Guia sobre como tirar fotos de roupas para vender

Por: Raquel Lisboa

Imagem de roupas penduras em cabides para representar como tirar fotos de roupas para vender.

Para tirar fotos de roupas para vender você pode seguir os seguintes passos:

  • Entenda o perfil do seu público-alvo
  • Faça um planejamento antecipado
  • Tenha a câmera e os acessórios necessários
  • Pense sobre o suporte para exposição das peças
  • Padronize o ambiente das fotos
  • Garanta uma boa iluminação
  • Escolha bons ângulos para os cliques
  • Capriche na edição das fotos

Sem tempo para ler? Não se preocupe! Temos o conteúdo, na íntegra, em versão áudio para você escutar onde estiver. É só apertar o play:

O universo da moda é intrinsecamente visual. Portanto, para te ajudar a garantir a receptividade da sua marca e do seu produto, criamos este guia sobre como tirar fotos de roupas para vender  — seja na sua loja virtual ou em redes sociais, como o Instagram.

Temos certeza de que, após ler este conteúdo completo, você estará pronto para fotografar suas peças com profissionalismo e transmitir, por meio das imagens, mais segurança ao seu cliente durante a jornada de compra.

Preparado? Então vamos lá para potencializar sua estratégia ao vender roupas! 📸

Como tirar fotos para loja virtual de roupas?

Para que você não se esqueça de nenhum detalhe importante, a seguir, separamos oito pontos para se atentar na hora de tirar fotos de roupas para o seu negócio. Além disso, ao final da lista, confira um vídeo-bônus sobre o tema.

1. Entenda o perfil do seu público-alvo

Antes de pensar em câmeras, manequins e qualquer outro pormenor, é essencial ter o seu público-alvo como foco em qualquer tomada de decisão.

Logo, investigue do que gostam e o que procuram. Defina (caso ainda não o tenha feito) as personas da sua marca com base em dados demográficos e comportamentais.

Por exemplo: se ao delimitá-las, você perceber que são mulheres entre 50 e 55 anos e que 70% delas moram em Pernambuco e Alagoas, é bem provável que o seu público-alvo esteja em busca de peças confortáveis e de tecidos leves (devido ao clima quente da região).

Ademais, tais personas geralmente são exigentes. Por esse motivo, procuram examinar a costura e o caimento das peças nas imagens da loja virtual de roupas.

Tendo isso em mente, fica mais fácil compreender ao que você deve se ater no momento de fotografar.

💡 Saiba mais: Persona e JTBD: como conhecer as necessidades do seu público-alvo

2. Faça um planejamento antecipado

Organização deve ser um dos pilares de qualquer negócio — e isso não seria diferente para uma marca de roupas. Portanto, ao planejar a fotografia dos vestuários, monte um cronograma, considerando:

  • Quando as peças serão entregues pelo fornecedor (ou quantos dias são necessários para fabricá-las);
  • Quanto tempo se leva para fotografar cada look e editá-los;
  • Quando você pretende anunciá-los (caso seja uma nova coleção, por exemplo).

Dessa maneira, você tem a chance de otimizar sua rotina e programar cada passo com mais assertividade.

💡 Saiba mais: 3 estratégias para otimizar a gestão do seu negócio

3. Tenha a câmera e os acessórios necessários

Para tirar fotos de roupas com qualidade, não é preciso investir rios de dinheiro em uma câmera profissional. Um smartphone com resolução a partir de 13MP já é suficiente para começar.

Agora, caso queira comprar uma máquina fotográfica, é indicado que ela seja DSLR (câmera com um sistema mecânico de espelhos), tenha uma abertura (entrada para luz) acima de f/11 e um ISO (sensor de luz) entre 600 e 640.

Continue com a gente, pois, no vídeo-bônus, vamos dar mais dicas sobre o assunto.

Já em relação aos acessórios, é recomendado ter:

  • Um tripé (para dar mais estabilidade aos disparos);
  • Um rolo de papel contínuo ou tecido branco (para compor o plano de fundo básico);
  • Um estande (como suporte para o papel ou tecido);
  • Uma ou duas softboxes (para melhor difundir a luz).

Abaixo, veja um exemplo de estúdio profissional (com os itens listados acima), mas que pode ser facilmente adaptado em um espaço menor:

Estúdio de foto mostrando todos os equipamentos listados, como tripé, fundo branco e softboxes.

4. Pense sobre o suporte para exposição das peças

Com os três passos anteriores bem definidos, chega o momento de compreender qual será o suporte para as suas peças na sessão de fotos.

Para isso, existem quatro principais opções, que são: manequim, cabide, tapete e modelo. Confira, a seguir, as características de cada uma.

Manequim

Imagem mostrando três manequins na vitrine de uma loja.

Um manequim (ou até mesmo um busto) pode ser ideal para você que não quer depender de outras pessoas para fotografar os looks da sua loja virtual — afinal, esse tipo de suporte está sempre disponível e tem apenas o custo inicial.

Cabide

Imagem de um vestido pendurado em um cabide.

Neste caso, bem como no manequim, você não depende de modelos para expor as peças do seu e-commerce. Para tirar fotos de roupas no cabide, você precisa apenas desse apoio — que pode ser personalizado com o logo da sua marca, por exemplo.

No entanto, vale ressaltar que imagens em cabide tendem a ser menos pessoais aos olhos do público-alvo, pois não reproduzem o formato de um corpo humano.

Tapete

Imagem de uma composição de look sobre um tapete branco.

Para tirar fotos de roupas no tapete, é importante investir em pelegos e/ou tapeçarias de cores neutras e em acessórios (como flores e vasos, por exemplo) para compor a fotografia. Assim como o cabide, o tapete tem a característica de ser impessoal.

Modelo

Imagem de uma mulher modelando para representar como tirar fotos de roupas para vender.

Por fim, ter um(a) modelo para tirar fotos de roupas é a opção que gera maior identificação entre uma marca e o público-alvo, pois ver o caimento das peças em um corpo humano transmite mais segurança na hora de fechar uma compra.

Se você não quiser investir na contratação de um(a) modelo profissional, sem problemas. Busque por familiares, amigos e/ou conhecidos que tenham perfis e idades similares às suas personas e convide-os para uma sessão de fotos.

Para agradecê-los pela disposição, você pode acertar um cachê que caiba no seu bolso ou presenteá-los com peças da sua marca.

5. Padronize o ambiente das fotos

O ambiente das fotografias de roupas pode ter um formato neutro, como o estande e o papel contínuo citados no tópico Câmera e acessórios, ou um cenário personalizado, como em uma fazenda, se você vender roupas country, por exemplo.

Imagem de modelo vestindo uma roupa no estilo country.

Além disso, é importante considerar a padronização dos ambientes das fotos, para que, ao publicar as imagens no seu site, não se crie uma poluição visual, ok?

6. Garanta uma boa iluminação

Ao tirar fotos de roupas, é fundamental ter uma iluminação que não interfira nas cores das peças. Para isso, as opções são: luz natural (de uma janela ou em um ambiente externo) e softboxes. O flash da câmera ou do smartphone deve ser evitado ao máximo, pois deixam a imagem com um aspecto artificial.

Para não criar sombras, você deve posicionar o suporte para roupas ou o(a) modelo a 50 cm do fundo (caso você esteja usando um estande); e estes, em um ângulo de 45 graus em relação às softboxes ou à fonte de luz.

Todavia, se você for fotografar em um tapete, o indicado é instalar duas softboxes (uma de cada lado da peça).

Com tais passos, a iluminação se torna muito mais uniforme e as fotos, mais naturais. ✨

7. Escolha bons ângulos para os cliques

Além de cuidar do ambiente e da iluminação, é essencial que, ao fotografar as roupas da sua loja virtual, você dê atenção aos ângulos e detalhes das peças, como botões, cós, estampas etc.

Foto do cós de uma calça para mostrar os detalhes da peça.

Neste caso, as dicas são: manter a câmera sempre em frente ao produto e mudar apenas a posição do manequim ou modelo — isso ajudará a conservar o padrão de posicionamento das imagens.

No mais, não use o zoom com frequência, pois ele pode interferir na qualidade da foto. E não se esqueça de, antes de realizar a sessão de fotos, passar as peças (se estiverem amassadas) e conferir se todas as costuras e acabamentos estão bem feitos.

8. Capriche na edição das fotos

Após tirar fotos das roupas da sua marca, é importante verificá-las em relação à fidelidade das cores e texturas. Se necessário, utilize um editor para que as fotos fiquem o mais próximo do real — o que evita frustrações por parte do cliente e, por consequência, a logística reversa.

Lembre-se de recortá-las no mesmo formato (para, mais uma vez, manter um parâmetro estético) e de documentar os passos da edição de imagens, pois, assim, você ou qualquer pessoa da sua equipe poderá aplicá-los bem, respeitando as diretrizes.

Para tratar das fotos, você pode usar softwares como o Photoshop, PhotoFiltre Studio e Adobe Spark. Ou ainda ferramentas online como o Fotor.

💡 Saiba mais: Tudo sobre como editar fotos para loja virtual

Vídeo-bônus: dicas sobre como tirar boas fotos de produtos

Para rever alguns dos tópicos anteriores e aprender estratégias extras sobre como tirar fotos de roupas, assista a este vídeo:

Como tirar fotos de roupas para vender no Instagram?

Para tirar fotos de roupas para o Instagram, você deve seguir os mesmos passos do capítulo anterior. No entanto, no que diz respeito à etapa de planejamento, é importante também considerar os melhores horários para publicar seus produtos na rede social.

Para isso, verifique a aba Insights do seu Instagram comercial. Nela, você encontrará informações sobre os dias e períodos com maior tráfego, além de dados sobre o seu público-alvo.

💡 Saiba mais: Como usar o Instagram Insights para guiar a estratégia da sua marca

Por fim, algumas outras dicas para fotos de roupas específicas para essa rede social são:

  1. Atente-se ao enquadramento das fotos para que elas fiquem boas no feed;
  2. Mantenha um padrão estético e uma identidade visual organizada entre as fotos;
  3. Explore os diferentes ângulos de cada peça para postar em formato carrossel;
  4. Mostre de perto os detalhes das peças que podem chamar a atenção do cliente;
  5. Use a abuse da sua criatividade, uma vez que o Instagram permite essa comunicação mais próxima do usuário.

Caso queira aprender mais sobre o Instagram e descobrir ferramentas de edição específicas para essa rede social, baixe o nosso e-book gratuito sobre o tema:

📹 Veja também: Como a Maya Lingerie usa o Instagram para impulsionar suas vendas?

Resumo sobre como tirar fotos de roupas para vender

Esperamos que este guia tenha solucionado suas principais dúvidas sobre como tirar fotos de roupas. Lembre-se de que a prática leva à perfeição — por isso, não tenha medo de testar diferentes formatos, ok?

Para encontrar mais dicas sobre o segmento de moda, não deixe de acessar o nosso manual completo e gratuito sobre o assunto:

Antes de finalizar o artigo, que tal um resumo de tudo que abordamos por aqui? 📸

Como tirar fotos de roupas para loja virtual?

  1. Entenda o perfil do seu público-alvo
  2. Faça um planejamento antecipado
  3. Tenha a câmera e os acessórios necessários
  4. Pense sobre o suporte para exposição das peças
  5. Padronize o ambiente das fotos
  6. Garanta uma boa iluminação
  7. Escolha bons ângulos para os cliques
  8. Capriche na edição das fotos

Como tirar fotos de roupas para Instagram?

  1. Atente-se ao enquadramento das fotos
  2. Mantenha um padrão estético e uma identidade visual organizada
  3. Explore os diferentes ângulos de cada peça
  4. Mostre de perto os detalhes das peças
  5. Use a abuse da sua criatividade

Ah, e se quiser criar seu próprio e-commerce, não perca mais tempo! Faça um teste de 30 dias grátis com a Nuvemshop e descubra como a nossa plataforma pode ajudar o seu negócio a decolar! 🚀

Aqui você encontra:

Faça como +90 mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Testar 30 dias grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop

Quer vender roupas pela internet?

Crie agora sua loja virtual com a Nuvemshop e venda de maneira profissional.

Criar minha loja

Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies