20 vantagens do e-commerce para quem já tem loja física

Por: Bruno Fernandes
20 vantagens do e-commerce para quem já tem loja física

Aqui você encontra:

Se você tem uma loja física, mas ainda não vende seus produtos pela internet, é possível que já tenha pensado nessa possibilidade. É claro que ampliar os negócios exige cuidado e planejamento, mas vamos apresentar neste artigo algumas das vantagens do e-commerce para que você possa tomar sua decisão de forma consciente.

De acordo com a pesquisa Webshoppers 40, da Ebit/Nielsen, apenas no primeiro semestre de 2019, 5,3 milhões de brasileiros compraram online pela primeira vez. Esse número por si só já é bastante expressivo, mas, a seguir, vamos conhecer outras 20 vantagens do e-commerce para empresas. Vamos lá?

1. Sua audiência já está online

De acordo com o estudo Digital 2020, o Brasil tem 150,4 milhões de pessoas que utilizam a internet, o que representa a conexão de 71% dos brasileiros. Isso mostra o quanto nosso país já está em peso na web, de modo que as compras online se tornam apenas mais uma das funções realizadas pela internet.

Nesse cenário, se você já tem uma loja física, vender pela internet se mostra como uma ótima oportunidade de ter seu produto ofertado a mais pessoas.

2. Sua audiência pesquisa pela internet para comprar na loja física

Antes de tomar a decisão de comprar um artigo, é cada vez mais comum que os usuários pesquisem online para se certificar de que estão fazendo a melhor escolha.

A propósito, a pesquisa Digital 2020 aponta que 89% dos entrevistados brasileiros fazem buscas na internet antes de adquirir um produto.

Imagine se, nesse momento, sua marca já aparecesse como um resultado e ainda ofertasse o que o usuário está buscando? É aí que vemos mais uma das vantagens do e-commerce para empresas!

3. O alcance online é uma das grandes vantagens do ecommerce

Ao contrário de uma loja física, quando você vende por meio de uma loja virtual, o alcance geográfico se torna muito maior.

Enquanto seu estabelecimento pode dar conta de uma região ou, no máximo, de uma cidade, outra das vantagens do e-commerce é que você pode vender seus produtos para todo o Brasil e, por que não, para o mundo.

É claro que, para o caso de grandes varejistas, mesmo com as lojas físicas é possível ter alcance nacional. Mas sabemos que essa não é a realidade da grande maioria dos empreendedores brasileiros, certo? Dessa forma, estar na internet definitivamente é uma excelente estratégia.

4. Flexibilidade de horários

Enquanto a loja física tem um horário e dias específicos para abrir e fechar, outra das vantagens do e-commerce é que você pode vender 24 horas por dia nos sete dias da semana. E o melhor, permitindo a praticidade para seu cliente comprar sem sair de casa.

Só fique atento caso os seus canais de atendimento tenham horários específicos. Se for esse o caso, é essencial deixar claro no site os horários em que sua equipe atende aos clientes e também os prazos de resposta para as mensagens.

5. Certos itens podem ser encontrados mais facilmente na internet

Imagine que você é um torcedor do Paysandu e mora em Porto Alegre…

Na capital gaúcha, dificilmente você encontrará a camisa de um time de futebol paraense, mas, certamente, esse item estará disponível em alguma loja na internet. Para itens regionais, comprar online é infinitamente mais simples.

Para esses casos, fica evidente como o maior alcance do comércio digital pode beneficiar seu negócio. Portanto, se você vende artigos que acredita que podem interessar pessoas de outras regiões, pode ser a hora de pensar em montar sua loja virtual.

6. Certos itens você encontra na internet

Certos livros e filmes mais antigos, por exemplo, você só encontra à venda na internet.

Ocasionalmente você pode até encontrá-los numa loja física, mas e para achar essa loja, como fazer? É basicamente como procurar uma agulha num palheiro, pois nem todas as grandes lojas vendem raridades.

O mundo virtual possibilita que você encontre certos produtos sem te dar o trabalho de deslocamento até um endereço físico.

Aliás, se você vende algum tipo de antiguidade e/ou raridade e só trabalha com um estabelecimento físico, está perdendo uma enorme oportunidade de ampliar sua clientela e aproveitar as vantagens do e-commerce.

7. Possibilidade de ampliar os canais de atendimento ao cliente

Tendo uma loja física você até pode estar presente nas redes sociais e no WhatsApp, além de fazer um atendimento personalizado por e-mail e telefone, mas numa loja virtual você conseguirá ir além.

O primeiro passo é criar uma página de perguntas frequentes dentro do seu site. Com a página de FAQ bem estruturada, a chance de alguém vê-la e depois ainda precisar de outro canal de atendimento é bem menor.

Outra alternativa interessante é oferecer um chat online dentro da sua loja para atender as principais dúvidas dos clientes no momento em que eles precisarem. Se você optar pela plataforma de e-commerce da Nuvemshop, você será capaz de integrar esse tipo de serviço, como o JivoChat, diretamente ao seu site.

8. Fator confiança

Para muitos lojistas que começam a analisar as vantagens e desvantagens do e-commerce, a falta de confiança dos consumidores ao comprar pela internet pode se tornar um ponto desencorajador.

Entretanto, se você já tem uma loja física, pode utilizar a reputação que seu estabelecimento traz consigo.

Nesse cenário, você pode fazer de uma potencial fraqueza do negócio digital o seu ponto forte!

9. Você já tem a experiência em vendas

Se você já é dono de uma loja física, vender está no seu sangue…

Ao contrário das pessoas que criam uma loja virtual sem um conhecimento prévio, você já tem toda a experiência necessária para começar a vender.

Além disso, você já sabe como fazer um negócio rodar, como controlar as finanças, estoque, fluxo de caixa etc. Esse conhecimento adquirido ao longo dos anos como lojista offline contará a seu favor na hora iniciar seu empreendimento online.

10. Você já tem o estoque

Além da experiência, se você tem um espaço físico, certamente já conta com um estoque próprio para organizar seus produtos.

Caso opte por criar uma loja online, você poderá dividir o estoque entre os dois negócios e economizar um belo dinheiro.

Você só precisará ficar atento com a organização desses espaços. Entretanto, se você mantiver as informações sobre as quantidades de produtos em dia, não terá problemas para fazer a gestão das vendas.

11. Você já tem os primeiros clientes

Uma loja física que adere ao mundo online traz consigo parte dos clientes que já compram offline costumeiramente.

Portanto, assim que você criar seu e-commerce, divulgue-o no seu espaço físico e, se possível, ofereça cupons de desconto para que os visitantes desse espaço possam conhecer e comprar também no seu ambiente online. Dessa forma, essa se torna uma das vantagens do e-commerce para empresas que já atuavam anteriormente no varejo físico.

12. O menor custo para operar online é outra das vantagens do ecommerce

Quando pensamos em ampliar as frentes de atuação de um negócio, é normal considerarmos grandes custos. Mas, no caso de uma loja virtual, os valores são consideravelmente mais baixos do que se compararmos com a abertura de um novo endereço físico.

Para manter o funcionamento do e-commerce, basicamente, os gastos que você terá serão com a mensalidade da sua plataforma de e-commerce, com as taxas de intermediadores de pagamento e com suas campanhas de marketing digital.

Você pode ter um ou mais funcionários dedicados exclusivamente à sua frente de comércio digital, mas não precisará de tantas pessoas quanto em uma nova unidade de loja.

Além disso, você pode utilizar a estrutura física do estabelecimento que já tem para manter o funcionamento da sua loja virtual. Aqui, estamos falando de luz, internet, estoque, entre outras necessidades que qualquer negócio tem.

13. Começar a vender online é simples

Dependendo da plataforma de e-commerce que você utilizar, criar uma loja virtual não vai exigir grandes conhecimentos. Criadas para facilitar a experiência dos lojistas, elas não exigem conhecimentos técnicos.

Dessa forma, cadastrar seus produtos vai exigir algum tempo, mas não é difícil. Além disso, por meio de poucos cliques, você já vai poder integrar meios de pagamento e de envio ao seu e-commerce.

14. Mais segurança para seu negócio

Outra das vantagens do e-commerce é a segurança.

Todas as transações financeiras são realizadas pela internet, por meio dos maiores intermediadores de pagamento do mercado. Assim, você não precisará lidar com dinheiro em espécie.

Ademais, em comparação com uma loja na rua, você não precisará ter mais um estabelecimento com portas abertas até de noite. Sabemos que, em muitas cidades brasileiras, esse pode ser um motivo de preocupação para os empreendedores.

15. É mais fácil criar senso de urgência

Muitas vezes, em uma loja física, os clientes podem ficar irritados com um vendedor que fique lhes dizendo o tempo todo que precisam comprar determinado produto naquele momento.

Já em uma loja virtual, você pode estimular que o consumidor finalize uma compra sem precisar focar na insistência.

Existem formas simples de fazer isso. Você pode, por exemplo, disponibilizar uma oferta por tempo limitado ou, então, mostrar quantos itens daquele produto ainda estão disponíveis no estoque.

Essas informações vão criar um senso de urgência no visitante, o que aumenta a chance de conversão.

16. A avaliação de outros usuários fica à vista dos visitantes

Outra das vantagens do e-commerce é que, no momento da compra, o visitante do seu site poderá ver na hora as avaliações e os comentários de pessoas que já compraram aquele produto.

Essa prova social ajuda o consumidor a tomar sua decisão baseada em uma opinião considerada imparcial, de outros clientes que receberam e utilizaram aquele artigo. Para que você possa ter uma ideia sobre a importância desse tipo de iniciativa em seu site, a pesquisa E-commerce Quality Index 2019 aponta de 95% das pessoas leem avaliações antes de fazer uma compra!

Quando pensamos em uma loja física, a não ser que o visitante pare a experiência presencial para pesquisar em seu smartphone outras opiniões, esse tipo de conteúdo não fica à disposição.

17. Integração com outros canais de venda

Quando você tem uma loja virtual, pode integrar seu site com outros canais de venda, como marketplaces e redes sociais.

Dessa forma, você pode estar em mais ambientes virtuais que seus potenciais compradores frequentam sem tornar a sua operação muito mais complicada. É possível, inclusive, fazer a gestão de todos os pedidos em um mesmo painel, de acordo com a plataforma de e-commerce que você utilizar.

Além disso, com o auxílio de ferramentas de ERP, que podem ser integradas ao seu e-commerce, você pode organizar, inclusive, os produtos que vender em sua loja física juntamente com os vendidos pela internet.

18. Possibilidade de acompanhamento direto dos resultados

É claro que, em uma loja física, você acompanha números e dados para analisar as estratégias do seu negócio.

Quando falamos do comércio digital, todavia, essas análises de indicadores podem ser feitas com muito mais assertividade.

Isso acontece porque, ao navegar na internet, seu visitante deixa rastros: dos anúncios em que clicou, das páginas que visitou, dos produtos que visualizou, das compras que realizou, entre muitas outras informações.

Assim, fica muito mais fácil registrar seus KPIs (Key Performance Indicators, ou indicadores-chave do negócio), entender seus comportamentos e tirar insights para sua marca.

19. Mais simplicidade para analisar a concorrência

Ao entrar para o universo do e-commerce, você ganhará alguns competidores no ambiente digital.

Isso pode ser visto entre desvantagens do e-commerce, mas, se pararmos para pensar, você também tem concorrentes para sua loja física, certo?

Quando falamos de uma loja virtual, fazer a análise da concorrência se torna muito mais simples, porque você precisará observar um site, ao invés de ir até uma loja e tentar descobrir informações.

Então, assim como a experiência do cliente se torna mais prática, a sua como empresário pensando na estratégia também. Existem várias ferramentas online que podem ajudar nesse momento.

20. Personalizar a experiência do usuário

No mundo em que vivemos, os internautas buscam experiências cada vez mais personalizadas.

No que diz respeito ao consumo, essa demanda não seria diferente. É claro que, em uma loja física, o vendedor pode conversar com a pessoa ao vivo, mas, em uma loja virtual, você pode oferecer produtos a partir de hábitos de navegação do visitante.

Dessa forma, é possível mostrar a ele uma vitrine personalizada de acordo com seus gostos, além do envio de ofertas especiais para o perfil daquele cliente por e-mail. Existem ferramentas que você pode utilizar em seu e-commerce para promover essa compra personalizada, sendo um exemplo a SmartHint.

Assim, a experiência de compra se torna muito mais especial — tudo isso sem que um vendedor precise bombardear o visitante com diversas perguntas.

Conclusão

Se você é um empreendedor e está analisando possibilidades de ampliar seu negócio, fazer com que a sua loja física vá para a internet pode ser a jogada certa. Você pode, inclusive, se basear na experiência de outras pessoas que começaram sua loja online para aprender mais sobre o assunto!

Esperamos que essas 20 vantagens do e-commerce para empresas sejam suficientes para te ajudar a criar sua loja virtual. Se quiser, para se inspirar, você também pode observar os casos de sucesso de alguns lojistas com experiência no comércio digital.

Caso tenha se convencido, que tal testar os 30 dias gratuitos da Nuvemshop e já começar a vender pela internet? Você pode aproveitar todas as vantagens da nossa plataforma.

Faça como +60mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Testar 30 dias grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop

Quer mudar de vida vendendo pela internet?

Crie agora sua loja virtual com a Nuvemshop e venda de maneira profissional.

Criar minha loja

Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies