NuvemCast #13 – Influenciadores digitais: valem a pena?

Por: Raquel Lisboa
Criado em: 25/07/19.
Atualizado em 08/08/19.
60 min
de leitura

Quer ser avisado por e-mail sempre que sair um NuvemCast novo?

Índice

Ah, o poder da indicação! Comprar um produto, depois de alguém ter nos aconselhado sobre ele, dá uma sensação de paz: confere uma certeza maior de que vamos gostar do que foi adquirido e de que tal artigo será útil para a nossa vida.

Quantas vezes já não pedimos a opinião da família e dos amigos, seja para comprar um sapato, uma roupa de festa ou, até mesmo, um apartamento e um carro? Estar em contato com o outro – e, por consequência, sob a sua influência – é uma condição humana.

Mas o que isso tem a ver com o seu negócio? Muito mais do que você imagina, acredite!

Dentre as diferentes facetas do marketing, como endomarketing, outbound marketing, inbound marketing etc, mais recentemente, devido ao advento das redes sociais e dos influenciadores digitais, o marketing de influência tem se destacado no mercado online.

Neste NuvemCast #13, vamos te contar tudo sobre essa abordagem e como os influencers podem se configurar na estratégia da sua marca.

O programa conta com as presenças ilustres de Renata Estevo, fundadora da Alea Lingerie, Luiz Natal, Head de Marketing da Nuvemshop, Isabela Ventura e Lucas Lanzoni, respectivamente CEO e Coordenador de Marketing da Squid. Você não vai perder este bate-papo repleto de informações relevantes, certo?

Ah, e caso você queira seguir se aprofundando no assunto, confira abaixo mais dicas sobre influenciadores digitais e um vídeo-bônus sobre como eles podem auxiliar no sucesso da sua loja virtual!

O que é marketing de influência?

Com o intuito de despertar sentimentos e desejos similares a aqueles que vivenciamos após a indicação de uma pessoa próxima a nós, o marketing de influência é um método que gera valor a um produto, serviço e/ou marca a partir do discurso de produtores de conteúdo – os influenciadores digitais.

Através de gatilhos mentais de autoridade e de prova social, esse tipo de colaboração entre marca e influencer possibilita a aquisição de novos visitantes e a retenção de mais consumidores. Contudo, diferentemente de anúncios automatizados e pagos, essa estratégia flui de uma forma mais humanizada e direta.

O que são influenciadores digitais?

Influenciadores digitais são pessoas que geram vídeos e/ou matérias relevantes nas redes sociais e atraem uma quantidade massiva de seguidores. Assim, seus conteúdos viralizam com facilidade e, muitas vezes, atingem diferentes esferas midiáticas.

Por conta dessa popularização, também se tornaram formadores de opinião, seja em relação a estilos de vida, a questões políticas, econômicas, religiosas ou sociais, e, pensando em um negócio online, a tendências e padrões de consumo.

Segundo uma pesquisa do Instituto QualiBest, 76% dos entrevistados afirmaram seguir ao menos um influencer nas redes sociais, e os canais mais utilizados para isso são o Facebook, o YouTube e o Instagram – respectivamente, 92%, 90% e 73%. Entretanto, 92% dos profissionais de marketing citaram o Instagram como a mídia mais importante do momento.

Hoje os influenciadores digitais já são considerados a segunda maior fonte de informações para tomadas de decisão no que diz respeito a compras, perdendo o primeiro lugar apenas para a categorias “família e amigos”. Logo, tê-los em sua estratégia de marketing pode fazer toda a diferença nos KPIs do negócio.

Quais são os tipos de influenciadores digitais?

Com tantos perfis de celebridades e subcelebridades espalhados pelas redes sociais, fica um pouco difícil compreender quais podem fazer mais sentido para a sua marca. Por isso, a seguir, confira a categorização dos influenciadores digitais de acordo com o alcance e objetivo de cada um:

  • Top celeb: alto engajamento, porém, criador de conteúdos genéricos. Ideal para gerar consciência de marca (e não, necessariamente, aumentar as conversões). Dois exemplos são a Camila Coelho e a Thássia Naves;
  • Fit celeb: possui um segmento específico e grande número de seguidores. Se for do seu nicho, pode ajudar tanto no tráfego, quanto nas vendas da sua loja virtual;
  • Autoridade: alguém “soberano” nos assuntos de determinado segmento. Ideal para gerar consciência. Um exemplo é o Dr. Drauzio Varella, quando o tema é saúde;
  • Trendsetter: adequado para negócios que possuem uma causa social e/ou ambiental. Esse tipo de criador de conteúdo gera grande credibilidade através dos seus valores. Um exemplo no Brasil é a Luisa Mell, defensora dos animais;
  • Ecossistema: mais de um influencer ao mesmo tempo. Apropriado para quem deseja criar grande repercussão;
  • Intrainfluenciador: ou microinfluenciador. Humaniza a marca, possui um público mais restrito, mas engajado e, geralmente, tem um custo menor. Um exemplo no ramo de moda é a Claudia Métne.

Por onde começar?

Agora que você sabe o que são influenciadores digitais e como se categorizam, é fundamental entender qual é o próximo passo a ser dado, se o seu objetivo é apostar nessa estratégia.

Para tal, considere o público-alvo da sua marca: será que ele está realmente presente nas redes sociais? Quais são as personalidades que seus potenciais clientes seguem nas mídias? Esses influenciadores se relacionam com a missão e os valores do seu negócio?

Observe também os perfis dos influencers inicialmente cotados: como a audiência interage com eles? Quais são os comentários mais frequentes? Afinal, nem sempre volume de seguidores é sinônimo de relevância.

Estudos do Youpix, GfK e Airstrip apontam que microinfluenciadores (com 400 a 500 seguidores) alcançam 6% a mais de engajamento se comparados aos top celebs (que possuem de 900 mil a 1,1 milhão de fãs). Surpreendente, não?

A essa altura, você já deve ter alguns nomes de influenciadores digitais em mente. Busque saber como e quanto eles recebem – por publicação, por porcentagem de vendas ou se aceitam produtos em troca da divulgação (o que está um pouco fora de moda) – e elabore uma proposta consistente, apresentando sua marca e os objetivos da parceria.

Como divulgar uma marca com influenciadores digitais?

As possibilidades são inúmeras! Desde posts patrocinados e eventos a vídeos, anúncios + cupons de desconto e “recebidos”. Após encaminhar a proposta, esteja disposto a ouvir o influenciador digital. Ele com certeza poderá contribuir com diferentes ideias e indicar qual conteúdo tem mais relação com os objetivos da sua marca.

Contudo, vale ressaltar que um dos formatos que mais gera engajamento é o vídeo. De acordo com o Google, seu consumo na web cresceu 135% de 2014 a 2018. O YouTube se tornou o 2º maior destino audiovisual no Brasil, ficando apenas 3 pontos percentuais atrás da líder, a TV Globo.

Entre 2015 e 2017, vídeos com a palavra review no título tiveram um tempo de exibição igual a 50 mil anos! – e isso apenas por celulares e tablets. Ademais, incluir um conteúdo audiovisual em uma postagem amplia o tráfego orgânico em até 157%.

Portanto, se o influenciador estiver disposto e esse formato couber no seu bolso, vale a pena investir.

Como mensurar os resultados?

Esse ainda é um dos grandes desafios para marcas que investem em parcerias com influenciadores digitais, pois, muitas das estratégias se resumem a apenas publicações em redes sociais, sem nenhum tipo de parâmetro para acompanhar – a não ser as curtidas e os comentários.

Mas, como citado no vídeo anteriormente, uma das soluções é a de criar cupons de desconto para que o influenciador digital divulgue na mídia. Assim, toda vez que uma compra for finalizada com tal vale, você saberá que foi a partir da ação do marketing de influência.

Outra possibilidade também é a do influencer veicular o link da sua loja virtual com uma URL parametrizada. Desta maneira, você poderá acompanhá-la através do Google Analytics, compreender quanto tráfego e vendas a estratégia gerou e se o faturamento foi suficiente tanto para cobrir os custos, quanto para obter o lucro estimado.

E aí, preparado para investir em influenciadores digitais?

Esperamos que, com essas essas dicas, você tenha tirado suas dúvidas sobre marketing de influência e influenciadores digitais. Como citado anteriormente, vá com calma e analise se essa abordagem é a ideal para o seu negócio. Se sim, desejamos que o seu público-alvo goste e que o seu negócio alcance muitas vendas!

Não se esqueça de fazer a inscrição na nossa newsletter para receber uma notificação sempre que lançarmos um novo episódio. Você também pode escutar o NuvemCast no YouTube, iTunes, SoundCloud ou Spotify.

Ah, e se você deseja criar sua própria loja virtual, não perca mais tempo! Faça um teste de 15 dias gratuitos com a Nuvemshop e descubra como a nossa plataforma pode ajudar o seu e-commerce a decolar 😉

Até o próximo episódio!

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Raquel Lisboa

Editora de conteúdo e responsável pela gestão de parcerias educacionais na Nuvemshop. Adora comédias românticas e musicais. É licenciada em Letras e nunca dispensa a companhia de um livro. Acredita que uma xícara de chá resolve quase qualquer problema. E, como uma boa geminiana, gosta de bater papo e falar sobre diversos assuntos ao mesmo tempo (o que é notório nesta bio!).


  • Fernando Siqueira

    O uso de influenciadores digitais pode ser uma estratégia interessante de divulgação, contudo é necessário realizar um estudo para avaliar se o influenciador atinge o seu público de forma positiva. O influenciador de força de convencimento e comunicação que pode motivar o seu publico a consumir.

    • nuvemshop

      Olá, Fernando! Como vai?

      Sim, de fato. Exatamente como foi explicado na segunda dica do vídeo 🙂

      Continue acompanhando o nosso blog para mais novidades sobre redes sociais, marketing e vendas online.

      Até mais!

Registre-se gratuitamente

Receba posts sobre marketing e empreendedorismo diretamente no seu e-mail.

Coloque o conhecimento na prática

+15 mil alunos já aplicaram o aprendizado na Universidade e criaram seus negócios com a Nuvemshop.

Teste 15 dias grátis

Faça sua marca crescer

Cria sua loja virtual com a Nuvemshop e venda de maneira profissional como eles:

Osmoze - www.osmozestore.com.br
Morango Brasil - morangobrasil.com.br
Osram - loja.osram.com.br
Testar 15 dias grátis