Saiba quais são as melhores transportadoras para e-commerce e como escolher uma

Por: Raquel Lisboa

frota de vans de transportadora para ecommerce

Aqui você encontra:

De acordo com o NuvemCommerce, relatório anual da Nuvemshop, cerca de 50% dos lojistas utilizam os Correios como meio de entrega. No entanto, este market share vem diminuindo ano a ano devido à consolidação de outras transportadoras para e-commerce.

Pensando nisso, criamos este artigo para esclarecer as principais dúvidas sobre o assunto: quais são os tipos de envio disponíveis, como escolher um serviço de frete para o seu negócio e quais são as 15 melhores transportadoras do Brasil.

Sabendo destes detalhes, temos certeza de que você conseguirá desenvolver a logística da sua loja virtual com mais assertividade. Então, vamos lá? 🚚

As 15 melhores transportadoras para ecommerce

Ao longo deste artigo, você irá conhecer o panorama das transportadoras para e-commerce e perceber quão vasto ele é. Por tal motivo, seria praticamente impossível ordenar aqui todos os serviços disponíveis atualmente.

Além disso, seria um tanto subjetivo definir quais são os melhores, uma vez que tudo vai depender das necessidades de cada loja virtual e da abrangência do negócio.

No entanto, para te ajudar a dar os primeiros passos em busca das empresas de frete ideais para o seu e-commerce, listamos abaixo — em ordem alfabética — algumas das transportadoras mais populares do mercado. ✨

Confira:

  1. ASAP Log
  2. Azul Cargo Express
  3. B2Log
  4. Braspress
  5. Correios
  6. DHL
  7. FedEx
  8. Jadlog
  9. Kangu
  10. Loggi
  11. Mandaê
  12. RTE Rodonaves
  13. TNT
  14. Total Express
  15. TSV Transportes

Tipos de transportadora para ecommerce

Vejamos a seguir os meios de envio utilizados no comércio eletrônico:

Correios

Conforme introduzido, os Correios são o serviço mais usado no e-commerce brasileiro. Tal adesão se dá especialmente por sua capilaridade territorial (que alcança as regiões mais remotas do país) e sua abrangência rodoviária e aérea.

Além disso, a estatal apresenta diversas modalidades de frete, como: SEDEX, SEDEX 10, SEDEX 12, SEDEX Hoje, PAC e PAC Mini.


Saiba mais

Courier

Courier é um modelo de entrega rápida, mas com um valor acessível. De modo geral, esta categoria não possui tantas restrições em relação à dimensão e ao peso das encomendas (como há nos Correios, por exemplo).

A Total Express e a Jadlog são exemplos de transportadoras para e-commerce couriers.

Rodoviária

Por serem flexíveis e mais baratas, as rotas que se destacam no Brasil são as do tipo rodoviária (diferentemente dos Estados Unidos, por exemplo, em que são as ferroviárias). Neste caso, não há limites de quantidade e de peso.

A Braspress e a TNT são exemplos de transportadoras para e-commerce rodoviárias.

Expressa

O envio expresso é o meio com custo mais elevado por ter um prazo urgente. Via de regra, ele é utilizado para despachar encomendas perecíveis (alimentos, bebidas, flores etc).

Bem como o SEDEX dos Correios, o frete expresso possui diferentes modalidades, que são:

  • Same day delivery: entrega feita no mesmo dia;
  • Next day delivery: entrega realizada no dia seguinte;
  • Super express delivery: entrega concluída poucas horas após o pedido. Neste caso, há restrições de distância (o pedido e a entrega devem ser feitos na mesma cidade).

A ASAP Log e a Loggi são exemplos de transportadoras para e-commerce expressas.

Especializada

O tipo especializado é usado para remeter produtos específicos (e muitas vezes frágeis), como veículos e medicamentos, que demandam uma equipe de transporte técnica. Assim, é possível garantir a segurança e a integridade das encomendas.

A RTE Rodonaves e a TSV Transportes são exemplos de transportadoras para e-commerce especializadas.

Internacional

Esta modalidade, como o próprio nome indica, é a de despachos para o exterior. Ela possui diversas variações devido às legislações (e impostos), restrições de dimensão e proibições existentes no que diz respeito aos produtos.

A FedEx e a DHL são exemplos de transportadoras para e-commerce internacionais.

Social delivery

Social delivery é uma tendência recente que funciona de forma colaborativa: entregadores autônomos, em seus carros de passeio, se disponibilizam a fazer entregas a terceiros e a varejistas.

A Eu Entrego é um exemplo de transportadora para e-commerce social delivery.

Locker, pick up store e pick up point

Estes três meios de envio não são exatamente transportadoras de e-commerce, mas, sim, alternativas de frete. Com o propósito de reduzir os custos e os prazos de entrega, eles funcionam como pontos de retirada. Abaixo, confira suas respectivas características:

  • Locker: armário localizado em local público, que o cliente destrava com uma senha fornecida pelo lojista;
  • Pick up store: loja física da marca;
  • Pick up point: estabelecimento autorizado para que o cliente retire o seu produto (em uma loja física parceira, por exemplo).

A Kangu é um exemplo de empresa com pontos de coleta.


Saiba mais

Dropshipping e crossdocking

Não poderíamos finalizar o capítulo sem antes falar sobre dropshipping e crossdocking. Estes dois modelos de logística funcionam a partir de operações pautadas em uma relação próxima aos fornecedores e aos centros de distribuição dos produtos.

Em ambos os casos, ter um estoque próximo a você se torna dispensável. Assim, para quem tem pouco capital para investir em armazenagem ou não tem tempo suficiente para se dedicar à entrega das encomendas, uma destas opções pode ser a solução.

Como escolher uma transportadora para ecommerce

Agora que você já sabe quais são os tipos de transportadora para e-commerce disponíveis no mercado, chega o momento de conhecer a quais pontos se atentar ao escolher o serviço ideal para o seu negócio. Sigamos! 📦

Avaliações

Antes de tomar qualquer decisão, é essencial buscar informações sobre a transportadora para e-commerce pela qual você está interessado. Isso pode ser feito de duas principais maneiras:

  • Entrando em contato com outros lojistas do seu segmento para pedir referências;
  • Pesquisando em fóruns, como o Reclame Aqui.

E, claro, não deixe de conferir o site da empresa: observe os serviços oferecidos (como logística reversa, por exemplo) e se há canais de atendimento de fácil acesso (e-mail, telefone e/ou chat). Caso necessário, entre em contato para tirar suas dúvidas.

Suporte para furtos e avarias

Durante a entrega de encomendas, furtos e avarias podem acontecer. Portanto, ao procurar por uma transportadora, questione sobre quais são os trâmites para situações assim e quem ficará responsável pelas despesas. Inclusive, note se isso está presente no contrato.

Nos Correios, por exemplo, ao postar um produto, você tem a opção de firmar um seguro com o valor declarado do objeto. No entanto, caso tal garantia não seja feita e algo ocorra com a mercadoria, as chances de indenização junto à estatal são bem pequenas.

Abrangência

Se grande parte do seu público-alvo está localizado em determinado estado, busque por transportadoras que atendam tal região. Caso haja diferentes concentrações na capital e no interior, vale a pena cotar serviços distintos para cada um dos locais.

A Loggi, por exemplo, é uma empresa que atende apenas algumas cidades, como: São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Porto Alegre e Brasília. Ela pode, claramente, funcionar em capitais, mas não no interior. Portanto, atente-se à abrangência do frete.

Localização

Pensando em facilitar as rotas logísticas, é fundamental considerar se o seu estoque e a área de circulação da transportadora estão próximos ou em locais de fácil acesso. Isso, com certeza, vai agilizar as entregas do e-commerce e baratear os custos de envio.

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Frota

Outro detalhe significativo é o de se inteirar sobre se a frota da transportadora para e-commerce é capaz de atender as altas demandas das sazonalidades (como a Black Friday, por exemplo) ou, até mesmo, semanas de pico em determinados meses do ano.

Dessa maneira, as chances dos envios atrasarem serão menores.

Rastreamento

Hoje em dia, é essencial contar com a opção de rastreio das entregas para e-commerce — não só para você, lojista, estar a par do processo de envio, mas também para o cliente poder acompanhar a própria compra (e minimizar a ansiedade).

Por isso, confirme se a transportadora dispõe do código de rastreamento das encomendas e com que frequência os status são atualizados.

👉 Ferramenta grátis: Rastreamento de Correios

Custos

Quem não gosta de frete barato, não é mesmo? Desse modo, não se esqueça de analisar o custo-benefício do serviço da transportadora. Saiba se a cobrança é feita por cada entrega ou por cotas (X envios para as regiões Y e Z, por exemplo).

Tal cuidado vai manter o seu fluxo de caixa saudável e te ajudar a compreender em quais ocasiões (ou em compras a partir de qual valor) você terá a chance de oferecer frete grátis. Este é um benefício que auxilia (e muito!) na redução da taxa de carrinhos abandonados.

Integração com a sua loja virtual

Por fim, antes de contratar um serviço de envio, descubra se ele pode ser vinculado ao seu negócio.

Na plataforma de e-commerce da Nuvemshop, por exemplo, disponibilizamos a integração da sua loja virtual com transportadoras (Loggi, ASAP Log, Total Express etc) e HUBs de frete (Frenet, Melhor Envio, Kangu etc) através da nossa Loja de Aplicativos.

Os HUBs de frete, caso você não saiba, são ferramentas que conectam o seu site a diversos meios de envio ao mesmo tempo — e o melhor: a partir de um único contrato. A Frenet, por exemplo, dispõe de um acervo com +200 transportadoras para e-commerce.

Contar com diferentes serviços, inclusive, é algo cada vez mais indicado. Afinal, se um frete te deixar na mão em algum momento (como os Correios que passam por algumas greves, por exemplo), você não vai precisar pausar suas operações por isso.

Assim, caso queira conhecer todos os detalhes dos apps citados acima, visite agora mesmo a Loja de Aplicativos da Nuvemshop. Para isso, basta clicar neste botão:

Vantagens de contar com uma transportadora eficaz

Como visto, dispor de um serviço de frete eficiente (ou, na verdade, até mais de um!) pode fazer toda a diferença na hora de conquistar o seu público-alvo. Destacamos aqui as principais vantagens, que são:

  • Redução de erros e custos;
  • Acesso ao rastreamento das encomendas;
  • Entregas dentro do prazo;
  • Menos consultas em seus canais de atendimento ao cliente por causa de atrasos;
  • Clientes satisfeitos (que podem se tornar promotores da sua marca 💙).

Resumo

Esperamos que, com este conteúdo, você tenha tirado suas principais dúvidas sobre transportadoras para e-commerce e percebido que, com pesquisa e dedicação, suas entregas têm tudo para serem pontuais.

Antes de finalizar a leitura, confira um breve resumo sobre o conteúdo:

Quais são as melhores transportadoras para ecommerce?

  • ASAP Log
  • Azul Cargo Express
  • B2Log
  • Braspress
  • Correios
  • DHL
  • FedEx
  • Jadlog
  • Kangu
  • Loggi
  • Mandaê
  • RTE Rodonaves
  • TNT
  • Total Express
  • TSV Transportes

Quais são os tipos de transportadora para ecommerce?

  • Correios
  • Courier
  • Rodoviária
  • Expressa
  • Especializada
  • Internacional
  • Social delivery
  • Locker, pick up store e pick up point
  • Dropshipping e crossdocking

Caso queira encontrar posts similares ao que você acabou de ler, indicamos a categoria Logística do Blog da Nuvemshop.

Ah, e se você ainda não criou a sua loja virtual, que tal testar a Nuvemshop por 30 dias gratuitos? Conte com a gente para potencializar a sua história de sucesso. 🚀

Faça como +90 mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Testar 30 dias grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop

Vantagens e economia desde o primeiro dia

Faça as contas e veja com seus próprios olhos. Migrar para o Nuvemshop Empresarial significa reduzir custos e melhorar a performance do seu negócio.

Conhecer o Empresarial

Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies