O que é código EAN e para que serve?

Por: Raquel Lisboa

roupas penduradas em uma arara representam produtos com código EAN

Abrir uma empresa (como uma MEI, por exemplo), pagar os impostos em dia, proteger o nome e a marca do seu negócio e gerar o código EAN dos seus produtos são algumas das muitas tarefas para vender online ou offline dentro da lei.

Mas você sabe o que é EAN, como é formado esse código e para que ele serve? Se ainda não, fique tranquilo! Ao longo deste conteúdo, vamos descobrir as respostas para essas e outras dúvidas sobre esse assunto! 😉

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

O que é código EAN e para que ele serve?

Código EAN é um código universal composto por uma série de barras verticais escaneáveis e 13 números. Também conhecido como EAN-13, esse código serve para identificar um produto que pode ser precificado e vendido no varejo.

O EAN foi criado na Europa e sua sigla significa European Article Number — Número Europeu do Artigo, em português.

Em outras palavras, o EAN tem como propósito ser o “CPF” de um produto, afinal, cada item comercializado (e suas respectivas variações, como tamanhos, cores etc) possui um código de barras único.

Quais são as diferenças entre EAN, UPC e SKU?

O UPC (Universal Product Code — Código Universal de Produto, em português) também é um código de barras, entretanto, ele é utilizado somente nos Estados Unidos e no Canadá. Além disso, possui 12 números (um a menos, se comparado ao EAN).

Por sua vez, o SKU (Stock Keeping Unit — Unidade de Manutenção de Estoque, em português) é um código de identificação usado internamente pela empresa. Seus principais objetivos são auxiliar no controle de estoque e facilitar a leitura humana.

Ele não é obrigatório como o UPC e o EAN e pode ser composto por números e letras para identificar os itens, bem como suas cores, tamanhos, capacidades etc.

👉 Ferramenta grátis: Gerador de código de barras

Como saber o código EAN de um produto?

Para saber o código EAN de um produto, basta localizar o código de barras em sua embalagem. O número de 13 dígitos abaixo das barras é o EAN utilizado para o cadastro de produtos em sua loja virtual ou no marketplace, por exemplo.

Confira um exemplo de código EAN na imagem:

Imagem da representação do código de barras EAN.

Nesse caso, o código EAN exemplificado na imagem é 9795450563300.

Como é formado o código EAN?

O código EAN é formado por 13 números. Suas posições e dígitos possuem diferentes significados, que são:

  1. Origem do código de barras: sinalizada pelos três primeiros numerais (a combinação do Brasil, por exemplo, é 789);
  2. Empresa fabricante e produto por ela feito: apontados pelos próximos nove algarismos (a combinação pode variar infindavelmente dependendo do segmento e do artigo);
  3. Dígito verificador: indicado pelo último número, que, quando escaneado, aponta a veracidade do EAN.
Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Vantagens do código de barras EAN

Além de compor os pré-requisitos de uma venda legalizada, o código EAN traz benefícios ligados a:

  • Exportação: para enviar produtos para fora do Brasil, é obrigatória a apresentação de códigos EAN;
  • Segurança: o código EAN comprova a autenticidade da origem e da fabricação do artigo. Para verificá-la, hoje já existem sites como o EAN-Search;
  • Comercialização em marketplaces: não ter um EAN limita o campo de atuação de uma marca. O posicionamento de anúncios em marketplaces (como o Mercado Livre e o Google Shopping), por exemplo, pode ser afetado negativamente;
  • Gestão de estoque: o EAN auxilia no controle de estoque — produtos que chegam e saem. Isso, por consequência, diminui a logística reversa por envios equivocados (itens com tamanhos ou cores erradas, por exemplo);
  • Cobrança: caso a marca possua uma loja física, o uso do código EAN e de um scanner óptico agilizam o atendimento no caixa.

Ilustração mostrando a pessoa do caixa do supermercado escaneando o código de barras de um produto.

É obrigatório registrar seu produto com um EAN?

Todo artigo comercializado deve ter um EAN. Quem emite notas fiscais, inclusive, deve obrigatoriamente informar um código de barras válido.

Entretanto, o registro cabe ao fabricante. Por isso, atenção:

  • Se você revende produtos, o fornecedor deve entregá-los com seus respectivos códigos EAN;
  • Se você possui uma manufatura, é de sua responsabilidade alistá-los junto à Associação Brasileira de Automação (GS1 Brasil) — mostraremos como fazer isso no próximo tópico deste artigo.

Nesse último caso, para aprender como fazê-lo, acompanhe o próximo tópico deste conteúdo.

Como gerar um código EAN?

A Associação Brasileira de Automação (GS1 Brasil) é uma organização sem fins lucrativos, responsável pela atribuição da licença para o uso de códigos de barras em território nacional.

Para conseguir essa autorização e registrar seus produtos, é necessário:

  1. Fazer seu cadastro no site da GS1 Brasil;
  2. Enviar os documentos solicitados;
  3. Efetuar o pagamento da inscrição (o valor dependerá do seu faturamento anual).

Após esses três passos, você receberá o CNP (Cadastro Nacional de Produtos).

Nele, você deverá informar os dados dos seus produtos — como fotos, descrições, cores, pesos, volumes etc — para, então, gerar os respectivos códigos EAN.

Para entender todos os passos do processo, assista ao tutorial da GS1 Brasil. E para qualquer dúvida, acesse o FAQ do site.

Os códigos EAN, geralmente, são disponibilizados em três formatos: EPS (Adobe Illustrator), TIFF (Photoshop) e JPEG. Os dois primeiros são ideais para edição, caso o lojista queira imprimi-los em diferentes formatos. O último é indicado para quem deseja tê-los em um arquivo mais leve.

💡 Saiba mais: Como criar o código de barras de produtos?

Crie sua loja virtual
Testar 30 dias grátis

Resumo

E aí, tudo certo? Esperamos que este artigo tenha tirado suas principais dúvidas sobre o código EAN. Se você tem uma loja Nuvemshop e deseja cadastrar seus produtos com códigos de barras, não perca o passo a passo completo:

👉 Como cadastrar um produto?

Antes de encerrarmos, confira um resumo sobre este conteúdo:

O que é código EAN e para que ele serve?

Código EAN é um código universal composto por uma série de barras verticais escaneáveis e 13 números. Também conhecido como EAN-13, esse código serve para identificar um produto que pode ser precificado e vendido no varejo.

Como saber o código EAN de um produto?

Para saber o código EAN de um produto, basta localizar o código de barras em sua embalagem. O número de 13 dígitos abaixo das barras é o EAN utilizado para o cadastro de produtos em sua loja virtual ou no marketplace, por exemplo.

Vantagens do código de barras EAN

  • Possibilidade de exportar produtos
  • Segurança
  • Comercialização em marketplaces
  • Gestão de estoque
  • Simplificação da cobrança em lojas físicas

É obrigatório registrar seu produto com um EAN?

Todo artigo comercializado deve ter um EAN. Quem emite notas fiscais, inclusive, deve obrigatoriamente informar um código de barras válido.

Como gerar um código EAN?

  1. Faça seu cadastro no site da GS1 Brasil
  2. Envie os documentos solicitados
  3. Efetue o pagamento da inscrição
  4. Receba o Cadastro Nacional de Produtos
  5. Gere os respectivos códigos EAN para cada item a partir do Cadastro Nacional de Produtos

Ah, e caso queira criar sua própria loja virtual, faça um teste de 30 dias gratuitos com a Nuvemshop. Descubra como a nossa plataforma pode ajudar o seu e-commerce a decolar! 🚀

Aqui você encontra:

Faça como +90 mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Testar 30 dias grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop

Quer mudar de vida vendendo pela internet?

Crie agora sua loja virtual com a Nuvemshop e venda de maneira profissional.

Testar 30 dias grátis

Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies