Como fazer geleia artesanal para vender [receitas + dicas]

Na imagem, vemos um pote de geleia artesanal

Pontos principais do artigo:

  • Fazer geleia para vender é uma forma simples e artesanal de ganhar dinheiro. É necessário encontrar boas receitas, esterilizar adequadamente os potes, criar rótulos informativos e criar uma loja online ou offline para vender as geleias;
  • Os tipos de geleias artesanais mais vendidos são de morango, uva, framboesa, amora, mirtilo (blueberry), pêssego, damasco, maçã com canela e abacaxi com coco;
  • Crie sua loja grátis e venda geleias artesanais de forma física ou virtual.

Se você é apaixonado por culinária e adora passar um tempo na cozinha testando novas receitas, considerar aprender como fazer geleias para vender pode ser uma excelente ideia. Isso porque o mercado de confeitaria tem feito muito sucesso nos últimos anos e é inegável que as geleias são uma receita clássica que não sai de moda.

Sendo assim, se você quer saber tudo sobre como comercializar geleias, este guia é perfeito para você. Continue a leitura! 😋

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Vou ter lucro se fizer geleia para vender?

Não há dúvidas que fazer geleia para vender é um negócio lucrativo. Na mesma linha, caso você incremente suas receitas e decida criar sabores difíceis de serem encontrados no mercado, certamente os clientes se interessarão pelo seu comércio e o divulgarão para colegas e familiares, tudo por meio do marketing boca a boca.

De modo geral, você pode obter um lucro atrativo ao comercializar geleias. Por exemplo, imagine que você quer preparar uma geleia de morango e o total dos ingredientes foi de R$ 12. Para que você obtenha um lucro com a venda do produto, é possível comercializá-lo por, em média, R$ 30, caso se trate de um item realmente artesanal.

Lembre-se que, atualmente, os alimentos artesanais são muito valorizados. Então, aproveite esse bom momento para vender geleias artesanais e lucrar comercializando comida pela internet.

Se você tem dúvidas sobre as melhores estratégias de precificação e como calcular o preço dos seus produtos, não deixe de conferir os materiais abaixo:

💡 Saiba mais: Como calcular o preço de doces para vender sem prejuízo?

📈 Confira a planilha: Passo a passo para precificar corretamente

Qual embalagem usar para vender geleia artesanal?

De maneira geral, a embalagem de vidro é a mais utilizada para vender geleia. Isso porque, com ela, você consegue conservar o produto por mais tempo, uma vez que ela é impermeável e evita a entrada de fungos e bactérias.

Uma opção mais leve e, muitas vezes, mais econômica são as embalagens de plástico. Eles também permitem que os consumidores vejam a geleia, o que pode ser um ponto positivo na hora da compra. No entanto, os potes de vidro ainda conferem maior segurança alimentar e elegância para o produto.

Caso a sua intenção seja investir em um kit de produtos, com itens relacionados a geleias, como biscoitos, pães, doces etc., pode investir na montagem de cestas para vender. Além de serem muito versáteis, elas servem como excelentes presentes em qualquer época do ano.

Para exibir os seus produtos em pontos de venda (PDV), feiras e eventos em geral, nada melhor do que apostar em sachês ou minipotes. Oferecer amostras ou brindes em porções individuais é uma forma prática de atrair diferentes tipos de consumidores.

Independentemente do tipo de embalagem que você escolher, lembre-se de considerar fatores como durabilidade, facilidade de transporte, armazenamento e apelo visual. Além disso, garantir que as embalagens estejam de acordo com as regulamentações e normas de segurança alimentar é essencial.

💡 Saiba mais: Como vender doces pela internet?

Como conservar geleia artesanal?

Quando você produzir uma geleia artesanal, é importante que ela seja embalada a vácuo em um pote de vidro. Dessa maneira, você evita que aconteça uma proliferação de bactérias, além de preservar a umidade e o gosto do alimento.

Após aberta, ela pode ser conservada por até um mês na geladeira. Então, lembre-se de passar essa informação para o cliente no momento da venda.

Algumas dicas de conservação são:

  • Guarde a geleia em recipientes hermeticamente fechados e certifique-se de que as tampas estejam bem vedadas para evitar a entrada de ar e bactérias;
  • Armazene a geleia em um local fresco, seco e escuro, longe da luz direta do sol e do calor;
  • Use utensílios limpos e secos ao retirar a geleia do pote para evitar a contaminação por bactérias que podem reduzir sua vida útil;
  • Evite armazenar as geleias em locais sujeitos a variações extremas de temperatura ou umidade, pois isso pode afetar sua qualidade e durabilidade.

💡 Saiba mais: Como fazer doces para vender?

Dicas de como fazer geleia para vender

Agora que você já entendeu tudo sobre como comercializar esses doces tão queridos, confira, abaixo, algumas dicas essenciais de como fazer geleia para vender. Confira:

1. Especialize-se nas receitas de geleia

É um fato: geleias são simples de se preparar. Não existem muitos passos e você pode fazê-las rapidamente em uma tarde de domingo. No entanto, caso você queira se destacar da concorrência, é fundamental que você se especialize no preparo desse doce clássico.

Por exemplo, ao fazer algumas aulas com um especialista, você pode aprender novas técnicas que vão deixar sua geleia ainda mais saborosa e atrativa para os consumidores. Então, lembre-se de buscar capacitação.

💡 Saiba mais: Diferencial competitivo: dicas para destacar seu próprio negócio

2. Lembre-se de esterilizar os potes

Depois da geleia, os potes são o que vai oferecer aquele toque final para o seu produto. Se tratando da conservação do doce até sua apresentação, eles são fundamentais.

Nesse sentido, é importante que, além de escolher potes resistentes e de boa qualidade, você os esterilize corretamente para que sua geleia dure por mais tempo.

3. Divulgue seu negócio nas redes sociais

Hoje as redes sociais são a força motriz de qualquer negócio. Isso acontece porque todas as pessoas estão presentes nesses canais digitais.

Sendo assim, certamente você impactará seu público-alvo ao criar uma conta nessas mídias para divulgar suas geleias, além de fazer promoções e conseguir se conectar mais com os consumidores.

💡 Saiba mais: Como vender pelas redes sociais?

4. Teste novos sabores de geleia

Como comentado anteriormente, as receitas clássicas de geleia fazem muito sucesso, mas nada é tão chamativo quanto sabores desconhecidos. Então, que tal testar novas receitas de geleia para comercializar no seu negócio?

Por exemplo, teste sabores exóticos, como laranja e pimenta, limão e uva, entre outros.

5. Crie embalagens chamativas

Uma embalagem chamativa pode fazer com que um possível cliente se interesse pelo produto imediatamente.

Nesse contexto, é recomendável que você crie embalagens que conversem com a imagem da sua marca. Você pode até colocar alguma mensagem fofa para atrair ainda mais a atenção do consumidor.

💡 Saiba mais:

6. Defina como vender suas geleias

É fundamental estabelecer uma estratégia de venda para suas geleias artesanais, e isso pode ser realizado de duas maneiras distintas: offline, por meio de pontos de venda físicos, ou virtualmente, usando uma plataforma de e-commerce.

As vantagens de vender offline incluem a interação direta com os clientes, o contato para esclarecer dúvidas e a criação de conexões pessoais que podem fomentar a fidelização dos consumidores.

Por outro lado, vender em plataformas de e-commerce possibilita atingir consumidores em qualquer lugar, a qualquer hora. Isso proporciona conveniência para os clientes, flexibilidade e a possibilidade de explorar estratégias de marketing digital para alcançar um público específico.

A integração entre loja física e virtual é crucial para uma estratégia de vendas eficaz. A Nuvemshop, por exemplo, oferece esse recurso, possibilitando que empreendedores gerenciem as vendas online e offline em um único lugar.

Essa integração simplifica o processo de controle de estoque, gestão de pedidos e centralização de informações, proporcionando uma experiência mais coesa, independente do canal de venda utilizado.

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Quais são os sabores mais vendidos de geleia artesanal?

Agora que você já entendeu como fazer geleia para vender, vamos conhecer quais são os sabores mais vendidos desse doce artesanal. Veja abaixo:

1. Morango

A geleia de morango é clássica e amada por quase todo mundo. Fácil de preparar e com um sabor que dá água na boca, essa geleia não pode faltar no seu negócio. Confira, então, como prepará-la abaixo:

Ingredientes

  • 300 g de morango;
  • 80 g de açúcar;
  • 2,5 ml de suco de limão.

Modo de preparo

Em um recipiente, limpe bem os morangos e corte seus cabinhos. Então, despeje as frutas em uma panela quente e amasse-os com um garfo. Nesse processo, vá adicionando o açúcar aos poucos. Após isso, jogue o suco de limão e observe se uma espuma rosada vai surgir. Caso ela apareça, é importante jogá-la fora para que a geleia não escureça.

Após 20 minutos que os morangos estiverem na panela, observe se a geleia está espessa. Se a resposta for sim, pode desligar o fogão e ela está pronta.

2. Uva

A geleia de uva sempre competiu com a de morango entre as posições de mais vendidas em mercados, padarias e lanchonetes. Por isso, esse é um sabor coringa que você deve ter no seu negócio. Aprenda a preparar:

Ingredientes

  • 1 kg de uvas pretas (lavadas, sem sementes e sem os cabinhos);
  • 250 g de açúcar refinado;
  • 550 ml de água.

Modo de preparo

Leve as uvas para a panela e cubra-as com água. Deixe ferver por cerca de 10 minutos e retire-as do fogão. Após isso, passe as uvas por uma peneira de modo a dissolver o bagaço e as cascas da uva. Por fim, leve a polpa extraída para ferver com o açúcar, até se tornar espessa e chegar na consistência desejada.

3. Amora

Muito popular, a geleia de amora é ácida na medida certa e é muito consumida no interior do país com pães de queijo, bolos e com o clássico pão de forma. Saiba como prepará-la:

Ingredientes

  • 500 g de amoras;
  • 250 g de açúcar;
  • 1 colher de sopa de suco de limão.

Modo de preparo

Em primeiro lugar, coloque 250 g das amoras no liquidificador e bata-as até ficar em uma consistência mais espessa. Despeje essa mistura em uma panela e faça o mesmo processo com o restante das amoras, mas mantendo grandes pedaços da fruta.

Após ter batido tudo, adicione açúcar e uma colher de sopa de suco de limão na panela e misture levemente até ferver. Se você perceber que está formando uma espuma, utilize uma colher para remover para que sua geleia não fique turva. Continue cozinhando e assim que chegar no ponto desejado, você pode desligar o fogão.

💡 Saiba mais: 20 comidas para fazer em casa, vender e ganhar dinheiro

Tudo entendido sobre como fazer geleia para vender?

Esperamos que este conteúdo tenha tirado as suas principais dúvidas no que diz respeito ao preparo de geleia para vender. Como visto ao longo do conteúdo, essa é uma receita muito amada e pode trazer um lucro atrativo para o seu negócio.

Antes de ir, te convidamos a criar sua loja virtual grátis de geleias na Nuvemshop para aproveitar todos os recursos da plataforma. É fácil, rápido e sem a necessidade de conhecimentos técnicos! 💙

Aqui você encontra:
Perguntas frequentes sobre como fazer geleia para vender

As geleias mais vendidas são de morango, uva, framboesa, amora, mirtilo (blueberry), pêssego, damasco, maçã com canela e abacaxi com coco.

As geleias mais saudáveis são aquelas que não têm adição de açúcar. Sendo assim, qualquer uma que for 100% fruta pode ser consumida livremente, desde que com atenção. 

Utilize uma embalagem de vidro esterilizada e bem vedada. Se estiver fechada, uma geleia pode durar até 12 meses na geladeira, dependendo dos ingredientes utilizados. Após aberta, ela deve ser consumida em até dois meses. 

Faça como milhares de negócios e crie a sua loja

Criar loja grátis

Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies