Saiba o que é gestão financeira e conheça 10 dicas para o seu negócio

Por: Marcela Couto

Calculadora científica e revista representam a gestão financeira

Gestão financeira é um conjunto de ações e metodologias relacionadas aos recursos econômicos da empresa. Por meio desse tipo de análise e controle, é possível saber quanto dinheiro entra e quanto sai, qual sua estrutura de custos e muito mais.


Um dos principais desafios de negócios em crescimento é administrar os lucros, gastos e despesas de forma assertiva. Garantir o desenvolvimento saudável de uma empresa pode ser uma tarefa complicada e é nesse sentido que a gestão financeira se mostra necessária.

Se o seu negócio está começando a faturar de forma relevante, é o momento de analisar a forma como você gerencia suas finanças. Nesse contexto, contar com um profissional é sempre o melhor caminho.

No entanto, se você quer aprender mais sobre gestão financeira e como ela pode apoiar o seu crescimento, siga a leitura deste conteúdo! 🧐

Para começar, que tal assistir ao vídeo abaixo?

O que é gestão financeira?

Gestão financeira é uma estratégia focada na administração das finanças de uma empresa. Ela envolve diversos métodos e ações que visam a garantir o crescimento e a saúde financeira de um negócio.

O sucesso de um empreendimento depende de vários fatores, entre os mais importantes, podemos citar o planejamento financeiro. Isso porque, se as suas finanças não forem estrategicamente organizadas, indiferentemente da sua margem de lucro, problemas financeiros poderão aparecer.

Portanto, continue a leitura pois, no decorrer deste artigo, vamos entender os pontos mais importantes da gestão financeira.

Para que serve a gestão financeira?

Em termos gerais, a gestão financeira visa a garantir a saúde do seu negócio, evitando problemas relacionados ao seu faturamento. Mas, para entendermos de uma vez por todas a importância dessa estratégia, separamos os principais impactos dela no dia a dia de um negócio. Confira a seguir:

Planejamento mais assertivo

Planejar iniciativas para a sua empresa — sejam elas de marketing, vendas etc — demanda gastos, certo? Nesse sentido, quanto mais clareza você tiver sobre seus orçamentos, mais assertivos serão seus planejamentos.

A gestão financeira irá proporcionar essa visão mais clara sobre quanto você pode gastar de forma segura e inteligente. Assim, você evita custos desnecessários e investimentos que não possuem uma estimativa de ROI relevante.

Melhor controle de gastos

Outro ponto importante da gestão financeira é o controle de gastos. Esse é um fator crucial para a saúde de qualquer negócio.

Com um controle de gastos efetivo, você evita colocar a sua empresa em risco e ainda tem a oportunidade de economizar. Todo dinheiro em caixa deve ser muito bem utilizado, caso contrário, o seu negócio pode enfrentar sérios problemas.

Investimentos certeiros

Investimentos são parte fundamental de qualquer empreendimento, seja em matéria-prima, estrutura, logística etc. Nesse contexto, saber exatamente quanto gastar em cada frente é o que irá garantir a saúde financeira do seu negócio.

Em resumo, a gestão financeira irá proporcionar uma visão mais analítica sobre o capital do seu negócio. Isso, sem dúvidas, irá permitir que você escale o seu negócio de forma inteligente e segura.

Qual é a importância da gestão financeira para uma empresa?

Além de organizar as finanças, a gestão financeira também é importante para otimizar a forma como sua empresa gasta, desde os custos essenciais até investimentos externos. Todo gasto de um empreendimento deve ser minuciosamente calculado, pois, o mau uso do capital pode comprometer até mesmo a sua esteira de produção.

De acordo com a PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), mais de 600 mil empresas decretaram falência entre os anos de 2020 e 2022. Além da crise econômica causada pela pandemia da Covid-19, a falta de uma boa gestão financeira fez com que muitos empreendimentos fechassem as portas.

Pensando nisso, separamos algumas das principais vantagens que uma gestão financeira eficiente pode trazer para o seu negócio. Confira:

  • Otimiza o fluxo de caixa;
  • Maior segurança para investir no futuro da empresa;
  • Garante que a companhia esteja em dia com suas contas;
  • Cuida do patrimônio da empresa;
  • Atrai investidores;
  • Permite um plano de crescimento estruturado;
  • Garante uma boa relação com fornecedores;
  • Assegura a qualidade dos produtos e serviços.

Segundo o Relatório do Futuro do E-commerce publicado pela Nuvemshop, cerca de 87% dos empreendedores digitais não se sentem preparados para o futuro. Nesse contexto, estar por dentro das principais estratégias administrativas e tendências de mercado é um ótimo começo para trilhar uma jornada de sucesso.

Confira mais informações sobre o futuro do e-commerce acessando o material na íntegra:

Quais são os riscos de uma má gestão financeira?

Ao mesmo tempo em que o e-commerce cresce, aumenta também a taxa de mortalidade das empresas digitais. Segundo uma estimativa da Quanta, publicada em 2017, cerca de 80% dos e-commerces saem do ar antes de completar 18 meses — um índice de falência alarmante.

1. Falta de planejamento

Entre as principais causas desse problema estão a falta de planejamento e controle financeiro, além da falta de conhecimento sobre o mercado e má qualidade da experiência do consumidor.

2. Estoque parado

Outro erro comum dos empreendedores digitais é comprar além do necessário e acabar com produtos parados no estoque, aumentando seus custos de armazenamento e tendo prejuízo com perdas e desperdícios.

3. Esgotamento dos recursos em ferramentas desnecessárias

Além disso, não é raro que os lojistas online esgotem o caixa com investimentos em sistema e marketing que nem sempre dão o retorno esperado. É mais interessante começar com o básico e depois ir adotando ferramentas à medida que surja a necessidade.

Felizmente, a solução de gestão financeira pode eliminar esses problemas e ajudar você a assumir o controle do negócio.

O que o profissional de gestão financeira faz?

Um profissional de gestão financeira irá, basicamente, assumir o controle de todas as finanças de uma empresa. Além disso, é papel do gestor financeiro guiar o empreendedor durante a jornada de crescimento do negócio.

Algumas das principais atribuições de um profissional de gestão financeira são:

  • Criar um plano de negócio;
  • Produzir relatórios financeiros;
  • Acompanhar as mudanças do cenário econômico;
  • Estar informado sobre as legislações e regulamentações financeiras;
  • Fazer análise de concorrência;
  • Estar por dentro das tendências de mercado;
  • Entre outras.

No mercado digital, um profissional que pode apoiar o desenvolvimento de uma empresa de forma segura e assertiva é o gerente de e-commerce. Ele é responsável por auxiliar o empreendedor durante todo o planejamento estratégico e acompanhar a jornada de crescimento do negócio, sempre com o foco em aumentar as vendas.

Com o Nuvemshop Empresarial, por exemplo, além de ter acesso a uma plataforma de e-commerce completa e segura, você conta com a ajuda de profissionais qualificados para potencializar os seus resultados.

Quer conhecer mais sobre a solução? Converse com um especialista e tire suas dúvidas:

10 dicas para uma boa gestão financeira

Agora que você já sabe qual é a importância da gestão financeira, confira algumas dicas para otimizar a estratégia do seu negócio:

1. Elabore um planejamento estratégico

O planejamento estratégico é o documento que a empresa elabora para os próximos cinco anos, destacando metas e objetivos de crescimento e consolidação. Com dados concretos e precisos e relatórios consistentes, é possível elaborar um planejamento estratégico real que servirá para fazer seu negócio online crescer com segurança.

2. Mantenha o estoque sob controle

Boa parte dos custos de uma empresa estão envolvidos com o armazenamento de itens ou insumos. Por isso, é importante garantir um controle de estoque eficiente.

Um negócio com uma boa gestão de estoque tende a eliminar custos desnecessários e a otimizar os gastos com armazenagem e transporte, por exemplo. Com isso, o capital da sua empresa terá um saldo mais positivo.

💡 Saiba mais: Planejamento de estoque: aprenda o que é e como fazer

3. Tenha um fundo de reservas

Você não pode abrir mão de ter um fundo de reservas. Demissão de funcionários, pagamento de férias, 13º e pagamento de indenizações são alguns dos exemplos de casos que podem exigir um dinheiro inesperado do seu negócio.

Por isso, aproveite todas as oportunidades que você tiver para guardar dinheiro. Esse tipo de fundo reserva irá trazer mais segurança e estabilidade para a sua empresa.

4. Faça bom uso dos relatórios

Quanto mais relatórios melhor, certo? Não exatamente. Relatórios longos e tediosos podem acabar virando rascunho na mesa de quem deveria tomar decisões.

Nesse sentido, use a análise de dados para extrair somente as informações relevantes para a manutenção do seu negócio. Uma boa prática é criar KPIs (Key Performance Indicators, ou, Indicadores Chave de Performance) e acompanhá-los durante as atividades da sua empresa.

5. Reduza gastos quando preciso

A redução de custos é uma das principais ações da gestão financeira, pois ela permite que o empreendedor elimine gastos dispensáveis, o que resulta em grandes economias para o seu bolso.

Existem algumas exceções, mas um bom mandamento a ser seguido para seu negócio é: mantenha os gastos com pessoas em menos de 30% do seu faturamento total. Caso seu gasto ultrapasse esse teto, comece a estudar imediatamente onde pode cortá-lo. E para isso, conte com uma visão geral dos gastos da empresa.

6. Calcule o custo e o preço de venda

O custo e o preço de venda são a alma do seu negócio online. Um cálculo equivocado de algumas dessas variáveis prejudica imensamente o seu fluxo de caixa.

Em algum momento as contas não vão bater, mas aí já pode ser tarde demais para os reajustes. Fazer um cálculo assertivo sobre os custos de produção de um item e seu valor de mercado irá evitar problemas com o faturamento.

7. Minimize as retiradas dos sócios

Retiradas dos sócios são normais e até, de certa forma, o objetivo final quando se quer investir em um negócio. O exagero, porém, pode ser fatal. A regra é simples: só retire o que a empresa pode pagar e não prejudique o seu negócio online.

8. Fique de olho na inadimplência

Se você vende serviços pela internet, facilitar o crédito pode ser uma boa pedida para aumentar as vendas do seu negócio, mas é preciso muito cuidado. O aumento de concessão de créditos, sem um controle de cadastros e garantias pode ser desastroso para sua empresa.

Clientes inadimplentes matam seu fluxo de caixa e atrapalham o crescimento do negócio. Portanto, esteja atento a esses riscos e preparado para enviar mensagens de cobrança.

💡 Saiba mais: Script de cobrança: como funciona o roteiro e exemplos

9. Mantenha um controle de vendas eficaz

Concentrar o controle de todas as etapas de venda em um só lugar poupa tempo e minimiza os possíveis erros na sua empresa. Uma boa forma de fazer isso é contar com o auxílio de um ERP, um sistema com foco na gestão de vendas de um negócio.

Na Nuvemshop, é possível integrar sua loja virtual com sistemas ERP de forma rápida e prática. Assim, você consegue visualizar tudo o que precisa em uma só interface.

💡 Saiba mais: ERP para ecommerce: quais os melhores e como escolher?

10. Controle o capital de giro

O seu negócio online precisa ter um bom capital de giro. Ele é o oxigênio da sua empresa, o que faz com que ela possa manter uma situação segura, se movimentar e crescer.

Colocar em prática cada uma das dez dicas é crucial para o sucesso e crescimento do seu negócio. Portanto, garanta que cada uma dessas operações de gestão financeira sejam executadas com excelência, incluindo cada movimentação do dinheiro e tendo entendimento sobre cada uma delas.

Se você quiser estudar mais sobre gestão financeira, conheça o EnP Prime, a plataforma de educação por assinatura da maior escola de e-commerce na América Latina: o Ecommerce na Prática. São mais de 250 videoaulas conduzidas por especialistas, conteúdos exclusivos e novidades toda semana.

Como usar a tecnologia na gestão financeira do seu e-commerce?

Para ter sucesso nas vendas online, você precisa de uma solução de gestão financeira que atenda às necessidades do seu e-commerce.

Veja como escolher o sistema ideal:

1. Avalie as necessidades do seu e-commerce

Se você mesmo cuida das finanças do seu e-commerce, deve avaliar quais são as necessidades do negócio e quais tarefas tomam mais tempo no dia a dia. Por exemplo, você pode estar perdendo muito tempo com o registro das entradas e saídas do caixa, ou tendo dificuldade em controlar as contas a pagar e a receber.

Logo, é importante fazer um levantamento de todos os processos e entender de quais funcionalidades você precisa em um sistema.

2. Dê preferência a uma solução na nuvem (online)

Se você já trabalha pela internet, é claro que uma solução de gestão financeira online é mais prática para o seu negócio.

Hoje, já existem várias plataformas na nuvem, ou seja, que podem ser utilizadas 100% online a qualquer hora e lugar, com seus dados armazenados em servidores externos. Assim, você não precisa baixar softwares, comprar licenças caras e ocupar espaço no computador, além de evitar problemas com instalação e atualizações constantes.

Se você já usa uma plataforma online de e-commerce, sabe que é muito mais fácil ter sua loja sempre disponível, e o mesmo se aplica ao sistema de gestão financeira.

3. Escolha pelas funcionalidades

A solução de gestão financeira ideal para o seu e-commerce é aquela que possui todas as funcionalidades necessárias, sem sobrar nem faltar recursos.

Se você tem uma loja pequena, por exemplo, precisa apenas do básico para controlar seu dinheiro, como:

  • Acompanhamento do fluxo de caixa diário e mensal;
  • Controle de contas a pagar e a receber;
  • Conciliação bancária com sua conta jurídica;
  • Emissão de notas fiscais e recibos;
  • Análise de pagamentos vencidos e pendentes;
  • Relatórios de receitas, custos e despesas.

Essas são as principais funcionalidades de um sistema de gestão financeira para você se basear na hora de escolher o seu.

4. Busque soluções integradas

Para facilitar sua gestão financeira, é importante buscar por soluções que se integrem à sua plataforma de e-commerce e outros aplicativos.

Assim, você pode importar e exportar dados entre os sistemas e não precisa repetir nenhuma informação.

Resumo

Não há dúvidas de que a gestão financeira é um fator determinante para o sucesso de um negócio. Portanto, não deixe de colocar em prática as dicas que vimos por aqui. Isso irá garantir que sua empresa tenha uma curva de crescimento mais estável e positiva.

Antes de finalizar, confira um breve resumo sobre o conteúdo:

O que é gestão financeira?

Gestão financeira é uma estratégia focada na administração das finanças de uma empresa. Ela envolve diversos métodos e ações que visam a garantir o crescimento e a saúde financeira de um negócio.

Qual é a importância da gestão financeira para uma empresa?

  • Otimiza o fluxo de caixa
  • Maior segurança para investir no futuro da empresa
  • Garante que a companhia esteja em dia com suas contas
  • Cuida do patrimônio da empresa
  • Atrai investidores
  • Permite um plano de crescimento estruturado
  • Garante uma boa relação com fornecedores
  • Assegura a qualidade dos produtos e serviços

Quais são os riscos de uma má gestão financeira?

  • Descontrole sobre o capital de giro
  • Dificuldades em mensurar o valor patrimonial da empresa
  • Perda de contratos importantes, como fornecedores e distribuidores
  • Problemas com a esteira de produção
  • Incapacidade de garantir a qualidade do produto/serviço
  • Queda nos lucros da empresa

O que o profissional de gestão financeira faz?

  • Cria planos de negócio
  • Produz relatórios financeiros
  • Acompanha as mudanças do cenário econômico
  • Se mantém informado sobre as legislações e regulamentações financeiras
  • Faz análise de concorrência
  • Está por dentro das tendências de mercado

Como fazer uma boa gestão financeira?

  1. Elabore um planejamento estratégico
  2. Mantenha o estoque sob controle
  3. Tenha um fundo de reservas
  4. Faça bom uso dos relatórios
  5. Reduza gastos quando preciso
  6. Calcule o custo e o preço de venda
  7. Minimize as retiradas dos sócios
  8. Fique de olho na inadimplência
  9. Mantenha um controle de vendas eficaz
  10. Controle o capital de giro

E, se você sente que é a hora de levar o seu negócio para outro patamar, conheça o Nuvemshop Empresarial e potencialize a sua história de sucesso! 🚀

Aqui você encontra:

Faça como +90 mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Testar 30 dias grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop

Pensando em aumentar suas vendas online?

Conheça o Nuvemshop Empresarial e tenha acesso a uma plataforma completa para vender online, além do suporte de um especialista para apoiar o seu crescimento.

Osmoze - www.osmozestore.com.br
Morango Brasil - morangobrasil.com.br
Osram - loja.osram.com.br
Fale com um especialista

Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies