Campanhas no Google Ads: veja como otimizar seus anúncios [+23 dicas]

Por: Kawan Lopes

Homem desenhando estratégia de campanha de Google Ads em lousa

O Google Adwords, também conhecido como Google Ads, é uma ferramenta de anúncios fundamental para quem faz publicidade na internet. No entanto, para ter sucesso nessa tarefa, é preciso saber como otimizar suas campanhas no Google Ads.

Entre as várias ações que fazem parte da criação de um anúncio, podemos citar a análise da concorrência, o planejamento das palavras-chave, o conhecimento aprofundado do cliente e muitas outras.

Você quer virar um grande mestre em anúncios patrocinados do Google? Se sua resposta foi sim, você precisa ler este artigo até o final. Nele, mostraremos como otimizar campanhas no Google Ads para aumentar as vendas do seu negócio. Vamos lá?

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

O que é Google Ads?

Google Ads é a plataforma de anúncios do Google. A ferramenta de publicidade funciona por meio de links patrocinados PPC (pay-per-click ou “pagamento por clique”, em português).

É possível criar diferentes tipos de anúncios na plataforma, com objetivos de incentivar que os usuários comprem um produto do seu site de vendas, visualizem um conteúdo da sua página, assistam a um vídeo no YouTube ou liguem para a sua empresa.

Os potenciais clientes do seu negócio podem ser impactados pelas campanhas de anúncios do seu negócio quando estão fazendo uma busca no Google, seja por dispositivos móveis, como smartphones, ou por computadores.

Como funciona o Google Ads?

As campanhas do Google Ads podem ser exibidas de maneiras diferentes, já que essa ferramenta apresenta múltiplos usos. Basicamente, os anúncios são divididos nas seguintes categorias:

  • Campanhas de pesquisa;
  • Campanhas de display;
  • Campanhas de vídeo;
  • Campanhas do Shopping;
  • Campanhas para apps;
  • Campanhas locais;
  • Campanhas inteligentes;
  • Campanhas de maior desempenho.

Para tirar o maior proveito dessa ferramenta, você pode direcionar os anúncios para o seu público ideal, segmentando corretamente quem deve ser impactado pela publicidade. Além disso, é possível mensurar os resultados alcançados com a sua campanha.

Outra vantagem da ferramenta é permitir maior controle sobre o valor aplicado nos anúncios, configurando os investimentos por dia, mês ou por uma campanha inteira. Isso porque, como já mencionamos, a cobrança é feita conforme a quantidade de cliques e impressões — quantidade de visualizações do anúncio.

Dessa forma, você tem mais controle sobre o valor investido em publicidade para o seu e-commerce e evita gastar mais do que o permitido pelo orçamento.

Exemplos de campanhas do Google Ads

Já deu para perceber que você pode usar as funcionalidades do Google Ads para entender o comportamento da sua audiência, as tendências do mercado e até mesmo como anda a concorrência. Além disso, a ferramenta pode te ajudar nas seguintes situações:

  • Realizar campanhas de remarketing;
  • Fazer pesquisa de reconhecimento de marca;
  • Criar campanhas de nicho (para um público específico);
  • Elaborar anúncios para públicos semelhantes ao seu;
  • Desenvolver campanhas com a marca do seu concorrente;
  • Otimizar anúncios com termos mais amplos ou genéricos;
  • Entre outras.

Se você ainda não sabe como começar a estruturar uma campanha de marketing, talvez seja o momento de entender mais sobre sua importância e aprender como criar um planejamento eficiente. Para isso, não deixe de baixar o nosso material gratuito:

Como fazer uma campanha no Google Ads?

O primeiro passo para criar campanhas no Google Ads é se cadastrar na ferramenta. Como já mencionamos, ela permite que os anúncios sejam criados e exibidos no Google, em diversos sites, no YouTube, no Google Shopping e também no Google Maps.

Independentemente do tipo de campanha escolhida e do formato do anúncio, em todas, o passo a passo deve ser o mesmo. Pegue papel e caneta para anotar as etapas: 📝

1. Defina o objetivo da campanha

Ao criar uma campanha no Google Ads, o primeiro passo é definir qual o seu objetivo com aquela ação. Entre os principais estão o aumento de tráfego em seu site, crescer o número de visitas à sua loja física ou receber mais ligações, por exemplo.

Também é possível determinar como objetivo alguma ação específica em seu site, como um cadastro, por exemplo.

2. Decida quais usuários serão impactados pelos anúncios

O segundo passo é segmentar sua campanha geograficamente. Isso significa limitar seus anúncios para aparecerem apenas para quem estiver em locais estratégicos para sua marca.

Por exemplo, se você tem uma loja virtual de marmitas congeladas em Pernambuco, não vale a pena exibir anúncios para usuários que moram no Espírito Santo, já que o produto não poderá ser entregue.

💡 Saiba mais: Como vender comida pela internet

3. Crie os anúncios

Depois de segmentar o público, é hora de colocar a mão na massa e criar suas campanhas no Google Ads. Essa etapa vai variar de acordo com o tipo de anúncio escolhido, mas, para todos eles, você terá que preencher informações como: título, descrição e URL a que o usuário será levado quando clicar.

O Google Ads tem um funcionamento bem interessante, por meio do qual você cria grupos de anúncios, com pequenas variações entre cada peça. Na hora de exibi-los, o buscador vai variando para entender quais modelos atraem mais a atenção do público, de modo a potencializar seus retornos.

💡 Saiba mais: Quais são as métricas do Google Ads e como analisá-las?

4. Defina o orçamento

Agora que os anúncios já estão prontos, você deve definir o orçamento da campanha. À medida que preenche os dados, o próprio Google já faz uma previsão de quais serão os resultados obtidos com aquele investimento.

Na hora de definir o orçamento, é perguntado sobre qual é o gasto diário médio que se deseja ter. Caso tenha definido um valor mensal para gastar com seus anúncios, você deve dividi-lo por 30,4 (média de dias por mês, considerando a variação) para chegar ao valor diário. Portanto:

Orçamento diário médio = Orçamento do mês / 30,4

Ter esse valor definido não garante que essa quantia exata será gasta todos os dias. Todavia, o Google Ads faz uma compensação para que, ao final do mês, o valor máximo não seja ultrapassado. Por exemplo, se um dia o gasto foi o dobro do orçamento diário, nos outros, ele será menor.

5. Publique os anúncios

Por fim, chegou a hora de publicar sua campanha no Google Ads. Sempre que alguém inicia uma nova campanha, ela é avaliada pelo Google para garantir que esteja em conformidade com suas políticas.

Segundo a própria empresa, a análise é feita em até um dia útil. Para que seu anúncio seja aprovado sem dificuldade, existem algumas boas práticas a serem seguidas. Confira quais são:

  • Não usar linguagem imprópria ou ofensiva;
  • Prometer apenas aquilo que suas ofertas e produtos cumprem;
  • Não usar símbolos (como pontos de exclamação) e palavras com todas as letras maiúsculas para chamar a atenção do usuário;
  • Escrever de forma persuasiva, mas natural, sem excessos de espaços ou repetições excessivas de alguma palavra;
  • Usar superlativos (“melhor”, “número 1”, “maior” etc.) apenas quando seus produtos ou serviços tiverem o aval de terceiros, como de prêmios ou publicações especializadas.

Caso queira se aprofundar no funcionamento do Google Ads, confira:

💡 Saiba mais: Como promover sua loja virtual com o Google Ads

23 dicas para otimizar as campanhas no Google Ads

Agora que você já sabe como criar uma campanha no Google Ads do zero, chegou o momento de entender de que forma é possível potencializar seus anúncios para que eles ajudem sua empresa a vender mais.

Veja, a seguir, como otimizar suas campanhas no Google Ads:

1. Use o planejador de palavras-chave

Utilizar o Planejador de Palavras-Chave do Google é uma dica de ouro para quem deseja fazer anúncios mais bem direcionados. Por meio dele, você conseguirá saber quantas buscas mensais têm determinadas palavras-chave e a partir daí poderá decidir quais termos melhor se aplicam às suas campanhas.

2. Acompanhe os relatórios de palavra-chave

Utilize com frequência o relatório de termos de pesquisa para adicionar novas palavras-chave relevantes para sua estratégia e evitar palavras-chave negativas em suas campanhas.

3. Tenha atenção ao gasto das palavras

Caso você não esteja alcançando o resultado esperado, pause aquelas palavras-chave que geram um gasto elevado e convertem pouco. Se elas gastam muito e pouco convertem, para que mantê-las, afinal?

4. Abuse das variações de palavras

Aproveite a ferramenta de palavras-chave para explorar variáveis dos termos escolhidos que trazem bons resultados. Se uma palavra-chave rende bons números, certamente suas variáveis devem seguir o mesmo caminho.

5. Crie grupos de anúncios

Divida os grupos de anúncios em temáticas. Ter diversos grupos de anúncios com poucas palavras-chave em cada um deixará sua conta bem mais organizada, além de trazer resultados mais exatos.

6. Aumente o orçamento

Aumente seu orçamento para que seus anúncios continuem aparecendo. Isso deve ser aplicado, sobretudo, quando seus anúncios estiverem fora da primeira página por falta de investimento.

7. Acompanhe as conversões

Lembre-se de ativar o acompanhamento de conversões para saber em tempo real quais campanhas, anúncios e palavras-chave trouxeram melhor resultado com base nos objetivos que você levantou.

💡 Saiba mais: O que é e como calcular a taxa de conversão?

8. Use as ad extensions

Ative as ad extensions — extensões do Google Ads que são exibidas aos usuários de acordo com as ações que você deseja que sejam tomadas a partir do seu anúncio. Normalmente, as extensões aumentam o número total de cliques e oferecem às pessoas maneiras interativas de entrar em contato com você (seja pelo mapa ou por ligações, por exemplo).

9. Defina as melhores palavras-chave

Crie uma campanha com as palavras-chave mais efetivas (que tenham um bom CPA — custo por aquisição) utilizando correspondência de frase ou por meio do termo exato.

10. Repita as melhores palavras

Inclua os termos mais buscados no Google nas suas palavras-chave e repita-os no texto do anúncio e também na página de destino. Por exemplo: se uma das suas melhores palavras-chave for “sapatos de couro”, procure repeti-la no texto do anúncio e na página de destino.

11. Monitore os resultados

Caso sua campanha atual esteja registrando resultados ruins, é importante criar uma nova imediatamente. No entanto, só é possível saber o sucesso do anúncio se você monitorar os resultados frequentemente.

12. Otimize as ofertas de CPC ao máximo

Aumente o CPC (custo por clique) de palavras-chave com alto índice de qualidade, mas de baixo posicionamento médio. Dessa forma, as chances de você apresentar alta performance serão maiores.

13. Saiba quando elevar o CPC

Aumente o CPC de palavras-chave com bom CPA, mas de baixo posicionamento médio. Se determinada palavra tem um bom CPA, mas ainda está com um posicionamento baixo, dar uma elevada no CPC poderá solucionar esse problema.

14. Tenha cuidado com as palavras de baixa conversão

Diminua o CPC de palavras-chave com baixo índice de qualidade e baixa porcentagem de conversões. Essas palavras provavelmente têm pouca relevância para sua campanha, por isso trazem baixo ou nenhum resultado para você.

15. Acompanhe o CPA

Diminua o CPC de palavras-chave de alto CPA (custo por aquisição). Se o CPA está alto, faz sentido você tentar gastar um pouco menos dinheiro ao reduzir um pouco o CPC.

💡 Saiba mais: 5 principais relatórios do Google Ads para acompanhar seus anúncios

16. Otimize os anúncios

Lembra quando falamos sobre incluir palavras-chave no texto do anúncio? Pois bem, se possível, coloque-as diretamente no título da publicidade para fortalecer ainda mais a sua estratégia.

17. Divulgue o preço do produto

Se possível e caso faça sentido, inclua também o preço do produto ofertado no anúncio. Isso poupará você de cliques desnecessários e trará usuários mais interessados em fechar negócio.

18. Use o espaço ao máximo

Como sabemos, você tem duas linhas de 35 caracteres para descrever seus anúncios. Ao terminar de fazer a primeira linha, encerre-a com um ponto final, pois isso ajudará na estética da publicidade.

💡 Saiba mais: Aprenda como vender no Google Ads

19. Ofereça descontos

Disponibilize alguma oferta exclusiva ou desconto especial no anúncio — e lembre-se de incluir o preço daquilo que você está oferecendo! Essa estratégia tende a aumentar o número de cliques.

20. Abuse das CTAs

Sempre inclua uma call-to-action (chamada para ação) no seu anúncio. Exemplo: “compre hoje com 20% de desconto”, ou “Inscreva-se agora”. É esse comando que dirá para os usuários o que eles devem fazer a partir do seu anúncio.

21. Fique de olho nos dispositivos móveis

Atualmente, as pessoas passam muito tempo em seus smartphones. Pensando nisso, o ideal é ter um site dedicado aos dispositivos móveis, porque isso ajudará a melhorar o seu índice de qualidade.

22. Faça anúncios direcionados para dispositivos móveis

Uma vez que grande parte das buscas hoje em dia acabam sendo feitas por dispositivos móveis, já que as pessoas usam os aparelhos para se manterem constantemente conectadas, vale a pena incrementar sua oferta de CPC para eles.

23. Use um app para otimizar campanhas

Utilize o Ads Editor para otimizar suas campanhas. Por meio dessa ferramenta gratuita, você poderá fazer várias mudanças de uma vez só nas suas campanhas e terá maior controle sobre elas. Ela também permite que você mova elementos entre grupos de anúncios e campanhas e trabalhe offline.

Confira a checklist: Checklist de otimização de conversão

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Tudo certo para otimizar as campanhas de Google Ads?

Neste artigo,vimos algumas dicas simples, rápidas e efetivas para você otimizar suas campanhas de links patrocinados no Google Ads. Antes de mais nada, é importante ter em mente a estratégia da sua empresa na hora de criar e melhorar os anúncios.

Dessa forma, combinando os melhores tipos de campanha, as palavras-chave mais alinhadas ao objetivo e a segmentação correta do público, você terá mais chances de conquistar novos clientes e, com isso, aumentar as vendas.

Se você ainda não vende pela internet, que tal começar hoje mesmo e criar sua loja virtual? Teste a plataforma da Nuvemshop por 30 dias grátis. É rápido, fácil e sem a necessidade de conhecimentos técnicos! 💙

Aqui você encontra:

Perguntas frequentes sobre campanhas do Google Ads

Google Ads é a plataforma de anúncios do Google. A ferramenta de publicidade funciona por meio de links patrocinados PPC (pay-per-click ou “pagamento por clique”, em português).

  • Campanhas de pesquisa;
  • Campanhas de display;
  • Campanhas de vídeo;
  • Campanhas do Shopping;
  • Campanhas para apps;
  • Campanhas locais;
  • Campanhas inteligentes;
  • Campanhas de maior desempenho.

  1. Defina o objetivo da campanha;
  2. Decida quais usuários serão impactados pelos anúncios;
  3. Crie os anúncios;
  4. Defina o orçamento;
  5. Publique os anúncios.

  1. Use o planejador de palavras-chave;
  2. Acompanhe os relatórios de palavra-chave;
  3. Tenha atenção ao gasto das palavras;
  4. Abuse das variações de palavras;
  5. Crie grupos de anúncios;
  6. Aumente o orçamento;
  7. Acompanhe as conversões;
  8. Use as ad extensions;
  9. Defina as melhores palavras-chave;
  10. Repita as melhores palavras;
  11. Monitore os resultados;
  12. Otimize as ofertas de CPC ao máximo;
  13. Saiba quando elevar o CPC;
  14. Tenha cuidado com as palavras de baixa conversão;
  15. Acompanhe o CPA;
  16. Otimize os anúncios;
  17. Divulgue o preço do produto;
  18. Use o espaço ao máximo;
  19. Ofereça descontos;
  20. Abuse das CTAs;
  21. Fique de olho nos dispositivos móveis;
  22. Faça anúncios direcionados para dispositivos móveis;
  23. Use um app para otimizar campanhas.

Faça como +90 mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Testar 30 dias grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop

Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies