10 produtos que vendem na crise

Por: Fernanda Belo

imagem de uma pessoa administrando uma loja virtual, uma das opções sobre o que vender na crise

Em tempos de incertezas, começar a empreender do zero pode ser uma forma de ter uma renda extra ou driblar o desemprego. No entanto, este período traz muitas perguntas para quem deseja se arriscar em um negócio próprio. Afinal, o que vender na crise?

Existe uma lista extensa de itens que podem ser comercializados para ganhar dinheiro. Dentre as opções estão os produtos para revenda, artesanatos, roupas, mercadorias personalizadas e muito mais.

Pensando nisso, neste artigo vamos te apresentar algumas ideias do que abrir nesse momento de crise e garantir uma renda extra. Então, vamos lá? Confira a seguir:

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

1. Revenda de produtos

A revenda de produtos é uma excelente opção para quem pensa em começar um negócio em casa, uma vez que não exige a manufaturação do que se deseja comercializar.

💡Saiba mais: Como escolher fornecedores de produtos para revenda?

O segmento é indicado para quem está pensando em montar uma loja virtual, já que é possível publicar as mercadorias e vendê-las para todo o território nacional, com os processos logísticos, comerciais e administrativos centralizados em uma mesma plataforma.

Estão entre os principais produtos para revenda os cosméticos, roupas, lingeries e outros itens. Por isso, o primeiro passo é considerar os tipos de mercadorias que você tem mais afinidade para começar a vender online na crise. Aproveite e baixe nosso e-book com os segmentos campeões de venda na internet:

💡 Saiba mais:

2. Venda de alimentos

Segundo uma pesquisa elaborada pela Statista, o Brasil foi destaque no segmento de delivery na América Latina em 2020. Sozinho, o país foi responsável por quase metade do mercado, chegando a 48,77%.

Por isso, com cada vez mais pessoas pedindo comida em casa, o segmento de comidas e bebidas pode ser uma boa aposta sobre o que vender neste momento de crise.

Dessa forma, é possível pensar na elaboração de comidas congeladas, bolos, doces ou salgados.

💡Saiba mais: Como vender comida pela internet?

3. Cursos online

Outra ideia sobre o que vender na crise são cursos online. Se você domina um assunto, que tal montar um curso rápido sobre ele e compartilhar com as pessoas?

Não precisa ser um assunto nem muito complicado ou técnico. O céu é o limite: você pode ensinar, por exemplo, como gerenciar redes sociais, dicas práticas de limpeza de casa, como cozinhar doces, dar aulas de inglês etc.

4. Brechó online

Quem nunca se sentiu aliviado ao livrar o guarda-roupa de algumas roupas que não utiliza mais? Melhor ainda é poder colocar essas peças à venda em um brechó online.

Dependendo do tipo e qualidade do produto que você conseguir para a loja, é possível ter uma margem de lucro e ainda ajudar pessoas que estão buscando mercadorias exclusivas ou vintages, mas que por algum motivo já saíram de linha do mercado.

Aqui, lembre-se de ter um cuidado com a curadoria dos artigos. Selecione os tipos de roupas que você acredita que estejam em bom estado e que podem ser reaproveitadas para uso.

💡Saiba mais: 10 dicas de como montar um brechó online

5. Loja de dropshipping

Dropshipping é um modelo de negócio em que o estoque, processamento e o envio dos produtos fica por conta do fornecedor da mercadoria (e não do lojista).

Nesse sentido, abrir uma loja de dropshipping pode ser um modelo lucrativo para a crise, já que resolve um grande gargalo de pessoas que estão começando com um negócio do zero: os elevados gastos com estoque.

Outra vantagem é que esse tipo de negócio tem baixo custo inicial. Como os produtos para venda são fabricados, armazenados e enviados por um fornecedor, não é preciso investir na contratação de funcionários para o gerenciamento do estoque, na compra de matérias prima e nem no aluguel do espaço para armazenamento.

Se a sua opção é fazer vendas onlines, plataformas de e-commerce como a Nuvemshop, permitem integrações para facilitar esse modelo de venda. Nesse caso, o sistema permite a conexão direta aos produtos disponíveis no AliExpress, por exemplo.

💡Saiba mais: Como usar o AliExpress para fazer dropshipping?

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

6. Freelancer

Existem diversos sites que conectam profissionais autônomos e clientes interessados em serviços. Assim, trabalhar como freelancer pode ser uma opção de renda em tempos de crise.

Geralmente, se tratando de áreas de prestação de serviços de marketing ou tecnologia, as demandas podem ser feitas de forma online.

Alguns exemplos de plataformas que oferecem esse tipo de conexão são o GetNinjas, 99Jobs e o Workana.

7. Programa de afiliados

O programa de afiliados, também conhecido como marketing de afiliados, é uma boa opção para ter uma renda extra na crise.

Resumidamente, o programa de afiliados funciona assim:

  • Um afiliado recebe de uma marca um convite para anunciar os produtos nas redes sociais pessoais ou do negócio, em um site de vendas ou blog;
  • Toda vez que um cliente compra um produto por meio do anúncio, é gerado uma comissão de venda.

8. Roupas

A moda representou um total de 42% de todas as vendas realizadas por e-commerce em 2021 no Brasil, conforme o NuvemCommerce 2022. Ou seja, o segmento de roupas é uma boa escolha para vender neste momento de crise.

Como é um mercado competitivo, é fundamental se especializar em um nicho de mercado, isto é, definir um segmento de venda que atenda uma necessidade que ainda não foi resolvida por outros concorrentes.

Além disso, é importante definir o seu canal de vendas. Será uma loja física ou virtual?

Se você optar pela venda online, uma plataforma de e-commerce pode ser a solução.

Com a Nuvemshop, por exemplo, você pode montar sua loja virtual sem a necessidade de conhecimentos técnicos e por um custo mais baixo do que o de contratar um profissional para desenvolvê-la.

💡Saiba mais: Como montar uma loja virtual de roupas?

Crie sua loja virtual
Testar 30 dias grátis

Já se for a venda física, lembre-se de pesquisar regiões movimentadas e perto de comércios relevantes para o seu negócio.

9. Produtos artesanais

Se você tem alguma habilidade manual, que tal começar a vender online na crise? Para isso, invista em boas fotos do seu produto artesanal.

Com o seu próprio smartphone é possível tirar fotos, mas lembre-se de se atentar à iluminação, aos ângulos clicados e à edição das imagens.

💡Saiba mais:

10. Blog

Já pensou em começar um blog? Se você gosta de escrever, essa é uma ferramenta poderosa de marketing e monetização, já que é possível fazer posts patrocinados, abrir espaço para anúncios de terceiros ou marcas parceiras e até mesmo vender produtos.

Esse tipo de negócio é uma aposta a longo prazo: os resultados não vêm logo de cara, mas com uma estratégia bem definida a possibilidade de ser algo positivo é bem alta.

💡Saiba mais: Como criar um blog de sucesso?

Como começar a vender na crise?

Agora que você já decidiu o que vender neste momento de crise, é hora de começar a colocar o plano em prática. Para isso, veja algumas dicas:

Defina o canal de venda

Se você está planejando vender online na crise, é essencial que você defina um canal para anunciar, ofertar e comercializar esses itens.

💡Saiba mais: Canais de venda: o que são e como usá-los a favor da sua marca

Além de escolher um nome de domínio, também é preciso selecionar o tema da loja e customizá-la.

A Nuvemshop, por exemplo, oferece esses benefícios para todas as lojas que usam a solução, além de contar com uma tecnologia de estabilidade do servidor, que permite que os e-commerces fiquem no ar durante 99,9% do ano.

Crie sua loja virtual
Testar 30 dias grátis

Outra opção é o marketplace, isto é, uma espécie de shopping virtual que reúne diversos vendedores com diferentes ofertas. O Mercado Livre, a Shoppe e a Amazon são exemplos de canais de venda desse segmento.

Por fim, se você optar pela venda física, procure uma região que tenha um bom fluxo de pessoas.

Busques fornecedores e parceiros

Cada modelo de venda terá a sua particularidade, mas a busca de fornecedores e parceiros para o seu negócio é indispensável para a reputação do seu negócio.

Fique alerta à qualidade dos serviços oferecidos e aos prazos de entrega. Afinal, oferecer produtos que atendam as expectativas dos clientes pode ser uma boa estratégia para fidelizá-los.

Se você precisar de ajudar para encontrar bons parceiros, recomendamos a ferramenta gratuita da Nuvemshop:

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Verifique as suas finanças

Certifique-se se, financeiramente, é viável tirar o projeto do papel. Afinal, estamos falando sobre o que vender na crise.

Veja, por exemplo, os custos iniciais para colocar o seu negócio no ar e faça uma projeção de lucros.

Além disso, valide a sua ideia. Faça uma pesquisa de mercado, analise concorrentes e verifique se há espaço para desenvolvê-la.

Pronto para começar a vender na crise?

Ao longo deste artigo, vimos algumas dicas sobre o que abrir neste momento de crise. Lembre-se de começar aos pouquinhos, um passo de cada vez, e vá testando cada solução que faça sentido para o seu negócio.

Se você ainda não vende pela internet, que tal testar a Nuvemshop por 30 dias grátis? Descubra como a nossa plataforma pode ajudar o seu negócio a decolar. É fácil, rápido e sem a necessidade de conhecimentos técnicos! 💙

Aqui você encontra:

Perguntas frequentes sobre o que vender na crise

  1. Revenda de produtos;
  2. Vendas de alimentos;
  3. Cursos online;
  4. Brechó online;
  5. Loja de dropshipping;
  6. Freelancer;
  7. Programa de afiliados;
  8. Roupas;
  9. Produtos artesanais;
  10. Blog. 

  • Defina o canal de venda;
  • Busque fornecedores e parceiros;
  • Verifique as suas finanças.

Faça como +90 mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Testar 30 dias grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop

Procurando uma solução vender na crise?

Teste a plataforma da Nuvemshop e comece a vender de maneira profissional.

Testar 30 dias grátis

Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies