05/12/2015

Como abrir uma loja virtual em tempos de crise: 7 dicas que farão a diferença

Como abrir uma loja virtual em momento de crise

Ao ligar a TV ou abrir páginas de jornais e revistas não é difícil encontrar matérias informando sobre a alta do dólar, instabilidade política, além da desaceleração de setores como o da construção civil e industrial que estavam aquecidos desde 2010. Tudo isso, fez com que o otimismo e confiança do empreendedor brasileiro diminuísse nesses últimos meses.

Se você sonhava em ter seu próprio negócio e agora está inseguro com isso, sem pânico. Vamos te ensinar como criar uma loja virtual e mostrar bons motivos para acreditar fazer isso nesse momento pode ser uma ótima ideia!

1. Escolha um produto vendável

Este é o princípio de tudo; escolher um segmento de atuação é mandatório para ajudar você a definir como e quais serão os próximos passos.

Já tem algumas ideias, mas está na dúvida de qual delas tem mais chance de sucesso? Uma dica é usar o planejador de palavras-chave do Google, assim terá uma noção melhor de o que as pessoas mais têm interesse e a relação entre demanda e oferta.

Além disso, preocupe-se também com o valor de venda que o seu produto terá; é importante ter um preço justo para não espantar seu consumidor e gerar o boca a boca de que os produtos da sua loja possuem um bom custo/benefício, isso irá atrair mais clientes e, consequentemente, mais vendas.

Se possível, dê preferência aos fornecedores nacionais. Apesar dos tributos para as indústrias nacionais serem altos em comparação a outros países, a vantagem é que o preço dos produtos não irá sofrer tanto com a variação direta do dólar e, além disso, é uma boa forma de incentivar a economia nacional.

2. Estude os casos de sucesso

Embora cada loja seja diferente, estudar os casos de sucesso pode te ajudar a ter ideais para montar a estratégia da sua loja. Busque por lojas com as quais você se identifica e também as do mesmo segmento que o seu; é legal estudar como elas começaram e a partir de qual ponto se destacaram no mercado. Por exemplo, se a sua loja é de calçados esportivos, pode ser inspirador conhecer um pouco mais de lojas líderes desse segmento, como a Netshoes.

Procure também ajuda de alguém que trabalha na área para tirar dúvidas. Se optar pela plataforma da Nuvem Shop, você pode contar com a ajuda de nossos consultores nuvem ou mesmo procurar orientação em organizações especializadas como o Sebrae.

3. Analise o custo/benefício das plataformas de e-commerce disponíveis

Apesar do que pode parecer, plataformas de e-commerce não são todas iguais. Cada uma tem características e ferramentas que funcionam de maneiras distintas, o que faz com que a experiência de administrar sua loja seja completamente diferente de uma plataforma para outra.

A melhor forma de saber qual é a plataforma ideal é testá-las. A maioria das empresas oferece um período de teste gratuito para que você possa montar uma loja e conhecer as ferramentas disponíveis em cada uma. Assim você poderá ter mais segurança na hora de contratar os serviços de uma plataforma de e-commerce.

É importante considerar também se essa plataforma oferecerá o suporte adequado mesmo quando o número de acessos e vendas da sua loja crescer bastante. Assim você evitará um gasto de tempo e dinheiro desnecessário migrando sua loja para outra plataforma.

Nós temos um conteúdo especial com mais dicas sobre como escolher a plataforma ideal para seu negócio de sucesso, vale a pena dar uma olhada.

4. Dedique-se

Assim como abrir uma loja física, criar uma loja virtual também requer tempo e dedicação.
É preciso se preocupar em montar uma loja em que seu cliente sentirá segurança em comprar.
Você pode se perguntar: eu compraria nessa loja?

Uma alternativa é fazer um “teste cego” com seus amigos e perguntar se eles confiariam na loja, assim você terá a opinião sincera sobre a apresentação do seu e-commerce. É sempre bom lembrar que um bom layout com bons bannersimagens dos produtos garantem uma melhor impressão sobre a loja.

Outra coisa que você deve considerar é o desenvolvimento do seu logotipo. Pense em um logo que tenha a ver com a mensagem que você quer passar aos seus clientes e que também se identifique com os produtos que você vende.

5. Divulgue sua loja

A forma como você divulga sua loja vai definir qual a sua estratégia de marketing e quantos clientes você quer atrair por mês. Estudar qual é o melhor canal para divulgá-la pode não só ajudar a vender mais, como também fortalecer a sua marca. Por isso, a parte de divulgação é fundamental para o sucesso do seu negócio tanto a curto quanto a longo prazo.

O recomendado é que você analise em qual canal seu público-alvo está e qual a melhor forma de atingi-lo. A vantagem de fazer isso é que você gastará sua verba para investimento em publicidade de uma forma mais assertiva e segura, aumentando as chances de conquistar mais clientes.

Após esse estudo, você poderá aproveitar nossas dicas de como fazer a divulgação paga e também as ferramentas para fazer a divulgação gratuita da sua loja.

6. Saiba administrar suas vendas

O mundo empresarial está cheio de casos de empresas conhecidas que fecharam as portas por conta de uma má administração. Por isso, saber administrar suas vendas é parte crucial para seu negócio sobreviver.

Além das entregas, é importante saber separar os rendimentos e os gastos para que fique bem definido o andamento da sua loja. Por isso, vale a pena você gastar um tempo organizando como será feito o balanço mensal do seu negócio. É conselhável você utilizar um sistema de gestão ERP, na Nuvem Shop temos integração com o Tiny e o Bling; esses sistemas vão te ajudar muito a organizar a rotina financeira da sua loja.

Além disso, temos um conteúdo especial para te ajudar a administrar os pedidos na sua página de vendas, assim você não terá problemas para gerir seus pedidos. Ter um bom gerenciamento da loja te dará uma ótima visão de como vai seu negócio e a vantagem é que, com isso, você poderá mais ter mais dados para definir a estratégia do seu empreendimento nos próximos meses.

7. Dê valor ao seu cliente

Se você já pesquisou bastante sobre e-commerce já deve ter ouvido a seguinte frase: manter os clientes antigos é mais fácil do que conquistar novos. Isso não significa que você deve se contentar somente com as pessoas que já compraram e não investir em ganhar novos clientes. No entanto, uma boa forma de gerar compras recorrentes na sua loja, além de originar divulgação boca a boca, é garantir a felicidade do seu cliente. Um grande diferencial é entender as necessidades dos compradores e fazer um bom atendimento ao cliente, essas são as melhores formas para conseguir fidelizá-los.

Resumindo

O comércio eletrônico tem crescido exponencialmente e uma das grandes vantagens de ter sua loja online é o custo de montagem ser bem menor do que o investimento necessário para abrir uma loja física, pois você não terá gastos fixos como o do aluguel de um espaço físico, por exemplo.

Se você tem o sonho de ter um e-commerce no Brasil, a Nuvem Shop te oferece todas as ferramentas necessárias para que você possa montar sua loja; o melhor é que você não precisa ter conhecimentos técnicos de programação e pode administrá-la até do seu celular através do nosso aplicativo mobile.

Faça o teste por 15 dias grátis e aproveite todas as vantagens de vender pela internet!

Data da última atualização: 29/08/2018


O que você achou desse conteúdo?


Renata Estevo

Renata é formada em relações internacionais e pós-graduanda em gestão de marketing. Trabalha como consultora de e-commerce na Nuvem Shop, adora colecionar cartões postais, não perde um jogo do seu time do coração, o Chelsea FC, e também não passa um dia sem usar o Pinterest.

    como-abrir-uma-loja-virtual-em-tempos-de-crise-7-dicas-que-faro-a-diferena