Fulfillment: o que é, como funciona e principais fornecedores

Por: Karina Balan Julio

Imagem de um homem preparando pedidos para entrega em modelo fulfillment

Fulfillment, ou Order Fulfillment, é um conjunto de processos logísticos e operacionais das vendas online que pode otimizar espaço, custo e o trabalho em um e-commerce.


Um site de compras, geralmente, começa com uma equipe enxuta. Em muitos casos, ao receber um pedido, a própria equipe da loja virtual cuida da expedição e envio.

Contudo, à medida que o e-commerce cresce, aumenta o desafio de gerir o estoque, pedidos e logística.

Separar e embalar o produto, encaminhá-lo para a transportadora, acompanhar trocas e devoluções. Tudo isso, além de tirar tempo do time, custa caro para lojas virtuais.

Para se ter ideia, os custos com armazenagem e manuseio de mercadorias representam, respectivamente, 19% e 14% dos custos logísticos das lojas virtuais. É o que mostram dados da ABComm.

Se identificou?

Pois uma boa estratégia de fulfillment é fundamental para melhorar a operação e os resultados no comércio eletrônico.

Continue lendo para saber mais sobre o que é essa operação, como funciona e as principais empresas de fulfillment no Brasil.

O que é fulfillment?

Fulfillment, ou Order Fulfillment, é o conjunto de processos logísticos e operacionais envolvidos em vendas online. Ele abrange desde o processamento do pedido até a separação no estoque, embalagem, entrega e pós-venda junto ao consumidor, e pode ser feito diretamente pela loja virtual ou por meio de empresas terceirizadas.

A verdade é que a eficiência nessa cadeia faz toda a diferença na experiência do cliente.

Sua empresa pode ter o melhor produto, mas pode perder credibilidade se o frete for muito caro, se não cumprir com os prazos de entrega ou não tiver um bom atendimento e logística reversa para trocas e devoluções.

É por isso que o fulfillment deve estar sempre no seu radar. Ele dá visibilidade sobre a jornada dos pedidos desde o checkout até a entrega.

Como funciona o fulfillment?

Uma loja virtual pode coordenar seu próprio fulfillment de ponta a ponta. Para isso, precisa integrar muito bem suas áreas de logística, operações e atendimento.

Ou, então, pode apostar em empresas especializadas neste serviço.

Um site que usa um serviço de fulfillment apenas recebe o pedido do cliente. Já a armazenagem, separação, packing, transporte, e, às vezes, até o atendimento ao cliente ficam nas mãos da terceirizada.

Normalmente, o repasse do pedido é feito através do sistema de ERP do lojista, integrado ao sistema da empresa terceirizada.

A loja virtual fica responsável por repor o estoque de produtos junto à empresa parceira. Ela, então, cuida da armazenagem, separação e embalagem (pick e packing), e, finalmente, do envio ao consumidor final.

Infográfico Fulfillment

Vamos falar das empresas de fulfillment mais adiante. Mas, antes, vamos às cinco principais etapas envolvidas nessa operação:

Estoque

O armazenamento da mercadoria pode ser feito em armazém próprio ou junto a um parceiro de fulfillment. Algumas lojas ainda recorrem ao estoque de terceiros, como as que fazem dropshipping.

Separação do produto

Quando o pedido é processado, o produto é localizado e separado dentro do estoque. Desta forma, é importante ter uma gestão e controle de estoque eficientes para auxiliar nessa organização.

Packing

O pedido é embalado e protegido para evitar avarias e perdas durante o transporte. Essa etapa precisa ser ágil, porém muito cuidadosa para evitar erros e custos extras.

Transporte

É hora de entregar para o cliente. A entrega pode acontecer via transportadora, entregadores próprios ou por uma operadora de fulfillment.

💡 Saiba mais: Gateway de frete: o que é e por que integrar a ferramenta à sua loja virtual

Pós-Venda

A venda não termina na entrega! A última etapa é a coleta de feedback do cliente e a administração de eventuais casos de troca e devolução.

Vantagens do fulfillment para lojas virtuais

O fulfillment tem impacto direto nos custos, vendas e reputação do seu negócio.

Ter processos bem estruturados garante a eficiência nas entregas, evita imprevistos e melhora o índice de satisfação do consumidor.

Já um parceiro de fulfillment pode apoiar empresas que vendem em marketplaces, cujos padrões de performance e entrega são altos.

Confira algumas vantagens do serviço de fulfillment:

Redução de custos

Em muitos casos, só é possível otimizar despesas de armazenamento, manuseio e logística ao fazer melhorias pontuais. Ou ao aumentar consideravelmente o volume de vendas — o que não é nada fácil.

A boa notícia é que, ao eliminar a necessidade de um armazém próprio, serviços de fulfillment diminuem custos fixos de manutenção da estrutura física, segurança e pessoal envolvidos.

Vale destacar que essa modalidade também traz muitos benefícios para e-commerces regionais.Por terem escala, empresas de fulfillment conseguem oferecer frete e logística com condições mais competitivas para diferentes localidades.

Economia de tempo e agilidade

Ao economizar tempo na gestão de logística, você tem a chance de focar mais em atividades estratégicas do negócio. Por que não focar mais esforços em técnicas de vendas e relacionamento com o cliente, por exemplo?

Delegar o fulfillment a um operador especializado pode agilizar e padronizar processos. E o melhor, reduzindo as chances de erros e imprevistos.

Escalabilidade do negócio

Um serviço de fulfillment pode acelerar a escalabilidade de lojas virtuais. Vamos supor que o seu e-commerce apresente crescimento considerável em vendas. Afinal, você trabalha com esse objetivo!

Esse tipo de operação permite que o aumento não precise ser acompanhado da contratação de mais pessoas e de um armazém maior para dar conta da logística.

Outro benefício está relacionado a datas sazonais, como Natal e Black Friday. Se não quiser terceirizar o fulfillment de vez, você pode optar por essa estratégia apenas em períodos de alta demanda.

Para saber mais sobre como melhorar a logística do seu e-commerce, assista o vídeo a seguir:

Empresas de fulfillment

A terceirização do fulfillment já é uma prática altamente difundida em países como os Estados Unidos.

Essa tendência está ganhando força no Brasil, onde crescem as opções de empresas que oferecem esse serviço.

Porém, é preciso ser muito criterioso ao escolher um parceiro. A melhor opção vai depender muito da sua localização, modelo de negócio e complexidade da sua loja virtual.

Então, vamos conhecer algumas das principais empresas de fulfillment que operam no Brasil:

Fulfillment da Amazon

A Amazon lançou a operação de Logística da Amazon no Brasil no final de 2020. Através do serviço, a empresa gerencia recebimento, separação, packing e envio dos produtos dos lojistas.

Benefícios:

  • Produtos elegíveis para Amazon Prime;
  • Suporte no atendimento ao cliente;
  • Lojista pode manter mercadoria em seu armazém ou no da Amazon.

Fulfillment Mercado Livre

O Envios Full, serviço do Mercado Livre, é uma opção para lojistas que vendem em seu marketplace.

Benefícios:

  • Maior exposição de anúncios no marketplace;
  • Entrega no dia seguinte com destino a São Paulo;
  • Atendimento ao cliente no pós-venda;
  • Crédito para envio de mais estoque.

Correios Log+

O Correios Log+ é o serviço de fulfillment dos Correios e atende, principalmente, pequenas empresas.

Ao contratá-lo, o lojista paga um valor fixo por cada item armazenado e pedido atendido. Os armazéns estão localizados em cinco cidades: Cajamar (SP), Brasília (DF), Rio de Janeiro (RJ), Contagem (MG), Curitiba (PR) e Recife (PE).

Benefícios:

  • Integração com softwares de ERP e atendimento;
  • Embalagem gratuita;
  • Sem cota mínima de pedidos;
  • Emissão de nota fiscal.

B2W Fulfillment

Entre as soluções para marketplace, também está a da B2W. Essa opção funciona para lojistas dos marketplaces Lojas Americanas, Submarino e Shoptime.

O serviço funciona para empresas com CNPJ nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Pernambuco. O faturamento mínimo exigido é de R$ 50 mil mensais.

Benefícios:

  • Embalagem gratuita;
  • Atendimento ao cliente;
  • Expedição no mesmo dia.

DHL Fulfillment

A solução da DHL oferece a criação de pedidos, armazenamento, remessa e também atendimento ao cliente. A solução é voltada tanto para empresas do segmento B2C como para e-commerce B2B.

Benefícios:

  • Montagem de kits e packaging;
  • Opções de click & collect ou entrega direta;
  • Envio doméstico e internacional.

Direct

A Direct, especializada em logística para e-commerce, oferece fulfillment para lojistas de todos os portes.

Benefícios:

  • Mercadoria armazenada em armazém da Direct ou centro de distribuição próximo;
  • Impressão remota de notas fiscais;
  • Atendimento a ocorrências dos clientes.

Pier 8

A startup brasileira Pier 8 funciona tanto para marcas que operam em marketplaces como para aquelas que contam com lojas virtuais próprias. A empresa vende como diferencial a tecnologia para acompanhamento dos pedidos.

Benefícios:

  • Check-in automatizado de mercadorias;
  • Acompanhamento em tempo real das etapas;
  • Entregas em até 6 horas para a Grande São Paulo.

💡 Saiba mais: Quais são os tipos de frete e como escolher o melhor para seu modelo de negócios

Como otimizar o fulfillment no e-commerce

Independentemente de a sua empresa contar ou não com um parceiro terceirizado, sempre há oportunidade para otimizar as etapas de fulfillment. Lembre-se: melhoria contínua é chave!

Aqui vão alguns pontos de atenção:

Tenha uma plataforma de e-commerce robusta

É fundamental que sua plataforma de e-commerce conte com integrações eficientes. Há conexão com os principais ERPs, APIs e softwares de controle de inventário?

A plataforma da Nuvemshop tem todos os recursos para facilitar a organização de pedidos. Com ela, seu time consegue gerenciar muitos processos de fulfillment, como estoque e envios.

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

💡 Saiba mais: O que considerar na hora de migrar de plataforma

Faça uma boa gestão de estoque

É preciso garantir que os produtos de maior giro estejam sempre disponíveis, seja em armazém próprio ou de um terceiro. Fique atento ao fluxo de reposição de estoque!

Se for contratar uma empresa de fulfillment, escolha os produtos que já vendem bem. Assim, o estoque não fica parado com o parceiro, afinal você estará pagando por isso.

Também é importante facilitar a identificação dos produtos, como marcações para tamanhos e cores diferentes. Desta forma, você evita confusões com códigos e SKUs.

💡 Saiba mais: O que é controle de estoque e como fazê-lo

Atenção aos canais de atendimento

Como vimos, empresas de fulfillment oferecem atendimento ao cliente. Porém, pode ser que o consumidor acione a sua loja por outros canais, como as redes sociais.

Garanta que sua loja tenha canais fáceis de acionar e um time de atendimento com visibilidade dos processos de logística reversa. Boas plataformas de e-commerce e ERP são essenciais para isso!

💡 Saiba mais: Atendimento ao cliente: o que é, dicas e métricas para melhorá-lo

Mensure os resultados

Por fim, é fundamental mensurar o funcionamento do seu fulfillment. Aqui vão alguns indicadores que você deve acompanhar:

  • Quantidade de pedidos e envios feitos pela loja em um determinado período;
  • Tempo médio entre o pedido e a expedição, além, é claro, da entrega;
  • Número de pedidos devolvidos, extraviados e danificados

Tais métricas ajudam a avaliar a agilidade do serviço como um todo e os problemas mais frequentes.

💡 Saiba mais: 7 métricas que todo e-commerce deve acompanhar e como medí-las

Resumo

Como vimos, o order fulfillment é um diferencial para ganhar mais eficiência operacional, e, consequentemente, melhorar a experiência do cliente.

No fim do dia, empresas que fazem uma boa entrega, cumprem prazos e oferecem uma boa experiência de pós-venda têm tudo para crescer e se diferenciar da concorrência.

Nossa recomendação final? Revisite a estratégia de fulfillment da sua loja de tempos em tempos. Só assim você descobrirá os principais gargalos e etapas que precisa melhorar.

Antes de ir embora, veja um resumo do artigo:

O que é Fulfillment?

Fulfillment é o conjunto de processos logísticos e operacionais envolvidos em vendas online, desde o recebimento do pedido até a separação, embalagem, entrega e pós-venda junto ao consumidor.

Quais são as etapas do fulfillment?

  1. Estoque
  2. Separação
  3. Packing
  4. Transporte
  5. Pós-venda

Empresas de fulfillment no Brasil

  • Amazon
  • Mercado Livre
  • Correios Log
  • B2W
  • DHL
  • Direct
  • Pier8

Se você já coordena uma loja virtual e precisa otimizar sua operação, migre seu e-commerce para a plataforma da Nuvemshop! Contamos com APIs robustas e uma equipe experiente em comércio eletrônico para fazer seu negócio crescer.

Aqui você encontra:

Faça como +90 mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Testar 30 dias grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop

Precisa otimizar seu e-commerce?

Migre para a plataforma Nuvemshop e conte com uma equipe experiente de consultores

Solicitar um orçamento

Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies