Quando utilizar transportadora ou Correios no e-commerce?

Por: Victoria Salemi

Caminhão e carro em estrada, representando transportadora ou Correios

Transportadora ou Correios? De modo geral, os Correios têm um serviço de frete mais barato, mas demoram mais para entregar. Já as transportadoras costumam entregar mais rápido e permitem maior personalização à necessidade do negócio, mas têm um serviço mais caro.


Para quem está montando uma loja virtual, uma das grandes dúvidas é definir como será feita a entrega dos produtos. Se você está começando seu negócio online, chegou a hora de definir que tipo de envio irá oferecer aos compradores. Então, o que escolher: transportadora ou Correios?

Se você está passando por esse dilema, não se preocupe. Ao longo das próximas linhas, vamos conhecer as características de cada empresa de envios para que você possa escolher a mais adequada para seu e-commerce. Então, vamos lá?

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Quais as principais diferenças entre transportadora e Correios?

Antes de decidir qual é a melhor opção para cada empresa, é necessário conhecer as características mais importantes de transportadoras e dos Correios. Assim, é possível entender as diferenças e chegar à melhor escolha. Então, vamos conhecê-las:

1. Custos

Os Correios oferecem serviços econômicos, como o PAC e o PAC Mini — este para pacotes de até 300 g. Por meio deles, é possível pagar pouco pelos envios, especialmente quando não há pressa em relação à data de entrega, e ter acesso aos códigos de rastreamento para acompanhar o envio.

👉 Ferramenta grátis: Rastreamento de Correios

Além disso, é possível fechar um contrato com os Correios e ter acesso a tarifas reduzidas, além da coleta dos pacotes no seu endereço e do serviço de logística reversa, utilizado quando seus clientes precisam devolver ou trocar produtos.

Com o serviço de transportadoras, em geral, os custos passam a ser mais vantajosos quando os contratos envolvem um grande número de mercadorias enviadas. Portanto, para poucos itens, os Correios costumam ser mais baratos.

2. Prazos

Apesar de os Correios oferecerem serviços expressos, como o Sedex, os prazos das transportadoras costumam ser menores. Portanto, se você sabe que seus clientes têm pressa em receber as mercadorias, optar por uma transportadora pode ser mais vantajoso.

3. Confiabilidade

Ainda que existam comentários esporádicos sobre atrasos nas entregas, sem dúvidas os Correios são uma empresa confiável. Não à toa, a estatal é responsável pelo transporte de quase metade de todas as entregas de produtos das lojas Nuvemshop, conforme o relatório NuvemCommerce 2021.

No caso de empresas privadas de entrega, a reputação de cada uma pode variar. Por isso, antes de escolher uma transportadora, pesquise muito bem todas as opções.

💡 Saiba mais: Como escolher a melhor transportadora para ecommerce [+ lista]

4. Cálculo de frete

Para grande parte dos e-commerces, inclusive os que usam a plataforma da Nuvemshop, não é preciso se preocupar em calcular o frete dos Correios. Isso porque há a integração com o calculador para PAC e Sedex, que já inclui o valor da entrega no final da compra.

Se sua loja é Nuvemshop, você continua tendo acesso a essa calculadora automática mesmo quando o site dos Correios sai do ar. Dessa forma, a experiência do seu cliente não é afetada no momento em que ele navega em seu e-commerce.

Crie sua loja virtual
Testar 30 dias grátis

No caso das transportadoras, esse cálculo pode variar muito de acordo com o tipo de contrato fechado e os sistemas para descobrir o valor acabam sendo individualizados.

Isso significa que você deverá escolher uma para integrar à sua loja, quase sempre via API (Application Programming Interface) — uma tecnologia um pouco mais complexa que permite a comunicação entre sua loja e a transportadora.

5. Área de atuação

Os Correios, indiscutivelmente, oferecem o serviço de entrega com maior abrangência. As encomendas enviadas por meio da estatal podem ser entregues, praticamente, em todo o Brasil, com algumas poucas exceções.

Ainda assim, mesmo que os Correios não cheguem ao endereço final, os pacotes são levados até a agência mais próxima do local indicado e ficam disponíveis para que o destinatário as retire.

Já a área de atuação de cada transportadora pode variar. No entanto, se você precisa enviar os produtos apenas para determinadas regiões, a falta de abrangência nacional não será um problema para a sua empresa.

6. Tipos de entrega

Fundado em 1969, os Correios oferecem diferentes tipos de entregas e serviços, econômicos e expressos, e permitem o envio de pacotes com dimensões de até dois metros e que não ultrapassem 30 kg.

Já no caso das transportadoras, existem no mercado diversas opções para quem precisa de entregas personalizadas, como a JadLog, Total Express, entre outras. Cada uma delas oferece um leque menor de opções, mas é possível encontrar a que melhor se encaixe às necessidades do seu negócio.

7. Greves

Se você já precisou enviar ou receber uma encomenda em um período de greve dos Correios, sabe como isso pode se tornar um transtorno com agências fechadas e atrasos constantes. No caso das transportadoras, por se tratar de empresas privadas, as chances de que haja uma greve são mínimas.

8. Tipos de produtos transportados

Se você pretende vender produtos como roupas, sapatos ou itens que sejam resistentes e facilmente embalados, os Correios podem ser a melhor opção para seu negócio, sobretudo quando não há urgência na entrega.

💡 Saiba mais: Como usar os Correios para enviar as encomendas do seu e-commerce?

Se seus pacotes não se enquadram nos limites dos Correios (de até 2 metros e 30 kg), certamente, você encontrará uma transportadora que possa enviá-los.

Ainda que o valor varie de transportadora para transportadora, elas podem carregar itens com diversas dimensões e pesos. Para simplificar, se a sua loja online vendesse piscinas e boias, por exemplo, você provavelmente poderia contratar a mesma transportadora para fazer as entregas.

Produtos frágeis e especiais

Se você vende joias, comida ou produtos que precisam de cuidado no manuseio, fazer um contrato com uma transportadora pode ser a melhor opção para evitar dores de cabeça com possíveis furtos e embalagens danificadas.

Em todo caso, lembre-se sempre de contratar um seguro transporte para garantir que não terá prejuízos.

Caso você esteja montando um e-commerce que venda produtos inflamáveis, tenha em consideração que os Correios não aceitam esse tipo de material, assim como a maioria das transportadoras. Neste caso, então, você deve direcionar sua busca por empresas que fazem o transporte de produtos perigosos, ok?

💡 Saiba mais: Quais são os objetos proibidos pelos Correios?

9. Quantidade de encomendas enviadas

Caso você faça muitas vendas por mês (e, consequentemente, envie muitos itens), fechar contrato com uma transportadora pode ser mais vantajoso. Afinal, quanto mais produtos despachados, melhores as condições de negociação.

Por mais que os Correios ofereçam uma modalidade de contrato, dependendo da quantidade de mercadorias enviadas, vale a pena fazer uma cotação com empresas privadas. Muitas vezes, o custo por envio acaba sendo mais barato, beneficiando tanto a sua empresa quanto o seu cliente.

Caso queira um material completo para conhecer mais sobre os Correios e outros meios de envio, baixe nosso e-book. Ele é gratuito! 😉

Transportadora ou Correios: qual escolher?

Tanto as transportadoras quanto os Correios oferecem vantagens e desvantagens para os clientes. Portanto, o mais importante é definir quais são as prioridades para o seu negócio e quais são as características dos seus produtos.

Para isso, observe também o comportamento dos seus consumidores. Por qual tipo de frete eles costumam optar, os mais baratos ou os mais rápidos? A depender da resposta, você poderá escolher seu meio de envio.

Para te ajudar nessa escolha, confira as vantagens de cada um desses tipos de envio na imagem:

Imagem comparativa entre transportadora ou Correios ressalta os pontos positivos de cada opção em tabela

Transportadora ou Correios, qual é mais barato?

De modo geral, pode-se dizer que os Correios têm modalidades de entrega mais baratas, ao passo que as transportadoras tendem a enviar as encomendas em prazos menores.

Todavia, lembre-se de que há variáveis importantes nesse cálculo, como:

  • Distância entre os endereços do destinatário e do remetente;
  • Peso e dimensões dos pacotes;
  • Prazo de envio;
  • Quantidade de mercadorias enviadas — uma transportadora pode sair mais em conta à medida que você mande mais pacotes para um mesmo endereço, por exemplo.

Então, considere que, apesar de os Correios tenderem a ser mais baratos, isso nem sempre pode acontecer, ok?

Preciso escolher apenas um entre Correios ou transportadora?

Não é preciso escolher apenas uma opção entre Correios ou transportadora em seu e-commerce. Isso porque existem diversos gateways de frete que fazem uma cotação simultânea dos serviços da estatal e de outras empresas de entrega.

Quando integrados à loja virtual, os preços e prazos das diferentes opções de frete já são mostrados na hora do checkout ao cliente.

As principais soluções desse tipo para e-commerces são:

Se você tem uma loja virtual com a Nuvemshop, pode integrar qualquer um desses gateways de frete diretamente ao seu e-commerce e ter acesso a condições especiais.

Crie sua loja e aproveite as melhores soluções de frete
Testar 30 dias grátis

Resumo

Encontrar a forma ideal e eficiente de entrega pode definir o sucesso da loja e até se tornar sua marca registrada. Por isso, invista algum tempo analisando todas as oportunidades do mercado e não deixe de testá-las caso esteja na dúvida de qual será mais vantajosa, se a transportadora ou os Correios.

Antes de encerrarmos, confira um resumo rápido sobre o conteúdo:

Quais as vantagens dos Correios?

  1. Os Correios são confiáveis
  2. Os preços são atrativos
  3. É possível ter acesso ao cálculo de frete automático
  4. Os Correios têm abrangência nacional

Quais as vantagens da transportadora?

  1. Possibilidade de enviar pacotes com diferentes dimensões e medidas
  2. Mais cuidado com produtos frágeis e valiosos
  3. Mais agilidade nas entregas
  4. Não há greves

Transportadora ou Correios: qual escolher?

Tanto as transportadoras quanto os Correios possuem vantagens e desvantagens para os clientes. Portanto, o mais importante é definir quais são as prioridades para o seu negócio e quais são as características dos seus produtos.

Transportadora ou Correios, qual é mais barato?

De modo geral, pode-se dizer que os Correios têm modalidades de entrega mais baratas, ao passo que as transportadoras tendem a enviar as encomendas em prazos menores. Todavia, lembre-se de que há variáveis importantes nesse cálculo (como peso, dimensões e quantidade de mercadorias, além da distância entre os endereços).

Preciso escolher apenas um entre Correios ou transportadora?

Não é preciso escolher apenas uma opção entre Correios ou transportadora em seu e-commerce. Isso porque existem diversos gateways de frete que fazem uma cotação simultânea dos serviços da estatal e de outras empresas de entrega.

Também é importante não se ater apenas ao padrão e, sim, buscar formas criativas de surpreender seus clientes. E, falando em surpreender, se você ainda não possui uma loja online, aproveite e teste a Nuvemshop por 30 dias grátis. Temos certeza de que você vai gostar!

Aqui você encontra:

Faça como +90 mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Testar 30 dias grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop

Está difícil fazer a logística da sua loja virtual?

Crie sua loja com a Nuvemshop e tenha acesso aos melhores serviços de frete com condições especiais!

Testar 30 dias grátis

Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies