Aprenda como vender em sites de compras coletivas

Por: Kawan Lopes

Cupons de desconto recortados representando as promoções de um site de compras coletivas.

Para vender em um site de compras coletivas, basta seguir os seguintes passos:

  • Analise se vale a pena
  • Tenha objetivos bem definidos
  • Faça um planejamento financeiro
  • Segmente suas ofertas
  • Crie promoções com cautela
  • Prepare-se para atender à demanda
  • Monitore os resultados da campanha
  • Fidelize os clientes

No início da década passada, a internet foi palco da ascensão dos sites de compras coletivas. Nomes como Groupon e Peixe Urbano ganharam bastante popularidade e, por muitos anos, receberam um enorme tráfego de visitas.

Embora esses sites não sejam mais tão populares, para quem vende online, é possível encontrar oportunidades nessas páginas e atrair clientes.

Portanto, neste conteúdo, você vai saber como funciona um site de compras coletivas e como vender neles. Vamos lá? 😉

O que é um site de compras coletivas?

Os sites de compras coletivas são páginas que disponibilizam ofertas dos mais variados serviços e produtos para consumidores, muitas vezes, segmentados por cidade, estado, etc.

A ideia central é fazer com que os consumidores encontrem as melhores ofertas em negócios locais. Com isso, quanto mais clientes comprarem uma mesma promoção no site, maior é o desconto.

Normalmente, os produtos e serviços anunciados ficam disponíveis no site somente por um tempo ou até a oferta esgotar. É possível também definir a abrangência geográfica das promoções e a quantidade de pessoas que podem comprá-las.

Na prática, o cliente se cadastra no site de compras e informa sua localidade. Feito isso, a plataforma exibe as promoções válidas para a região em que ele mora.

Quem pode anunciar em sites de compras coletivas?

Empreendedores de várias áreas podem se beneficiar dessa plataforma de negócios, desde donos de restaurantes até quem já tem o seu próprio e-commerce. Grandes marcas, como agências de viagem, também apostam nesses sites, principalmente em datas específicas como períodos de férias escolares e feriados prolongados.

Os sites de compras coletivas podem ser grandes parceiros em uma estratégia de marketing. No entanto, antes de anunciar em uma dessas plataformas, é importante analisar se vale a pena para o seu negócio no momento.

Nos tópicos a seguir você pode conferir as principais vantagens e desvantagens dos sites de compras coletivas. Continue com a leitura. 🧐.

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Vantagens dos sites de compras coletivas

Embora os sites de compras coletivas não estejam mais na moda, ainda é possível usá-los a favor do seu negócio. Portanto, confira, na sequência, algumas vantagens que esses serviços podem oferecer.

1. Atrai novos clientes

Você irá atrair uma nova leva de consumidores que, inicialmente, procuram por boas ofertas. Muitos, provavelmente, não conhecem sua marca, o desconto foi o ponto em comum que levou esses clientes a decidirem pela compra.

Dessa forma, novas pessoas estarão em contato com a sua marca. Contanto que você ofereça uma boa experiência de compra, as chances de esses consumidores voltarem a comprar de você são grandes.

2. Movimenta o seu estoque

As promoções em sites de compras coletivas são ótimas oportunidades para movimentar o seu estoque. Escolha os itens que possam representar bem a sua marca, mas que tenham uma baixa saída em períodos normais.

Dessa forma, você garante que os clientes possam conhecer sua empresa e ainda evita o temido estoque parado.

Desvantagens dos sites de compras coletivas

Por outro lado, é importante entender quais são os pontos negativos dessa estratégia, para, assim, poder decidir se vale a pena investir nela. Confira, logo abaixo, as desvantagens dos sites de compras coletivas:

1. Baixo lucro

Nos sites de compras coletivas, os consumidores estão em busca de boas ofertas, com isso, os menores preços são os mais atrativos. Considerando que você estará oferecendo os produtos com valores promocionais, sua margem de lucro não será muito relevante.

2. Taxas percentuais

Outro ponto negativo é que você irá pagar ao site uma porcentagem (em média 30% a 50%) do valor recebido por cada venda. Assim, o seu lucro, que já não era muito grande, ficará ainda menor.

Vale a pena anunciar em um site de compras coletivas?

Em 2012, o setor dos sites de compras coletivas faturou R$ 1,65 bilhão, segundo a E-Bit Nielsen. Na década passada, esse era, sem dúvidas, um dos mercados mais potenciais para ganhar dinheiro na internet.

Porém, com o passar dos anos, o comportamento do consumidor mudou e esse tipo de promoção foi perdendo força. Com o surgimento de novos benefícios, como o cashback, promoções e cupons muito limitados deixaram de ser interessantes.

Por outro lado, os sites de compras coletivas ainda são ótimas vitrines para negócios que estão em busca de novos clientes. Isso porque, o foco das páginas é exibir as ofertas de forma direta, ou seja, mostrando o produto ou serviço e os benefícios oferecidos.

Portanto, vale a pena vender em um site de compras coletivas? A resposta é: depende.

Se sua ideia é aumentar a receita da sua empresa, essa é uma péssima escolha, já que, a margem de lucro que esses canais possibilitam são bastante desanimadoras.

Mas, se o intuito é divulgar, aumentar a visibilidade e conquistar novos clientes, os sites de compras coletivas podem funcionar como uma ótima vitrine virtual para a sua marca.

Como vender em sites de compras coletivas?

Embora os sites de compras coletivas não estejam mais na moda, ainda é possível extrair bons resultados deles. Portanto, se você entende que vale a pena investir nessa estratégia, confira um passo a passo de como fazer isso.

1. Analise se vale a pena

Antes de qualquer coisa, analise bem se vale a pena incluir os sites de compras coletivas em sua estratégia. Considere os pontos positivos e negativos (que listamos anteriormente) e esteja ciente dos possíveis resultados que eles podem oferecer.

2. Tenha objetivos bem definidos

Outro ponto importante é ter objetivos claros e práticos. Não conte com resultados que não podem ser alcançados. Lembre-se do que a plataforma tem a oferecer e defina objetivos que sejam possíveis. Dessa forma, você evita frustrações e prejuízos financeiros.

3. Faça um planejamento financeiro

Falando em financeiro, antes de anunciar produtos nesses sites, coloque no papel qual será o máximo de lucro possível que você pode obter. Como vimos antes, os sites de compras coletivas não geram muita receita, já que os produtos são vendidos a preços mais baixos e parte do lucro fica com a plataforma.

Com isso em mente, defina com cuidado os produtos e promoções que você irá publicar. Dessa forma, você evita comprometer o seu ROIReturn on Investment, no protugûes, retorno sobre investimento.

4. Segmente suas ofertas

Uma forma de ser mais assertivo nos anúncios em sites de compras coletivas é segmentando suas ofertas. Para isso, é importante ter um bom mapeamento do seu público-alvo e de sua persona. Assim, você poderá identificar onde você tem mais oportunidades de vender.

5. Crie promoções com cautela

Promoções com muitas regras e limitações podem fazer com que seus clientes percam o interesse. Portanto, garanta que sua oferta seja atrativa em relação ao custo-benefício.

Além disso, lembre-se de que a promoção precisa ser atrativa para o consumidor e, ao mesmo tempo, rentável para o seu negócio.

6. Prepare-se para atender à demanda

Pode acontecer de sua promoção viralizar na internet, isso ocorre com frequência em redes sociais como o Twitter, por exemplo. Em situações como essa, você receberá um número de pedidos, no mínimo, inesperado. Portanto, garanta que você possa atendê-los.

Se você entender que não é viável criar uma promoção tão abrangente, limite o número de compras. Assim você evita uma sobrecarga e algo mais grave: decepcionar os clientes.

7. Monitore os resultados da campanha

Analise de perto se os anúncios em sites de compras coletivas estão trazendo resultados. Acompanhe a chegada de novos clientes e compare o seu ticket médio antes e depois de divulgar sua marca nesses sites.

Isso será importante para medir a efetividade das suas campanhas nas plataformas. Assim, você poderá entender se vale a pena ou não investir nesses sites.

8. Fidelize clientes

Por fim, deixamos o ponto mais importante sobre essa estratégia: fidelizar clientes. Pense que, se o cliente pagou um valor muito abaixo para o seu produto, como você pode fazer ele voltar para a sua loja pagando o valor normal?

A ideia é que você consiga que esses novos clientes enxerguem a sua marca além do desconto dado e possam retornar um dia, mesmo sem os produtos em oferta. Por isso, é importante oferecer a melhor experiência de compra possível, caprichando no atendimento ao cliente, no pós-venda e garantindo que ele receba notícias da sua marca via e-mail marketing, anúncios etc.

Resumo

Os sites de compras coletivas, se bem utilizados, podem ser bons aliados da sua estratégia de marketing. Portanto, estude com calma as vantagens e desvantagens e entenda se vale a pena investir nesse canal de venda.

Antes de finalizar a leitura, confira um breve resumo sobre o conteúdo:

Como vender em sites de compras coletivas?

  1. Analise se vale a pena
  2. Tenha objetivos bem definidos
  3. Faça um planejamento financeiro
  4. Segmente suas ofertas
  5. Crie promoções com cautela
  6. Prepare-se para atender à demanda
  7. Monitore os resultados da campanha
  8. Fidelize clientes

Vantagens dos sites de compras coletivas

  • Atrai novos clientes
  • Movimenta o seu estoque

Desvantagens dos sites de compras coletivas

  • Baixo lucro
  • Taxas percentuais

E, se você ainda não vende online, por que não começar criando a sua própria loja virtual? Faça um teste grátis com a Nuvemshop por 30 dias e comece a ganhar dinheiro na internet. 🚀

Aqui você encontra:

Faça como +90 mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Testar 30 dias grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop

Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies