Como fazer personalizados para vender em 2022? [guia completo]

Por: Fernanda Belo

Duas pessoas brindando com canecas personalizadas, como se estivessem aprendendo como fazer personalizados para vender

Os produtos personalizados são como telas em branco: eles permitem que pessoas e empresas materializem exatamente o que querem, com as mensagens e cores desejadas. Estojos, nécessaires, canecas, bolsas, almofadas, canetas, etc. As possibilidades são infinitas e novas tendências são lançadas a todo momento. Pensando nisso, que tal aprender como fazer personalizados para vender?

Para que você possa entender melhor como atuar nesse mercado, vamos passar por cada etapa de como trabalhar com personalizados: do planejamento, passando pela produção até a comercialização! Vamos lá?

Crie sua loja virtual
Criar loja grátis
&utm_medium=banner&utm_campaign=blogpost” img-desktop=”https://d1ih8jugeo2m5m.cloudfront.net/2021/11/banner-criar-loja-nuvemshop-2.jpg” img-mobile=”https://d1ih8jugeo2m5m.cloudfront.net/2021/11/banner-mobile-criar-loja-nuvemshop-2.jpg”]

Tipos de produtos personalizados para vender

O universo dos personalizados é bastante amplo, com itens feitos para atender às mais diversas necessidades e demandas. Para que você entenda melhor como esse mercado funciona, preparamos uma lista com alguns dos principais produtos personalizados para vender. Confira:

Produtos personalizados para aniversários e formaturas

Esse se tornou um dos personalizados mais comuns. Festas de aniversário, formaturas e casamentos costumam contar com os mais diversos produtos personalizados: taças de gin, balões, canecas de chopp, havaianas.

Trabalhando com esse tipo de personalizado, recomendamos que você use boas técnicas de networking ao estar em contato com organizadores de eventos e outros profissionais que atuam na área.

Produtos personalizados para festas infantis

As festas infantis costumam ter produtos personalizados por toda parte. Embalagens, bolas, adesivos, pacotes de lembrancinhas e uma infinidade de itens decorativos.

A regra aqui é ter diversos produtos voltados para um tema escolhido. Se decidir por esse nicho, é interessante que você conheça animações e personagens adorados pelas crianças, a fim de fazer sugestões certeiras para seus clientes.

💡 Saiba mais: Nicho de mercado: aprenda o que é e como definir o seu

Produtos personalizados de presente

Os personalizados de presentes também possuem um público fiel. Alguns exemplos de personalizados de presente são almofadas, canecas e camisas.

Nesse caso, convém estar atento e trabalhar sua divulgação em períodos próximos a datas comemorativas, como o Dia dos Namorados, a Páscoa e o Natal.

📘 Confira o e-book: Calendário comercial 2022

Brindes personalizados de empresas

Os brindes corporativos podem vir em forma de agendas, canetas, bloquinhos de notas, garrafas de água e equipamentos de home office.

Esse é um nicho de mercado em expansão, com cada vez mais empresas investindo em oferecer produtos com sua identidade visual aos funcionários. Esses itens têm uma característica sazonal: geralmente, sua maior demanda acontece no período de fim de ano.

Produtos personalizados sustentáveis

Um item que tem ganhado destaque no mercado de personalizados é a ecobag, também conhecida como sacola ecológica. Além do fator estético, essa categoria de produto possui um apelo ambiental, por substituir a sacola plástica.

Por conta da preocupação crescente das pessoas com o meio ambiente, esse nicho também está em expansão. Certifique-se de, ao divulgar seus produtos, falar sobre seu propósito e incluir mensagens que atraiam esse tipo de público.

Além da ecobag, outros exemplos de produtos desse nicho são as canetas eco e os canudos de inox.

💡 Saiba mais: Embalagens sustentáveis: o que são, vantagens e ideias

O que preciso para começar a trabalhar com personalizados?

Agora, vamos falar sobre o que você precisa para começar a trabalhar com personalizados, passando pelos conhecimentos mais básicos até as máquinas e materiais necessários. Confira:

Invista em conhecimentos em Corel Draw, Adobe Photoshop e/ou Adobe Illustrator

Não é necessário que você seja nenhum especialista em design. Ainda assim, é importante que você tenha pelo menos noções básicas dos programas de manipulação de imagens e ilustrações.

Mesmo que você use os serviços de uma gráfica, é recomendado conhecer os formatos de arquivos e ter conhecimentos básicos de edição. Dessa maneira, você terá um melhor preparo para lidar com possíveis problemas com seus clientes, além de poder fazer alterações e ajustes de última hora.

Bons fornecedores de matéria-prima

Ao escolher fornecedores, você precisa considerar alguns fatores importantes, sendo os principais:

  • Qualidade dos produtos;
  • Preço;
  • Prazo de entrega;

Para conseguir uma margem de lucro maior, é recomendado que você busque fornecedores com preços atrativos. No entanto, esse fator não deve comprometer a qualidade dos itens que você comercializa.

Os prazos de entrega também são importantes, visto que os produtos personalizados costumam ser usados em eventos e ocasiões com datas fixas. Para encontrar os melhores fornecedores, busque recomendações e pesquise a reputação das empresas na internet.

Máquinas para impressão

Assim como existem diversos personalizados, existem também diferentes tipos de impressão.

Cada um dos métodos de impressão possui um produto específico para o qual é mais adequado. Isto significa que, a depender do nicho que você escolher, você precisará de um ou mais aparelhos de impressão.

Alguns exemplos de máquinas usadas para personalizados são a impressora a jato de tinta com bulk, a impressora a laser e a prensa térmica.

Feche parcerias com boas gráficas

Existem gráficas especializadas na produção em massa de personalizados. No caso de optar por uma, você só precisa se preocupar em administrar seus clientes e as artes durante o processo.

Além disso, pode ser interessante tentar fechar uma parceria e conseguir preços exclusivos. Certifique-se, também, de trabalhar com empresas com boa reputação e conhecidas por sua pontualidade. Se sua gráfica falhar em entregar os produtos, além de deixar um cliente na mão, você pode ter prejuízos altos que ameaçam a saúde financeira do seu negócio.

Existe, também, a opção de trabalhar com personalizados por meio de dropshipping. A Printful é uma empresa de impressão sob demanda. Nesse modelo, você é responsável pela idealização e divulgação dos produtos, enquanto eles se encarregam da parte de impressão e envio.

Dessa forma, você economiza tempo e dinheiro, já que seus produtos só serão produzidos depois que seus clientes fizerem o pedido. A Printful possui integração com as lojas virtuais da Nuvemshop.

Crie sua loja virtual
Criar loja grátis
&utm_medium=banner&utm_campaign=blogpost” img-desktop=”https://d1ih8jugeo2m5m.cloudfront.net/2021/11/banner-criar-loja-nuvemshop-3.jpg” img-mobile=”https://d1ih8jugeo2m5m.cloudfront.net/2021/11/banner-mobile-criar-loja-nuvemshop-3.jpg“]

Dicas para começar a vender personalizados

Agora que falamos sobre a etapa de produção, separamos algumas dicas sobre o processo de idealização e lançamento da sua loja de personalizados. Vamos lá? 🔎

Faça uma pesquisa de mercado

Antes de lançar uma empresa, fazer uma pesquisa de mercado é um passo fundamental para conhecer as oportunidades e desafios de cada setor. Quais as tendências do último ano? Existe algum nicho ganhando maior espaço? De que forma sua concorrência está se posicionando?

Essas são apenas algumas das perguntas que você deve responder antes de decidir em qual área deseja atuar. É importante considerar também o investimento inicial necessário para cada categoria de produtos e outros fatores, como a rapidez e escalabilidade da produção.

💡 Saiba mais: Análise de mercado: o que é e como fazer uma? [guia]

Escolha um nicho de mercado

Graças à diversidade desse mercado, escolher uma área de atuação pode não ser uma das tarefas mais fáceis. De qualquer forma, é melhor que você escolha. Tornando-se especializado em um nicho, você poderá se tornar referência em algo e atrair mais clientes voltados para essa proposta.

Se possível, procure por um nicho que desperte seu interesse genuíno. Dessa forma, será mais fácil que você se aprofunde em determinados assuntos e se destaque da concorrência.

💡 Saiba mais: Nicho de mercado: aprenda o que é e como definir o seu

Crie uma loja virtual

Ao criar uma loja virtual e divulgar seus produtos em um catálogo online, você economiza o tempo que levaria para explicar cada detalhe sobre seus serviços, além de transparecer maior profissionalismo com seu negócio.

Tire boas fotos dos produtos e inclua descrições completas, como prazo de entrega, materiais usados e outras informações mais técnicas.

Crie sua loja virtual
Criar loja grátis
&utm_medium=banner&utm_campaign=blogpost” img-desktop=”https://d26lpennugtm8s.cloudfront.net/assets/blog_pt/rebranding-BR-Desktop-generic-trial-extended.jpg” img-mobile=”https://d26lpennugtm8s.cloudfront.net/assets/blog_pt/rebranding-BR-mobile-generic-trial-extended.jpg”]

Fique por dentro das novidades

O mundo dos personalizados está em constante transformação, com novos produtos surgindo a todo instante para ocupar o espaço de “galinha dos ovos de ouro”. Por isso, é importante estar atento às tendências e necessidades do momento.

No período da pandemia, por exemplo, as máscaras, que costumavam estar limitadas a hospitais e clínicas, tornaram-se um item usado por quase todas as pessoas. Por conta disso, sua produção e oferta dispararam, com uma boa fatia do mercado sendo parte dos personalizados.

💡 Saiba mais: Tendências do e-commerce: quais as principais em 2022?

Fale a língua do seu público-alvo

Outra forma de conhecer como seus clientes se comunicam também pode ser uma excelente estratégia competitiva para se destacar da concorrência e conquistar novos clientes.

Muitos dos itens pedidos incluem gírias ou expressões na moda. Ao conhecer a fundo seu nicho, incluindo a forma como seu público se expressa, é possível comunicar-se melhor com seus clientes e fazer sugestões certeiras sobre artes e produtos.

💡 Saiba mais: O que é e como definir público-alvo em 6 passos?

Crie um catálogo diverso

Ainda que seja interessante escolher um nicho, também é importante oferecer variedade no segmento escolhido. No caso de kits para aniversários infantis, por exemplo, é recomendado que você disponibilize um catálogo contendo os itens mais comuns para esses eventos.

No caso de oferecer copos, mas não chapeuzinhos, você corre o risco de perder clientes para a concorrência. Trate de conhecer os produtos mais comuns do ramo escolhido, assim você garante uma experiência mais completa para seu público alvo.

Preocupe-se com a qualidade

Ao comercializar qualquer produto, é sempre importante ter atenção à qualidade oferecida. No caso dos personalizados, é bastante comum que empresas tentem economizar ao máximo na matéria-prima para potencializar lucros.

Apesar de parecer uma boa medida a curto prazo, o resultado acaba sendo produtos de má-qualidade e clientes insatisfeitos. Por isso, recomendamos que você busque produtos de qualidade e faça a precificação dos itens com base nesses valores.

Para isso, recomendamos que você faça o download do nosso e-book gratuito sobre precificação. Confira:

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Se aproxime do seu cliente no pós-venda

Muitas pessoas acreditam que, após a entrega do produto, o ciclo de venda com determinado cliente está completo. Contudo, é importante preocupar-se também com o pós-venda.

Uma simples mensagem perguntando se tudo correu bem com o evento, por exemplo, pode fazer uma grande diferença em como seus clientes se relacionam com sua empresa.

As pessoas tendem a apreciar gentileza e um trato atencioso ao receber qualquer tipo de serviço. Por isso, é importante cuidar bem dessa etapa do processo de venda, assim você tem mais chances de fidelizar clientes e conquistar novos por meio de indicações.

💡 Saiba mais: Pós-venda: o que é e como fazer para fidelizar clientes

Tudo claro sobre como fazer personalizados para vender?

O mercado de personalizados, antes bastante limitado a camisas e canecas, cresceu e invadiu as prateleiras e escritórios no Brasil. Com o avanço da tecnologia e a variedade crescente de itens, muitas lojas de personalizados cresceram e conquistaram seus espaços e suas bases de clientes fiéis.

Esperamos que você tenha se identificado com algum nicho e tenha tido boas ideias para lançar sua própria loja de personalizados. Com nossas dicas, você poderá escolher um nicho, idealizar seus produtos e lançar seu próprio negócio de forma simples e eficaz.

Com a Nuvemshop, você pode criar uma loja virtual para ter seu catálogo online em poucos minutos, sem precisar de conhecimentos técnicos, contando com 30 dias gratuitos! Comece agora e mostre aos seus clientes que leva sua loja de personalizados a sério. Desejamos boa sorte nas suas iniciativas e boas vendas! 💙

Aqui você encontra:

Perguntas frequentes sobre como fazer personalizados para vender

  1. Escolha um nicho de atuação;
  2. Conheça as tendências do mercado;
  3. Encontre bons fornecedores de matéria-prima;
  4. Aprenda como usar programas de edições de imagens e ilustrações;
  5. Invista em máquinas de impressão ou busque uma boa gráfica para parceria;
  6. Comece a divulgar seu negócio.

Você pode começar realizando eventos de familiares e pessoas próximas. Gradualmente, ao demonstrar a qualidade dos seus produtos e serviços, você conseguirá indicações e poderá alcançar novas pessoas. Invista em uma loja virtual, no pós-venda e sempre trate seus clientes de forma amigável.

Faça como +100 mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Criar loja grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop

Quer criar uma loja de personalizados?

Com uma loja virtual da Nuvemshop, você pode alcançar milhares de novos consumidores online!

Testar 30 dias grátis

Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies