Quais são as principais tendências do e-commerce para 2022?

Por: Alejandro Vázquez

Imagem mostrando uma pessoa fazendo uma compra online, representando as tendências do e-commerce.

Entre as principais tendências do e-commerce para 2022 estão o omnichannel, o voice commerce, os preços dinâmicos, o recommerce e a inteligência artificial. Estar adaptado ao futuro do e-commerce por meio dessas tendências do varejo pode fazer a diferença na hora de se destacar da concorrência.


Uma pesquisa realizada pela Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo apontou que 70% dos consumidores pretendem continuar comprando pela internet. Isso mostra que fazer compras online é um hábito que veio para ficar. Por isso, é preciso estar ligado às tendências do e-commerce para 2022, como forma de se destacar.

O que pode e, provavelmente, irá acontecer é que muitos empreendedores vão enxergar oportunidades para expandir seus negócios online e unir o e-commerce às suas estratégias de vendas. Em decorrência disso, o mercado digital ficará ainda mais competitivo

Desse modo, para estar sempre um passo à frente da concorrência, separamos, neste conteúdo, as 10 principais tendências do e-commerce e do varejo. Então, siga a leitura e saiba quais delas você pode começar a aplicar agora mesmo! 🧐

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

1. Omnichannel

O conceito de omnichannel diz respeito à integração de diferentes canais de venda e comunicação com o intuito de tornar a jornada de compra mais personalizada. A ideia central é garantir que sua marca esteja presente em todos os canais que o seu público-alvo costuma acessar.

No entanto, ao contrário do que a maioria interpreta, omnichannel não significa apenas estar presente em diferentes canais e vender em diversas plataformas. Esse modelo é chamado multicanal.

Para poder entender como integrar os diferentes meios, confira algumas outras boas práticas do omnichannel:

Atendimento centralizado

Se um cliente entra em contato primeiro via e-mail, depois pelo chat online, ele não precisa explicar seu problema inteiro novamente, uma vez que o histórico da conversa fica registrado na mesma plataforma.

Gestão logística mais eficiente

Trocas, devoluções e controle de estoque precisam estar fortemente integrados. Por exemplo, se a última unidade de um produto foi comprada pelo Instagram Shopping, essa informação deve ser imediatamente atualizada nos demais canais para não ocorrer a venda de um produto que não está disponível.

💡 Saiba mais: Para que serve a logística integrada?

Compliance fiscal

A falta de conhecimento das práticas e regras fiscais podem acabar gerando o pagamento de impostos duplicados e, até mesmo, algumas práticas proibidas. Por exemplo, você sabia que um produto, em hipótese alguma, pode sair do centro de distribuição antes da emissão da nota fiscal? Por isso, tenha um contador de confiança para te auxiliar aqui.

Definição de preços

Se você vende por meio de várias plataformas e algumas delas cobram taxas, a precificação de produtos deve ser feita de acordo com cada canal de vendas. Ou, então, você pode compensar as taxas no valor dos produtos igualmente entre as plataformas. Adote a estratégia que quiser, mas não deixe de considerar as tarifas para não sair no prejuízo.

📈 Confira: Planilha de precificação grátis

2. Voice Commerce

Outra forte tendência do e-commerce para 2022 é o Voice Commerce, uma prática que tem sido impulsionada pelo Google, que ajustou seu algoritmo para entender melhor as buscas por voz.

Tudo o que agiliza o processo de comunicação e compra tende a ser muito forte entre os usuários. A crescente demanda por podcasts e o grande volume de mensagens de voz encaminhadas no WhatsApp, por exemplo, são prova disso.

Assistentes de voz como Siri, Alexa, Assistente do Google, entre outros, ficarão ainda mais presentes em nossas vidas. A princípio, pode não ficar claro o impacto dessa tecnologia no processo de compras. No entanto, gigantes como a Natura e a Domino’s já desenvolveram tecnologias que tornam possível realizar todo o processo de compra por mecanismos de voz.

Não precisa ir tão longe para participar dessa tendência. Otimizar os títulos e descrições do seu e-commerce considerando a forma como uma pessoa perguntaria sobre aquele produto, já é um passo muito importante para aparecer nos resultados de busca por voz. Para isso, é importante seguir boas práticas de SEO para e-commerce.

3. Recommerce

O recommerce é a prática de colocar um produto de volta no mercado, após já ser usado por um tempo e/ou reformado. Usar um item e jogar fora quando você não quer mais utilizá-lo ficou no passado, por diversas razões.

O marketplace Enjoei, que nasceu com o propósito de sustentabilidade, prova isso. Outro ponto que afirma essa tendência é a quantidade crescente de brechós nas cidades e, principalmente, no Instagram.

Mas por que o recommerce é uma tendência tão forte no e-commerce para 2022? Veja alguns pontos:

Sustentabilidade

Se você usa um produto até o final definitivo de sua vida útil, você diminui os impactos ambientais causados pelo descarte daquele tipo de material.

Economia brasileira

A inflação crescente e os salários que não acompanham essa realidade fazem com que as pessoas procurem mais produtos de segunda mão, por causa do preço mais competitivo.

Slow fashion

Dentro do mundo da moda, o slow fashion se tornou uma grande tendência. Esse conceito busca entender a fundo a origem dos produtos e aproveitá-los ao máximo antes do descarte, fazendo reformas para aumentar a vida útil, por exemplo. Como o recommerce conversa com a slow fashion, ambos são uma tendência.

4. Prazos de entrega cada vez menores

O imediatismo é uma característica que vem crescendo no mercado e na vida das pessoas nos últimos anos. Mensagens instantâneas e redes sociais com vídeos cada vez mais rápidos refletem a busca por aquilo que nos dê resultados cada vez mais rápidos.

Com isso, os consumidores buscam lojas e aplicativos com prazos de entrega cada vez menores, inclusive, pagando mais caro por isso. Não precisamos ir muito longe para encontrar um exemplo. O principal ponto pelo qual a Amazon se destaca tanto no Brasil e no mundo é este: uma logística de agilidade invejável e impressionante.

O mercado, buscando aprimorar ainda mais esse tempo de entrega, agora está investindo em entregas por drones. Inclusive, já está em fase experimental no Brasil a SpeedBird, um serviço de entregas feito — parcialmente — por drones.

💡 Saiba mais: O que é entrega expressa e quais as vantagens de oferecer no e-commerce?

5. Meios de pagamento instantâneos

Enquanto o seu pagamento não é aprovado, seu pedido não é enviado. E quem compra pela internet sabe disso. Seguindo a linha do imediatismo, uma forte tendência no varejo são os meios de pagamento instantâneos. Ninguém mais quer fazer uma compra por boleto e aguardar três dias úteis para que ela seja aprovada.

Nesse sentido, um meio de pagamento que já cresceu muito e vai continuar crescendo ainda mais é o Pix. O serviço conclui as transferências em poucos segundos e funciona sete dias por semana, 24 horas por dia. Quer mais instantâneo do que isso?

💡 Saiba mais: Como funciona o pagamento instantâneo?

6. Preços dinâmicos

Os preços dinâmicos são uma excelente estratégia de precificação para otimizar a saúde financeira de um negócio, enquanto ainda se pensa no benefício para o consumidor.

Um ótimo exemplo de aplicação de preços dinâmicos são os aplicativos de transporte como Uber e 99. Quando a demanda está mais alta e existem poucos motoristas disponíveis, os preços aumentam. Preços mais atrativos para motoristas podem fazer com que mais deles apareçam para operar naquele momento, conseguindo atender toda a demanda disponível.

Além disso, plataformas que fazem o rastreio desses preços também ganharam muito espaço no mercado. Afinal, os consumidores querem entender qual tipo de negócio eles estariam fazendo se comprarem determinado produto nesse momento, ou se preferem esperar. Um ótimo exemplo desse tipo de plataforma é o Zoom.

💡 Saiba mais: Comparadores de preços: conheça os melhores do mercado

7. Sustentabilidade e responsabilidade social

Os consumidores estão cada vez mais interessados em comprar de marcas que compartilham seus ideais. Um ótimo exemplo é o iFood, que passou a informar aos clientes quais restaurantes adotam práticas sustentáveis, estimulando o consumo consciente.

Seguindo essa mesma linha, temos ainda o marketing social, no qual empresas promovem e divulgam ações que causam um impacto positivo em âmbitos sociais ou ambientais. A ideia é engajar e estimular esse comportamento.

💡 Saiba mais: O que é marketing social e como implementá-lo

8. Atendimento automatizado

O atendimento automatizado é aquele realizado sem a necessidade de uma pessoa do outro lado. Ele é uma forte tendência de e-commerce para 2022 pois, acelera o tempo de resposta. Assim, a solução será automatizar para garantir a boa experiência do cliente.

Os chatbots, por exemplo, são excelentes opções para automatização do atendimento ao cliente. Você pode configurar inúmeros caminhos e respostas que um visitante pode interagir e pedir para o bot, desafogando bastante seu time de atendimento.

9. Realidade aumentada

A realidade aumentada ainda é uma tendência do e-commerce que está em ascensão. A estratégia consiste em usar a tecnologia para oferecer uma experiência de compra mais dinâmica.

Por exemplo, vamos supor que uma loja online de óculos colheu feedbacks de consumidores interessados nos produtos, mas que não compraram. Eles afirmaram que desistiram por não ser possível experimentar os itens.

Com base nisso, criaram uma forma de a pessoa experimentar o óculos virtualmente, podendo visualizar como o acessório ficará em seu rosto. O resultado disso? As vendas dispararam!

Outros modelos de negócio, como o mercado de móveis, estão começando a usar essa tecnologia para ajudar os consumidores no momento de visualizar os móveis em seus cômodos. Assim, é só apontar a câmera do celular para um canto de casa e ver como o item ficaria ali.

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

10. Inteligência artificial e Big Data

Personalização é tudo! O motivo pelo qual as pessoas passam cada vez mais tempo nas redes sociais é bem simples: o algoritmo sabe do que gostamos e, com isso, consegue prender nossa atenção. O próprio Google já anunciou que, em breve, os resultados de pesquisa serão personalizados para cada usuário, de acordo com suas preferências.

Marcas que passarem a oferecer atendimento personalizado vão se destacar no mercado e serão lembradas pelos usuários. Mas, cuidado! Não precisa comprar dados e ferir a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) para isso, hein?

Rastrear o comportamento de um usuário no seu site e proporcionar interações baseadas nisso já pode ser um diferencial. E, se seu site possuir uma política de privacidade e um aviso de cookies, você está dentro das regras.

💡 Saiba mais: Como fazer a personalização da experiência de compra?

Banner com botão clicável direcionando para o gerador de política de privacidade grátis

Resumo

As tendências de e-commerce para 2022 são muitas e as formas de se encaixar nelas também. Tudo vai depender da sua criatividade, do orçamento que você tem disponível para investir nisso e das prioridades do seu negócio.

Antes de finalizar, vamos revisar todo o conteúdo que você encontrou por aqui? Veja:

Quais as principais tendências de e-commerce para 2022?

  1. Omnichannel
  2. Voice commerce
  3. Recommerce
  4. Prazos de entrega cada vez menores
  5. Meios de pagamento instantâneos
  6. Preços dinâmicos
  7. Sustentabilidade e responsabilidade social
  8. Atendimento automatizado
  9. Realidade aumentada
  10. Inteligência artificial e Big Data

E, se você ainda não vende na internet, que tal fazer um teste grátis com a Nuvemshop por 30 dias? É fácil, rápido e sem a necessidade de conhecimentos técnicos! 💙

Aqui você encontra:

Faça como +90 mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Testar 30 dias grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop

Quer mudar de vida vendendo pela internet?

Crie agora sua loja virtual com a Nuvemshop e venda de maneira profissional.

Criar minha loja

Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies