O que é SaaS, quais as vantagens e como funciona?

Imagem de um computador e um smartphone com dados e gráficos, representando o que é SaaS

SaaS, ou Software as a Service, em tradução livre “software como serviço”, é uma tecnologia baseada em nuvem que permite aos profissionais realizar seu trabalho pela internet. Com esse modelo, você não precisa passar pela demora de baixar os programas e instalá-los antes de poder utilizá-los. Alguns exemplos de SaaS são: Google Drive, plataforma de e-commerce, e-mail, entre outros.


Se você tem um negócio online, sabe como a segurança dos dados e a facilidade do trabalho remoto são essenciais para o bom funcionamento da sua organização. Nesse contexto, o SaaS (Software as a Service) oferece um serviço baseado em nuvem em que, em vez de baixar os programas no seu computador, você pode acessá-los na internet.

Seguindo essa ideia, empresas que antes precisavam se preocupar com a perda recorrente de materiais importantes ou com a dificuldade para compartilhar documentos agora têm a possibilidade de trabalhar com aplicativos online. Isso, indiretamente, acelera o crescimento de alguns negócios, visto que impulsiona sua transformação digital.

Sendo assim, para te explicar melhor o que é SaaS, como funciona esse modelo de software como serviço e quais são suas vantagens, preparamos este artigo completo com tudo o que você precisa saber. Então, vamos lá? 📝

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

O que é SaaS?

SaaS, ou Software as a Service, em tradução livre “software como serviço”, é uma tecnologia baseada em nuvem que permite aos profissionais realizar seu trabalho pela internet.

Com esse modelo, você não precisa passar pela demora de baixar os programas e instalá-los antes de poder utilizá-los. Isso porque os produtos SaaS podem ser acessados ​​pela web, por meio de aplicativos móveis e de desktop.

Além disso, as plataformas SaaS permitem que os usuários acessem diversos tipos de softwares pela internet com qualquer navegador compatível. De modo geral, isso permite que as pessoas tenham seus dados e arquivos em mãos em qualquer lugar, possibilitando a conclusão das tarefas importantes onde quer que seja.

O interessante do SaaS é que existem diversos tipos de modelos. Por exemplo, um serviço de streaming é considerado um software de armazenamento em nuvem, como também um e-commerce e serviços de arquivamento de documentos online.

💡 Saiba mais: Quais são os principais softwares para e-commerce?

Quais são as vantagens de usar um SaaS?

Até aqui, explicamos o que significa SaaS e como funcionam as empresas que trabalham com esse modelo de software. Nesse sentido, você já deve ter entendido que o maior benefício do SaaS é o fato de ele dispensar a instalação e execução de aplicativos nos dispositivos.

Ainda que essa seja uma vantagem muito atrativa e possa te convencer a aderir a essa solução, trouxemos mais algumas que podem fazer o seu olho brilhar! 🤩 Confira abaixo:

Mais acessibilidade

Os clientes podem acessar o SaaS em qualquer lugar e a qualquer momento, desde que tenham uma conexão com a internet e um navegador da web.

💡Saiba mais: Software para pequenas empresas

Custos mais baixos

O SaaS pode fornecer economias notáveis ​​por vários motivos. Em primeiro lugar, elimina o custo inicial de compra e instalação de aplicativos, bem como custos contínuos como manutenção e atualizações. Em vez de gastar grandes quantias de dinheiro em instalações de hardware, os aplicativos SaaS podem ser facilmente acessados online.

Além disso, os modelos pré-pagos permitem que as empresas paguem apenas pelo que estão usando e não pelo licenciamento não usado. Dessa forma, o SaaS pode ser vantajoso para pequenas empresas porque fornece acesso a softwares caros e de alta potência que, de outra forma, dificilmente poderiam ser obtidos por meio de métodos de compra convencionais.

💡 Saiba mais: Como fazer uma redução de custos?

Ferramentas compartilhadas entre a equipe

Um benefício do SaaS é que as ferramentas utilizadas pelos times podem ser compartilhadas entre as equipes. Isso quer dizer que as atividades podem ser divididas e cada pessoa trabalhando tem acesso aos mesmos recursos, o que pode acelerar a produtividade da empresa.

Otimização de tempo

Se você acredita que “tempo é dinheiro” saiba que, felizmente, o SaaS pode economizar ambos. Isso porque, para muitos aplicativos SaaS, a instalação é tão simples quanto ter uma conexão com a internet e fazer um login.

Isso elimina horas extras de trabalho e tempo de inatividade que podem ter sido necessários para atualizar o software convencional. Além disso, os aplicativos SaaS tendem a ter uma curva de aprendizado menor, o que significa uma adoção mais rápida do funcionamento do software por todo o seu time.

Escalabilidade e integração

Normalmente, as soluções SaaS residem em ambientes de nuvem com integração com outras plataformas no mesmo modelo. Comparado com o tipo tradicional, significa que você está economizando mais, uma vez que não precisa comprar outro servidor ou software.

Isso acontece porque você só precisa habilitar um novo pacote no programa, por exemplo. Nessa linha, você escolhe o que mais atende a sua necessidade, tendo a flexibilidade de poder aumentar ou diminuir o uso do software com base no que é essencial para o seu negócio.

💡 Saiba mais: O que é um sistema de gestão e quais as suas vantagens?

Qual é o custo inicial de um SaaS?

Não existe um número exato de quanto custa um serviço SaaS. Isso porque a maioria das empresas neste segmento cobram por assinatura e os planos variam de acordo com o que está incluso neles.

Nesse sentido, podemos dizer que o valor inicial para a implementação de um SaaS no seu negócio pode variar de R$ 50 a R$ 900 mensais. Mas, por outro lado, se você quiser contratar um desenvolvedor e criar uma própria empresa SaaS para o seu negócio, esse número será diferente e dependerá das funcionalidades que você pedir.

No caso da Nuvemshop, por exemplo, o comprador paga um valor mensal referente ao plano escolhido todo mês — mas também há uma versão totalmente grátis.

No entanto, é importante lembrar que, como citado anteriormente, o SaaS promove um crescimento acelerado nas organizações, uma vez que as empresas têm mais acesso às atualizações e podem usar a ferramenta com mais facilidade, focando seus esforços em outras áreas.

Exemplos de empresas SaaS

Provavelmente você utiliza algum serviço SaaS no seu dia a dia, uma vez que esse modelo de software está dominando o mercado pela sua facilidade de uso. Então, trouxemos abaixo algumas empresas SaaS para você conhecer e entender melhor como esse serviço funciona. Confira abaixo:

Nuvemshop

A Nuvemshop é uma plataforma de e-commerce que oferece serviços de hospedagem e criação de lojas virtuais. Se trata de uma empresa SaaS porque oferece o armazenamento de lojas na internet por meio de uma assinatura mensal.

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Dropbox

O Dropbox é uma solução baseada em nuvem que armazena documentos e dados. É uma ferramenta SaaS muito utilizada, visto que possibilita uma organização do fluxo de trabalho em um só lugar.

Google Drive

O Google Drive tem a mesma ideia da empresa SaaS citada acima, uma vez que sua principal função é armazenar arquivos em nuvem. Basicamente, para você utilizar essa plataforma, você precisa criar uma conta no gmail e pode armazenar qualquer arquivo na nuvem.

Além disso, o Google Drive também conta com a facilidade de aumentar a capacidade de armazenamento com planos específicos para grandes empresas e universidades.

Netflix

A Netflix, um dos maiores nomes do streaming no mundo, é uma empresa SaaS que vende um software onde as pessoas podem assistir a filmes, séries e documentários por meio de uma assinatura mensal.

PayPal

O PayPal é um provedor de software que ajuda negócios digitais a venderem com segurança para os seus clientes. Da mesma maneira, é um tipo de pagamento para os usuários comprarem online.

Slack

Com uma plataforma fácil e útil para empresas que adotam o regime remoto, o Slack é uma ferramenta SaaS de integração para empresas se comunicarem facilmente no meio digital.

Zoom

Criado em 2011 e sendo referência em segurança, o Zoom fornece ferramentas de videoconferência para hospedar reuniões. Por essa razão, se trata de uma empresa SaaS atuante no mercado.

Como garantir a segurança de dados de um SaaS?

Diariamente, as empresas de SaaS acessam e analisam muitos dados de clientes. Se você deixar de manter esses dados seguros, isso terá um impacto direto e duradouro na experiência dos usuários e na confiança que eles depositam no seu negócio.

Então, confira abaixo algumas dicas de como manter os dados dos seus clientes — e do seu próprio negócio — seguros:

  • Criptografe os seus dados;
  • Faça da privacidade uma prioridade;
  • Eduque os seus clientes sobre a sua política de privacidade;
  • Realize backup de dados em vários locais seguros;
  • Opte por fazer uma parceria com empresas de segurança digital;
  • Exija senhas mais fortes.

💡 Saiba mais: Entenda tudo sobre a Lei Geral de Proteção de Dados

Por exemplo, a Nuvemshop é uma empresa que garante a segurança dos dados dos clientes, ao passo que oferece a melhor experiência para o usuário. Dessa maneira, o empreendedor consegue focar os seus esforços no aumento das vendas da sua loja virtual e nossa empresa fica responsável por manter o e-commerce seguro e em pleno funcionamento.

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Quais são as métricas de um modelo SaaS?

Quando você trabalha com uma empresa SaaS é muito importante que o acompanhamento de dados seja frequente. Para te ajudar com isso, veja abaixo algumas métricas de análise desse tipo de software:

Custo de aquisição de cliente (CAC)

O CAC é uma medida do valor que você gasta em vendas, marketing e outros custos associados para prospectar novos clientes e conquistá-los. Você pode calcular isso pegando o valor total gasto em um determinado mês — incluindo salários e outras despesas relacionadas — e dividindo-o pelo número de clientes adquiridos durante o mesmo período.

O custo de aquisição de clientes está diretamente relacionado ao valor vitalício que você ganha de cada novo cliente. Então, para que um negócio SaaS seja viável, você precisa lucrar mais com seus clientes do que gasta os adquirindo.

Lifetime value (LTV)

O valor da vida útil do cliente, lifetime value (LTV), representa a receita total gerada por um cliente durante a vida útil de sua conta. Quanto mais tempo os consumidores continuarem usando seu serviço, maior será o valor de sua vida útil.

Independentemente de como você a calcular, essa é uma das métricas de SaaS mais importantes que você pode medir, uma vez que oferece uma perspectiva de longo prazo sobre as estratégias de engajamento do cliente, permitindo que você preveja o quão valiosos os consumidores serão para o seu negócio ao longo do tempo.

Churn Rate

O churn rate de SaaS mede o número de clientes que cancelaram a assinatura. Como a receita recorrente é a força vital de um negócio SaaS, o churn rate é uma métrica de muita importância para a viabilidade de longo prazo de uma empresa nesse mercado.

Além disso, essa métrica também pode servir como alerta. Por exemplo, se o churn rate está muito alto ou aumentou de repente em determinado período, isso pode indicar que existe um problema com o SaaS em questão.

Sendo assim, a partir desse dado, é possível investigar com as áreas o que pode estar acontecendo, implementando melhorias para evitar que a métrica continue elevada.

Net Promoter Score (NPS)

O NPS é uma métrica utilizada como pesquisa de satisfação para medir se os clientes estão alegres com o serviço ou produto oferecido por uma empresa.

Medir o NPS permite que você descubra por que os clientes estão insatisfeitos e use seus comentários para melhorar seu produto. Nos estágios iniciais de um negócio SaaS, os dados qualitativos obtidos com o feedback do cliente podem ser úteis para determinar se você está adequando sua empresa às necessidades do mercado.

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Aprendeu tudo sobre SaaS?

Como vimos ao longo do artigo, o SaaS ou Software as a Service é uma alternativa para empresas armazenarem seus documentos e informações na nuvem, além de terem mais segurança e qualidade de trabalho no dia a dia.

Está pensando em modernizar os serviços da sua loja? Crie sua loja virtual grátis com a Nuvemshop e descubra como a nossa plataforma pode ajudar o seu negócio a decolar. É fácil, rápido e sem a necessidade de conhecimentos técnicos! 💙

Aqui você encontra:
Perguntas frequentes sobre SaaS

SaaS, em tradução literal "software como serviço", é uma tecnologia baseada em nuvem que permite que os profissionais realizem seu trabalho pela internet a partir de diferentes soluções para as mais variadas necessidades.

Uma empresa SaaS hospeda um aplicativo e o disponibiliza aos clientes pela Internet, mantendo servidores, bancos de dados e software que permitem que o aplicativo seja acessado pela internet por qualquer dispositivo digital.

Mais acessibilidade, custos reduzidos, tempo otimizado e integração com outras plataformas.

Custo de aquisição do cliente (CAC), lifetime value (LTV), net promoter score (NPS) e churn rate.

Faça como milhares de negócios e crie a sua loja

Criar loja grátis

Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies