Como fazer comida para cachorro para vender? [guia completo]

Por: Fernanda Belo

Imagem de um cachorro se alimentando ilustrando como fazer comida para cachorro para vender

Já faz alguns anos que os pets deixaram de ser meros animais de estimação e passaram a fazer parte das famílias. Assim, a alimentação também se tornou um fator de preocupação para os tutores, abrindo espaço no mercado para quem deseja aprender como fazer comida para cachorro para vender.

Abrir um negócio de comida natural para cães tem seus desafios, mas é uma área extremamente rentável. Para você ter uma ideia, segundo uma matéria da Revista Exame, em dois anos, o mercado para animais de estimação cresceu 30% e hoje fatura R$ 50 bilhões, conforme apurou o Instituto Pet Brasil.

A alta nesse segmento é tão grande que, apenas em 2021, o número de pequenas e médias empresas na área teve aumento de 39%. Que tal aproveitar essa oportunidade e aprender como fazer comida para cachorro para vender? Acompanhe e aprenda tudo!

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

O que é alimentação natural para cães?

Alimentação natural para cães é uma dieta balanceada e pensada para o bem-estar do animal de estimação. Composta por ingredientes naturais e feita de forma caseira, ela supre todas as necessidades do cão e fornece os nutrientes necessários e na quantidade ideal que o animal precisa.

Essa é uma excelente ajuda no tratamento da obesidade em cães, por exemplo. Além disso, muitos tutores buscam alternativas alimentares para complementar o cardápio de seus animais. Você pode aproveitar esse nicho de mercado para desenvolver o seu produto e começar a empreender do zero.

💡 Saiba mais: Como fazer biscoito para cachorro para vender

O que os cães podem comer?

A alimentação natural para cães deve conter itens nutritivos e que substituam bem a ração convencional. As opções mais fáceis são as seguintes:

  • Carnes (frango, porco, boi, peixe, cabrito, codorna, rã e coelho;
  • Ovos (galinha, codorna, pata e perua);
  • Folhas (agrião, salsão, espinafre, acelga, rúcula, folhas de beterraba, salsinha e manjericão);
  • Quiabo;
  • Pimentões (preferencialmente os vermelhos e amarelos);
  • Chuchu;
  • Pepino;
  • Aspargos;
  • Palmito pupunha ou palmito açaí;
  • Ervilha-torta (também conhecida como “orelha de padre”);
  • Vagem macarrão;
  • Tomate;
  • Cenoura;
  • Abóbora;
  • Beterraba;
  • Berinjela;
  • Jiló;
  • Brotos germinados de alfafa, trevo, feijão ou brócolis;
  • Algas (nori, akame, kombu etc.);
  • Tubérculos (batata-doce, inhame, mandioquinha, mandioca etc.);
  • Arroz integral ou parboilizado;
  • Aveia em flocos;
  • Quinoa;
  • Painço;
  • Cevadinha;
  • Lentilha;
  • Feijões de qualquer variedade;
  • Grão-de-bico.

Quais são os alimentos proibidos para cães?

Depois dessa lista, temos a impressão de que os animais podem comer praticamente tudo que os humanos comem, certo? Bom, não é bem por aí. Muitos alimentos, principalmente os processados, não podem ser consumidos pelos seus animais de estimação. Confira a lista completa:

  • Chocolate;
  • Carambola;
  • Cebola e acebolados;
  • Alho;
  • Macadâmia, nozes e castanhas;
  • Casca de abacate;
  • Uvas;
  • Açúcar e alimentos açucarados;
  • Frituras;
  • Pimenta;
  • Sementes de maçã e pêra.

Além desses alimentos, carboidratos como milho e seus derivados, soja, trigo, macarrão e pão são alergênicos para os cachorros e podem contribuir para o aumento da glicose no sangue e da pressão arterial. Além disso, prejudicam a saúde bucal e aumentam as chances de aparecer o tão temido tártaro.

Qual a composição da ração natural?

Para muitos animaizinhos, é necessário substituir a ração industrializada, comprada em pet shop, por uma alimentação mais saudável e balanceada. Isso acontece devido a doenças no estômago, sobrepeso, problemas de pele e até mesmo alergia a componentes da ração.

A boa notícia é que muito do que comemos também pode ser consumido por cães e gatos, desde que sejam respeitadas as quantidades e as regras de restrição a determinados alimentos.

Se você deseja saber como fazer comida para cachorro para vender, saiba que existe uma proporção ideal de componentes para uma ração natural de qualidade. Eles são descritos a seguir:

Vegetais

O ideal é que a comida do cachorro tenha, pelo menos, 30% de vegetais em sua composição. Isso inclui brócolis, espinafre, couve-manteiga picadinha, cenoura com casca, chuchu, agrião, abobrinha com casca, vagem etc. Todos precisam estar bem cozidos para facilitar a digestão do animal.

Carboidratos

Outro importante componente da ração natural é o carboidrato, que deve corresponder a 35% da mistura. Ótimos exemplos para incluir na sua receita são: batata-doce com casca, mandioca, batata inglesa, arroz integral e mandioquinha. Novamente, tudo precisa estar bem cozido e sem tempero.

Carnes

Por fim, a carne faz parte da alimentação dos animais e é um componente muito importante para manter o bem-estar do seu pet. Se você pensar bem, os ancestrais caninos comiam apenas carne, e é por esse motivo que as rações comerciais são compostas, normalmente, por carnes de frango, boi, peixe, cordeiro e até coelho.

O ideal é que a ração caseira tenha, no mínimo, 30% de carne cozida, sem óleo e sem tempero. Escolha os cortes cuidadosamente, levando em consideração aqueles que tenham menos gordura para não prejudicar a saúde do animal.

Vísceras

Os últimos 5% da alimentação natural para cães devem vir de vísceras, ou seja, fígado, rim, baço, cérebro, pulmão e pâncreas. Algumas peças são mais fáceis de encontrar do que outras, mas todas oferecem a quantidade ideal de vitaminas que seu cão precisa.

Como fazer comida para cachorro para vender?

Depois de selecionar todos os ingredientes para fazer comida para cachorro, é importante ter atenção ao preparo. Manter as boas condições sanitárias é fundamental para garantir a qualidade do alimento e preservar a saúde do cão.

Siga o passo a passo a seguir:

  1. Cozinhe a carne até que ela fique ao ponto — nem crua, nem cozida demais. Para isso, você pode assá-la ou prepará-la na frigideira, como preferir;
  2. Prepare as vísceras separadamente, já que elas apresentam um ponto de cozimento diferente das demais carnes;
  3. Asse os vegetais e tubérculos ou cozinhe-os no vapor por aproximadamente 20 minutos;
  4. Cozinhe o arroz normalmente, sem tempero;
  5. Depois de todos os ingredientes cozidos, misture em um recipiente com um fio de azeite e ervas frescas picadas, como salsinha, manjericão ou orégano. Nessa etapa, é permitido adicionar uma pitada de sal.

É importante lembrar que os animais não podem comer comida quente, por isso, cuide para que a mistura seja servida em temperatura morna ou em temperatura ambiente.

Como vender comida para cachorro?

Agora que você já sabe como fazer comida para cachorro para vender, chegou o momento de entender como começar a comercializar os itens e tirar o seu projeto de empreendedorismo do papel.

Veja, a seguir, quais são os primeiros passos para ter um negócio de sucesso:

1. Faça um plano de negócio

A organização é uma grande amiga de qualquer empreendedor. Imagine a quantidade de informações e processos que envolvem a gestão de uma empresa. Bastante coisa, não é?

O plano de negócios consiste em um documento que reúne tudo o que você precisa saber sobre a sua empresa — como o tipo de sociedade, sócios e investidores, capital de giro etc. Portanto, criá-lo deve ser uma prioridade na sua lista de tarefas.

💡 Saiba mais: Plano de negócios: como fazer o seu?

2. Crie a sua marca

Para ter sucesso na venda de comida para cachorro, você precisa criar uma marca própria que seja atrativa para seus clientes em potencial. O nome deve ser direto, fácil de memorizar e precisa transmitir o estilo dos seus alimentos.

Se você ainda não tem um nome para sua empresa, que tal usar a ferramenta gratuita de gerador de nomes da Nuvemshop para ter ideias e cativar os clientes com um nome supercriativo?

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

3. Formalize sua empresa

Se você fosse o tutor de um pet e estivesse em busca de alimentos naturais para o bichinho, confiaria mais nos produtos oferecidos por uma empresa registrada, não é mesmo? É por isso que regularizar o seu negócio é uma etapa tão importante.

Portanto, para começar a vender comida de cachorro você precisa abrir uma empresa. Se quiser começar pequeno, você pode abrir um MEI (microempreendedor individual) gratuitamente, desde que não ultrapasse o limite de faturamento de R$ 81 mil ao ano.

Esse é um procedimento importante para garantir que a sua operação esteja de acordo com o cumprimento de obrigações legais como, por exemplo, a emissão de notas fiscais.

4. Tenha um espaço para trabalhar

Contar com a infraestrutura adequada para fazer comida para cachorro para vender é um passo importante para garantir a qualidade do alimento. Mas a boa notícia é que você não precisa se preocupar em alugar uma cozinha, por exemplo. O espaço que tem em casa já é suficiente.

Além do espaço, é preciso contar com fogão, freezer, refrigerador, panelas, utensílios e embalagens onde a comida será comercializada.

5. Conte com bons fornecedores

Por fim, conte com bons fornecedores de alimentos e carnes, para garantir que os itens estejam sempre frescos e próprios para o consumo.

O ideal é ter sempre em mãos uma lista de fornecedores com os quais você possa sempre contar. Para ajudar você nessa tarefa, a Nuvemshop criou um compilado com as principais empresas, confira:

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

6. Escolha como vender comida para cachorro

Embora muitos profissionais prefiram vender pelas redes sociais, pelo WhatsApp ou mesmo em loja física, essa estratégia, quando somada a uma loja virtual própria, tende a gerar muito mais resultado.

Portanto, criar uma loja virtual pode ser o melhor caminho para alcançar um público maior e vender na comodidade da sua casa.

Com a Nuvemshop, por exemplo, você tem as seguintes vantagens:

  • Confiabilidade de uma plataforma com mais de 90 mil lojistas ativos e mais de R$ 5,8 bilhões em vendas por toda a América Latina;
  • Recursos para montar uma loja em menos de 10 minutos, sem precisar de conhecimentos técnicos;
  • Diversos layouts profissionais;
  • Planos e preços que cabem no bolso;
  • Integração com várias ferramentas de envio, como Mandaê, Correios, Melhor Envio, Mercado Envios, Envio Fácil, Loggi, JadLog, entre outras;
  • Dezenas de integrações para potencializar a loja;
  • Soluções de frete e pagamentos online conectadas.

💡 Saiba mais: Como criar uma loja virtual na Nuvemshop? [passo a passo completo]

Crie sua loja virtual
Testar 30 dias grátis

7. Desenvolva rótulos informativos

Parte de como fazer comida para cachorro para vender envolve deixar o mais claro possível para os tutores o que está sendo consumido pelo cãozinho. Caso contrário, pode ser que o alimento contenha algum item que cause alergia no cão ou prejudique sua dieta.

Portanto, crie rótulos que, além de transmitirem a identidade visual da marca, forneçam informações como:

  • Detalhes sobre os ingredientes;
  • Data de fabricação e prazo de validade;
  • Informações nutricionais;
  • Melhores formas de conservação do alimento.

8. Divulgue sua marca

Por último, mas não menos importante, lembre-se de divulgar o seu negócio. Para que as pessoas conheçam a sua marca e se interessem pelos seus produtos, é fundamental investir em estratégias de divulgação.

Você pode realizar publicações em redes sociais mostrando os seus produtos, dando dicas de como melhorar a alimentação dos cães, quais alimentos não podem ser oferecidos aos pets, as vantagens da ração natural etc.

Incentive também o marketing boca a boca — peça aos amigos e familiares para indicar o seu negócio — e use a criatividade para levar sua marca para o maior número possível de pessoas.

💡 Saiba mais: 9 maneiras para divulgar uma loja virtual

Quer aprender a fundo todos os passos para ter uma loja virtual de sucesso? Baixe o material gratuito e aprenda tudo!

Quais as vantagens da comida caseira para cachorro?

Dar preferência a uma alimentação natural e caseira para os cães é importante para fornecer todos os nutrientes que o animal precisa para se desenvolver bem e com saúde. Esse tipo de dieta canina é ideal em casos como os descritos a seguir:

  • Câncer;
  • Gastrite;
  • Diabetes;
  • Obesidade;
  • Pancreatite;
  • Cardiopatias;
  • Doença renal crônica;
  • Alergias de pele e alimentar;
  • Doenças do trato intestinal e urinário.

Além de problemas relacionados à saúde, os cães que se alimentam de rações naturais apresentam as seguintes características:

  • Sentem melhor o sabor e a textura dos alimentos;
  • Ficam mais resistentes a doenças;
  • Têm menos gases;
  • Apresentam mais vitalidade e pelos mais brilhantes;
  • Se mantêm hidratados por mais tempo.

Ou seja, optar por uma alimentação natural e saudável traz uma série de benefícios para os animais e também para os tutores, que não precisarão se preocupar em levar os bichinhos ao veterinário por questões de saúde.

Aproveite o aumento da procura por produtos voltados para pets e impulsione as vendas no seu e-commerce!

💡 Saiba mais: Como fazer laços pet para vender online [passo a passo]

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Aprendeu como fazer comida para cachorro para vender?

Esperamos que este conteúdo tenha ajudado você a tirar todas as dúvidas sobre como fazer comida para cachorro para vender e tenha servido de inspiração para a criação da sua loja onlin!

Se você está em busca de ter uma loja virtual de sucesso, o primeiro passo é contar com uma boa plataforma de e-commerce. Por isso, te convidamos a criar uma loja virtual com a Nuvemshop por 30 dias grátis. É fácil, rápido e sem a necessidade de conhecimentos técnicos! 💙

Aqui você encontra:

Perguntas frequentes sobre como fazer comida para cachorro

  • 30% de vegetais;
  • 35% de carboidratos;
  • 30% de carnes;
  • 5% de vísceras.

  1. Cozinhe a carne até que ela fique ao ponto;
  2. Prepare as vísceras separadamente;
  3. Asse os vegetais e tubérculos ou cozinhe-os no vapor por mais ou menos 20 minutos;
  4. Cozinhe o arroz;
  5. Misture todos os itens em um recipiente com um fio de azeite e ervas frescas picadas.

  1. Faça um plano de negócio;
  2. Crie a sua marca;
  3. Formalize sua empresa;
  4. Tenha um espaço para trabalhar;
  5. Conte com bons fornecedores;
  6. Escolha como vender comida para cachorro;
  7. Desenvolva rótulos informativos;
  8. Divulgue sua marca.

Faça como +90 mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Testar 30 dias grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop

Não sabe como vender comida para cachorro?

Crie uma loja virtual com a Nuvemshop e venda de maneira profissional para milhares de donos de pet.

Testar 30 dias grátis

Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies