Organograma de e-commerce: quais são as atividades de um profissional da área?

Por: Alejandro Vázquez

Imagem mostrando peças de um jogo, simbolizando um organograma de e-commerce.

Montar um e-commerce é uma tarefa que, embora envolva diversas etapas, não é tão difícil quanto parece. No entanto, para ter um negócio de sucesso, é necessário estruturar todas as frentes da loja virtual e é nesse sentido que o organograma de e-commerce se faz necessário.

Utilizando este modelo de organização, você poderá montar uma equipe altamente capacitada para ajudá-lo a alcançar bons resultados. Quer saber como ele funciona e como montar um organograma de e-commerce para o seu site de vendas? Siga com a leitura! 🧐

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Qual é a estrutura de um e-commerce?

Antes de mais nada, é preciso enfatizar que não existe uma regra sobre como deve ser composta uma equipe de e-commerce. Isso porque, estamos falando de um mercado bastante amplo, logo, tem espaço para os mais diversos tipos de negócios.

Isso significa que é possível criar uma loja virtual e vender seus produtos pela internet com pequenas equipes ou, até mesmo, sozinho. No entanto, considerando que seu negócio escale ao longo do tempo, cada vez mais será necessário aumentar o seu time. Desse modo, uma hora ou outra você irá precisar do organograma de e-commerce.

A estrutura de um e-commerce — considerando um negócio já consolidado — é composta pelas seguintes áreas:

  • Coordenação/Gestão;
  • Tecnologia e desenvolvimento;
  • Marketing;
  • Operação;
  • Entre outras.

Dentro desses setores, podemos contar com algumas frentes, como:

  • Planejamento;
  • Gestão de dados;
  • Financeiro;
  • Logística;
  • Redes sociais;
  • Vendas;
  • Atendimento ao cliente;
  • Entre outros.

Em termos de níveis hierárquicos, a estrutura de um time de e-commerce é a seguinte:

Imagem mostrando um organograma de e-commerce.

Quais são as atividades de um profissional de e-commerce?

As atividades de um profissional de e-commerce podem variar de acordo com alguns fatores, como:

Mas, para clarear suas ideias em relação à operação de e-commerce, separamos alguns dos principais profissionais do mercado e o que cada um deles faz. Confira na sequência:

Coordenador de e-commerce

O coordenador de e-commerce, na maioria das vezes, é também o dono do negócio, ou seja, o fundador da loja virtual. Sua principal responsabilidade é garantir que todas as engrenagens da empresa girem de forma coordenada e contínua.

Isto é, contratar os melhores profissionais para sua equipe, aliar-se aos principais parceiros do mercado (fornecedores, serviços integrados etc) e, principalmente, fazer com que a empresa siga em uma curva de crescimento.

💡 Saiba mais: Gestão de e-commerce: o que é e como fazer?

Desenvolvedor

O desenvolvedor — ou programador — é uma peça importantíssima para o funcionamento de um e-commerce. Ele é o profissional responsável pela criação da loja virtual no sentido técnico. Ou seja, desde o registro do site até os ajustes necessários para que ele funcione estão nas mãos do desenvolvedor.

Para pessoas que querem vender pela internet, mas não possuem conhecimento técnico para criar uma página de vendas, o programador é uma das melhores saídas. Além dele, é possível contar também com plataformas de e-commerce, essas, por sua vez, oferecem uma experiência mais prática para usuários que não entendem sobre programação.

Crie a sua loja virtual e venda pela internet
Testar 30 dias grátis

Web designer

O web designer é o profissional responsável por todo o design da loja virtual. Normalmente, ele atua em conjunto com o desenvolvedor.

Desse modo, tudo o que você vê em seu site de compras — cores, botões, menus, banners etc — passou pelas mãos do web designer. Em outras palavras, este é o profissional responsável por tornar aquele projeto que você idealizou em realidade.

O trabalho do web designer é indispensável, pois, também cabe a ele monitorar a qualidade de navegação da página e a experiência do usuário. E, quando falamos sobre e-commerce, esses são fatores cruciais para transformar visitantes em clientes.

💡 Saiba mais: Experiência do usuário: como melhorar o UX do ecommerce

Analista financeiro

Um negócio saudável demanda uma boa gestão financeira, não é mesmo? Por isso, na hora de escolher um analista financeiro — alô coordenador 🖐 — é necessário levar em consideração que tudo o que envolve a receita do seu negócio será de responsabilidade dele.

Portanto, este é um profissional que deve dominar cálculos e matemática financeira. Além disso, por tratar diretamente com o capital do negócio, é importante contar com um analista que seja altamente capacitado e de confiança.

💡 Saiba mais: O que é e como aplicar a gestão financeira ao seu e-commerce?

Auxiliar de logística

Outra ponta de suma importância para um e-commerce é a área de logística. Sem ela, não é possível cumprir o principal objetivo de uma loja virtual: a entrega dos produtos.

O auxiliar de logística será o responsável pela gestão de estoque, controle de armazenamento, fluxo de entrada e saída de mercadorias e outras atividades fundamentais de um e-commerce.

💡 Saiba mais: O que é e como otimizar a logística para e-commerce?

Vendedor

Não dá para falar de uma equipe de e-commerce sem mencionar os vendedores, certo? Afinal, são eles os responsáveis por potencializar o alcance da marca e gerar cada vez mais receita para o negócio.

No e-commerce, o perfil do vendedor deve ser multitarefa. Isso porque, nesse modelo de negócio, a prospecção de clientes é feita por uma série de etapas e estratégias, como o funil de vendas, por exemplo.

Ademais, montar um time de vendas é uma tarefa que varia de acordo com o seu produto/serviço e com o tamanho do seu empreendimento. O foco, entretanto, não deve estar no tamanho do time e sim no recrutamento de profissionais que possam, de fato, ajudar a alavancar seus resultados.

💡 Saiba mais: Equipe de vendas: aprenda como montar a sua

Operador de atendimento

Por fim, mas, definitivamente, não menos importante, temos o time de atendimento ao cliente. Essa é a equipe responsável por dar voz à sua marca e comunicar os seus valores ao consumidor.

Muito se engana quem pensa que um operador de atendimento resolve apenas reclamações. O trabalho deste profissional é de grande relevância para a fidelização de clientes e aumento do ticket médio de uma empresa.

Como montar uma equipe de e-commerce?

Agora que você conhece alguns dos principais profissionais de uma equipe de e-commerce, confira algumas dicas para montar um time campeão para a sua empresa:

1. Defina os escopos de trabalho

Definir os escopos de trabalho deve ser uma das primeiras etapas na hora de montar uma equipe. Isso porque, para garantir que toda a empresa funcione de forma alinhada e eficiente, é importante que cada um saiba do seu papel dentro da companhia.

Assim, é possível alocar os profissionais em suas devidas áreas e apoiá-los em seu desenvolvimento. Afinal, quando um profissional cresce, a empresa cresce junto, não é mesmo?

2. Organize os processos dentro de cada área

Processos são elementos vitais para negócios que buscam crescer no mercado. Sem uma organização empresarial bem desenhada, fica difícil evitar erros e garantir a qualidade do produto ou serviço.

Tendo isso em mente, seja bastante atencioso na hora de desenhar suas estratégias. Junto com a dica anterior, defina os fluxos que melhor atendem às necessidades do seu negócio e que possibilitem uma execução prática, rápida e acima de tudo eficiente.

3. Invista no desenvolvimento da equipe

Para fechar, trouxemos uma dica de ouro: sempre invista no desenvolvimento do seu time. Uma equipe altamente capacitada e em constante evolução tende a puxar os resultados do negócio para cima.

Dessa forma, todo o crescimento é compartilhado: de um lado, o profissional constrói sua carreira, enquanto do outro, a empresa expande suas atividades e alcança patamares cada vez mais altos.

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Resumo

Esperamos que o organograma de e-commerce o ajude a estruturar o seu negócio de forma fácil e efetiva. Quanto mais organização e atenção você tiver durante o planejamento da sua empresa, mais fácil será gerenciar suas atividades. 😉

E, se você está começando o seu negócio online agora, o que acha de criar a sua loja virtual na Nuvemshop? Faça um teste grátis por 30 dias e conte com uma plataforma prática, completa e segura para vender na internet! 💙

Aqui você encontra:

Faça como +90 mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Testar 30 dias grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop

Quer mudar de vida vendendo pela internet?

Crie agora sua loja virtual com a Nuvemshop e venda de maneira profissional.

Criar minha loja

Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies