08/12/2016

3 casos de sucesso de marcas que foram muito além do produto

Três casos de branding em que marcas foram além do produto

Para finalizar essa série de artigos sobre branding, resolvemos brindá-lo com três exemplos muito inspiradores de grandes marcas que realmente fizeram bom uso do branding. São marcas que revolucionaram o mercado ou mudaram estereótipos e foram muito além do produto, produzindo conteúdo, criando conceitos e ideias e conquistando legiões de fãs. Vamos lá?

Red Bull

A Red Bull é o meu caso de branding favorito. Criada há 26 anos, é a marca de energéticos mais amada do mundo. Por que? Porque seu produto é muito mais gostoso e eficaz do que a concorrência? Certamente não. O energético da Red Bull é parecido com todos os outros.

A Red Bull se aliou a sensações pulsantes e apaixonadas de aventura. Sua relação de longo prazo com os esportes radicais já está muito consolidada e se faz presente em toda a comunicação da marca na TV, redes sociais e também como patrocinadora de eventos esportivos.

Essa relação com os esportes fortalece e ilustra o conceito central da marca (“Red Bull te dá asas”), nos vendendo um estilo de vida enérgico e ativo onde tudo é possível. Palavras como aventura, altura, velocidade e esporte nos fazem lembrar da Red Bull. São anos e anos com o mesmo discurso e isso já está bem claro na mente do consumidor.

Para você ter uma ideia desse sucesso, a página da empresa no Facebook já conta com mais de 46 milhões de fãs e quase não há foto ou menção do produto. Hoje a Red Bull é produtora de conteúdo. Seja produzindo discos de novas bandas, promovendo eventos ou documentários, a marca está sempre presente de forma muito pertinente e atraente. As vendas do produto são apenas uma consequência de toda essa presença.

Coca-Cola

Não tem como falar de casos de branding sem citar o exemplo mais clássico. Repare, se você encontrar um pedacinho pequeno de um rótulo ou um caco de vidro quebrado de uma garrafa de Coca-Cola saberá do que se trata.

A marca está tão presente na história e no imaginário das pessoas que não há quem não reconheça um quadrado vermelho com uma linha branca, mesmo sem o nome. Olha só:

Símbolo da coca-cola sem o nome e logo

Além da identidade visual consistente há mais de um século, a mensagem pregada pela marca também foi sempre a mesma: felicidade. Essa palavra está sempre presente nas campanhas em frases como “momentos felizes”, “abra a felicidade”, “fábrica de felicidade”, etc.

A Coca-Cola também está ligada a causas sociais, principalmente em datas como o Natal e eventos esportivos. Em 2012, por exemplo, a marca promoveu uma ação que levou filipinos que moravam longe de seu país para celebrar a data junto de suas famílias. Da ação, é claro, foi produzido um documentário que atingiu mais de um milhão de pessoas.

Todo esse discurso, extremamente consistente e emotivo, de um mundo melhor e de felicidade conquista uma legião de fãs e colecionadores da marca em todo o planeta. Não é à toa que a Coca-Cola é a terceira marca mais valiosa do mundo.

Dove

Escolhi falar da Dove por se tratar de um exemplo de uma marca que mudou seu posicionamento e comunicação ao longo dos anos, abrindo espaço para uma discussão mais profunda sobre beleza.

Lançada em 1957 com um sabonete bem mais cremoso do que os outros, a marca Dove sempre pautou sua comunicação na hidratação. O sabonete Dove não era só sabonete, mas também hidratante. Assim, todas as suas campanhas eram focadas na sensação de frescor e no toque delicado dos produtos da marca que continham ¼ de hidratante, lembra-se?

Foi a partir de 2004 que a marca adotou um novo posicionamento de Real Beleza, sensibilizando as mulheres por meio de uma comunicação emotiva e empática. A Dove abriu a discussão sobre o que é beleza em suas campanhas com o intuito de resgatar a beleza que há em cada individualidade, quebrando estereótipos e enaltecendo “imperfeições” e naturalidades.

Hoje em dia, toda a comunicação de Dove gira em torno desse posicionamento. Suas campanhas não usam modelos, mas sim mulheres de vários biotipos, cores e idades para mostrar que a beleza está em todas nós.

Além da grande quantidade de conteúdo produzido sobre esse tema, em especial a campanha “Dove – Retratos da Beleza Real”, reconhecida como um dos maiores sucessos da propaganda mundial, a marca também criou o Movement for Self-Esteem (Fundação Dove de Autoestima), que envolve uma série de programas educacionais com o intuito de fortalecer a autoestima de crianças e adolescentes.

Com esse novo posicionamento, a Dove se distinguiu da categoria e pôde criar novos produtos que originalmente não faziam parte do portfólio, como desodorantes. Além disso, a marca ajudou na construção da própria Unilever. Relembre uma das campanhas de maior sucesso da Dove:

Gostou?

Espero que esses exemplos tenham te inspirado a descobrir o DNA da sua marca. Branding não é só para grandes empresas. Pensar no que você quer passar para o seu público e em como você quer passar é uma tarefa que deve ser feita logo no início de qualquer negócio.

Vender seus produtos pela internet também é fundamental para atingir pessoas de todos os cantos. Que tal fazer um teste de 15 dias grátis na plataforma da Nuvem Shop e provar como é fácil montar uma loja virtual com a sua identidade visual? Fica a dica!

Data da última atualização: 30/08/2018


O que você achou desse conteúdo?


Luna Pontes

Luna é jornalista com foco em vídeo, mas também adora escrever. É cantora e libriana, o que a fez levar muito tempo para escolher as palavras dessa bio.


    3-casos-de-sucesso-de-marcas-que-foram-muito-alm-do-produto