Entenda como funciona o Mercado Livre e aprenda a vender no marketplace

Por: Victoria Salemi

Imagem mostrando um homem usando um notebook para fazer pesquisas, representando como funciona o Mercado Livre.

Aqui você encontra:

O Mercado Livre funciona como um grande shopping virtual, onde é possível anunciar, vender, comprar e pagar por diversos produtos. A plataforma dispõe de toda a estrutura necessária para que você envie e receba por suas vendas sem precisar de ferramentas externas.


Sem tempo para ler? Não se preocupe! Temos o conteúdo, na íntegra, em versão áudio para você escutar onde estiver. É só apertar o play:

Entender como funciona o Mercado Livre é uma ótima ideia se você pensa em comercializar seus produtos por esse  canal de vendas. Até porque, estamos falando sobre o maior marketplace da América Latina.

Fazendo uma analogia, podemos dizer que um marketplace é como um shopping center virtual, em que várias pessoas expõem seus produtos para visitantes do site. De acordo com dados publicados pela própria empresa, em 2018, o Mercado Livre era o 5º site mais acessado do Brasil, com 52 milhões de pessoas visitando-o mensalmente.

Então, sem mais delongas, vamos entender como funciona o Mercado Livre para vender! 😉

Como funciona a venda pelo Mercado Livre?

Fazendo o cadastro no site, todas as pessoas podem colocar produtos à venda e anunciar no Mercado Livre. Para te ajudar nesse primeiro momento, separei um passo a passo com tudo o que você precisa para começar a vender pelo Mercado Livre. Confira-o na sequência.

📹 Veja também: Como vender no Mercado Livre?

1. Crie uma conta no Mercado Livre

Para começar, acesse o Mercado Livre e clique na opção “Crie a sua conta”. Feito isso, você terá a opção de se cadastrar como pessoa física ou jurídica.

Para se cadastrar como pessoa física basta informar o seu nome completo, um e-mail válido e criar uma senha de acesso. Para o cadastro como empresa, além dos dados básicos da conta PF, é necessário inserir o CNPJ e razão social.

2. Publique seus produtos

Para que os anúncios sejam exibidos aos visitantes do site, quase sempre é necessário pagar uma taxa, calculada a partir da quantidade de produtos em estoque e do destaque desejado para o anúncio. As modalidades existentes são:

  • Grátis: o anunciante não paga nada, mas a exposição é baixa e os anúncios expiram a cada 60 dias;
  • Clássico: há uma cobrança de 11% sobre o valor do artigo vendido e a exposição é média dentro do marketplace;
  • Premium: a taxa é de 16% sobre o produto vendido e a exposição do anúncio é máxima.

Além disso, a cada vez que uma venda for realizada, um percentual do preço do artigo será descontado e destinado ao Mercado Livre — isso vale para todos os vendedores. Ao longo do processo de cadastro dos produtos à venda, o valor pago ao vendedor é mostrado antes que o anúncio seja colocado no ar.

No caso da venda de imóveis e serviços, as regras não são as mesmas, mas você pode conferi-las na página de “Custos para vender um imóvel” do marketplace e “Quanto custa anunciar um serviço”.

3. Configure os meios de pagamento

Depois que seus produtos estiverem anunciados, toda vez que você fizer uma venda, receberá o pagamento por meio do Mercado Pago, o sistema de cobranças do próprio Mercado Livre.

Os valores ficam disponíveis em sua conta para serem sacados após um período. É possível escolher entre receber na hora (D0), após 14 dias (D14) ou 30 dias (D30). Quanto antes o lojista optar por ter acesso à quantia, maior será a taxa cobrada pelo Mercado Pago, ok?

4. Configure os meios de envio

No momento da compra, além do pagamento, os clientes informam o endereço no qual querem receber suas compras. Isso serve para que você possa enviá-las a eles.

No Mercado Livre, a gestão da postagem das encomendas para o consumidor é feita por meio do Mercado Envios, o sistema de entregas do próprio marketplace. O custo do frete, normalmente, fica a cargo do cliente — a não ser que você opte por dar o benefício do frete grátis e arque você mesmo com esse custo. Ao utilizar o Mercado Envios, o frete é calculado automaticamente a partir do anúncio da sua mercadoria, de modo que o cliente já sabe o valor na hora.

O marketplace também oferece o Mercado Envios Full. Esse serviço promete a entrega das vendas até o dia seguinte, inclusive aos sábados. Normalmente, ele custa mais caro, mas oferece essa comodidade aos clientes que queiram receber logo suas compras.

Por fim, é possível optar pelo frete a combinar. Com esse modo selecionado, você entra em contato com o consumidor após a venda para combinar a entrega e passar o valor do frete. Por meio dessa modalidade, também é possível oferecer a retirada da compra em um ponto físico.

Em seu painel de vendas, você terá todas as informações sobre o status daquela compra e, assim que o pagamento for aprovado, você deve fazer a postagem da encomenda. Para isso, você deve ir até os Correios, empresa à qual o Mercado Envios é vinculada, para enviar a compra ao consumidor.

Uma outra opção é entregar a compra a alguma outra transportadora, de acordo com a opção de frete que o cliente escolher no momento do checkout.

Depois que postar a encomenda, você deve atualizar essa informação no painel. Dessa forma, seu cliente saberá que a encomenda está a caminho.

5. Cultive uma boa reputação online

O funcionamento do Mercado Livre é totalmente baseado na relação de confiança entre compradores e vendedores. Por isso, o marketplace trabalha com um sistema de reputação de seus anunciantes.

Por meio desse sistema, os clientes avaliam o vendedor. Além disso, alguns outros parâmetros são levados em conta pelo próprio Mercado Livre para atestar a confiabilidade dos anunciantes, como:

  • Vendas com reclamação do comprador;
  • Tempo de postagem nos Correios ou entrega do produto para a transportadora;
  • Vendas canceladas pelo vendedor.

A partir daí, o anunciante será classificado entre as cores verde, amarela e laranja. Essa reputação é calculada para contas que tenham a partir de 10 vendas realizadas.

Lembre-se de que, se não tiver boa reputação, os clientes não vão se sentir confiantes para comprar um produto seu. 😉

Para evitar que os clientes façam avaliações negativas, o que muitos vendedores fazem é enviar um bilhete junto com a compra. Nele, pedem para que, caso haja algum problema, a pessoa mande uma mensagem por WhatsApp ou por e-mail diretamente para tentar solucionar o que tiver dado errado. Portanto, lembre-se de colocar esses contatos no recado, certo?

Para saber de forma detalhada como vender no Mercado Livre, confira nosso guia completo sobre o assunto:

💡 Saiba mais: Como vender no Mercado Livre?

Como funciona a compra no Mercado Livre?

Para comprar pelo Mercado Livre, também é necessário ter um cadastro no marketplace. Como vimos, há diversos anúncios de produtos novos e usados, das mais diversas categorias.

Para fazer uma compra, você deve selecionar os produtos que quiser e clicar em “Comprar” ou em “Adicionar ao carrinho”, caso queira escolher mais itens. Se escolheu a segunda opção e continuou navegando pelo site, para finalizar a compra, você precisa clicar no ícone do carrinho de compras, no menu superior à direita:

Captura de tela do Mercado Livre, mostrando como funciona o marketplace, com uma seta no canto superior direito apontando o ícone do carrinho de compras

Quando você vai fazer uma compra pela primeira vez, se não tiver sua conta, poderá criá-la na hora de finalizar o pedido. Depois de logado, você precisará confirmar os dados para o pagamento e o endereço para que você possa receber suas encomendas.

Enquanto espera que suas compras cheguem, será possível acompanhar o status da entrega. Além disso, se tiver algum problema ou dúvida, é possível enviar uma mensagem ao vendedor, antes ou depois da compra, por meio do sistema do Mercado Livre.

Por fim, lembre-se apenas de que, se você comprar mais de um produto, poderá pagar tudo de uma vez, mas é possível que os artigos não sejam entregues na mesma data. Afinal, existe a chance de que eles não sejam vendidos pela mesma loja ou pessoa, o que altera o prazo do frete. 😉

💡 Saiba mais: Como usar o Mercado Livre de forma segura?

Resumo

Esperamos que este artigo tenha sido útil para te ajudar a entender o funcionamento do Mercado Livre. Dessa forma, você pode aproveitar as vantagens do marketplace, seja para comprar ou para vender produtos.

Antes de ir embora, confirma um breve resumo sobre o que vimos por aqui:

Como funciona o Mercado Livre?

O Mercado Livre funciona como um grande shopping virtual, onde é possível anunciar, vender, comprar e pagar por diversos produtos. A plataforma dispõe de toda a estrutura necessária para que você envie e receba por suas vendas sem precisar de ferramentas externas.

Como funciona a venda pelo Mercado Livre?

  1. Crie uma conta no Mercado Livre
  2. Publique seus produtos
  3. Configure os meios de pagamento
  4. Configure os meios de envio
  5. Cultive uma boa reputação online

Se você pensa em criar sua própria loja virtual, te convidamos a experimentar a Nuvemshop por 30 dias grátis. Nesse período, você pode montar seu e-commerce e já começar a vender! 😁

Faça como +90 mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Testar 30 dias grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop

Quer seus produtos em todos os canais de venda?

Crie e integre sua loja virtual ao Mercado Livre e administre seu negócio de um só lugar.

Testar 30 dias grátis

Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies