O que é marketing de produto e como aplicar essa estratégia?

Por: Luiz Piovesana

ilustração que representa as etapas do marketing de produto

Marketing de Produto consiste na adoção de ações para o lançamento de um produto ser um sucesso. É uma estratégia de marketing externo, que tem o objetivo de conquistar os clientes. O Marketing de Produto faz parte do primeiro, dos 7 Ps, do marketing.


Sabemos que vender pela internet não é fácil, não é mesmo? Normalmente, as lojas virtuais se planejam com muita antecedência, realizam pesquisas de campo para entender as necessidades do cliente e fazem muitos testes antes de oficializar o desenvolvimento de algo novo. E para isso acontecer, o marketing de produto entra em ação.

Se você tem dúvidas sobre a importância desta estratégia ou deseja conhecer um pouco mais para aplicar no seu negócio, continue a leitura e veja tudo que preparamos para você.

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

O que é marketing de produto?

Marketing de produto nada mais é do que a adoção de estratégias para uma nova mercadoria fazer sucesso no mercado. Sendo assim, ele lida diretamente com as demandas relacionadas ao marketing externo, no qual envolvem ações de divulgação, fidelização, engajamento, entre outras.

Um time focado em marketing de produto começa o seu trabalho com um grande planejamento de ideias que visa encontrar meios funcionais e inovadores para tornar o lançamento de algo novo, em um acontecimento super diferente, moderno e o principal: precisa conquistar o cliente.

Diante disso, uma das funções mais importantes que o marketing de produto deve desempenhar é defender a voz do consumidor no negócio.

O marketing de produto precisa ter uma compreensão completa da mente e do coração dos seus clientes, pois, ao conhecer o que eles pensam e quais são as verdadeiras dores, será possível pensar em soluções que fazem de fato a diferença. Por isso, sempre falamos que para ter sucesso com um novo negócio ou produto, é necessário entender os impulsionadores emocionais da compra e do uso.

Mas, por mais que atenda a todos os requisitos de qualidade e também tudo aquilo que o cliente está à procura, nenhum novo produto se vende sozinho. Afinal, os clientes precisam ser informados sobre suas funcionalidades e vantagens.

Por isso, o marketing de produto é primordial para lançar e promover um produto!

💡 Saiba mais: 16 dicas para encantar os clientes da sua empresa

Qual a diferença entre marketing de produto e gestão de produtos?

Começamos a responder a pergunta afirmando que é importante garantir que esses dois times trabalhem de forma saudável.

É provado que o gerenciamento de produtos e o marketing de produtos podem e devem trabalhar juntos. Afinal, as suas responsabilidades complementares ajudam a lançar com sucesso uma mercadoria no mercado.

Mas vamos lá! O marketing de produto, conforme mencionamos acima, é o que fica responsável pelo marketing externo, o que envolve a gestão da comunicação para o mercado, posicionamento do produto, plano de crescimento, avaliações, e tudo que envolve o sucesso de uma nova mercadoria.

Por outro lado, a gestão de produtos, é a área focada na criação e desenvolvimento. Normalmente, eles trabalham com indicadores, pesquisas e tudo que possa ressaltar o que o cliente está sentindo.

💡 Saiba mais: 6 erros comuns ao lançar um produto

Basicamente estamos falando do seguinte fluxo:

  • Tenho meu negócio e sei quem é o meu cliente;
  • Entendo as dores que o meu cliente sente e o que ele mais busca;
  • O time de gestão de produtos entra em ação para criar algo que acabe com essa “dor”;
  • Na sequência, o marketing de produto cria as melhores estratégias de encantamento, divulgação e marketing externo para que o cliente consuma aquilo que foi lançado.

💡 Saiba mais: Quais são as métricas do atendimento ao cliente

Para que serve o marketing de produto?

O marketing de produto é responsável pelo papel de encantar, engajar e convencer que o produto é diferente, melhor, especial, sempre proporcionando a melhor forma de transmitir o valor que agrega na própria linguagem do cliente.

Agora que você já sabe o conceito do marketing de produto, é necessário entender com mais detalhes de para que ele serve

Conectar pessoas aos produtos

Esse é o grande papel do marketing de produto. Quando isso é levado a sério, as estratégias são pensadas com foco no cliente e nas suas necessidades e costumam fazer sucesso. Por isso, é importante um time focar nas pessoas e no que elas buscam.

Personalizar algo novo

Você com certeza deve adorar quando recebe um presente personalizado ou quando encontra algo muito próximo do que estava procurando. O marketing de produto tem o papel de personalizar toda a experiência de uma nova “mercadoria” que chega ao mercado.

💡 Saiba mais: Aprenda como fazer a personalização da experiência de compra

Garantir a força do produto no mercado

Como já mencionamos, o marketing como um todo tem o papel de garantir força para todas as fases de crescimento e maturidade de um produto, principalmente quando ele for novo.

Ao trabalhar bem a mensagem, estabelecer e destacar os diferenciais, solucionar objeções e dúvidas, seu negócio será capaz de manter o produto sólido por mais tempo e evitar crises e problemas.

Controle de precificação, distribuição e design

O Marketing de Produto também auxilia na estratégia de definição de preço e até mesmo no design.

Desta forma, é preciso estar atento ao mercado e aos valores praticados pela concorrência, além de garantir a distribuição ágil e cuidadosa dos produtos e ainda contribuir para o desenvolvimento de um design harmônico e responsivo de todos os produtos lançados.

6 etapas do marketing de produto

Já falamos o que é o marketing de produto, apresentamos a sua principal diferença em relação a gestão de produtos e, o mais importante, para que ele serve.

Agora, chegou o momento de você entender quais são as etapas e como você pode implementar essa ideia no seu negócio. Vamos conferir?

1. Definição do público e das personas

Basicamente, para você realizar qualquer ação de marketing, seja ela qual for, é imprescindível que você saiba qual é o seu público-alvo e defina as personas do seu negócio.

O público-alvo está mais atrelado com as características gerais do seu cliente, já a persona tem o objetivo de compreender um pouco mais a fundo os problemas do seu consumidor, dúvidas e objetivos.

💡 Saiba mais: Buyer Persona: como identificar o seu cliente

2. Escolha do posicionamento do produto

Também é papel do marketing de produto identificar a melhor forma de posicionar algo novo para mercado, conforme as peculiaridades daquele produto diante da concorrência.

A segmentação nessa etapa é super importante, ou seja, pensar no tom, na linguagem, na estética e em tudo que faça o cliente escolher o seu produto. .

Para posicionar um novo produto, escolha e qualifique os canais de venda. Ao saber das necessidades do seu cliente, será mais fácil identificar quais são os melhores canais para você expor o seu lançamento.

3. Divulgação para a equipe

Outra etapa é auxiliar na escolha e qualificação dos canais de venda. Sabendo das necessidades do seu cliente e os conhecendo muito bem, “quais são os melhores canais para você expor o seu lançamento?”.

O time de marketing de produto deve levar em consideração essa etapa durante o planejamento da divulgação

4. Preparação do conteúdo para o lançamento

Após definir o planejamento do lançamento do seu produto, incluindo uma data oficial, invista no marketing de conteúdo para este dia.

O conteúdo é a alma do negócio. Ele é quem conduz a comunicação, o tom, a voz, o formato e tantas outras coisas.

Pensar em conteúdos atrativos e que façam a conversão é de suma importância para o sucesso de qualquer lançamento.

💡 Saiba mais: 5 dicas de conteúdo para o seu e-commerce

5. Lançamento do produto

E o dia do lançamento? E o pós-lançamento? E as ações de lançamento? É preciso planejar com cuidado o lançamento do produto, afinal, a primeira impressão é a que fica. Por isso, não falhe no pontapé inicial. Invista no lançamento!

O lançamento do produto consiste em você colocar em prática tudo aquilo que foi planejado e, se necessário, fazer mudanças. Seja rápido, mude assim que perceber que o resultado não está acontecendo. Compreende o que o seu público procura e planeje novamente.

6. Acompanhamento dos resultados

Depois do produto no ar (ou nas prateleiras), é importante analisar os resultados do marketing. Não é recomendado lançar um produto e parar por aí, ou seja, deixar de lado a opinião do cliente e saber se, de fato, o que foi lançado está proporcionando uma boa experiência ao seu público.

Quem disse que todo produto novo faz sucesso logo no começo? Nem sempre isso acontece. O ajuste de rota, ou melhor, o ajuste às necessidades do cliente deve ocorrer sempre (antes e após o lançamento). É por isso que existem grupos de opiniões e pesquisas de campo. Sem medo, se precisar ajustar, ajuste!

Para você ter uma ideia, diariamente, aumenta o número de empresários que investem em ferramentas e profissionais, que usam os dados coletados das suas ações, a fim de obter o melhor resultado possível para seus negócios.

O fato é que ao acompanhar esses números, seu negócio ganhará novas possibilidades, com mais informações e possibilidades de ajustes que vão garantir o sucesso. O time de marketing de produto irá definir métricas válidas e cabíveis para serem acompanhadas.

O que é ciclo de vida de um produto?

Todo produto tem uma data de validade. E neste caso, não estamos nos referindo à data de validade conforme a fabricação, mas sim, o ciclo de vida que um produto tem para ficar em destaque no mercado. Saiba que tudo passa! É preciso sempre inovar cada vez mais.

Mas vamos lá, o ciclo de vida de um produto é composto por etapas: introdução, crescimento, maturidade e declínio.

Introdução ao cliente

Lancei um produto e necessito que ele seja inserido e trabalhado no mercado. Pronto, aqui começa a fase de introdução, em que ele acabou de ser lançado para o público.

Esta etapa acontece após o lançamento do produto e ocorre até que as vendas cresçam. Geralmente, é um período lento de vendas, já que o público ainda não conhece o produto e o retorno financeiro é baixo.

Crescimento no mercado

Aqui, o seu público-alvo já conheceu o seu do produto, com um rápido aumento de vendas. Mas atenção, nesta etapa há o aumento da concorrência e, por isso, é preciso continuar investindo na mercadoria e criar estratégias de vendas.

Maturidade do produto

Nesta fase, o produto, as vendas e a quantidade de concorrentes se estabilizam, ou seja, o mercado já alcançou seu máximo. A dica é que você não se acomode com a situação, mas tenha em mente o desejo de investir e diferenciar a marca para manter o lucro.

Declínio do produto

A fase de declínio é quando praticamente todo mundo que precisava comprar seu produto já comprou, principalmente se ele não for corriqueiro.

Durante o declínio do produto, as vendas começam a cair, seja por uma mudança de mercado, outros produtos com o mesmo foco lançados no mercado ou pode acontecer do produto se tornar ultrapassado e novas tecnologias surgirem.

💡 Saiba mais: O que é Matriz BCG e como fazer?

Exemplos de marketing de produto

Chegou de hora de você entender como colocar em prática o marketing de produto para um lançamento. Selecionamos algumas dicas que vão te ajudar. Confira!

Crie um hotsite

Criar um site exclusivo para o produto é bem interessante,já que é possível reunir todas as informações em uma única página.

Além disso, o hotsite ajuda a consolidar o tom, a voz e a identidade visual do produto e ainda é possível ir compartilhando experiências relatadas pelos clientes.

Faça parcerias ou contrate influenciadores

Fazer parcerias com um influenciador digital, que dialoga muito bem com o seu público-alvo, é uma ótima estratégia. O marketing de influência não para de crescer e contribui muito para a estratégia de lançamento de um produto.

Faça postagens nas redes sociais

Invista nas redes sociais e crie um calendário editorial contando todas as informações do produto lançado:

  • Por que foi lançado?
  • Quem pode usar?
  • Qual o preço?
  • Vantagens do produto?
  • Como foi o processo de fabricação?
  • Quais as dicas de quem já usou?

Enfim, é possível criar posts estratégicos para conquistar o cliente.

Crie peças de e-mail marketing

Quando o e-mail marketing é enviado para uma base ativa e limpa de contatos, ele é uma opção incrível para a divulgação de um novo produto.

A estratégia proporciona previsibilidade em seus disparos e é um diferencial, porque, ao acompanhar todas as métricas, é possível planejar o crescimento da sua estratégia e escalar o desenvolvimento do seu negócio.

Invista na mídia paga

A mídia paga permite que você segmente sua campanha de acordo com o seu público-alvo. Dessa maneira, você pode investir nas estratégias corretas para atingir um objetivo específico e não perde tempo, nem dinheiro, fazendo anúncios que não vão atingir pessoas com chances reais de fechar um negócio com você.

Resumo

Bom, falamos bastante sobre o todo o universo do marketing de produto, mas, para te ajudar a refrescar ainda mais a sua memória, confira o nosso resumo.

O que é marketing de produto?

Marketing de Produto consiste basicamente na adoção de estratégias para o lançamento de um produto ser um sucesso. Ele parte desde a criação da mercadoria até a chegada ao consumidor.

Qual a diferença entre marketing de produto e gestão de produtos?

O Marketing de produto, é o que fica responsável pelo marketing externo, o que envolve gestão da comunicação para o mercado, posicionamento do produto, plano de crescimento, avaliações, e tudo que envolve o sucesso de um novo item.

A gestão de produtos, é a área focada na criação e desenvolvimento. Normalmente eles trabalham com indicadores, pesquisas e tudo que possa ressaltar o que o cliente está sentindo.

Para que serve o marketing de produto?

  • Conectar pessoas aos produtos
  • Personalizar algo novo
  • Garantir a força do produto no mercado
  • Controle de precificação, distribuição e design

6 etapas do marketing de produto

  1. Definição do público e das personas
  2. Escolha do posicionamento do produto
  3. Divulgação para a equipe
  4. Preparação do conteúdo para o lançamento
  5. Lançamento do produto
  6. Acompanhamento dos resultados

O que é ciclo de vida de um produto?

O ciclo de vida de um produto é composto por etapas: introdução, crescimento, maturidade e declínio.

Exemplos de marketing de produto

  • Crie um hotsite
  • Faça parcerias ou contrate influenciadores
  • Faça postagens nas redes sociais
  • Crie peças de e-mail marketing
  • Faça um evento ou dia de lançamento
  • Invista na mídia paga
  • Aposte em assessoria de imprensa

Bom, chegamos ao fim de mais um conteúdo. Esperamos que você tenha gostado e que você consiga bons resultados com o marketing de conteúdo.

Está pensando em vender online? Teste a Nuvemshop por 30 dias grátis e descubra como a nossa plataforma pode ajudar o seu negócio a decolar. É fácil, rápido e sem a necessidade de conhecimentos técnicos! 💙

Aqui você encontra:

Faça como +90 mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Testar 30 dias grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop

Quer mudar de vida vendendo pela internet?

Crie agora sua loja virtual com a Nuvemshop e venda de maneira profissional.

Criar minha loja

Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies