8 dicas sobre como montar uma loja de materiais de construção

Por: Alejandro Vázquez

Imagem mostrando ferramentas sobre uma mesa, representando como montar uma loja de materiais de construção.

Para quem busca alternativas para empreender, o primeiro passo é estudar as oportunidades mais promissoras. Nesse sentido, pensar em como montar uma loja de materiais de construção, embora seja incomum, pode ser um bom caminho.

Isso porque, nos anos de 2020 e 2021, com o início da pandemia do novo coronavírus, enquanto boa parte do mercado entrava em crise, alguns setores remaram contra a maré e aumentaram o seu faturamento, como é o caso do ramo de materiais de construção.

É o que diz o relatório publicado pelo Ipece (Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica). Somente no ano de 2021, o setor teve um crescimento expressivo, indo de 15,4% no 1º trimestre para 77,1% no 2º trimestre. Com esses dados, é possível ter uma ideia do quão animadoras são as expectativas para esse mercado.

Por isso, neste artigo, vamos conhecer 8 dicas de como montar uma loja de material de construção com pouco dinheiro. Sem mais delongas, vamos à leitura! 🧐

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

1. Faça uma análise de mercado

Abrir um negócio é, sem dúvidas, um grande desafio. No entanto, se você dedicar tempo para entender o mercado no qual você deseja atuar, abrir sua loja não será tão assustador.

É aí que a análise de mercado se faz necessária. Pois, é por meio dela que será possível entender quais são as melhores oportunidades para o seu negócio, quais os cuidados que você precisa ter e, principalmente, quem serão seus concorrentes.

Uma vez que você tem conhecimento sobre quais serão seus principais desafios, criar um planejamento estratégico será uma tarefa mais fácil.

2. Crie um plano de negócio

Um plano de negócio é um documento que reúne todas as informações importantes sobre uma empresa. A ideia é ter registrados todos os dados que podem ser úteis na hora de criar sociedades, buscar investidores, expandir a marca, etc.

Criar um plano de negócio deve ser uma das prioridades na hora de abrir uma empresa. Isso porque ele irá contemplar tudo o que você precisa saber sobre o seu empreendimento, como: tipo de empresa, nicho de mercado, sócios e investidores, capital inicial, entre outros pontos importantes.

Embora possa parecer um tanto quanto trabalhoso, montar um plano de negócio não é um bicho de sete cabeças. Confira logo abaixo um passo a passo completo para criar o seu de forma prática:

💡 Saiba mais: Plano de negócios: o que é e como fazer o seu?

3. Faça um planejamento financeiro

Tão importante quanto o plano de negócio é o planejamento financeiro. Este, por sua vez, diz respeito à estruturação de tudo o que envolve o capital da sua empresa.

O planejamento financeiro irá ajudar na organização e otimização dos gastos do seu negócio. Além disso, é por meio dele que será possível criar planos para aumentar o seu capital de giro e guiar a sua empresa para um caminho de crescimento saudável e contínuo.

O ideal é pensar nessas questões antes de dar início às atividades do seu negócio. Pois, quanto mais preparado você estiver, maiores serão suas chances de alcançar o sucesso.

💡 Saiba mais: Planejamento financeiro: como fazer o da sua empresa?

4. Fique atento às exigências legais e fiscais

Outro ponto de atenção diz respeito às exigências legais e fiscais do seu negócio. Tanto para empresas físicas quanto para as virtuais, existem certas obrigatoriedades que irão garantir que seu negócio funcione de acordo com as legislações vigentes.

Nesse contexto, o primeiro passo deve ser entender quais são os procedimentos básicos que irão garantir o funcionamento da sua loja. Considerando que estamos falando sobre um estabelecimento físico, a princípio, você irá precisar regularizar questões como:

  • Aval da prefeitura para instalação da loja no local desejado;
  • Aval do corpo de bombeiros;
  • Registro do CNPJ na Secretaria da Fazenda;
  • Registro da inscrição estadual na Junta Comercial e na Receita Estadual;
  • Registro na prefeitura;
  • Registro na Secretaria da Fazenda Estadual;
  • Cadastro na Caixa Econômica Federal para recolhimento do INSS e FGTS;
  • Enquadramento nas respectivas entidades sindicais.

O ideal é sempre contar com a ajuda de um contador profissional para garantir que todo o processo de regularização do negócio seja feito corretamente. Assim, você evita transtornos e atrasos na abertura da sua loja.

💡 Saiba mais: Tipos de contabilidade: conheça 10 opções e escolha a sua

5. Estude os melhores locais para abrir a loja

Indo agora para a parte mais prática, chega o momento de estudar os melhores locais para abrir a sua loja de materiais de construção. Essa análise deve ser feita com bastante cautela e tem que considerar fatores como: circulação de pessoas no local, presença de lojas concorrentes na redondeza, boa visibilidade, fácil acesso, entre outros.

Pense que, antes de qualquer coisa, sua loja precisa ser vista. Nesse sentido, evite locais escondidos, como estabelecimentos localizados em pontos de ônibus, atrás de muitas árvores ou em ruas muito vazias e paradas.

Outro ponto importante é buscar um local que possa atender aos bairros mais próximos. Isto é, um lugar que não seja muito residencial, mas que também não seja muito distante dos demais comércios locais.

6. Invista na estrutura do estabelecimento

Depois que você já achou o ponto ideal para a sua loja de materiais de construção, é hora de pensar na estrutura do estabelecimento. Considerando que você irá vender uma variedade de produtos — que vão de pequenas peças a grandes materiais, como portas e janelas —, todo espaço deve ser muito bem aproveitado.

Nesse contexto, é preciso levar em consideração os tipos de produtos que você irá comercializar. Se a ideia é oferecer tudo o que o cliente precisa para reformar sua casa, investir em mostruários é muito importante. Isso porque, uma vez que o consumidor pode ver os materiais organizados de forma a simular os devidos ambientes, as chances de ele comprar são maiores.

Por exemplo, se você colocar a venda peças para banheiros, uma boa ideia é organizá-las como mostra a imagem abaixo:

 

Imagem mostrando um box de banheiro em exposição em uma loja de material de construção.

Fonte: Pinterest

Agora, se a ideia é vender itens mais focados em matéria-prima, como cimento, areia, tijolos, etc., a loja não precisa ser tão grande. No entanto, o espaço para o estoque deve ser suficiente para armazenar grandes quantidades de materiais que, em muitos casos, são bastante volumosos.

7. Procure bons fornecedores

Falando em armazenamento, um ponto importante para o sucesso de uma loja de materiais de construção é contar com bons fornecedores. Considerando que em alguns casos o cliente irá precisar de grandes quantidades em materiais, caso você não tenha o suficiente em seu estoque, é indispensável que possa contar com o apoio do seu fornecedor para reabastecer seu armazém com urgência.

Além disso, contar com fornecedores que trabalhem com preços atrativos e que tenham compromisso com as entregas também é crucial para a saúde da sua loja. Para ajudá-lo nessa busca, deixamos abaixo quatro dos principais fornecedores de materiais de construção do mercado:

💡 Saiba mais: Como escolher um fornecedor? 9 pontos para considerar

8. Trabalhe o marketing da sua empresa

Por fim, mas não menos importante, não se esqueça de investir no marketing da sua loja. Embora este não seja um nicho de mercado muito impactado pela sazonalidade, explorar determinados momentos para criar promoções e incentivar o público a conhecer a sua loja é muito importante para o seu crescimento.

Uma boa estratégia é trabalhar com redes sociais visuais como o Instagram e o Pinterest. Nesses canais, é muito comum encontrarmos ideias para reformas, paisagismo, pintura, design de interiores, etc.

Promover esse tipo de conteúdo é uma forma de despertar na audiência aquela vontade de fazer mudanças no ambiente. Uma vez que você liga as publicações ao nome da sua loja, as chances de atrair um cliente são maiores.

Isso também tende a funcionar muito bem para lojas virtuais. Quer saber como criar uma loja virtual de materiais de construção? Então, siga com a leitura do próximo tópico. 😉

Crie a sua loja virtual e venda pela internet
Testar 30 dias grátis

Como montar uma loja virtual de material de construção?

Já pensou em vender materiais de construção pela internet? Pode parecer um pouco estranho, mas saiba que é totalmente possível. Essa, além de ser uma alternativa prática, também é uma forma de montar uma loja de material de construção com pouco dinheiro.

Confira na sequência quatro dicas importantes para criar a sua loja virtual:

1. Trabalhe com boas transportadoras

Considerando que no e-commerce a entrega do produto é um fator crucial para a experiência do cliente, escolha boas transportadoras para trabalhar. Como estamos falando de uma loja de material de construção, serviços como os Correios não são elegíveis.

Isso porque, como os materiais tendem a ser maiores e mais pesados, os meios de transporte precisam ser mais robustos. Por isso, entenda quais transportadoras possuem estrutura necessária para entregas grandes e que tenham uma boa cobertura regional.

💡 Saiba mais: Transportadora para e commerce: saiba qual é a melhor

2. Conte com ferramentas de automação

Levar uma loja de materiais de construção para o mercado digital não precisa ser um transtorno. Com as ferramentas certas, é possível otimizar toda a gestão do seu negócio de forma a garantir o controle tanto do seu site de vendas quanto da sua loja física.

Nesse sentido, contar com ferramentas de automação como os ERPs é uma ótima escolha para administrar sua loja. Por meio dessas plataformas, você poderá otimizar a gestão do seu estoque, cuidar do planejamento financeiro e acompanhar os pedidos de forma centralizada e organizada.

💡 Saiba mais: 30 ferramentas de vendas para agilizar seu processo comercial

3. Faça uma boa gestão de estoque

Fazer a gestão de estoque quando se tem mais de um canal de venda é uma tarefa que exige um pouco mais de atenção. Isso porque você terá produtos saindo simultaneamente de diferentes canais, como: loja física, loja virtual, marketplaces, etc.

Imagine se um determinado produto esgotou em sua loja física, mas ainda está disponível em seu site. Além de perder uma venda, a experiência do consumidor com a marca não será nada positiva, fazendo com que ele não volte a comprar de você em outro momento.

Conforme mencionado no tópico anterior, ferramentas de automação são grandes aliadas na hora de administrar um negócio. O principal ponto aqui é estar atento aos produtos que entram e saem do seu estoque. Assim, você poderá atualizar seu site de vendas para que os clientes tenham visibilidade sobre qual item está disponível ou não.

💡 Saiba mais: Planejamento de estoque: aprenda o que é e como fazer

4. Crie promoções especiais para o e-commerce

Uma das inúmeras vantagens do e-commerce é a possibilidade de criar diversas promoções. Entre as mais populares estão as campanhas de frete grátis, conjunto de produtos e desconto progressivo.

Essas são ótimas alternativas para aumentar o engajamento da sua loja virtual e gerar reconhecimento de marca. Outra solução interessante é oferecer a opção de retirada na loja física para compras feitas online. Isso permite que o cliente economize no frete e ainda faz com que ele visite o seu estabelecimento.

💡 Saiba mais: Ponto de retirada: como funciona?

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Tudo certo sobre como montar uma loja de material de construção?

Agora que você já sabe quais são os principais passos para montar uma loja de materiais de construção, basta colocar o seu projeto em prática. Uma dica que vale reforçar aqui é: invista no e-commerce mesmo que você tenha uma loja física.

Estamos falando de um mercado que vive em constante expansão, portanto, estar preparado para as novidades irá colocá-lo um passo à frente da concorrência.

Já tem uma loja física e quer levar a sua marca para o mercado digital? Crie sua loja virtual na Nuvemshop e faça um teste grátis por 30 dias. É fácil, prático, seguro e você não precisa ter conhecimentos técnicos para colocar o seu site no ar. 💙

Aqui você encontra:

Perguntas frequentes sobre como montar uma loja de materiais de construção

  • Faça uma análise de mercado;
  • Crie um plano de negócio;
  • Faça um planejamento financeiro;
  • Fique atento às exigências legais e fiscais;
  • Estude os melhores locais para abrir a loja;
  • Invista na estrutura do estabelecimento;
  • Procure bons fornecedores;
  • Trabalhe o marketing da sua empresa.

  • Trabalhe com boas transportadoras;
  • Conte com ferramentas de automação;
  • Faça uma boa gestão de estoque;
  • Crie promoções especiais para o e-commerce.

  • Martins Atacado;
  • Koep Atacadista de Materiais para Construção;
  • Casa Cardão Atacadista;
  • Granstoque Atacadista.

Faça como +90 mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Testar 30 dias grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop

Quer mudar de vida vendendo pela internet?

Crie agora sua loja virtual com a Nuvemshop e venda de maneira profissional.

Criar minha loja

Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies