Guia de como trabalhar de entregador de produtos da internet

Por: Talitha Adde

Entregador autônomo trabalhar com entrega de produtos comprados pela internet

Pontos principais do artigo:

  • O mercado de entregas de produtos da internet é uma oportunidade em crescimento para profissionais no Brasil.
  • É possível trabalhar como entregador autônomo, abrindo um MEI, ou através de aplicativos de entregas, como Rappi e Uber Eats.
  • Empreendedores que possuem lojas virtuais geralmente investem em logística própria ou parcerias com profissionais autônomos e empresas especializadas em entregas.
  • Para garantir o sucesso do seu negócio, é importante se atentar a fatores como prazos de entrega, boa manutenção das encomendas e a qualidade do serviço prestado aos contratantes.

O mercado online está cada vez mais aquecido! Isso porque, com a quarentena e o distanciamento social, as compras pela internet e os serviços de entrega aumentaram. Por isso, se você já pensou “quero trabalhar com entrega de produtos da internet”, nós entendemos você! 😉

Com o aumento de pedidos, os serviços de entrega precisaram se adaptar à alta demanda. Assim, passaram a oferecer os melhores atendimentos para garantir a fidelização do cliente.

Existem algumas formas de trabalhar com entrega de produtos pela internet. A primeira é por meio das soluções de frete, enquanto a segunda contempla os aplicativos de entrega.

Porém, é importante saber que todas as modalidades exigem investimento de tempo e capital para dar início ao processo, além de bastante organização.

Pensando nisso, separamos algumas informações para você que já pensou “quero trabalhar com entrega de produtos da internet”. Vamos lá?

E se você pensa além da entrega de mercadoria e deseja empreender online, experimente abrir sua própria loja virtual gratuita:

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Como consigo trabalhar com entrega de produtos da internet?

Se você quer trabalhar com entrega de produtos da internet, o primeiro passo é entender que é possível trabalhar como autônomo com seu próprio serviço de envio e escolher quais são as regiões de sua preferência.

Para isso, o ideal é começar se registrando como Microempreendedor Individual (MEI). A inscrição é gratuita e você consegue obter um CNPJ pela internet, além de pagar os menores impostos entre as categorias empresariais.

💡 Saiba maisComo abrir um MEI de graça e começar a empreender?

De acordo com uma pesquisa da Neotrust, o primeiro trimestre de 2021 teve alta de 57,4% de vendas no e-commerce em comparação ao ano anterior. Ou seja, uma excelente opção de mercado, que dá visibilidade para outras áreas, como o setor de frete.

Também existe a possibilidade de realizar trabalhos para lojas e até mesmo prestar serviço terceirizado de entrega de mercadoria para empresas que são focadas nesse ramo. Continue a leitura e entenda de forma mais detalhada:

💡 Saiba maisComo fazer entregas de loja virtual?

Aplicativos de entrega

Com os aplicativos de entrega de mercadoria é possível se cadastrar e criar a sua própria escala de trabalho. O melhor é que esse sistema dá mais liberdade aos profissionais, já que eles decidem quais serão as metas e como alcançá-las.

Existem várias opções diferentes de aplicativos de entrega na internet — indo desde delivery de alimentos até mesmo envio de objetos.

Um exemplo de aplicativo são os de delivery de comidas. Utilizados diariamente por várias pessoas, eles são uma boa opção de renda. Para começar as entregas, você pode pesquisar entre os modelos disponíveis no mercado e entender qual apresenta maiores vantagens para você.

💡 Saiba mais: Como vender comida pela internet?

Serviço de frete

Se você vive pensando “quero trabalhar com entrega de produtos da internet, mas não sei como”, talvez seja a hora de criar a sua própria empresa de frete, não acha? Dessa forma, você pode investir em um nicho ou atuar em um ramo diversificado, garantindo, assim, o melhor atendimento aos seus clientes.

Para que isso aconteça, você precisa contar com veículos utilitários e caminhões pequenos para fazer as entregas com comodidade e segurança.

Sua equipe pode ser própria ou terceirizada. Fazer essa escolha depende do valor que você tem disponível para investir. E não se esqueça de contar com o auxílio de um contador para abrir sua empresa.

💡Saiba mais: O que é gestão de frotas, importância e como fazer? [guia]

Divulgar a sua loja é fundamental para garantir a chegada de novos clientes. Por isso, procure por parcerias com influenciadores ou divulgue seu trabalho nas redes sociais.

Porém, se o seu objetivo não for criar uma empresa, você pode trabalhar como motorista para empresas que já atuam no ramo de entregas. Assim, de certa forma, também será dono do seu próprio negócio, pois seu cronograma será definido por você.

Aplicativos de entrega para autônomos

Continuando com as dicas de como trabalhar com entrega de produtos comprados pela internet, existem aplicativos que procuram por terceirizados para fazer as entregas e ganhar uma comissão do valor total.

Principalmente em grandes capitais, muitas lojas virtuais precisam de empresas especializadas nesse serviço de forma rápida e instantânea. Sabe aquelas empresas que prometem entregar o produto na sua casa em até duas horas? Essa é a situação nesse caso.

5 empresas para trabalhar com entrega de mercadorias

Para que você conheça mais sobre o ramo e saiba como trabalhar com entrega de produtos da internet de forma segura e com qualidade, vamos te apresentar uma lista de empresas que atuam nessa área. Confira:

1. Loggi

Com um suporte que realiza mais de 150 mil entregas por dia, a Loggi é uma startup de tecnologia voltada para o serviço de logística.

Essa é uma empresa que conecta todos os clientes que precisam realizar uma entrega para um consumidor em qualquer hora do dia.

A Loggi oferece um motofretista que faz todo o processo por meio do contato do próprio estabelecimento. Ou seja, o cliente não precisa se preocupar com esse serviço e pode selecionar essa opção de entrega de mercadoria no próprio site de compra.

📘 Confira o e-book: Comparativo de transportadoras ou Correios para facilitar sua decisão

2. Eu Entrego

A Eu Entrego é uma plataforma muito similar à Loggi, fazendo a conexão de varejistas e entregadores que trabalham de forma autônoma para realizar as entregas.

A principal diferença é que as entregas podem ser feitas de moto, bicicleta, carro ou mesmo a pé.

O site funciona de forma simples, o cliente acessa a plataforma e informa todos os produtos que precisam ser entregues, qual o endereço final e o valor que ele está disposto a pagar.

Dessa forma, o próprio entregador aceita a oferta ou faz uma contraproposta. A Eu Entrego funciona como uma intermediadora no processo de entrega de mercadoria.

💡 Saiba mais: Quais são as opções de frete da Nuvemshop e como configurá-las?

3. Lalamove

Criada em Hong Kong em 2013, a Lalamove está presente em mais de 260 cidades na China, Índia, sudeste Asiático e América Latina. No Brasil, no entanto, os serviços funcionam apenas em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Assim como os outros aplicativos apresentados, a empresa faz a conexão entre o entregador e as empresas solicitantes.

Para quem pensou “quero trabalhar com entregas de produto da internet com a Lalamove”, os requisitos necessários são:

  • Ter mais de 18 anos completos;
  • Possuir moto, carro, van e a CNH.

Além disso, é necessário preencher uma ficha de inscrição com algumas informações pessoais. E o melhor: a Lalamove oferece um treinamento para o entregador, ou seja, os profissionais são capacitados para oferecer o melhor atendimento ao cliente.

Os valores variam de acordo com a distância escolhida pelo cliente, horário de entrega e se existe alguma parada adicional durante o percurso. Dessa forma, tanto um lado quanto outro escolhem de acordo com as suas necessidades.

O cliente, por sua vez, pode fazer o pedido no aplicativo ou no site. O pagamento pode ser online, por meio de cartão de crédito, ou realizado pessoalmente, no ato da entrega.

4. Uber Eats

Com o Uber Eats é possível fazer a entrega de produtos alimentícios que são comercializados na região escolhida.

Nesse aplicativo, todas as entregas podem ser feitas de motocicleta ou bike e os pedidos são conduzidos de acordo com os produtos disponibilizados pelo lojista. No site, basta fazer um cadastro prévio e, após as aprovações, as atividades serão permitidas.

5. Rappi

O último aplicativo de entrega de mercadoria da nossa lista é o Rappi. Com ele, você também pode trabalhar como entregador parceiro, mas com inúmeros produtos que vão desde alimentos, itens farmacêuticos, hortifruti, entre outros.

O próprio aplicativo conta com uma área de cadastro e todas as informações do produto que deverá ser coletado. As entregas também podem ser feitas de bicicleta ou moto.

Essa diversificação dos produtos entregues é o que atrai tantas pessoas que têm lojas virtuais, mas não sabem como entregar seus produtos.

📘 Confira o e-book: Guia completo das melhores formas de envio para lojas virtuais

Quero trabalhar com entrega de produtos da internet: como começar?

Em primeiro lugar, faça um planejamento e organize todos os seus objetivos. Caso você opte por trabalhar de forma autônoma, será preciso pensar em metas para tirar folgas e, possivelmente, férias.

Crie uma flexibilidade de horários que seja efetiva para você e tenha como base a sua rotina.

💡 Saiba mais: Como fazer o planejamento financeiro da sua empresa

A área de transporte, principalmente em cidades menores, é muito vantajosa, principalmente onde o serviço dos Correios é mais difícil e demorado.

Essas transportadoras intermediárias acabam sendo a solução ideal para as lojas virtuais, garantindo que os envios sigam as datas corretamente e cheguem aos clientes finais sem danos.

Seja como uma empresa transportadora ou como profissional autônomo, vale a pena investir nessa estratégia de frete. Aproveite todas as informações disponíveis e inicie o seu trabalho, potencializando as vendas de quem atua com e-commerce.

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Pronto para entregar produtos da internet?

Agora você já sabe como conseguir trabalhar na entrega de produtos da internet! 🥳

Estude todos os modelos de negócio e as possibilidades disponíveis para ver o que mais se encaixa no seu perfil. Dessa forma, o processo de adaptação será mais tranquilo.

E se você também quer investir em um e-commerce, crie sua loja grátis com a Nuvemshop e descubra como a nossa plataforma pode te ajudar a expandir o seu negócio. E o melhor é que tudo pode ser feito sem a necessidade de entender sobre programação e ter conhecimentos técnicos! 💙

Aqui você encontra:
Perguntas frequentes sobre entrega de mercadoria

É possível atuar por meio de aplicativos de entrega, serviço de frete e aplicativos de entrega para autônomos.

Loggi, Eu Entrego, Lalamove, Uber Eats e Rappi.

Sim, é possível trabalhar com entrega de encomendas com veículo próprio. Profissionais que desejam atuar nesse mercado podem optar por atuar como autônomos, oferecendo seus serviços de entrega para lojas físicas ou virtuais, ou se cadastrando em aplicativos de entrega para realizar entregas por demanda.

Sim, é possível trabalhar com entrega de produtos comprados pela internet. Existem várias maneiras de fazer isso, incluindo o uso de serviços de entrega tradicionais, como os Correios ou empresas de logística privadas, além de opções de entrega expressa. Você pode iniciar um negócio próprio de entrega de produtos adquiridos online, oferecendo serviços de coleta e entrega para lojas online ou clientes individuais. É importante realizar uma pesquisa de mercado e desenvolver um plano de negócios sólido para garantir o sucesso do empreendimento.

Faça como +100 mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Criar loja grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop

Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies