Como usar dados de clientes para vender mais no e-commerce

Por: Pipz Platform
Como usar dados de clientes para vender mais no e-commerce

Aqui você encontra:

.

A saúde financeira de uma loja virtual depende de um bom número de visitantes e compras. Todos os dias, planejamos e executamos diferentes ações para fazer nossos produtos serem vistos por mais pessoas, ter maiores taxas de conversão e, no final, mais vendas.

Todavia, muitas vezes, acabamos esquecendo de usar um recurso valiosíssimo, que já está facilmente à disposição: nossa própria base de clientes. São pessoas que já percorreram toda a jornada de compra. Elas tiveram desde o primeiro contato com a marca até, de fato, adquirirem o produto. E, dependendo do tempo de operação da loja, há um grande número de informações a serem exploradas.

Sabemos que os dados são o novo ouro. No entanto, o que os dados de clientes podem significar para o futuro das vendas na sua loja virtual? E mais: como é possível usar as informações que você já tem sobre seus consumidores para planejar suas próximas ações de vendas? Vamos falar sobre isso ao longo deste artigo!

Por que os dados de clientes são tão valiosos?

Antes de começar, vamos definir o que são “dados de clientes”. Toda vez que algum cliente visita algum produto, finaliza uma compra ou interage de alguma forma na sua loja virtual, concede algum tipo de informação.

São dados que podem ser fornecidos, como informações para cadastro em listas de e-mails e finalização de pedido (checkout), ou coletadas no momento em que o usuário navega nas páginas, visualiza e coloca produtos no carrinho. Se você já usa uma plataforma para gerenciar sua loja virtual ou outras ferramentas de marketing e comunicação com clientes, provavelmente tem algumas dessas informações à disposição.

A boa notícia é que você não precisa ser um analista de dados para entender essas informações! Na prática, dados capturados no e-commerce são uma ótima fonte de inspiração. Afinal, eles podem direcionar a comunicação da sua loja e o planejamento de ações com mais potencial de sucesso.

Quais dados dos clientes podem ser usados?

Dados simples, como região demográfica dos clientes ou número de produtos vendidos, podem ser usados para descobrir padrões de comportamento de consumidores existentes e aplicados para atrair um público semelhante com mais tendência de clicar no botão “Comprar”.

O sucesso de uma estratégia de e-commerce baseada em dados depende das informações realmente relevantes na sua loja virtual. Mesmo com as particularidades de cada loja, há certos dados que podem ser um ponto de partida para você criar ações inteligentes para vender mais:

Volume de produtos vendidos

Qual é seu produto mais vendido? Normalmente, as lojas virtuais têm produtos campeões de vendas. Entender o produto que tem mais saída, considerando também datas e sazonalidade, é um passo para conhecer o comportamento comum e as tendências de compra de quem visita sua loja.

Demografia (região, idade e interesses)

O público-alvo é um conceito essencial para quem trabalha com divulgação e venda de produtos. Ferramentas de análise de tráfego, marketing e redes sociais já fornecem informações que são suficientes para criar um perfil demográfico dos consumidores e saber qual seu principal mercado de atuação e público alcançado.

Dados de navegação e origem de tráfego

Há uma infinidade de canais virtuais e redes sociais à disposição de quem tem um e-commerce. Todavia, qual é o caminho que o seu cliente percorreu até chegar na sua loja virtual? Saber de onde vêm seus clientes indica também quais ações dão mais resultado na sua estratégia online.

Frequência média / Taxa de recompra

Com que frequência os consumidores voltam à sua loja para realizar uma nova compra? Isso varia muito de acordo com o tipo de produto vendido. Enquanto a taxa de recompra ajuda a entender se clientes voltam depois da primeira compra, a frequência média define a “janela de tempo” que divide clientes ativos de compradores inativos.

Ticket médio ou valor médio de compra

Qual é o valor médio gasto pelos consumidores a cada compra? Além de ser um indicador da performance financeira da loja virtual, essa métrica também pode ser analisada entre diferentes grupos de clientes para separar os clientes mais valiosos daqueles que não trouxeram tanta receita para a sua loja virtual.

Como transformar dados em resultados na sua loja virtual

Você tem em mãos uma série de dados e informações de clientes. Agora, o que fazer com tudo isso? Com acesso a informações dos consumidores é possível criar estratégias de e-commerce mais precisas, com mais chances de dar resultados, pois são baseadas em informações reais do mercado. Conhecer sua base de clientes pode dar origem a ações que vão impulsionar os resultados da sua loja virtual:

Comunicação direcionada aos clientes

Já falamos que a navegação dos compradores ajuda a entender como redes sociais, e-mail e outros canais de tráfego contribuem com as vendas. A ideia é transformar esse conhecimento em campanhas segmentadas e hotsites com os produtos mais vendidos de cada canal, como tráfego de e-mail marketing, quem segue suas redes sociais e usuários que chegam por meio de busca orgânica. Com certeza uma página feita sob medida para os interesses do usuário terá uma taxa de conversão maior!

Promoções baseadas em dados

Entender a sazonalidade de venda de diferentes produtos é um ótimo recurso para planejar ações pontuais de vendas. Quer ir além? Se a análise das informações mostra que a primeira compra dos clientes é um produto específico, você pode oferecê-lo em um pop-up para quem chega pela primeira vez na sua loja virtual. Além disso, seus produtos campeões de vendas podem ter um espaço fixo nos banners promocionais.

Ofertas para fidelização e recuperação de clientes

As informações de frequência média possibilitam dividir seus clientes em três grupos, basicamente: compradores leais, consumidores médios e clientes inativos. Ao conhecer cada segmento, você pode criar ações para fidelizar e recompensar compradores leais, com ofertas ou benefícios exclusivos, e recuperar clientes que não fazem compras há tempos, aplicando um desconto especial. Não esqueça de manter uma comunicação relevante para incentivar consumidores médios a aumentarem a frequência de compra!

Ações segmentadas em mídia paga

Compra de mídia e publicações patrocinadas trazem resultados comprovados. Entretanto, essas ações podem ter uma performance ainda melhor quando você sabe exatamente qual é o seu público-alvo. Uma dica é usar o perfil demográfico da sua base atual, incluindo região, idade e interesses, e cruzar com os produtos mais buscados e vendidos para criar anúncios certeiros. Quanto mais relevante e direcionado, mais retorno seus anúncios irão trazer!

Tudo pronto para aplicar estas ações no seu e-commerce?

Toda loja online tem potencial de extrair estratégias usando dados de clientes. O que é preciso desenvolver é uma mentalidade analítica para descobrir de qual maneira eles são úteis e relevantes para se tornar uma ação de negócio. Na maioria das vezes, as lojas virtuais já têm uma série de informações que podem ser usadas em estratégias de atração, conversão e fidelização de clientes.

Dependendo do tamanho da base de clientes, apenas uma análise superficial não será suficiente para tirar insights estratégicos. Uma plataforma de dados de clientes pode gerir uma capacidade altíssima de contatos, dados e informações relevantes para você criar segmentações inteligentes de acordo com o comportamento de cada cliente, como valor médio de compra, frequência de compra e produtos no carrinho.

Por último, não esqueça: os clientes são os recursos mais valiosos da sua loja virtual. Busque entender as intenções e dados por trás do comportamento dos seus consumidores. Assim, você vai conseguir transformar conhecimento em estratégias de sucesso no seu e-commerce!

Faça como +50mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Testar 30 dias grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop
O melhor evento de e-commerce para PME’s do Brasil

13 a 15 de julho — online e gratuito

Reserve o seu lugar