Como vender fotos na internet: dicas e melhores plataformas

Por: Fernanda Belo

Imagem de um computador ao lado de câmeras fotográficas profissionais mostrando como vender fotos na internet

É possível vender fotos na internet usando bancos de imagem como:

  • Getty Images;
  • iStock;
  • Adobe Stock
  • Shutterstock;
  • Dreamstime;
  • Alamy;
  • Loja virtual própria, onde é possível precificar seus trabalhos da forma como você achar melhor.

Atualmente, existem inúmeras formas de ganhar dinheiro na internet. São diversos produtos e serviços que podem ser comercializados, e um deles está ao alcance de todos, sejam eles amadores ou profissionais: a fotografia. Sim, estamos falando sobre vender fotos online.

De uns tempos para cá, as imagens analógicas, isto é, que precisam passar pelo processo de revelação, têm ganhado espaço novamente entre os amantes de fotografia, impulsionando um mercado de câmeras e filmes que, por pouco, não viu seus dias chegarem ao fim.

Em paralelo há as fotos digitais, aquelas em que a imagem é processada instantaneamente na tela do seu smartphone ou das câmeras profissionais e semiprofissionais. Independentemente do modelo, a fotografia é um importante instrumento de registro da nossa cultura, por isso ela nunca sai de moda.

Quer saber como vender fotos na internet, sejam elas digitais ou analógicas? Confira o conteúdo e descubra quais as melhores plataformas para divulgar e comercializar o seu trabalho!

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Como vender fotos na internet?

Fotógrafos profissionais e amadores podem lucrar com a venda de suas fotos, independentemente do tema registrado. Como você verá ao longo deste conteúdo, o mercado da fotografia é bastante amplo, dando espaço para todos!

Para começar a vender fotos na internet e aumentar seu faturamento, é necessário seguir alguns passos. Confira quais são eles:

1. Escolha seu nicho de mercado

Todos os profissionais que desejam vender arte pela internet, seja qual for o tipo, precisam escolher uma especialidade. Com os fotógrafos não seria diferente. Se você ainda não descobriu o seu estilo, não perca tempo e experimente diferentes modalidades para selecionar a sua preferida.

Aqui estão alguns nichos que você pode explorar:

  • Natureza: fotos de flores, animais e paisagens;
  • Moda: fotos de editoriais para revistas, desfiles e looks de eventos;
  • Arquitetura: fotos de construções, pontos turísticos e interior de espaços;
  • Culinária: fotos de alimentos usadas em restaurantes, guias de viagem e livros de receita;
  • Objetos: fotos de produtos para loja virtual, como roupas, pulseiras, itens de artesanato, tecnologia etc.

💡 Saiba mais: Como tirar fotos para e-commerce

2. Crie uma marca própria

Para ter sucesso ao vender fotos na internet, você precisa criar uma marca própria que seja atrativa para seus clientes em potencial. O nome deve ser direto, fácil de memorizar e precisa transmitir o estilo das suas fotografias.

Se você ainda não tem um nome para sua loja de fotos, que tal usar a ferramenta gratuita da Nuvemshop para ter ideias?

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

3. Defina seu público

Haverá um cliente diferente para cada tipo de foto que decidir vender. Por isso, é fundamental conhecer esse público-alvo para determinar as melhores estratégias de vendas com base em suas preferências pessoais.

Afinal, no início, não é possível investir em todos os estilos de fotos existentes para agradar a todos, não é mesmo? Então, escolha o seu nicho de mercado e a persona do seu negócio. Dessa forma, fica mais fácil ofertar o que os consumidores querem adquirir.

Sendo assim, você poderá focar em estratégias de atração específicas para seu público, aumentando as chances de atrair clientes e, com isso, fazer com que suas vendas cresçam.

💡 Saiba mais: Buyer persona: como identificar o seu cliente ideal?

4. Estipule uma identidade visual

É fundamental que você cause uma boa primeira impressão nas pessoas que visitarem o seu site de vendas. Por isso, não deixe de investir na criação de uma identidade visual forte.

Destaque os diferenciais da sua marca em todas as oportunidades que surgirem. Dessa forma, sua empresa tem grandes chances de se sobressair em meio à concorrência.

O primeiro passo é pensar no logotipo e nas cores da sua marca, então escolha tons ligados ao propósito da empresa e aspectos visuais que tornem o negócio autêntico e marcante.

👉 Ferramenta grátis: Criador de logo

💡 Saiba mais: O que é psicologia das cores e como aplicar em seu negócio

Para te ajudar a desenvolver a paleta de cores do seu negócio, a Nuvemshop criou uma ferramenta gratuita que sugere diversas combinações, confira:

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

5. Legalize seu negócio

O próximo passo é garantir que a sua empresa esteja dentro da lei. Para isso, é necessário obter o CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) e formalizar o negócio.

Então, é fundamental definir o tipo de empresa, junto com um especialista de contabilidade. No início, se for um negócio individual, é provável que se encaixe como MEI (Microempreendedor Individual), categoria para empresas com faturamento de até R$ 81 mil por ano e até um funcionário.

💡 Saiba mais: Aprenda como abrir uma MEI

6. Escolha a plataforma para vender fotos online

Escolher a plataforma de e-commerce certa é fundamental para ter sucesso com uma loja online para vender fotos. Com a Nuvemshop, por exemplo, você tem as seguintes vantagens:

  • Confiabilidade de uma plataforma com mais de 90 mil lojistas ativos e mais de R$ 5,8 bilhões em vendas por toda a América Latina;
  • Recursos para montar uma loja em menos de 10 minutos, sem precisar de conhecimentos técnicos;
  • Diversos layouts profissionais;
  • Planos e preços que cabem no bolso;
  • Dezenas de integrações para potencializar a loja;
  • Soluções de frete e pagamentos online conectadas.
Crie sua loja virtual
Testar 30 dias grátis

7. Divulgue sua marca

Por último, mas não menos importante, lembre-se de divulgar o seu negócio. Para que as pessoas conheçam a sua marca e se interessem pelas fotos que você vende, é fundamental investir em estratégias de divulgação.

Você pode realizar publicações em redes sociais, mostrando os seus produtos, dando dicas de como usar fotos na decoração de espaços, explicando seu processo criativo etc. Incentive também o marketing boca a boca — peça aos amigos e familiares para indicar o seu negócio — e use a criatividade para levar sua marca para o maior número de pessoas.

💡 Saiba mais: 9 maneiras para divulgar uma loja virtual

Dicas para lucrar ao vender fotos online

Não basta apenas seguir os passos que enumeramos acima para conseguir vender fotos na internet e lucrar com o seu trabalho. É preciso, ainda, se aperfeiçoar enquanto artista para, então, se destacar da concorrência.

Veja, a seguir, algumas dicas úteis para lucrar vendendo fotos online:

Exponha seus melhores trabalhos

Quem atua com criação sabe que talento é a união de técnica e prática. Por isso, para ter um trabalho fotográfico de excelência, é necessário fazer cursos de edição de imagem. Eles ajudam você a aprender com outros profissionais renomados na área sobre como remover detalhes indesejados das fotos ou evidenciar pontos de destaque, tornando o trabalho mais especial.

Além disso, apenas coloque na sua loja virtual os trabalhos dignos de orgulho, nos quais você acredita e que traduzem bem o DNA da sua marca.

Invista em SEO para ser encontrado na internet

Criar uma boa descrição de produtos para o seu e-commerce ajuda as pessoas a encontrarem suas fotos na internet e ainda fornece todos os detalhes da sua obra.

Elabore um texto autêntico, detalhado e dentro das boas práticas de SEO (Search Engine Optimization — ou otimização para mecanismos de busca) para que o Google imprima sua página nos resultados de pesquisa.

Para descobrir como as pessoas estão pesquisando por aquele item, existem algumas ferramentas de SEO para te ajudar com esse planejamento.

Uma boa opção pertence ao próprio Google e é de uso gratuito: o Planejador de palavras-chave do buscador. Com ele, você poderá ver sugestões de termos usados pelo público, bem como o volume de buscas por cada um deles. Desse modo, você garante que usará as palavras-chave que o público realmente está pesquisando.

Achou interessante a otimização para os motores de busca? Então confira um guia completo e gratuito sobre o assunto:

📘 Confira o e-book: SEO para e-commerce: guia completo

Venda fotos autênticas

Por mais que muitas pessoas se sintam livres para usar as imagens que circulam na internet, é preciso lembrar que essas fotos são propriedade intelectual de alguém. Por esse motivo, usá-las sem autorização é um crime.

Ainda, caso você fotografe locais públicos onde apareçam pessoas circulando, é preciso que todos os envolvidos assinem um termo de cessão de imagem, justamente para autorizar o uso de sua imagem.

Plataformas para vender fotos online

Existem vários sites de banco de imagens que compram suas fotos e disponibilizam-nas de graça ou mediante o pagamento de uma assinatura. Para quem está começando a vender fotos online, essas plataformas são interessantes. Conheça as principais a seguir:

Getty Images / iStock

O site Getty Images é bastante conhecido no meio digital, disponibilizando uma extensa biblioteca de imagens normalmente usadas por jornais, revistas e empresas interessadas em fotos de alta qualidade.

Para se inscrever e começar a vender fotos na plataforma você deve:

  • Ter 18 anos ou mais;
  • Fazer download do aplicativo Contributor By Getty Images, na App Store ou no Google Play;
  • Submeter de três a seis trabalhos para análise pelos moderadores da plataforma.

Após avaliar o seu trabalho, os editores da empresa decidirão, com base no estilo das fotos, se você entrará para o banco da Getty Images ou da iStock, uma plataforma filial. A primeira exige contrato de exclusividade e paga a você 20% do valor das suas vendas. A segunda, 15% sem exclusividade.

Shutterstock

O Shutterstock é um banco de imagem também bastante conhecido. De origem estadunidense, o site é traduzido para diversos idiomas, inclusive para o português. Ele é uma ótima opção para quem está começando a vender fotos pela internet. Além de fotografias, a plataforma disponibiliza vídeos, áudios e imagens vetorizadas.

As comissões no Shutterstock variam de acordo com o seu nível profissional e ficam entre 15% e 40% do valor das fotos. Desse modo, quanto mais imagens você tiver na plataforma, maiores serão as chances de aumentar o seu nível e vender mais.

Adobe Stock

O Adobe Stock é o banco de imagens pertencente à empresa Adobe e com possibilidade de integração aos aplicativos da Creative Cloud.

Segundo as regras da plataforma, o profissional deve ter mais de 18 anos para submeter o seu trabalho, ter uma conta Adobe ID e ser o único proprietário das imagens. Além disso, você receberá 33% do valor de cada foto e o dinheiro será transferido para sua conta bancária quando você atingir o mínimo de US$ 25.

Dreamstime

O Dreamstime é um site no qual os profissionais colaboradores não precisam obrigatoriamente assinar contrato de exclusividade, o que atrai muitas pessoas que estão começando nesse negócio de vender fotos online.

O valor pago pelas imagens fica entre 25% e 50%. Já aqueles que optarem pela exclusividade conseguem receber 60% do valor de suas fotos vendidas.

Umas das únicas exigências da empresa é que os profissionais deixem pelo menos 70% do seu portfólio por, no mínimo, seis meses na plataforma.

Alamy

O Alamy é um site que não cobra contrato de exclusividade, mas sua proposta é oferecer pagamentos diferenciados para os profissionais que mantiverem seu portfólio apenas na plataforma.

Nesse caso, você receberá 50% do valor das imagens. No entanto, caso opte por trabalhar sem exclusividade, o valor cai para 40%. Para que o pagamento seja transferido para sua conta bancária, é necessário ter disponíveis, no mínimo, US$ 50 em trabalhos vendidos.

💡 Saiba mais: Conheça 20 bancos de imagens grátis para seu negócio

Quer entender mais a fundo como funciona a venda de produtos e serviços pela internet e de que forma você pode atrair e fidelizar clientes? Confira o material gratuito e completo sobre o assunto:

Vale a pena vender fotos em bancos de imagem?

Os sites de bancos de imagem internacionais pagam, em média, entre US$ 025 e US$ 0,40 por foto. Contudo, essa quantia pode ser ainda menor dependendo do valor cobrado pela utilização da plataforma.

O Shutterstock, por exemplo, é quem decide o valor que será pago em suas fotos, dependendo da temática e da qualidade da imagem. Além disso, outro fator que influencia a precificação é a assinatura de um contrato de exclusividade com a plataforma.

Quanto mais fotos você publica nesses sites, maior será o seu faturamento. Contudo, já deu para perceber que a concorrência é grande e você terá que trabalhar muito para conseguir alcançar seus objetivos, não é mesmo?

A melhor saída para o fotógrafo que deseja ter controle criativo sobre sua obra e ainda precificá-la de acordo com seu real valor é ter um e-commerce próprio.

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Por que criar uma loja virtual para vender fotos?

Ao criar uma loja virtual só sua, você terá 100% do controle criativo, poderá aproveitar todos os benefícios da plataforma escolhida e ainda receberá suporte em caso de dúvidas.

A Nuvemshop, por exemplo, é uma plataforma para quem quer criar uma loja virtual para vender fotos na internet. Afinal, com mais de 90 mil sites que usam a solução espalhados na América Latina, essa é pode ser uma boa opção para você tirar o seu sonho do papel e criar um e-commerce do zero.

Além disso, trata-se de uma plataforma intuitiva, fácil de mexer e sem a necessidade de conhecimentos técnicos. Você também pode disponibilizar os meios de pagamento da sua preferência e contar com a facilidade de envios personalizados para os seus clientes.

💡 Saiba mais: 11 sites que usam Nuvemshop para você se inspirar

Crie sua loja virtual
Testar 30 dias grátis

Que tal começar a vender fotos na internet?

Esperamos que as dicas deste artigo tenham ajudado você a dar o primeiro passo rumo ao sucesso do seu negócio. Vender seus trabalhos será muito mais fácil se você tiver um bom plano de negócio e ferramentas tecnológicas que te ajudem a prosperar.

Ainda não escolheu uma plataforma de e-commerce para comercializar suas fotos? Crie sua loja virtual e faça um teste de 30 dias gratuitos com a Nuvemshop. É simples, rápido e sem a necessidade de conhecimentos técnicos! 💙

Aqui você encontra:

Perguntas frequentes sobre vender foto na internet

  1. Escolha seu nicho de mercado;
  2. Crie uma marca própria;
  3. Defina seu público;
  4. Estipule uma identidade visual;
  5. Legalize seu negócio;
  6. Escolha a plataforma para vender fotos online;
  7. Divulgue sua marca.

  • Exponha seus melhores trabalhos;
  • Invista em SEO para ser encontrado na internet;
  • Venda fotos autênticas.

  • Getty Images / iStock;
  • Shutterstock;
  • Adobe Stock;
  • Dreamstime;
  • Alamy.

Muitos bancos de imagem exigem contrato de exclusividade e pagam muito barato pelas fotos. Por isso, a melhor saída para o fotógrafo que deseja ter controle criativo sobre sua obra e ainda precificá-la de acordo com seu real valor é ter um e-commerce próprio.

Faça como +90 mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Testar 30 dias grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop

Não sabe como vender fotos na internet?

Com a Nuvemshop, você pode vender para milhares de pessoas de maneira fácil e muito prática.

Teste 30 dias grátis

Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies