda, quando estiver em sua fanpage:

Captura de tela do Facebook mostrando a opção "Gerenciar Página"

Depois de entrar nesse menu, role a tela para baixo e localize a opção “Insights”:

Captura de tela mostra a opção Insights no menu, um aliado de como vender pelo Facebook

Outra opção é entrar na ferramenta por meio do Gerenciador de Anúncios do Facebook.

Além disso, acompanhar os KPIs (Key Performance Indicators, ou Indicadores-chave de performance, no portugûes) da sua empresa pode te trazer insumos poderosos para o desenvolvimento do seu negócio.

💡 Saiba mais: KPI: 7 métricas que todo e-commerce deve acompanhar

Como criar uma loja no Facebook?

Para criar uma loja no Facebook, não existe muito segredo, basta seguir quatro passos:

  1. Crie uma página no Facebook (caso ainda não tenha uma);
  2. Habilite o pixel do Facebook;
  3. Configure a guia “Loja”;
  4. Ative o botão “Comprar Agora”.

No tutorial abaixo, você encontra um passo a passo completo para criar sua loja no Facebook e deixá-la pronta para vender.

👉 Confira: Como criar uma loja no Facebook?

Se você tem uma loja virtual, pode conferir como integrá-la com o Facebook no vídeo abaixo:

O que é F-commerce?

F-commerce significa Facebook Commerce. Este termo, portanto, diz respeito à venda de produtos dentro da rede social. Com o crescimento contínuo do Facebook, a ferramenta vem trabalhando constantemente em soluções voltadas para vendedores, como o Facebook Shops e o Facebook Ads, por exemplo.

Em 2020, uma pesquisa realizada com a base de lojistas da Nuvemshop, mostrou que 46% desses empreendedores utilizavam o Facebook como um canal de vendas oficial. Diante disso, explorar as funcionalidades dessa rede social pode ser uma ótima oportunidade para aumentar a visibilidade do seu negócio na internet e o seu ticket médio.

Quais são as vantagens de vender pelo Facebook?

Se você ainda estiver se perguntando se vale a pena vender produtos pelo Facebook, este tópico irá acabar de vez com suas dúvidas. Confira alguns dos principais benefícios em investir nesse canal:

Aumentar o alcance da sua marca

Levar sua marca para redes sociais como o Facebook, definitivamente, amplia seu alcance e engajamento online. Com as estratégias certas, é claro, você pode atingir um número maior de seguidores e potenciais clientes.

Facilitar a interação com os clientes

O Facebook é uma das redes sociais mais interativas da internet, permitindo o compartilhamento de publicações, troca de mensagens em chats privados e em grupo, e comentários em posts. Com isso, fica mais fácil se aproximar do seu público.

Esse contato pode ser rico para estratégias de marketing e vendas do seu negócio, além de permitir que você tenha uma visão mais ampla sobre como sua audiência reage em relação a seus produtos e serviços.

Oferecer praticidade na compra

Com sua loja virtual integrada ao Facebook, seus seguidores podem visualizar os produtos com facilidade e, em poucos cliques, é possível fazer a compra sem precisar ir até o site da sua loja. Essa praticidade elimina possíveis barreiras na jornada de compra, o que pode ser bastante positivo para a sua taxa de conversão.

Um adendo sobre este ponto é que, para que o cliente possa acessar sua loja virtual sem sair do aplicativo do Facebook, é necessário que seu e-commerce tenha um design responsivo. Lojas Nuvemshop, por exemplo, já têm essa pré-configuração disponível em todos os planos da plataforma.

Crie a sua loja virtual
Testar 30 dias grátis

Ter um baixo custo de investimento

Exceto pelos serviços de anúncios pagos, não existem custos para integrar sua loja e publicar seus produtos no Facebook. Portanto, essa é uma estratégia praticamente gratuita.

Para negócios em fase inicial, principalmente, apostar em canais de baixo investimento é uma mão na roda. Com o capital economizado, é possível investir em outras frentes como anúncios, estoque etc.

Resumo

Aposto que, após conhecer estas vantagens, vender pelo Facebook tornou-se um objetivo em sua estratégia de vendas, certo? Aproveite as dicas deste conteúdo e potencialize suas vendas na internet.

Antes de finalizar, confira um resumo sobre o que vimos por aqui:

Como vender pelo Facebook?

  1. Conheça o seu público
  2. Tenha uma página da sua marca
  3. Divulgue seus produtos
  4. Use imagens de qualidade
  5. Compartilhe conteúdos relevantes
  6. Trabalhe com um calendário de posts
  7. Crie anúncios
  8. Turbine suas publicações
  9. Faça promoções
  10. Trabalhe com remarketing
  11. Crie conteúdos em vídeo
  12. Mantenha um bom relacionamento com o cliente
  13. Comunique-se de forma humanizada
  14. Acompanhe as métricas do negócio

Como criar uma loja no Facebook?

  1. Crie uma FanPage
  2. Habilite o Pixel do Facebook
  3. Configure a guia “Loja”
  4. Ative o botão “Comprar Agora”

O que é F-commerce?

F-commerce significa Facebook Commerce. O termo, portanto, diz respeito às vendas dentro da rede social.

Quais são as vantagens de vender pelo Facebook?

  • Aumentar o alcance da sua marca
  • Facilitar a interação com os clientes
  • Oferecer praticidade na compra
  • Ter um baixo custo de investimento

E, se você ainda não vende online, o que acha de fazer um teste grátis com a Nuvemshop por 30 dias? Você pode criar sua loja virtual sem complicações e integrá-la ao Facebook. Conte com a gente para potencializar sua história de sucesso. 💙

Faça como +80mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Testar 30 dias grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop

Quer vender pelo Facebook de forma profissional?

Crie sua loja virtual com a Nuvemshop, integre-a sem complicações ao Facebook da sua marca e venda pela internet com profissionalismo.

Testar 30 dias grátis

Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies