Exemplos de branding: 5 marcas que foram muito além do produto

Por: Manoella Curi

Mesa de trabalhado com elementos para representar branding exemplos.

Dois arcos amarelos sobre um fundo vermelho, o jingle que ensina a receita de um hambúrguer com molho especial e a frase “amo muito tudo isso”. Aposto que, com essas dicas, você já identificou que estamos nos referindo ao McDonald’s, certo? O conjunto desses elementos representa, basicamente, um exemplo de branding bem feito.

Paleta de cores, logotipo, slogan e posicionamento de marca são todos ingredientes fundamentais para tornar um negócio conhecido e lembrado pelo seu público-alvo.

E, para te inspirar com essas estratégias, preparamos este artigo com cinco empresas que revolucionaram o mercado, mudaram estereótipos e foram muito além do seu produto.

Continue a leitura e confira exemplos de branding conhecidos no mercado! 🧐

5 exemplos de branding para se inspirar

Nos tópicos abaixo, veja cinco cases de branding de empresas que são referência nos mercados em que atuam. Vamos começar?

1. Red Bull

Criada há 26 anos, a Red Bull é a marca de energéticos mais amada do mundo. Por que seu produto é muito mais gostoso e eficaz do que a concorrência? Certamente não. O energético em si é bem parecido com todos os outros.

Mas em sua estratégia de branding, a Red Bull se aliou a sensações pulsantes e apaixonadas de aventura. Sua relação de longo prazo com os esportes radicais já está muito consolidada e se faz presente em toda a comunicação da marca na TV, nas redes sociais e também como patrocinadora de eventos esportivos.

Essa ligação com os esportes fortalece e ilustra o conceito central da marca (“Red Bull te dá asas”), vendendo um estilo de vida enérgico e ativo no qual tudo é possível. São anos com o mesmo discurso e isso já está bem claro na mente do consumidor.

Mesmo sem quase nenhuma foto ou menção ao produto, a página da empresa no Facebook já conta com mais de 47 milhões de fãs, enquanto o Instagram conta com 14,6 milhões de seguidores.

Hoje, a Red Bull é produtora de conteúdo. Seja produzindo discos de novas bandas, promovendo eventos ou documentários, a marca está sempre presente de forma muito pertinente e atraente. As vendas do produto são apenas uma consequência de toda essa presença de mercado.

Foto para mostrar a Red Bull como patrocinadora de eventos esportivos.

Fonte da imagem: Red Bull

2. Nubank

Conhecido por sua legião de fãs como “roxinho”, o Nubank causou uma verdadeira revolução na maneira como estávamos acostumados a lidar com questões financeiras e burocráticas. E isso se deve não só ao seu produto, que realmente quebrou as barreiras dos bancos tradicionais, mas também à sua comunicação inovadora.

Criado em 2013, o banco digital tem seu nome totalmente atrelado aos conceitos de modernidade e revolução do mercado financeiro. Além disso, devido ao posicionamento de marca do Nubank, cada vez mais, as pessoas passaram a enxergar as taxas cobradas pelos bancos como algo absurdo, envelhecido e fora de moda.

Com um discurso disruptivo e um atendimento ao cliente impecável, a fintech virou sinônimo de boa experiência do usuário e descomplicação. Assista, abaixo, o exemplo de uma das campanhas da marca:

3. Coca-Cola

Não tem como falar de exemplos de branding sem citar o case de sucesso mais clássico de todos os tempos. Acredite, se você encontrar um pequeno pedaço do rótulo ou um caco de vidro quebrado de uma garrafa de Coca-Cola, na mesma hora você saberá do que se trata. A marca está tão presente na história e no imaginário das pessoas que não há quem não reconheça.

Além da identidade visual consistente há mais de um século, a mensagem pregada pela marca também foi sempre a mesma: felicidade. Essa palavra está sempre presente nas campanhas em frases como “momentos felizes”, “abra a felicidade”, “fábrica de felicidade”, entre outras.

Além disso, a Coca-Cola também está ligada a causas sociais, principalmente em datas como o Natal e eventos esportivos. Em 2012, por exemplo, a empresa promoveu uma ação que levou filipinos que moravam longe de seu país para celebrar a data perto de suas famílias.

Todo esse discurso, extremamente consistente e emotivo, de um mundo melhor e de felicidade conquista uma legião de fãs e colecionadores da marca em todo o planeta. Não é à toa que a Coca-Cola está entre as dez marcas mais valiosas do mundo.

4. Apple

Referência em luxo e exclusividade, a Apple é mais um exemplo de branding que dominou o mercado. Sua identidade visual clean e as novidades tecnológicas que a empresa apresenta todos os anos despertam nos consumidores o desejo de compra que, muitas vezes, é maior do que a preocupação com o alto preço dos aparelhos.

No caso da Apple, a experiência de compra, seja no site da empresa ou em suas lojas físicas, também entra no pacote do posicionamento de marca e na mensagem simples (mas elegante) que a empresa quer passar.

Além da excelência nos produtos oferecidos, a história da construção da empresa e de um de seus fundadores, Steve Jobs, ganhou as telas do cinema e fez com que a marca virasse também sinônimo de foco, dedicação e sucesso.

5. Dove

Por se tratar de um exemplo de uma marca que mudou seu posicionamento e comunicação ao longo dos anos, a Dove abriu espaço para uma discussão mais profunda sobre beleza.

Lançada em 1957 com um sabonete bem mais cremoso do que os outros, a empresa sempre pautou sua comunicação na hidratação. O sabonete Dove não era só sabonete, mas também hidratante. Assim, todas as suas campanhas eram focadas na sensação de frescor e no toque delicado dos produtos da marca que continham ¼ de hidratante, lembra?

Foi a partir de 2004 que a marca adotou um novo posicionamento de Real Beleza, sensibilizando as mulheres por meio de uma comunicação emotiva e empática. A Dove abriu a discussão sobre o que é beleza em suas campanhas com o intuito de resgatar a beleza que há em cada individualidade, quebrando estereótipos e enaltecendo “imperfeições” e naturalidades.

Hoje em dia, toda a comunicação de Dove gira em torno desse posicionamento. Suas campanhas não usam modelos, mas sim mulheres de vários biotipos, cores e idades para mostrar que a beleza está em todas elas.

Além da grande quantidade de conteúdo produzido sobre esse tema, a marca também criou o Movement for Self-Esteem (Fundação Dove de Autoestima), que envolve uma série de programas educacionais com o intuito de fortalecer a autoestima de crianças e adolescentes.

Com esse novo posicionamento, a Dove se distinguiu da categoria e conseguiu criar novos produtos que, originalmente, não faziam parte do portfólio, como os desodorantes. Além disso, a marca ajudou na construção da própria Unilever.

Campanha de branding Dove.

Fonte da imagem: Dove

Como fazer branding para pequenas empresas?

Se, depois de todos os exemplos de branding que trouxemos no tópico anterior, você está pensando que a estratégia de marca é só para grandes empresas, já te adiantamos que isso é um engano. Todos esses pontos podem ser adaptados e aplicados também para pequenos e médios negócios.

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Algumas dicas para começar a trabalhar o seu posicionamento de marca são:

  1. Tenha um propósito muito bem definido para impactar e conquistar os consumidores;
  2. Defina um nome para a sua empresa que transmita os valores e princípios do seu negócio;
  3. Estude a fundo o seu público-alvo e a sua persona (representação do seu cliente ideal);
  4. Faça uma análise dos concorrentes e tenha outras empresas como referência;
  5. Crie uma identidade visual própria e original;
  6. Tenha um site ou loja virtual para apresentar sua empresa e vender seus produtos;
  7. Trace suas estratégias de marketing digital utilizando as redes sociais, os anúncios patrocinados e o marketing de conteúdo.

Para se aprofundar no assunto, confira o nosso artigo sobre esse tema:

💡 Saiba mais: O que é branding: aprenda como fazer a gestão da sua marca

Quer ajuda com a definição do nome da sua marca? Para isso, criamos uma ferramenta que facilita esse processo para você:

👉 Ferramenta grátis: Gerador de Nomes para Empresas

Gostou dos exemplos de branding?

Esperamos que os exemplos de branding que trouxemos neste conteúdo tenham te inspirado a descobrir o DNA da sua marca. Como mostramos, esse trabalho não é só para grandes empresas. Planejar o que e como você quer passar essa mensagem para o seu público é uma tarefa que deve ser feita logo no início de qualquer negócio.

E, se você está prestes a montar um e-commerce e começar a vender pela internet, que tal fazer um teste de 30 dias grátis na plataforma da Nuvemshop? Estamos prontos para te ajudar a escalar o seu negócio! 🚀

Aqui você encontra:

Faça como +90 mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Testar 30 dias grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop

Quer mudar de vida vendendo pela internet?

Crie agora sua loja virtual com a Nuvemshop e venda de maneira profissional.

Criar minha loja

Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies