Para que serve e como aplicar o visual merchandising?

Por: Victoria Salemi

Mulheres em frente a vitrine de loja de roupas observam o visual merchandising

Visual merchandising são ações adotadas, principalmente no varejo, para otimizar a apresentação de mercadorias com o objetivo de atrair, envolver, conquistar e motivar o cliente para realizar a compra.


Você provavelmente já foi impactado por alguma ação de visual merchandising, seja durante as datas comemorativas como o Natal, Réveillon, Black Friday, Dia das Mães, ou até mesmo no seu dia a dia. Basta entrar em farmácias, supermercados, shoppings e lojas de varejo para se deparar com esse tipo de divulgação.

E não vamos negar, uma boa estratégia de visual merchandising serve para conquistar e encantar o cliente e, de fato, faz a diferença. Quando a criatividade entra em ação e nos causa a curiosidade, não tem como: a chance de comprarmos o produto é grande.

Por isso, se você quer entender mais detalhes dessa técnica, continue a leitura e descubra qual a função do visual merchandising e como ele pode ajudar o seu negócio. Vamos lá?

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

O que é visual merchandising?

Visual merchandising é uma prática de marketing que usa plantas baixas, cores, iluminação, displays, tecnologia e outros elementos para atrair a atenção do cliente. Seu objetivo final é usar o espaço de varejo para gerar mais vendas, destacando a loja e atraindo compradores.

Criatividade é a chave para um bom visual merchandising e, quando você aplica isso na sua estratégia, é possível criar um forte impacto na experiência do cliente em sua loja.

Portanto, se você está renovando qualquer ponto de divulgação ou criando novos, adote as estratégias dessa técnica para ajudá-lo a obter mais sucesso em suas vendas.

💡 Saiba mais: O que é marketing visual e como ele funciona?

Por que trabalhar o visual merchandising?

Agora que você já sabe o que é o visual merchandising, vamos mostrar por que você precisa trabalhar essa técnica em seu negócio. Confira as principais vantagens:

Exposição e experiência do seu produto

A estratégia do visual merchandising é ótima para expor o produto e oferecer aos seus clientes uma perfeita experiência sobre o que ele pode encontrar naquele novo produto.

Normalmente, as empresas criam pontos de vendas com o objetivo de expor detalhes dos seus lançamentos. É possível encontrar informações úteis sobre a mercadoria, testar, escutar relatos de quem já consumiu e ver em detalhes todas as vantagens.

Atrair novos clientes

Atrair a atenção de quem circula perto do seu negócio e estimular que as pessoas entrem em sua loja é o objetivo número um do visual merchandising. É preciso despertar a atenção e o interesse. Para alcançar esse resultado, é importante investir em uma forma criativa e inovadora de chamar atenção no ponto de venda.

Aumentar as vendas

A chance de você aumentar as vendas do seu negócio após a implantação do visual merchandising é grande. É comprovado que muitos clientes ainda procuram experiências de testagem antes da compra. Sendo assim, um ponto de venda atrativo e um produto diferenciado tende a convencer o cliente a realizar a compra.

Como trabalhar o merchandising visual?

Investir em visual merchandising ajuda os clientes a ter uma melhor experiência de compra, serve como uma poderosa ferramenta de marketing para sua empresa e aumenta a fidelidade do cliente.

Então, chegou a hora de você descobrir como trabalhar essa técnica na sua loja. Confira as dicas:

1. Aposte na vitrine

A vitrine da sua loja é a primeira coisa que as pessoas veem e, por isso, é um fator decisivo para o cliente entrar ou não na loja. Um dos recursos visuais mais importantes que definirão sua loja é um design de vitrine de varejo poderoso.

Aposte em elementos visuais que trabalhem o storytelling, ou seja, que criem uma história. A ideia é montar algo com que os clientes possam se relacionar e que ainda proporcione uma experiência positiva desde o início.

Isso não se limita apenas em datas sazonais, mas deve ser incorporado no dia a dia, contendo instalações artísticas, números de descontos e promoções, iluminações especiais e até exibições de vídeo. O ideal é ter todos os elementos trabalhando juntos para criar uma sensação única.

💡 Saiba mais: Como criar uma vitrine virtual para o seu e-commerce

2. Escolha sua paleta de cores com atenção

A cor é poderosa e pode ser o fator principal para o sucesso ou a derrota daquilo que está sendo exposto. Uma loja pode até criar um display irregular, mas, se a paleta de cores combina bem, o display ainda pode ser um sucesso.

Considere o uso de cores contrastantes, como preto e branco, e cores monocromáticas — ambas criam telas interessantes e atraentes.

Muitas vezes, perdemos de vista o poder das cores e sua capacidade de atrair os olhos. Pense na sua casa: você provavelmente tem um sofá cinza ou marrom sólido, mas há um “estouro” de cor nas almofadas que você coloca nas bordas. É o mesmo princípio.

Tenha noção de para onde você quer que os olhos sejam direcionados. Portanto, use cores para chamar a atenção de seus clientes e atraí-los para seus monitores.

Banner com botão clicável direcionando para o gerador de paleta de cores grátis

3. Crie um ponto focal de marketing visual

A ideia aqui é criar atrativos para que o público olhe exatamente para onde você planejou.

Faça testes do ponto de vista do cliente: olhe a parte superior, o piso, os dois lados e sempre verifique se a informação principal está em um local onde as pessoas possam visualizar facilmente a informação, os pontos de acesso e as mercadorias.

O ponto de acesso é o produto, não um elemento visual que você usa para adicionar à história. Por exemplo, se você colocar areia e conchas do mar na mesa como parte de sua coleção de sandálias, certifique-se de que as sandálias sejam o ponto focal e não a areia.

4. Conte uma história

Quais são as vantagens para os clientes? Diga a eles! Use uma sinalização poderosa que possibilite mostrar as vantagens de comprar o produto. Apresente benefícios que digam aos clientes por que eles precisam daquela mercadoria ou como sua vida se tornará mais fácil por causa daquele item.

Lembre-se de que, por meio das placas e letreiros, você não está escrevendo um livro, mas um título, tópicos poderosos e, possivelmente, uma proposta de preço. Ao contar uma história, você ajuda o cliente a entender melhor o produto e facilita a decisão de compra.

5. Exponha os clientes à quantidade máxima de mercadorias

Uma vitrine ou um ponto de venda impactante e bem projetado deve expor o cliente ao máximo de produtos possível. Quanto mais produtos os clientes veem, mais eles compram.

Considere o layout de loja circular, que muitos varejistas usam. Ele é poderoso porque expõe os clientes a mais mercadorias do que nos corredores tradicionais.

Sua loja possui corredores? Coloque alguma comunicação no centro com o objetivo de manter o cliente informado a todo momento. Tenha o máximo de displays possível e apresente o máximo de mercadorias.

Contudo, mantenha os displays limpos e nítidos e certifique-se de que os corredores sejam espaçosos e sem barreiras para evitar que os clientes parem de pegar e testar os produtos.

6. Use o espaço vazio com sabedoria

Tem um espaço vazio na sua loja? Saiba que ele também pode ser aproveitado na sua estratégia de visual merchandising.

É possível usar esse espaço para muitas coisas diferentes, como sinalização com informações sobre produtos ou marcas. Você também pode exibir depoimentos de clientes com o nome e uma foto ou perfil ou exibir informações do fornecedor.

Você também pode exibir informações sobre estilo de vida que ajudam os clientes a fazer associações com seus produtos. Confira alguns exemplos:

  • Uma loja de móveis pode exibir a imagem de uma família animada em um sofá, trazendo aqueles sentimentos calorosos que deixam os clientes de bom humor;
  • Uma joalheria pode exibir uma mulher em um restaurante sofisticado usando uma pulseira, criando uma associação entre as joias da loja e um estilo de vida luxuoso.

Enfim, o visual merchandising é multifacetado e os lojistas podem escolher entre centenas de ideias ao criar qualquer ponto de venda.

Exemplos de sucesso de visual merchandising

Para você entender melhor qual é o papel do visual merchandising, resolvemos apresentar dois exemplos de sucesso. Vamos conferir?

Ação do chocolate Bis em um shopping

O Bis lançou um novo produto no mercado: o Mini Bis. A ideia supercriativa foi apostar em uma embalagem gigante, exposta nos corredores de um shopping. O lançamento era mini, mas o Bis exposto era bem grande.

O resultado provavelmente foi: chamou a atenção dos clientes, causou desejo e também deixou todo mundo com água na boca e vontade de consumir. Consequentemente, o objetivo de apresentar o novo produto ao público foi cumprido.

Bis gigante em shopping representa ação de visual merchandising

Foto: Divulgação

Ação na vitrine de uma loja com produtos Nike

Falamos muito sobre apostar em uma vitrine chamativa. Na imagem abaixo, é possível ver uma loja divulgando os produtos da marca Nike, provavelmente em uma semana especial.

Foto de vitrine de loja esportiva que trabalhou o visual merchandising para chamar a atenção para ofertas da Nike

Foto: Divulgação

A loja apostou na comunicação chamativa, contendo letras grandes e a porcentagem do desconto, além de colocar os produtos da marca em destaque na vitrine.

Resumo

E aí, o que você achou do conteúdo? Conseguiu entender a importância do visual merchandising e como ele pode ajudar no seu negócio?

Se você precisa refrescar a memória antes de terminarmos, não se preocupe. Está na hora do nosso resumo. Confira:

O que é visual merchandising?

Visual merchandising é uma prática de marketing que usa plantas baixas, cores, iluminação, displays, tecnologia e outros elementos para atrair a atenção do cliente. Seu objetivo final é usar o espaço de varejo para gerar mais vendas, destacando a loja e atraindo compradores.

Por que trabalhar o visual merchandising?

  • Exposição e experiência do seu produto
  • Atrair novos clientes
  • Aumentar as vendas

Como trabalhar o merchandising visual?

  1. Aposte na vitrine
  2. Escolha a sua paleta de cores com atenção
  3. Crie um ponto focal de marketing visual
  4. Conte uma história
  5. Exponha os clientes à quantidade máxima de mercadorias
  6. Use o espaço vazio com sabedoria

Esperamos que você tenha gostado do nosso conteúdo. Mas, se além de possuir um espaço físico, você quiser vender online, teste a Nuvemshop por 30 dias grátis e descubra como a nossa plataforma pode ajudar o seu negócio a decolar. É fácil, rápido e sem a necessidade de conhecimentos técnicos! 💙

Aqui você encontra:

Faça como +90 mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Testar 30 dias grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop

Quer mudar de vida vendendo pela internet?

Crie agora sua loja virtual com a Nuvemshop e venda de maneira profissional.

Criar minha loja

Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies