O que é recommerce e como investir nessa tendência?

Por: Raphael Pires

Controle de videogame perto de notebook e de smartphone representa o recommerce

Recommerce é a venda online de produtos de segunda mão. Também é conhecido como e-commerce de revenda ou comércio eletrônico reverso. Dessa forma, itens usados e reformados voltam para o varejo em novo formato de venda.


Comprar produtos de desejo por um preço abaixo do mercado é o sonho de muitos consumidores. O recommerce é a estratégia de venda que torna isso possível, porém os benefícios não são exclusivos para os clientes, já que ele é muito importante para os vendedores e para seu fluxo de caixa.

As lojas virtuais podem explorar tal oportunidade de mercado juntamente com a venda de itens novos. Essa é uma forma de alcançar públicos diferentes, aumentando o número de potenciais clientes e trazendo mais competitividade para o negócio.

Neste artigo, vamos entender o que é o recommerce e por que ele é uma tendência. Além disso, veremos as vantagens que esse modelo de negócio traz e o que deve ser feito para colocá-lo em prática. Acompanhe a leitura!

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

O que é recommerce?

O recommerce pode ser definido como a venda online de produtos de segunda mão. Ele também é conhecido como e-commerce de revenda ou comércio eletrônico reverso. Dessa forma, itens usados e reformados voltam para o varejo em novo formato de venda em lojas focadas nesse tipo de negócio.

Essa estratégia de varejo online é interessante para os clientes, pois oferece produtos de alto padrão e qualidade por preços que estão ao alcance. Por isso, a tendência é que esse mercado continue evoluindo nos próximos anos, já que ainda há muitos nichos que podem ser explorados.

Como a tendência de recommerce surgiu?

Alguns hábitos de consumo ajudam a explicar como a tendência de comprar usados surgiu nos últimos anos. Para quem está interessado em saber como escalar um negócio digital, é importante entender o que está funcionando dentro desse universo.

A mescla de consumidores engajados em questões ambientais com clientes interessados em bons preços contribuiu para que esse modelo de vendas alcançasse o sucesso. A consciência ambiental transforma os hábitos de grupos que estão engajados nessas causas, buscando reduzir o consumo. Desse modo, eles preferem adquirir um produto que já foi confeccionado e aumentar a vida útil dele do que investir em um item novo.

Além disso, o recommerce traz oportunidades interessantes para empresas e principalmente para o consumidor final. Por meio da recompra, ele se coloca na posição de consumir os produtos desejados por um preço mais acessível.

Essa também é uma estratégia que ajuda os pequenos vendedores e consumidores a revenderem itens que não querem mais. Com isso, eles reúnem capital para comprar outros produtos, sejam ele usados ou não.

Uma área de destaque dentro desse universo é a dos eletrônicos. Isso acontece porque celulares e outros dispositivos tecnológicos são constantemente revendidos em redes sociais ou lojas especializadas. É possível negociá-los diretamente com o novo usuário ou vendê-los para lojas especializadas, que realizarão reparos para revendê-los posteriormente.

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Vantagens de investir em recommerce

Se você ainda tem dúvidas sobre os benefícios de investir em recommerce, é importante conhecer os motivos que explicam a importância de criar estratégias nesse mercado. Vamos conhecer algumas vantagens na sequência.

1. Novas oportunidades de vendas para produtos usados

O que fazer com um produto usado? Uma boa saída é encontrar novas oportunidades para vendê-lo. Vários produtos podem ser reformados e recolocados no mercado para gerar lucro em um item que geralmente seria descartado. É uma forma de conseguir mais vendas, sem fazer grandes investimentos.

2. Alcance de um novo público

Quando seu e-commerce abre espaço para a venda de produtos de segunda mão, abre espaço para um público diferente para o negócio. São consumidores que estão procurando itens de qualidade, mas que não podem pagar pelo preço de um novo.

Desse modo, mais um perfil de consumidor é adicionado como potencial cliente de seu empreendimento. A estratégia amplia tanto o número de possíveis compradores como traz diversidade em hábitos de consumo, o que é ótimo para otimizar o funil de vendas.

3. Ampliação de lucros

A ampliação de lucros é um processo natural do investimento nessa estratégia, pois o aumento da oferta de produtos atrai novas categorias e um público diferente.

Como colocar o recommerce na prática?

Se você não sabe como atrair clientes e investir no recommerce, traremos algumas dicas na sequência que ajudarão a consolidar essa estratégia. Confira!

1. Estabeleça uma boa estrutura de e-commerce

Ter uma boa estrutura de e-commerce é importante para alcançar o sucesso na estratégia de recommerce. É necessário montar uma loja virtual que atenda às necessidades do público, pois isso facilita as vendas e gera competitividade. Prepare-se para oferecer um bom atendimento ao cliente com chatbot e outras formas, estando sempre pronto para sanar as dúvidas dos potenciais consumidores.

Crie sua loja virtual
Testar 30 dias grátis

2. Invista na sinceridade

Não tente enganar os consumidores passando a ideia de que você está vendendo um produto novo. O público sabe que está pagando mais barato por um produto que já foi utilizado, portanto o interessante é informar exatamente o que está sendo comprado. Quanto mais verdadeiro o processo de revenda, maior será a satisfação do consumidor.

3. Crie estratégias de divulgação adequadas

Sua campanha de marketing deve ser direcionada para o público que se interessa em compra de usados. A linguagem, a criatividade e a forma de abordar o consumidor serão únicas, pois esses clientes buscam algo diferente de quem está atrás de itens novos e exclusivos.

Uma atitude importante é integrar vendas e marketing, pois, quando esses dois times trabalham juntos, são capazes de criar estratégias de divulgação adequadas. Caso você trabalhe com produtos novos e usados, serão necessárias campanhas específicas para cada realidade.

Resumo

Neste artigo, entendemos o que é o recommerce e por que o investimento nesse modelo de vendas pode ser interessante para os negócios. Existem muitos consumidores que querem pagar menos por produtos de seu interesse, mesmo que eles já tenham sido usados. Portanto, é tarefa das empresas explorar esse nicho do mercado e encontrar novas oportunidades de lucro.

Antes de terminar, confira um resumo sobre o assunto:

O que é recommerce?

Recommerce é a venda online de produtos de segunda mão. Também é conhecido como e-commerce de revenda ou comércio eletrônico reverso. Dessa forma, itens usados e reformados voltam para o varejo em novo formato de venda.

Vantagens de investir em recommerce

  1. Novas oportunidades de vendas para produtos usados
  2. Alcance de um novo público
  3. Aumento dos lucros

Como colocar o recommerce na prática?

  1. Estabeleça uma boa estrutura de e-commerce
  2. Invista na sinceridade
  3. Crie estratégias de divulgação adequadas

Gostou de aprender mais sobre esse tema? Então, comente em nosso artigo e compartilhe sua opinião sobre o assunto! E, se você ainda não tem uma loja virtual, faça o teste grátis de 30 dias com a plataforma da Nuvemshop!

Aqui você encontra:

Faça como +90 mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Testar 30 dias grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop

Quer vender produtos usados com um site profissional?

Crie agora sua loja virtual com a Nuvemshop e venda pela internet com profissionalismo.

Testar 30 dias grátis

Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies