Como funciona um sistema ERP para varejo e como escolher?

Duas mulheres analisando dados pelo tablet representando ERP para varejo.

Pontos principais do artigo:

  • ERP para varejo é um sistema integrado que centraliza e automatiza as operações e processos de uma empresa varejista, abrangendo áreas como vendas, estoque, finanças, compras e recursos humanos;
  • Os benefícios do ERP para varejo são informações centralizadas, processos automatizados, aumento da produtividade, melhoria da experiência do cliente, decisões baseadas em dados e gestão de estoque unificada;
  • Um ERP para varejo precisa ter módulos de gestão de estoque, emissão de nota fiscal, cadastro de clientes, serviços e fornecedores, gerenciamento de frente de caixa, geração de boletos e integração entre loja física e virtual.

O universo do comércio tem passado por diversas transformações ao longo dos anos, e a adoção de sistemas ERP para varejo tem se tornado uma necessidade cada vez mais evidente.

Compreender as peculiaridades de cada segmento e os benefícios oferecidos pelas ferramentas de automação permite que os gestores tomem decisões mais acertadas. Isso leva à eficiência dos processos e ao crescimento do negócio.

No entanto, com a variedade de opções disponíveis, desde sistemas locais até soluções na nuvem, é compreensível que os varejistas fiquem perdidos. Pensando nisso, elaboramos este artigo! Nele, exploramos as características de um ERP para varejo, sua importância e como fazer uma escolha certeira. Vamos lá?

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

O que é ERP?

ERP é a sigla para Enterprise Resource Planning, conhecido em português como “Sistema de Gestão Empresarial”. É uma ferramenta tecnológica que desempenha um papel fundamental na integração de todas as áreas de uma empresa, centralizando informações em um único lugar e simplificando a gestão diária.

Esse costuma ser o primeiro software que muitas empresas adotam quando buscam digitalizar seus processos, pois reúne as funções mais importantes para o gerenciamento eficiente de um negócio, automatizando tarefas e organizando fluxos de dados.

Por meio de um sistema ERP, é possível conectar e sincronizar as diferentes áreas da empresa, como produção, estoque, financeiro, vendas, expedição, recursos humanos, marketing, entre outras.

Isso facilita o intercâmbio de informações entre as equipes de cada departamento, proporcionando uma visão integrada e holística do negócio.

Além disso, o ERP desempenha um papel crucial na redução do trabalho manual e das tarefas repetitivas, graças à automação de processos. Em vez de enviar e-mails, preencher planilhas e realizar atividades manuais demoradas, as equipes podem resolver tudo no software com apenas alguns cliques.

Logo, a implementação de um ERP é um passo crucial para qualquer empresa que deseje aumentar sua produtividade, tornar-se mais lucrativa e impulsionar seu crescimento.

Essa solução tecnológica oferece benefícios significativos ao integrar processos, automatizar tarefas, unificar dados e fornecer informações atualizadas em tempo real para apoiar a gestão e impulsionar o sucesso empresarial.

💡 Saiba mais: Quando a implantação de ERP é necessária e por onde começar?

📹 Veja também: O que é ERP e como funciona na automatização das tarefas da sua loja virtual?

Qual a definição de varejo?

O setor varejista é caracterizado pela venda direta de produtos ou serviços ao consumidor final. Esses itens são adquiridos pelos varejistas de fabricantes e atacadistas, que operam em grandes volumes e não atendem diretamente o cliente.

💡 Saiba mais: O que é varejo 4.0 e como aderir ao comércio da era digital?

Dentro do mercado varejista, existem diversos tipos de negócios. Os principais são descritos a seguir:

Lojas físicas

As lojas físicas representam o formato tradicional de comércio com o qual as pessoas estão acostumadas. Nele, os consumidores adquirem produtos em pontos de venda (PDV), portanto é necessário se deslocar até o local e fazer uma busca ativa dos itens.

Esse modelo engloba lojas de departamentos, marcas especializadas, lojas de fábrica, supermercados e hipermercados.

💡 Saiba mais: Loja física ou virtual: qual é a melhor opção?

Varejo sem loja

Já essa segunda categoria engloba empresas que comercializam produtos e serviços sem a necessidade de uma loja física para atender o consumidor.

Isso inclui, por exemplo, empresas de telemarketing, vendedores autônomos e o modelo mais conhecido atualmente, que é o comércio eletrônico.

É válido ressaltar que os sistemas ERP para varejo podem ser aplicados em todos os tipos de negócio nesse setor, inclusive no e-commerce. Para isso, é essencial realizar pesquisas, fazer comparações e escolher a solução mais adequada para o seu tipo de empreendimento.

💡 Saiba mais: O que é e como escolher um ERP e-commerce?

O que é ERP para varejo?

Um ERP para varejo é um sistema de gestão empresarial que integra as áreas de uma empresa do setor varejista e centraliza todas as informações em um único lugar, priorizando tudo aquilo que é mais relevante para quem trabalha com vendas.

Uma das principais vantagens do ERP para varejo é o acesso a informações em tempo real, o que é essencial para o setor. Ele permite acompanhar as vendas, fazer a gestão de estoque, realizar o controle financeiro e analisar o desempenho de maneira instantânea.

Essa capacidade de obter dados atualizados em tempo real auxilia os gestores na tomada de decisões. Afinal, são usadas informações concretas para embasar uma determinação.

Portanto, o ERP para varejo é uma ferramenta de produtividade, que melhora a eficiência operacional das empresas, reduz custos e ajuda o negócio a alcançar um crescimento sustentável.

💡Saiba mais: Software para pequenas empresas

Como funciona um sistema ERP para varejo?

Na prática, o ERP para varejo simplifica o acesso a informações cruciais, como o nível de estoque, o volume de vendas e a situação financeira da empresa.

Com o sistema, não é mais necessário conferir manualmente o fluxo de caixa. Isso porque o sistema automatiza a verificação da receita, do saldo inicial, das despesas e faz a projeção do caixa, garantindo maior precisão e agilidade.

Além disso, o ERP possibilita a geração de relatórios detalhados para acompanhar o desempenho do negócio, indo desde a análise de vendas até a emissão de notas fiscais, proporcionando uma visão abrangente e facilitando a tomada de decisões estratégicas.

Uma das grandes vantagens do software é a redução de erros e a eliminação de diversas tarefas manuais, como a digitação de documentos. Isso aumenta a eficiência e a produtividade das equipes, permitindo que se dediquem a atividades mais estratégicas.

Para além dessas funcionalidades, o ERP para varejo é uma excelente ferramenta para integrar as vendas de PDV, loja virtual, redes sociais e marketplace.

💡 Saiba mais: O que é um sistema de informação gerencial e para que serve?

Inclusive, se você tiver uma loja Nuvemshop, consegue integrar seu e-commerce e outros canais de vendas ao ERP para facilitar a gestão do seu negócio!

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Por que contar com um ERP para varejo?

Quando um comerciante está prestes a adquirir uma solução de gestão, como um sistema ERP para varejo, ele começa a pesquisar as opções que melhor se adequam às suas necessidades, ao seu segmento de mercado e, principalmente, aos canais de venda que utiliza.

Existem ERPs mais direcionados para o varejo físico, enquanto outros são mais adequados para o comércio eletrônico. Como já mencionamos, uma vantagem significativa dessas ferramentas é a integração com o ponto de venda (PDV).

Isso significa que, ao vender um produto em uma loja física, as informações de estoque, por exemplo, serão atualizadas em todos os outros canais, como o e-commerce e marketplace.

Essa sincronização automática evita a venda de itens que estão esgotados. Além disso, o sistema proporciona notificações antecipadas sobre a falta de um produto, sinalizando a necessidade de realizar novas compras.

Esses são apenas alguns dos recursos disponíveis na integração proporcionada pelo ERP para varejo. Em resumo, a funcionalidade permite que todas as etapas do negócio, desde a venda até a entrega, sejam gerenciadas por meio de uma única ferramenta.

Lojistas da Nuvemshop, por exemplo, podem contar com diversos aplicativos de gestão, bastando escolher o melhor para o negócio. Para isso, é só acessar a nossa Loja de Aplicativos e conhecer os sistemas disponíveis.

Quais os benefícios do ERP para o varejo?

Como vimos ao longo deste artigo, a implementação de um ERP é um passo crucial para qualquer empresa que deseje aumentar sua produtividade, tornar-se mais lucrativa e impulsionar seu crescimento.

Essa solução tecnológica oferece benefícios significativos ao integrar processos, automatizar tarefas, unificar dados e fornecer informações atualizadas em tempo real para apoiar a gestão e impulsionar o sucesso empresarial.

Para não restarem dúvidas sobre os benefícios do ERP para o varejo, vamos elencar suas vantagens a seguir. Confira:

Informações centralizadas

O ERP para varejo integra todas as áreas da empresa — como vendas, estoque, finanças e compras — em um único sistema. Isso permite que as informações sejam centralizadas, facilitando o acesso e a tomada de decisões com base em dados precisos e atualizados.

Ter todas as informações em um só lugar fornece uma visão global do negócio, já que todas as áreas da empresa estão conectadas. Além disso, é possível oferecer um atendimento ao cliente mais eficaz.

Os varejistas podem acessar rapidamente o histórico de compras, as preferências e as necessidades dos consumidores, oferecendo um serviço personalizado e atendendo às expectativas de forma mais precisa.

A integração de informações também facilita a comunicação entre diferentes canais de venda, proporcionando uma experiência do cliente consistente e fluida.

📘 Confira o e-book: Guia de atendimento ao cliente para lojas virtuais

Processos automatizados

O sistema ERP automatiza tarefas e processos manuais, reduzindo erros e aumentando a eficiência operacional. Assim, atividades como emissão de notas fiscais, controle de estoque, gestão de compras e fluxo de caixa podem ser automatizadas, liberando tempo para os funcionários se concentrarem em atividades estratégicas.

Além disso, a automação dos processos no ERP para varejo promove maior consistência e padronização nas operações. Os fluxos de trabalho são definidos e executados de acordo com regras preestabelecidas, garantindo que as atividades sejam realizadas da mesma maneira sempre que forem feitas, em todos os departamentos e filiais.

Isso melhora a qualidade dos processos e a confiabilidade das informações, permitindo uma visão integrada e precisa das operações do varejo.

Aumento da produtividade

O aumento da produtividade é uma das principais vantagens do ERP para varejo. Com a implementação do sistema, é possível automatizar uma série de tarefas manuais e repetitivas, como o preenchimento de planilhas, o cálculo de estoque e a emissão de notas fiscais.

Isso permite que os colaboradores se dediquem a atividades mais estratégicas e de maior valor agregado para o negócio, otimizando seu tempo e aumentando a eficiência operacional.

Além disso, o ERP para varejo possibilita a integração de diferentes áreas e processos da empresa. Isso significa que as informações estão disponíveis em tempo real e de forma centralizada, facilitando o acesso e a análise dos dados.

Com uma visão holística do negócio, os gestores podem identificar oportunidades de melhoria, antecipar demandas, ajustar estratégias e acompanhar o desempenho da empresa de forma mais eficiente.

Assim, o aumento da produtividade proporcionado pelo ERP contribui para impulsionar a competitividade e o crescimento sustentável da empresa no mercado varejista.

Melhoria da experiência do cliente

Melhorar a experiência do cliente é uma vantagem significativa do ERP para varejo. Com informações e processos em um único sistema, as empresas podem oferecer um atendimento mais eficiente e personalizado aos clientes.

Os vendedores têm acesso rápido e preciso a dados relevantes, como histórico de compras, preferências e informações de contato, o que lhes permite entender melhor as necessidades do cliente e oferecer produtos ou serviços adequados.

Isso resulta em uma experiência de compra mais fluida e satisfatória, criando um vínculo mais forte e fidelidade à marca.

💡 Saiba mais: Como atrair e fidelizar clientes?

Além disso, o ERP para varejo possibilita a automação de atividades que impactam diretamente a experiência do cliente, como o processamento de pedidos, o planejamento de estoque e a entrega dos produtos.

Com um fluxo de trabalho mais ágil e eficiente, os prazos de entrega são reduzidos e os erros são minimizados, garantindo que os clientes recebam seus produtos de forma rápida e correta.

E que tal medir o nível de satisfação do cliente com a sua empresa e os serviços oferecidos? Baixe gratuitamente o nosso modelo de pesquisa e conheça a opinião da audiência sobre a sua empresa:

📘 Confira o e-book: Modelo de pesquisa de satisfação

Decisões baseadas em dados

Não é uma novidade dizer que o ERP para varejo permite tomar decisões mais acertadas. Isso porque ele oferece recursos de geração de relatórios e análise de dados, fornecendo informações essenciais para tomar decisões estratégicas.

Os gestores podem obter insights sobre vendas, desempenho financeiro, rentabilidade de produtos e identificar oportunidades de crescimento.

Gestão de estoque unificada

Como já mencionamos, o ERP para varejo possibilita um melhor controle e gestão do estoque. Ele fornece informações precisas sobre o nível de estoque, alerta de reposição, rastreabilidade de produtos e auxilia na previsão de demanda.

💡 Saiba mais: O que é inventário de estoque e como fazer um?

Isso evita estoques excessivos ou insuficientes, reduz custos de armazenamento e minimiza perdas por obsolescência ou vencimento de produtos.

Inclusive, se você trabalha com produtos perecíveis e tem dúvida sobre como monitorar a data de validade dos itens, não deixe de baixar o nosso material gratuitamente:

📈 Confira a planilha: Planilha de controle de validade

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Quais são os tipos de ERP para varejo?

Existem diferentes tipos de ERP para varejo que podem atender às necessidades específicas das empresas. Saber qual é o melhor modelo vai depender dos recursos oferecidos, da escalabilidade e dos níveis de customização.

Confira, a seguir, quais são os principais tipos:

ERP para varejo de loja física

Esse tipo de ERP é projetado para empresas que operam principalmente em lojas físicas. Ele oferece recursos como gestão de estoque, sistema de vendas para loja, caixa, compras e controle de ponto de venda (PDV).

Também pode incluir recursos adicionais, como gestão de promoções e campanhas de marketing direcionadas ao varejo físico.

ERP para e-commerce

O ERP para e-commerce é direcionado para empresas que têm uma presença predominantemente virtual.

Ele se concentra em recursos específicos para o gerenciamento de pedidos online, integração com plataformas de e-commerce, gestão de estoque em tempo real, processamento de pagamentos online e monitoramento de métricas relacionadas às vendas e ao desempenho do e-commerce.

💡 Saiba mais:

ERP para varejo especializado

Esse ERP é desenvolvido para atender às necessidades de varejistas especializados em determinados setores, como moda, eletrônicos, alimentos, móveis, entre outros.

O sistema pode oferecer recursos específicos para o gerenciamento de produtos, categorias, tamanhos, cores, variações, datas de validade, entre outros aspectos particulares do setor.

💡 Saiba mais: O que é um sistema ERP cloud e quais as vantagens para a empresa?

ERP para varejo multicanal

Por fim, esse tipo de ERP é adequado para empresas que operam em diferentes canais de vendas, como lojas físicas, e-commerce, marketplaces e até mesmo vendas por telefone e redes sociais.

Ele oferece recursos de integração que permitem que todas as operações de vendas multicanal sejam gerenciadas em uma única plataforma, sincronizando informações sobre estoque, pedidos, logística etc.

O que um ERP para varejo precisa ter?

Tendo como base as informações que trouxemos até aqui, já deu para perceber que escolher um ERP adequado para o seu negócio envolve uma série de fatores bem particulares.

No entanto, é importante observar se o sistema pretendido apresenta algumas funcionalidades indispensáveis para uma boa gestão.

Confira, a seguir, alguns elementos que um ERP para varejo deve ter:

Gestão de estoque

Um ERP para varejo deve oferecer recursos avançados de gestão de estoques, permitindo o acompanhamento preciso dos produtos em tempo real.

Isso inclui controle de entrada e saída de mercadorias, gerenciamento de inventário, rastreabilidade de produtos, controle de lote e validade, entre outros. Tudo isso para evitar o tão temido estoque parado.

📈 Confira a planilha: Planilha de controle de estoque

Emissão de nota fiscal

Por meio de um sistema de ERP, a geração de notas fiscais ocorre de maneira automática, eliminando a tarefa manual de preenchimento do documento. Isso resulta na redução de erros e contribui para um controle financeiro mais preciso.

Além disso, essas soluções de gestão proporcionam ao proprietário do negócio acesso simplificado aos documentos. Uma vantagem adicional é o armazenamento online, dispensando a necessidade de espaço físico para guardar papéis importantes.

💡 Saiba mais: O que é nota fiscal de entrada e como emitir?

Cadastro de clientes, serviços e fornecedores

Um bom ERP para varejo deve ter recursos que facilitem a gestão de compras, desde o controle de cotações e pedidos até o acompanhamento dos fornecedores. Isso inclui a capacidade de criar ordens de compra, receber mercadorias, controlar prazos de entrega e avaliar o desempenho dos parceiros comerciais.

O sistema ainda deve facilitar o cadastro de informações importantes sobre o cliente. Quando esse registro é bem feito, permite a criação de ofertas e promoções personalizadas, que, por sua vez, estreitam a relação entre o comprador e a empresa.

Gerenciamento de frente de caixa

A etapa final da venda no varejo físico é realizada na frente de caixa, onde o comprador apresenta o produto e efetua o pagamento. Devido à sua importância, é crucial dedicar atenção a esse setor para garantir a saúde financeira da empresa e proporcionar uma experiência satisfatória ao cliente.

Ter um PDV integrado ao ERP é crucial para a realização de vendas no varejo. Ele deve fornecer recursos como registro de vendas, controle de caixa, gestão de pagamentos, emissão de notas fiscais, além de permitir a integração com outros sistemas de pagamento e dispositivos, como leitores de código de barras e terminais de cartão.

💡 Saiba mais: O que é GTIN e por que ele é o futuro da rastreabilidade de produtos?

Geração de boletos

A cada nova venda e valor a receber, o sistema do ERP deve gerar um boleto que é enviado ao cliente. Essa funcionalidade desempenha um papel importante na redução do risco de fraudes, ao mesmo tempo em que contribui para a organização e o controle das vendas.

Os ERPs — seja por meio de integração com plataformas de pagamento online ou por meio de uma funcionalidade nativa de emissão de boletos — também centralizam os métodos de recebimento.

Além disso, a integração das notas fiscais eletrônicas (NF-e) geradas com os módulos contábeis permite a gestão automática e o cálculo dos aspectos tributários e fiscais.

💡 Saiba mais: Quais as diferenças entre cupom fiscal e nota fiscal?

Integração entre loja física e virtual

Por fim, mas não menos importante, é fundamental que o ERP para varejo escolhido permita a integração entre PDV e outros canais de venda, como e-commerce e marketplaces.

💡 Saiba mais: Como escolher o sistema de controle de estoque certo para sua empresa?

Quais são os melhores ERPs para varejo?

Agora que você já sabe o que considerar ao escolher o melhor sistema de ERP para o seu varejo, chegou a hora de conhecer alguns softwares. Listamos opções indicadas para empresas de variados portes e segmentos. Confira:

Phibo

O Phibo é um sistema de gestão próprio para lojas de moda, criado nos moldes para lojistas de roupas, calçados e acessórios.

Seu principal objetivo é facilitar o dia a dia de empreendedores que não têm muita familiaridade com tecnologia e não têm tempo para mexer com planilhas, cadernos e sistemas complicados.

Com cadastros rápidos e específicos, você terá toda a sua loja sob controle, seja seu estoque, as vendas, o cadastro de clientes e as finanças, tudo com pouquíssimos cliques.

Os planos custam a partir de R$ 89, e clientes Nuvemshop têm 40% de desconto na primeira mensalidade do Phibo, utilizando o cupom NUVEM40.

⚙️ Baixe o aplicativo: Phibo

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Omie

O Omie ERP oferece uma solução completa para os setores de indústria, comércio e serviços. Os segmentos atendidos pelo software são serviços em geral, alimentação, vendas, saúde e estética, indústria e logística, tecnologia e educação.

Merecem destaque os recursos de PDV para lojas, painel do contador, CRM integrado e controle de distribuidores. Além disso, o sistema permite a geração de relatórios personalizados para apoiar a tomada de decisão da empresa.

O Omie ERP oferece um plano gratuito para empresas que movimentaram até R$ 180 mil nos últimos 12 meses, com direito à emissão de 10 notas fiscais ao mês. Outras opções são o plano MEI (a partir de R$ 59 ao mês), plano Simples Nacional (a partir de R$ 199 ao mês) e plano Lucro Real/Presumido (a partir de R$ 599 ao mês).

Além disso, o Omie ERP tem integração com a Nuvemshop. Por meio do aplicativo da Omie, você pode fazer a conexão gratuitamente e ainda ganha 20% de desconto nos treinamentos da empresa.

👉 Confira: Como instalar o aplicativo Omie na minha loja?

Eccosys

O Eccosys é um sistema de gestão para e-commerce que pode ser integrado à sua loja virtual. Com ele, você consegue centralizar toda a gestão da sua loja virtual em um único ambiente. Isso significa que as vendas, pedidos, cadastros de clientes, notas fiscais e todas as informações do seu negócio podem ser gerenciadas no mesmo lugar.

Além disso, o software permite que você automatize diversos processos, como a separação e expedição de produtos. Ainda é possível usá-lo para controlar o estoque, imprimir etiquetas, gerenciar o catálogo de produtos e muito mais.

Completamente integrado à Nuvemshop, os planos variam entre o básico, de R$ 300 mensais, e o avançado, que custa R$ 1.200 por mês.

💡 Saiba mais: O que é Eccosys e como funciona esse ERP?

👉 Confira: Como instalar o aplicativo ERP Eccosys?

TagPlus

O TagPlus é um ERP focado em gestão comercial usado por mais de 60 mil empresas brasileiras. Ele é conhecido por ser muito fácil de usar e oferecer interfaces intuitivas para seus usuários.

As principais funcionalidades do sistema são controle de vendas, emissão de notas fiscais, faturamento, gestão de pedidos, cadastro de clientes e controle de estoque. A ferramenta pode ser testada gratuitamente por 15 dias, e a partir de então os planos variam entre R$ 49,92 e R$ 190,83 mensais.

O TagPlus também é mais um exemplo de ERP para varejo que pode ser integrado gratuitamente à Nuvemshop a partir de nossa Loja de Aplicativos.

👉 Confira: Como instalar o aplicativo TagPlus na minha loja?

Vhsys

O Vhsys é um ERP para varejo voltado a micro e pequenas empresas que centraliza todas as atividades do negócio em um único sistema. Ele oferece módulos para cadastro de clientes e fornecedores, controle financeiro, emissão de notas fiscais e geração de relatórios gerenciais.

Além disso, inclui um aplicativo gratuito para gestão do negócio a qualquer hora e lugar. O plano essencial inclui notas fiscais ilimitadas e custa R$ 99 ao mês, enquanto o plano completo inclui um módulo de frente de caixa no PDV e custa R$ 249 ao mês.

Lojistas Nuvemshop podem integrar seu e-commerce ao Vhsys gratuitamente por meio de nosso aplicativo.

👉 Confira: Como instalar o aplicativo Vhsys na minha loja?

Bling

Bling é uma solução de gestão online simplificada, especialmente projetada para integrar lojas físicas a virtuais. Com ele, é possível emitir notas fiscais, controlar o fluxo de caixa, gerenciar o estoque e muitas outras funcionalidades.

Uma das características marcantes do Bling é sua acessibilidade em termos de preços, além das diversas opções de integração com várias plataformas de e-commerce. Por exemplo, na Nuvemshop, é possível instalar o aplicativo do Bling e gerenciar sua loja online com sincronização de estoque e importação de produtos facilitada.

E o melhor de tudo: os clientes da Nuvemshop têm direito a 4 meses de teste gratuito no Bling!

👉 Confira: Como instalar o aplicativo Bling em minha loja?

Tiny ERP

O Tiny ERP é outra opção de ERP para varejo focado na gestão de e-commerce simplificada. Entre suas funcionalidades, estão a emissão de nota fiscal, separação de etiquetas, expedição, gestão de compras e controle do fluxo de caixa.

Novamente, você pode integrar sua loja Nuvemshop com o Tiny ERP por meio da loja de aplicativos. A condição especial é o direito a 30 dias grátis + 3 meses com 50% de desconto em qualquer plano Tiny.

👉 Confira: Como integrar o Tiny ERP na minha loja?

Já escolheu o seu ERP para varejo online?

Como vimos, o ERP para varejo é uma ferramenta essencial para impulsionar o sucesso das empresas do setor. Ao integrar e centralizar informações, automatizar processos, gerenciar estoques e otimizar a gestão financeira, o ERP oferece uma vantagem competitiva significativa.

Além disso, com a capacidade de fornecer uma visão abrangente e em tempo real do negócio, os gestores podem tomar decisões estratégicas com base em dados concretos, impulsionando a eficiência operacional e a lucratividade.

Com o avanço da tecnologia e a necessidade cada vez maior de uma gestão eficiente, o investimento em um ERP para varejo se torna imprescindível. As empresas que adotam essa solução têm a oportunidade de aprimorar seus processos, garantir uma boa experiência de compra e se adaptar às demandas do mercado de forma ágil.

Se você já vende em PDV e quer expandir seu negócio para o meio virtual, que tal conhecer a Nuvemshop? Crie sua loja grátis na plataforma e integre o mundo offline ao online em poucos cliques! 💙

Aqui você encontra:
Perguntas frequentes sobre ERP para varejo

ERP para varejo é um sistema integrado que centraliza e automatiza as operações e processos de uma empresa varejista, abrangendo áreas como vendas, estoque, finanças, compras e recursos humanos. Ele permite a gestão eficiente de todas as etapas do negócio, fornecendo informações precisas em tempo real, agilizando operações, reduzindo erros, otimizando o controle de estoque e contribuindo para uma melhor tomada de decisão.

Informações centralizadas, processos automatizados, aumento da produtividade, melhoria da experiência do cliente, decisões baseadas em dados e gestão de estoque unificada.

ERP para varejo de loja física, ERP para e-commerce, ERP para varejo especializado e ERP para varejo multicanal.

Gestão de estoque, emissão de nota fiscal, cadastro de clientes, serviços e fornecedores, gerenciamento de frente de caixa, geração de boletos e integração entre loja física e virtual.

Faça como milhares de negócios e crie a sua loja

Criar loja grátis

Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies