Como construir uma boa lista de emails e por que não comprar?

Por: Manoella Curi

Imagem de um arquivo representando lista de emails

Lista de emails é um compilado de informações sobre seus potenciais clientes e compradores. Seu objetivo é criar uma rede de contatos, manter os leads fidelizados e facilitar a jornada de compra.


Uma etapa crucial para todos aqueles que investem em marketing de conteúdo e querem expandir o alcance da marca é encontrar leitores e fidelizá-los. Para isso, é essencial criar uma lista de emails preciosa e repleta de pessoas interessadas naquilo que você tem a oferecer.

Criar uma boa estratégia de produção de conteúdo é o primeiro passo para atingir um público alinhado à proposta da sua marca. Para isso, é fundamental investir em diferentes canais, como blog, redes sociais e, claro, o email. Sim, embora muita gente pense o contrário, o correio virtual ainda é uma ferramenta muito usada no marketing digital.

Quer entender como usar o email marketing como um aliado para conquistar potenciais clientes? Neste artigo, vamos explicar o que é lista de emails, como conquistar a sua sem precisar comprar e como se aproximar de um possível leitor sem ser invasivo. Vamos lá?

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

O que é lista de emails?

Lista de emails é uma ferramenta que reúne todos os endereços de email de potenciais clientes e compradores da sua marca. Além do endereço eletrônico, esses arquivos também trazem informações como nome, área de atuação e outros dados interessantes para tornar a comunicação mais próxima e acertada.

Com base nas informações contidas na lista de emails, é possível criar newsletters, ou seja, boletins virtuais, que serão disparados conforme o nível de interesse da pessoa e seu estágio no funil de vendas.

Isso quer dizer que os dados das pessoas ajudarão sua equipe a criar conteúdos cada vez mais alinhados aos seus interesses, nutrindo os leitores e educando-os sobre suas soluções. Conforme as pessoas recebem seus emails, elas estarão mais próximas de se tornarem clientes.

💡 Saiba mais: O que é jornada do cliente e como funcionam suas etapas?

Quais os benefícios da lista de emails?

Ter uma lista de emails completa é muito benéfico para ações de inbound marketing, ou seja, marketing de atração aplicado às lojas online. Enviando conteúdos certos para as pessoas certas, o consumidor é instigado e guiado até a decisão de compra.

As vantagens são tantas que muitas pessoas compram listas de emails — uma prática não recomendada e bastante prejudicial para o seu negócio. Vamos falar mais sobre isso ao longo do artigo. Por ora, confira quais são os benefícios de ter uma lista de emails: 📝

Comunicação direcionada

Como já mencionamos, criar uma lista de emails permite que você envie mensagens e conteúdos alinhados aos interesses dos seus leads — ou seja, das pessoas que forneceram as informações delas para você.

Além disso, por terem sido as próprias pessoas que forneceram seus dados para sua empresa, é provável que elas queiram saber mais sobre seus negócios, produtos e serviços. Essa é uma ótima oportunidade para nutrir esses leads com assuntos bem direcionados.

💡 Saiba mais: O que é nutrição de leads e como usar essa estratégia?

Entregabilidade

Emails marcados como “enviados” não necessariamente são o mesmo que emails entregues. Além disso, muitas comunicações vão direto para a caixa de SPAM dos usuários quando eles não têm nenhuma interação com o remetente.

Disparar emails para pessoas aleatórias, sem haver sequer uma relação delas com a sua empresa, é um erro muito cometido. Isso acontece, principalmente, com pessoas que adquirem lista de emails gratuitos na internet ou compram de terceiros.

Quando os servidores de email percebem algo de errado com as mensagens enviadas, elas simplesmente não aparecem na caixa de entrada dos usuários. Portanto, criar a sua própria lista de emails garante que as mensagens serão entregues a quem deseja recebê-las.

💡 Saiba mais: Como evitar que seu email marketing seja considerado SPAM

Maior retorno sobre o investimento

O ROI é uma métrica que ajuda a mensurar os lucros de uma empresa em comparação aos investimentos feitos em um determinado espaço de tempo. A sigla ROI vem do inglês Return on Investment. Sua tradução para o português significa “retorno sobre o investimento”.

Enviando emails para as pessoas certas, você não precisa disparar tantas mensagens para ter resultado. Isso acontece porque as pessoas que receberão o seu contato já farão parte do seu nicho de mercado. Dessa forma, é mais fácil atrair clientes para seu e-commerce.

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Segmentação de leads

Criar uma lista de emails segmentada é separar os contatos de acordo com o estágio de cada um na jornada de compra. Isso quer dizer que pessoas pertencentes a uma mesma etapa do funil receberão a mesma comunicação.

Esta, por sua vez, deve ser construída para fazer com que as pessoas avancem no funil (passando pelo topo, meio e fundo) até se tornarem clientes.

💡 Saiba mais: Quais são as etapas do processo de compra?

Trabalho com contatos frios

Contatos ou leads frios são aquelas pessoas que permitiram que sua empresa enviasse emails, mas raramente abrem as mensagens. Ou seja, são pessoas pouco ativas, por isso são chamadas de frias.

Ter uma lista de emails só de leads frios é uma ótima forma de criar conteúdos direcionados a eles e, aos poucos, incluí-los de volta nas listas de leads quentes. Isso pode aumentar, consideravelmente, as suas chances de conversão.

💡 Saiba mais: Assuntos para e-mail marketing: confira dicas e boas práticas

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Como criar uma lista de emails?

Agora que você já sabe o que é lista de emails, chegou a hora de entender de que forma é possível criar o seu próprio compilado. Confira as dicas a seguir:

1. Liberte-se do medo de ser chato e invasivo

Pois bem, montar um e-commerce também envolve fazer contato com as pessoas e oferecer produtos, sem ter vergonha ou receio. Valer-se de suas qualidades comerciais também é começar a construir uma base sólida de potenciais clientes e leitores a partir dos conteúdos que você oferecer.

Nunca perca a chance de fazer contatos e permitir que um potencial leitor cadastre-se na sua loja virtual para receber novidades a partir de sua página principal.

Escolha as páginas mais acessadas do seu site (veja no relatório de conteúdos do Google Analytics) para anexar uma oportunidade de cadastro. Além disso, insira um formulário de cadastro para novidades e ofertas no seu Facebook.

Se você tem a oportunidade de frequentar eventos ou feiras em sua área, lembre-se de incentivar o cadastro em sua base de emails. Já na sua loja física, jamais negligencie a oportunidade de anotar os e-mails dos compradores, pois assim você terá a oportunidade preciosa de deixá-los mais perto de você.

💡 Saiba mais: O que é e como fazer o cadastro de clientes?

2. Apresente as vantagens de se cadastrar na sua página

Você, possivelmente, também deve receber vários emails que nem sempre lê ou sequer abrirá. No entanto, é possível se destacar diante das várias comunicações que seus potenciais clientes recebem diariamente.

A dica infalível é mostrar o seu quê a mais ao criar um conteúdo que realmente faça a diferença. Isso inclui fugir do óbvio e ser criativo, oferecendo àqueles que se cadastrarem uma vantagem real.

Uma maneira de deixar claro o que o cliente receberá quando cadastrar o email é redirecioná-lo a uma página explicando todos os benefícios que essa ação pode oferecer. Confira, a seguir, alguns exemplos:

tela de cadastro de email

Captura de tela exemplo de como construir uma lista de e-mail marketing

O que essas imagens têm em comum é que todas deixam seus propósitos bem claros: oferecer ofertas e novidades da moda, ensino gratuito ou uma amostra de algum serviço.

Ao ter uma página especial para deixar o email e receber a oferta, o leitor também poderá compartilhar isso com algum amigo via Facebook ou LinkedIn, por exemplo.

Email marketing

3. Use pop-ups

Há alguns anos, muitos especialistas diriam para evitar o uso de pop-ups — aquelas comunicações que aparecem na tela do usuário após algum tempo de navegação. Contudo, as ferramentas para criar pop-ups evoluíram e se tornaram menos invasivas e mais interessantes comercialmente.

Por meio dessas caixinhas, o usuário não precisa sair do conteúdo que ele está lendo para se cadastrar na sua lista de emails. Além de facilitar o cadastro, isso não irrita os visitantes e, consequentemente, não prejudica sua interação com a sua página.

Cada tipo de negócio tem suas próprias características, o que torna difícil predizer se o pop-up será benéfico ou não. No entanto, essa é uma ferramenta que merece ser considerada. Portanto, o melhor é fazer um teste e analisar os resultados.

4. Entregue conteúdos interessantes

Se você chegou até aqui, certamente já está ciente da importância de se criar um conteúdo que seja significativo aos leitores. O primeiro passo é realmente deixar de pensar no que é relevante para você (aumentar as vendas, por exemplo) e pensar mais como uma pessoa que recebe emails promocionais por dia e no que pode ser interessante para ela.

Por isso, conte com ferramentas para segmentar base de dados. Elas podem te ajudar a entender melhor as necessidades de cada lista de emails em especial.

Em geral, os leitores tendem a deixar seus e-mails em troca de um conteúdo que agregue valor, fazendo com que eles queiram realmente continuar o contato com a sua marca.

Algumas empresas lançam um pequeno formulário durante o cadastro perguntando quais tipos de assunto o leitor gostaria de receber. Esse tipo de estratégia ajuda a aumentar a taxa de abertura e os cliques dentro do email.

💡 Saiba mais: 7 exemplos de e-mail marketing para você se inspirar

5. Tente parcerias

Fazer parcerias é uma excelente maneira de expandir o conhecimento da sua marca em lugares relacionados a ela.

Escrever um e-mail em parceria com alguma outra loja ou blog que já tenha uma base de seguidores ativa e realizar uma postagem como convidado ajudará a ratificar a qualidade dos seus serviços, principalmente quando você ainda está começando.

💡 Saiba mais: Influenciadores digitais: como usar o marketing de influência?

6. Crie conteúdos para as redes sociais

Investir em marketing nas redes sociais é uma ótima forma de potencializar os resultados das suas estratégias. Portanto, esteja presente nas principais redes sociais onde sua persona está para conseguir atingi-la com suas postagens.

No entanto, saiba que as pessoas se irritam com marcas que apenas fazem posts de propaganda em seus perfis. Por isso, crie um calendário editorial e faça o planejamento das suas postagens. Lembre-se: conteúdos de qualidade geram engajamento e atraem potenciais clientes.

Para entender como organizar suas publicações adequadamente, confira o cronograma que elaboramos para ajudar você na sua estratégia de Instagram:

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Vale a pena comprar lista de emails?

Já pincelamos ao longo deste artigo algumas desvantagens em relação às listas de emails gratuitas e à estratégia de compra de listas. No entanto, basta pesquisar no Google “comprar lista de emails” para ver a quantidade de pessoas que ainda fazem isso.

Essa não é uma prática recomendada porque, além de não trazer bons resultados, pode impactar negativamente a base de contatos que você construiu organicamente. Os leads dessas listas não são específicos para um tipo de negócio, ou seja, você estará fazendo contato com pessoas que não querem ou não precisam da sua solução.

Além de ser um investimento jogado fora, você criará uma imagem negativa na sua empresa, prejudicando o seu relacionamento com o público-alvo. Além disso, as chances de seus emails irem para a caixa de SPAM são muito maiores, fazendo os servidores enxergarem seu endereço com maus olhos.

Por fim, a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) deixa claro que, para receber qualquer tipo de comunicação, o usuário precisa autorizar. Ou seja, enviar emails sem o consentimento do destinatário pode implicar em penalidades.

Portanto, melhor do que comprar listas de emails é encontrar formas de conquistar leitores organicamente. Além de trazer pessoas mais alinhadas ao seu público ideal, você aumenta consideravelmente as chances de fazer negócio e potencializar as vendas do seu negócio.

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Que tal começar sua própria lista de emails?

Saber utilizar as mídias digitais e as ferramentas adequadas são fatores cruciais para se formar uma lista de email marketing realmente significativa. Você conhece alguma outra dica?

Quer colocar esses conhecimentos em prática? Crie sua loja virtual na plataforma da Nuvemshop por 30 dias grátis. É simples, rápido e sem a necessidade de conhecimentos técnicos! 💙

Aqui você encontra:

Perguntas frequentes sobre lista de emails

Lista de emails é uma ferramenta que reúne todos os endereços de email de potenciais clientes e compradores da sua marca. Além do endereço eletrônico, esses arquivos também trazem informações como nome, área de atuação e outros dados interessantes para tornar a comunicação mais próxima e acertada.

  • Comunicação direcionada;
  • Entregabilidade;
  • Maior retorno sobre o investimento;
  • Segmentação de leads;
  • Trabalho com contatos frios.

  1. Liberte-se do medo de ser chato e invasivo;
  2. Apresente as vantagens de se cadastrar na sua página;
  3. Use pop-ups;
  4. Entregue conteúdos interessantes;
  5. Tente parcerias;
  6. Crie conteúdos para as redes sociais.

  • Os leads são desqualificados;
  • Os emails não são entregues e vão para a caixa de SPAM;
  • Os leitores criam uma imagem negativa da marca;
  • Viola os termos na LGPD.

Faça como +100 mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Criar loja grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop

Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies