14 ideias de negócios digitais

Por: Nuvemshop

Imagem mostrando um homem utilizando um tablet, representando negócios digitais.

É cada vez mais comum ver empresas físicas migrarem para o mercado digital. Isso porque, o e-commerce tem ganhado a confiança dos consumidores e está se tornando um mercado cada vez mais relevante.

Desse modo, é possível encontrar oportunidades para ganhar dinheiro na internet. Neste artigo, entenda o que são os negócios digitais mais promissores e confira 14 ideias para começar hoje mesmo!

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

O que são negócios digitais?

Os negócios digitais são aqueles em que a internet é um fator fundamental para o modelo de negócio, isto é, a maior parte das operações acontecem online. São marcados pela necessidade de renovação das empresas e de seu modelo de negócio.

Ideias inovadoras, reformulação da relação com o cliente e a transformação da comercialização de certos produtos são comuns nos negócios digitais. Além disso, este é um ramo que suporta qualquer atividade, só é preciso encontrar a melhor forma de conquistar a sua clientela.

Ideias de negócios digitais

Se você ainda precisa ser convencido de que negócios digitais são uma opção muito atrativa, veja esse outro dado: em 2021, 81% dos brasileiros têm acesso à internet. Esse é um número bastante alto e significa que, apenas no Brasil, temos 152 milhões de pessoas navegando online.

Apostar em negócios digitais é vencer as barreiras geográficas e buscar uma fonte de renda por meio desse grande mercado de internautas. Mas, não se engane, para se dar bem com o mercado online não basta apenas criar uma página e esperar que as pessoas venham até você com o dinheiro.

Assim como em qualquer outro ramo, os negócios digitais exigem trabalho duro, dedicação e estudo para dar certo. Por isso, esteja preparado para buscar sempre novas estratégias e ferramentas para alavancar o seu empreendimento.

Confira alguns exemplos de tipos de negócios digitais que você pode apostar:

1. Criar uma loja virtual

A loja virtual é um canal de vendas online que permite ao vendedor expor e comercializar seus produtos. Nele, o consumidor pode navegar pelas páginas de produtos buscando o que deseja. Para melhorar a experiência desse usuário, é importante oferecer um site de qualidade, páginas com carregamento rápido e produtos com uma descrição completa.

Para criar um site de vendas, uma opção que torna o processo mais fácil é optar por uma plataforma de e-commerce. Nesse tipo de serviço, é paga uma mensalidade a uma empresa de tecnologia que vai criar e operar sua loja virtual, sem que você precise ter conhecimentos técnicos para isso.

💡 Saiba mais: Como criar uma loja virtual?

Apostar em loja virtual própria é uma opção que garante mais estrutura a quem vende. Por ser feita em um site específico, é possível se apoiar em uma identidade visual, com o consumidor imerso nos produtos que você está oferecendo – diferente do que acontece no marketplace que vamos explicar a seguir.

📹 Veja também: Crie uma loja virtual em 10 minutos

Crie sua loja virtual
Testar 30 dias grátis

2. Vender em um Marketplace

A palavra marketplace, na tradução, significa mercado e trata-se de um modelo de negócio digital adotado por grandes marcas como Amazon, Magazine Luiza e Mercado Livre. Uma forma fácil de entender o marketplace é pensando em um supermercado: lá, você encontra vários produtos de diferentes marcas. Boa parte deles é focada em produtos do dia a dia, certo?

Um marketplace é um local muito parecido, mas na internet! Em um mesmo portal, existem várias marcas anunciando diferentes tipos de produtos. Alguns deles são especializados em itens específicos – como produtos do dia a dia dos brasileiros.

Se você comercializa algum produto, pode buscar um marketplace para inserir o seu negócio e entrar para o mercado digital.

💡 Saiba mais: Como vender em marketplace?

3. Trabalhar com dropshipping

O dropshipping é uma modalidade de vendas online que permite vender sem ter estoque próprio. O vendedor precisa buscar bons fornecedores, que podem ser nacionais ou não, e eles serão responsáveis por enviar o produto direto ao consumidor.

Esse é um tipo de e-commerce muito interessante, que permite ao empreendedor anunciar uma variedade maior de produtos, visto que ele não estará limitado à sua disponibilidade de estoque e armazenamento. Outra vantagem é a possibilidade de sair na frente na divulgação de produtos que estão “na moda” e terão um volume de vendas maior por isso.

💡 Saiba mais: Guia completo sobre dropshipping

4. Cursos Online

Um outro tipo muito comum de negócio digital são os cursos online. Essa é uma excelente forma de transformar o seu conhecimento em renda. Na modalidade de cursos livres, qualquer pessoa pode dar aulas, não sendo necessária uma formação específica ou autorização do Ministério da Educação.

Contudo, para conseguir um bom número de alunos, é fundamental oferecer um conteúdo de qualidade e, para isso, será necessário estudar a fundo o conteúdo sobre o qual você deseja dar aulas. Por isso, um bom ponto de início neste tipo de negócio são os estudos.

5. Marketing digital

Em primeiro lugar, é importante ressaltar que para qualquer tipo de negócio online você precisa ter algum conhecimento em marketing digital. É fundamental que todo empreendedor que atue online entenda pelo menos o básico sobre como as redes sociais funcionam, a sua importância e qual o canal certo para investir na divulgação da sua marca.

Contudo, se você já sabe tudo isso e entende muito bem o funcionamento da divulgação de produtos e serviços pela internet, uma opção de negócio é oferecer esse serviço para outros empreendedores! Para começar, monte um portfólio com as estratégias que você já desenvolveu e divulgue o seu conhecimento no assunto.

6. Gestão de tráfego pago

Quando estamos falando sobre os visitantes que entraram em uma página na internet ou de redes sociais, falamos sobre o tráfego de pessoas que passa por ali. Ele pode ser dividido em duas categorias:

  • Tráfego orgânico: são os usuários que visitaram aquela página ou perfil de modo espontâneo, seja entrando diretamente no site ou pelos resultados orgânicos da busca no Google, ou seja, aqueles que não são anúncios pagos.
  • Tráfego pago: são os usuários que visitaram determinada página ou perfil por meio de um anúncio pago que aparece para ele de forma destacada.

Existem muitos tipos diferentes de anúncio, em diferentes plataformas e formatos – Google possui o Google Ads, no Facebook temos o Facebook Ads, e muitos outros. Para saber qual o melhor canal para anunciar os seus produtos ou a sua marca, é preciso entender o seu público e como cada ferramenta funciona, também.

Os profissionais de tráfego pago realizam esse estudo e a sua função é criar anúncios que tragam resultados e conversões. Esse ramo, chamado de gestão de tráfego pago, é um tipo de negócio digital em que é preciso estudar bastante, mas, se você domina essa área, poderá conquistar muitos clientes.

7. Revenda de produtos

Revender produtos pela internet é um negócio digital que pode ser muito lucrativo. A ideia é sempre colocá-los à venda por um preço um pouco acima do que você pagou, obtendo uma margem de lucro sobre eles.

Você pode escolher muitos modelos de negócio para essa revenda. Algumas ideias são:

  • Compra de produtos em promoção e revenda por maior preço;
  • Abrir um brechó para vender roupas usadas em bom estado;
  • Revender produtos de lojas que fecharam;
  • Ser revendedora de marcas e receber comissão.

💡 Saiba mais: Tudo o que você precisa saber sobre produtos para revenda

8. Treinamento empresarial online

Outro tipo de negócio interessante é o treinamento empresarial. Aqui, você deverá usar os seus conhecimentos em determinado setor para auxiliar no treinamento e desenvolvimento de profissionais de outras empresas. Essa atividade é muito procurada por RHs para desenvolver, por exemplo, habilidades de gestão e liderança.

A preferência pela versão online desses treinamentos têm aumentado por causa do aumento da política de home office e a contratação de profissionais de diferentes estados.

9. Programa de Afiliados

Muitos programas e produtos digitais oferecem a possibilidade de que você se torne um afiliado do produto em troca de uma contrapartida financeira. Como afiliado, o seu objetivo é conquistar mais clientes para aquele produto ou serviço.

Para cada negócio que a empresa fechar com a sua indicação, você recebe uma porcentagem sobre a venda. Uma boa parte desses negócios é feita com softwares e produtos totalmente digitais, por isso, a sua atuação também será toda online.

💡 Saiba mais: Marketing de afiliados: o que é e como começar?

10. Produzir conteúdo para blogs

A escrita de conteúdo para blogs é uma das principais estratégias do marketing de conteúdo. Com um bom material, é possível conquistar as primeiras posições do Google, aumentando o número de visitantes para o site da empresa e, consequentemente, mais pessoas vão conhecer a solução que ela oferece.

Muitas empresas buscam redatores freelancers para produzir esses conteúdos. Para começar nessa área, é importante desenvolver as habilidades de escrita voltada para SEO (Search Engine Optimization ou otimização para mecanismos de busca, no português) e ranqueamento.

Além disso, existem alguns sites que trabalham unindo redatores e empresas que buscam esses profissionais. Alguns deles são:

11. Venda de infoprodutos

Os infoprodutos são todos aqueles produtos que só existem no mundo digital. Podem ser e-books, infográficos, whitepapers ou checklists. Para comercializar esse material, é muito importante produzir um conteúdo interessante, que será fundamental para o seu cliente. É importante agregar valor para convencer o consumidor a pagar por esse material.

12. Monetização de conteúdos

Nos negócios digitais, a monetização significa geração de receita. Existem muitas formas de fazer isso. Por exemplo, em um blog é possível monetizá-lo com a inserção de anúncios ou a venda de espaço para anunciantes.

É possível também produzir materiais ricos, como e-books e infográficos, e comercializá-los na sua plataforma. Uma outra forma de monetização é o oferecimento de uma assinatura para acessar conteúdos exclusivos.

Para ter sucesso nessa estratégia, é importante que você tenha autoridade no assunto sobre o qual está produzindo conteúdos e uma audiência interessada.

13. Gestão de comunidades

A “comunidade” aqui, se refere às pessoas que interagem com a marca nas redes sociais, nos comentários de blogs ou em fóruns de discussão. Para gerir essa relação, algumas empresas têm contratado “gerentes de comunidade” para o cargo.

Para trabalhar nessa área, é importante ser bom em resolução de conflitos, para gerenciar a reclamação dos clientes, e também ser capaz de conquistar influenciadores e clientes em potencial.

14. Vender pelas redes sociais

As redes sociais já são um canal de vendas muito importante. No Facebook, Instagram e Whatsapp, já é possível criar uma loja dentro da plataforma e o pagamento é realizado ali mesmo.

Para conquistar boas vendas, é fundamental publicar fotos e vídeos chamativos dos produtos, além de divulgar bastante!

💡 Saiba mais: Como vender pelas redes sociais?

Resumo

Nos últimos anos, as vendas pela internet têm conquistado muitos novos consumidores e a tendência é que elas continuem aumentando. Para aproveitar esse crescimento, existem muitas opções de negócios digitais e, neste artigo, você conheceu 14 oportunidades!

Vamos retomar o que foi explicado neste artigo?

O que são negócios digitais?

Negócios digitais são todas as transações comerciais em que a maior parte das operações é feita pela internet.

Ideias de negócios digitais

  1. Criar uma loja virtual
  2. Vender em um Marketplace
  3. Trabalhar com dropshipping
  4. Cursos online
  5. Marketing Digital
  6. Gestão de tráfego pago
  7. Revenda de produtos
  8. Ministrar treinamentos empresariais online
  9. Programa de Afiliados
  10. Produzir conteúdo para blogs
  11. Venda de infoprodutos
  12. Monetização de conteúdos
  13. Gestão de comunidades
  14. Vender pelas redes sociais

Se a sua ideia é ter uma loja virtual, teste a Nuvemshop por 30 dias grátis! A nossa plataforma de e-commerce não exige conhecimentos técnicos para ser usada, você resolve tudo fácil e muito rápido! 💙

Aqui você encontra:

Faça como +90 mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Testar 30 dias grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop

Crie uma loja na Nuvemshop e comece a vender hoje mesmo!

Crie agora sua loja virtual com a Nuvemshop e venda de maneira profissional.

Testar 30 dias grátis

Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies