Como montar uma loja de ração em 9 passos

Por: Alejandro Vázquez

Imagem de patas de cachorro e um pote de ração mostrando como montar uma loja de ração online

O Brasil ocupa o segundo lugar quando o assunto é número de animais de estimação. Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (ABINPET), apenas em 2020, o país arrecadou R$ 27,02 bilhões com produtos alimentícios e veterinários. É por isso que você deve aprender como montar uma loja de ração e começar um negócio online.

Esse setor econômico é composto pelas áreas de pet food (alimentos), pet vet (medicamentos veterinários) e pet care (cuidados com saúde e higiene do pet). Atualmente, o mercado para animais de estimação representa 0,36% do PIB brasileiro. Para se ter uma ideia, a área está na frente dos setores de utilidades domésticas e automação industrial.

Quer aproveitar essa excelente oportunidade para começar a empreender do zero? Então veja como montar uma loja de ração e aproveitar todas as vantagens de vender online! 🐶 🐱

Crie sua loja virtual
Criar loja grátis
&utm_medium=banner&utm_campaign=blogpost” img-desktop=”https://d26lpennugtm8s.cloudfront.net/assets/blog_pt/rebranding-BR-Desktop-generic-trial-extended.jpg” img-mobile=”https://d26lpennugtm8s.cloudfront.net/assets/blog_pt/rebranding-BR-mobile-generic-trial-extended.jpg”]

É melhor montar uma casa de ração física ou virtual?

Já de imediato é preciso definir se sua casa de ração será física ou virtual. Isso porque, dependendo da modalidade que você escolher, será necessário tomar algumas providências.

Veja, a seguir, o que é necessário para ter uma loja de ração de sucesso:

Loja virtual

Muitas pessoas ainda são resistentes à loja virtual por considerarem essa forma de comércio menos atrativa para os clientes. No entanto, o processo para ter um e-commerce é bem menos burocrático. Veja o que é preciso para montar uma loja de ração online:

Se você quiser saber mais sobre como montar uma loja virtual e vender online, confira o material completo e gratuito que preparamos para você:

Loja física

Caso a sua vontade seja ter uma loja física para oferecer aos seus clientes a chance de visitar o espaço e conhecer os produtos pessoalmente, você precisará de:

  • Um nome para o seu negócio e uma marca própria;
  • Uma loja física localizada em um ponto estratégico;
  • Capital inicial para investir em infraestrutura;
  • Mobília, como prateleiras, estantes, gôndolas, mesas, cadeiras etc.;
  • Equipamentos, como computadores, ar-condicionado, maquininhas de cartão etc.;
  • Espaço onde será o estoque da sua loja;
  • Ao menos um funcionário, inicialmente;
  • Decoração da loja, incluindo vitrine e fachada;
  • Papelaria, como cartão de visita, flyers etc.;
  • Estoque inicial, com os principais produtos da sua loja;
  • Serviços recorrentes, como limpeza, manutenção, internet, telefone etc.

Existe, ainda, a possibilidade de ter uma loja virtual integrada à loja física. Dessa forma, você não abre mão do seu ponto de venda e ainda aproveita todos os benefícios que uma loja online tem a oferecer para o seu negócio. E a Nuvemshop oferece essa vantagem aos lojistas!

Crie sua loja virtual
Criar loja grátis

Qual a diferença entre loja de ração e pet shop?

A diferença está no tamanho do estabelecimento e na variedade de produtos. A casa de ração é um estabelecimento cujo foco está em alimentos para pets, ou seja, rações e petiscos. Geralmente, essas lojas não trabalham com medicamentos e trazem pouca ou às vezes nenhuma variedade de acessórios para os animais.

Por outro lado, os pet shops são estabelecimentos mais robustos. Além de venderem alimentos, eles oferecem acessórios, medicamentos, animais, serviços de banho e tosa, consultório veterinário e outros.

💡 Saiba mais: Como abrir um pet shop online

Quanto custa montar uma loja de ração?

Para abrir um negócio desse tipo, o valor necessário para investir fica entre R$ 30 mil e R$ 80 mil, já considerando o capital de giro. Essa estimativa leva em conta a média de mercado, mas vai depender dos serviços e produtos que você pretende oferecer na sua loja de ração.

Muitos desses estabelecimentos, além de rações a granel, vendem também comedouros, coleiras, guias, brinquedos e até medicamentos. Ou seja, caso você identifique que há espaço ou demanda por esses produtos, nada impede que você os ofereça.

O mesmo vale para serviços de banho e tosa e consultório veterinário — caso você queira montar uma loja de ração física.

Como montar uma loja de ração?

Agora que você já entendeu alguns aspectos importantes sobre esses estabelecimentos, chegou o momento de conhecer o passo a passo de como montar uma loja de ração e vender seus produtos online para milhares de pessoas. Vamos lá? 📝

1. Crie um plano de negócio

O primeiro e mais importante passo para montar uma loja de ração é, sem dúvidas, fazer o planejamento do seu negócio. A organização é uma grande amiga de qualquer empreendedor. Imagine a quantidade de informações e processos que envolvem a gestão de uma empresa. Bastante coisa, não é?

O plano de negócios consiste em um documento que reúne tudo o que você precisa saber sobre a sua empresa — como o tipo de sociedade, sócios e investidores, capital de giro etc. Portanto, criá-lo deve ser uma prioridade na sua lista de tarefas.

💡 Saiba mais: Plano de negócios: como fazer o seu?

2. Dê um nome para sua marca

Também é importante escolher um nome para sua loja virtual que traduza seus produtos, se comunique com seu público e crie conexões. Parece difícil, não é? Mais do que isso, essa é uma etapa complexa do planejamento da sua empresa.

Defina um nome que remete aos produtos que vende e que possa ser facilmente lembrado, além de estar relacionado à identidade visual da empresa. Para isso, a Nuvemshop oferece uma ferramenta gratuita de gerador de nomes para te ajudar nessa decisão!

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

3. Conheça seu público-alvo

É fundamental entender quem é o seu público-alvo, ou seja, para quais pessoas você quer vender, para, então, atender às demandas desse grupo.

Afinal, no início, não é possível investir em todos os produtos existentes e agradar ao público em geral, não é mesmo? Então, escolha o nicho de mercado e a persona do seu negócio — personagem semifictício que representa seu cliente ideal. Dessa forma, fica mais fácil oferecer o que os consumidores querem.

Sendo assim, você poderá focar em estratégias de atração específicas para seu público. Dessa forma, as chances de atrair clientes que realmente podem gerar vendas e se tornar promotores da marca aumentam bastante.

💡 Saiba mais: Buyer persona: como identificar o seu cliente ideal?

4. Defina a identidade visual da sua marca

Para que a sua marca fique na memória das pessoas, é preciso causar uma ótima primeira impressão. Você pode conseguir bons resultados investindo na criação de uma identidade visual.

Ou seja, é necessário tornar a sua marca única, destacando os diferenciais em todas as oportunidades. Dessa forma, sua empresa tem grandes chances de se sobressair em meio à concorrência.

O primeiro passo para isso é pensar no logotipo e na paleta de cores da sua marca, então, escolha tons ligados ao propósito da empresa. Pense sempre em como os aspectos visuais podem tornar o seu negócio autêntico.

👉 Ferramenta grátis: Criador de logo

Para te ajudar a desenvolver a paleta de cores do seu negócio, a Nuvemshop criou uma ferramenta gratuita que sugere diversas combinações, confira:

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

5. Estude a concorrência

Já falamos sobre a importância de conhecer o seu público e o seu nicho de mercado, certo? Mas não paramos por aí. Saber quem são seus concorrentes, como eles atuam e quais são suas fortalezas e fraquezas é extremamente enriquecedor para a sua estratégia.

Por isso, a análise de concorrência deve fazer parte da sua lista de tarefas. Uma vez que você entende como seus adversários se posicionam no mercado, fica mais fácil trabalhar no diferencial competitivo da sua marca e se destacar no setor.

💡 Saiba mais: O que é análise de mercado e como fazer uma para o seu negócio?

6. Legalize a empresa

Para montar uma loja de ração, você terá que formalizar sua empresa e obter um CNPJ. Essa etapa é essencial para regularizar o negócio, emitir nota fiscal e atender seus clientes com profissionalismo.

💡 Saiba mais: Como abrir uma empresa: o passo a passo definitivo (2022)

Se você quiser começar sozinho ou com até um funcionário, é possível se tornar microempreendedor individual (MEI). Lembrando que o limite de faturamento anual para essa modalidade é de R$ 81 mil.

Agora, se pretende ter sócios, faturar mais ou contratar mais pessoas, é indicado começar nesse ramo como ME (microempresa) por meio do CNAE (Classificação de Atividades Econômicas).

💡 Saiba mais: Quais são os tipos de empresa e suas características principais?

7. Encontre bons fornecedores

Outro ponto essencial para uma loja de ração online é a escolha dos fornecedores. Procure empresas que oferecem uma boa margem de negociação, entregam no prazo e já têm uma boa reputação no mercado pela qualidade de seus produtos.

Caso você ainda não tenha o contato desses parceiros, criamos uma lista de fornecedores para te ajudar nesse processo de escolha.

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

📘 Confira o e-book: Gestão de fornecedores: onde encontrá-los e como administrar o relacionamento

Você ainda tem a opção de trabalhar com estoque terceirizado — o chamado dropshipping. Nesse modelo, você se responsabiliza pela venda dos produtos e atendimento ao cliente, enquanto o fornecedor se encarrega de separar e enviar os produtos adquiridos aos clientes.

💡 Saiba mais: Dropshipping com a Nuvemshop: tudo o que você precisa saber

8. Aposte em uma plataforma de e-commerce

Escolher a plataforma de e-commerce certa é fundamental para ter sucesso com uma loja de ração online. Com a Nuvemshop, por exemplo, você tem as seguintes vantagens:

  • Confiabilidade de uma plataforma com mais de 90 mil lojistas ativos e mais de R$ 5,8 bilhões em vendas por toda a América Latina;
  • Recursos para montar uma loja em menos de 10 minutos, sem precisar de conhecimentos técnicos;
  • Diversos layouts profissionais;
  • Planos e preços que cabem no bolso;
  • Dezenas de integrações para potencializar a loja;
  • Soluções de frete e pagamentos online conectadas.
Crie sua loja virtual
Criar loja grátis

9. Divulgue sua loja virtual

É preciso ser visto para ser lembrado, certo? Então, para que as pessoas conheçam a sua marca e comprem os produtos é fundamental investir em divulgação.

No começo, devido ao orçamento, você pode focar em realizar publicações em redes sociais, divulgando a inauguração da loja, dando dicas de produtos, explicando as suas funcionalidades etc. Também pode incentivar o marketing boca a boca por meio de amigos e familiares. Aqui, o que vale é utilizar a sua criatividade!

💡 Saiba mais: 9 maneiras para divulgar uma loja virtual

Aprendeu como montar uma loja de ração?

Esperamos que o conteúdo tenha ajudado você a tirar as principais dúvidas sobre como montar uma loja de ração online de sucesso!

Lembre-se de encontrar um diferencial competitivo para se destacar da concorrência e criar um relacionamento próximo com seus clientes, afinal, é essa boa relação entre vocês que fará com que as pessoas voltem a comprar na sua loja.

Agora, dê o próximo passo e escolha uma plataforma de e-commerce para potencializar seu negócio. Crie sua loja virtual na Nuvemshop e aproveite seus 30 dias gratuitos para testar todos os recursos. E não se preocupe com a parte técnica: qualquer pessoa consegue criar uma loja do zero! 💙

Aqui você encontra:

Perguntas frequentes sobre como montar uma loja de ração

A diferença está no tamanho do estabelecimento e na variedade de produtos. O foco da casa de ração está em alimentos para pets, ou seja, rações e petiscos. Por outro lado, os pet shops são mais robustos, vendem alimentos, acessórios, medicamentos, animais, serviços de banho e tosa etc.

Para abrir um negócio desse tipo, o valor necessário para investir fica entre R$ 30 mil e R$ 80 mil, já considerando o capital de giro. Essa estimativa leva em conta a média de mercado, mas vai depender dos serviços e produtos que você pretende oferecer na sua loja de ração.

  1. Crie um plano de negócio;
  2. Dê um nome para sua marca;
  3. Conheça seu público-alvo;
  4. Defina a identidade visual da sua marca;
  5. Estude a concorrência;
  6. Legalize a empresa;
  7. Encontre bons fornecedores;
  8. Aposte em uma plataforma de e-commerce;
  9. Divulgue sua loja virtual.

Faça como +100 mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Criar loja grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop

Quer montar uma loja de ração online?

Com a Nuvemshop, você cria uma loja virtual e vende profissionalmente para milhares de pessoas.

Testar 30 dias grátis

Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies