O que é headless commerce e quais as suas vantagens?

Por: Alejandro Vázquez

carrinho de compras ao lado de notebook simboliza o headless commerce

O headless commerce, ou em tradução literal “comércio sem cabeça”, é um tipo de solução de comércio eletrônico que separa a parte visual do sistema, chamada de front-end, da parte de programação, chamada de back-end. Esse modelo permite mais flexibilidade para personalizar a loja virtual e adotar uma estratégia omnichannel (multicanal).


A jornada de compra dos consumidores vem se tornando cada vez mais digital e exigindo a integração entre lojas online e lojas físicas. Para atender a esse novo perfil de consumidor, é preciso lançar mão de inovações como o headless commerce.

O termo parece complicado à primeira vista, mas surgiu justamente para facilitar a vida de quem vende pela internet. Basicamente, é um tipo de solução de e-commerce construída para ser mais personalizável e flexível para a empresa.

Se você quer saber como funciona o headless commerce e quais vantagens ele traz para o seu negócio, aproveite o artigo completo que preparamos sobre essa arquitetura da informação.

Acompanhe os tópicos e fique de olho nos conceitos 👀

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Entenda o que é headless commerce

Headless commerce, ou “comércio sem cabeça” em português, é um tipo de solução de comércio omnichannel (multicanal) na qual o back-end e o front-end são separados, embora integrados através de APIs.

Antes de tudo, vamos entender o que significa cada um desses termos:

  • Omnichannel: estratégia comercial adotada pelas empresas que integra os canais de venda online e offline (ex: e-commerce 100% conectado ao sistema da loja física)
  • Back-end: é a parte de um sistema que contém todos os códigos de programação
  • Front-end: é a parte visual do sistema que é apresentada ao usuário
  • API: é a Application Programming Interface ou Interface de Programação de Aplicativos em português, que funciona como uma “ponte” que conecta diferentes sistemas.

Entraremos em mais detalhes sobre esses conceitos mais à frente. Por enquanto, é importante saber que o back-end e o front-end funcionam de forma integrada no headless commerce, mas ainda assim independente.

Isso permite mais flexibilidade e personalização dentro do sistema de um site. Assim, as lojas virtuais podem oferecer uma experiência do usuário rica e cheia de inovação.

💡 Saiba mais: Como personalizar a experiência de compra?

Vantagens do headless commerce

São muitas as vantagens de utilizar o headless commerce em sua estratégia omnichannel.

Veja as mais relevantes:

Maior possibilidade de customização

O ponto-chave do headless commerce é a possibilidade de customização dos layouts e funcionalidades da plataforma. Com a separação entre back end e front end, é possível fazer inúmeros testes e experimentar novos recursos sem comprometer a integridade dos códigos.

Flexibilidade

Ao ter acesso ao back-end e front-end de forma separada, é possível personalizar muito mais o seu site, pois um lado não fica dependente do outro e a contratação de profissionais para realizar o trabalho pode ser individualizada.

Agilidade para implementar mudanças

Como todas as alterações feitas no front-end podem ser realizadas de forma rápida, os programadores otimizam o tempo gasto em alterações de interface.

Isso possibilita que as estratégias de marketing e vendas da empresa sejam implementadas com mais agilidade e tragam resultados o mais rápido possível.

Facilidade de integração com aplicativos via API

Como citamos anteriormente, o uso do headless commerce permite o acréscimo de funcionalidades através da API, o que faz com que seu site fique mais completo e tenha todos os recursos que seu cliente precisa.

Você pode adicionar um novo método de envio, um sistema de pagamento, um template diferente, um app de chatbot (robô de conversação) e muito mais.

Base de dados única para trabalhar em diferentes canais de venda

Por fim, o uso do headless commerce permite que a empresa ofereça uma experiência de compra em múltiplos canais com estoque e sistemas únicos. Essa integração concentra tudo em uma só solução, poupando tempo e recursos do negócio.

 

Descubra sobre os componentes do headless commerce

Antes de falar sobre o funcionamento do headless, vamos nos aprofundar nas definições de back-end e front-end.

Fique por dentro do assunto:

Front-end

O front-end é a parte da plataforma que fica visível para os compradores, ou seja, é o template da sua loja virtual. O profissional da área fica responsável por criar um bom layout, que seja atrativo e permita a publicação de conteúdos em texto, vídeo, imagem, áudio, entre outros formatos.

Enquanto isso, os desenvolvedores, ou simplesmente devs, ficam responsáveis pela codificação, usando linguagens de programação como HTML e CSS.

Já o conteúdo é administrado através de um sistema chamado CMS (Content Management System, ou Sistema de Gestão de Conteúdo em português). Ele é usado para fazer toda a parte de edição, gerenciamento, publicação e modificação dentro de plataformas digitais.

Por isso, o front-end é a área responsável por proporcionar uma experiência única e completamente personalizada ao cliente. O objetivo é gerar reconhecimento de marca em qualquer ambiente online, seja um navegador da web ou dispositivo móvel.

No fim das contas, o front-end tem um papel fundamental para fidelizar clientes. Afinal, quem faz compras online sabe que a experiência dentro de um site pode modificar a nossa decisão de compra.

Back-end

Já com o back-end, você tem toda a parte “oculta” do site e os códigos que determinam suas funcionalidades. Em outras palavras, é a programação utilizada no site, que serve como estrutura para o seu funcionamento.

O profissional programador ou desenvolvedor usa linguagens de programação como PHP ou Java para conectar todos os dados da empresa e implementar as regras de negócio. Mas, como tudo isso precisa de uma parte visual para ser apresentado, existe o front-end para criar as interfaces que serão utilizadas pelo consumidor.

Para que serve o headless commerce

Com o headless commerce, você consegue criar uma jornada de compra mais dinâmica: o cliente pode incluir um produto no carrinho virtual e, ao chegar até a loja física, encontrar o item escolhido disponível para a finalização da compra.

Isso é possível justamente porque o catálogo é o mesmo para o sistema da loja online e da física. Além disso, o headless commerce permite que a equipe de design e tecnologia inclua novos apps e modifique a aparência do site sem mexer na sua estrutura fundamental.

Todo e-commerce pode usar essa solução para tornar sua plataforma mais flexível e expandir a estratégia omnichannel. E o melhor é que o front end e back end podem ser trabalhados separadamente, permitindo maior liberdade de personalização e integração.

A antiga abordagem dos sistemas back-end e front-end funcionava bem, mas tinha uma limitação: a concentração no desktop. Sabemos que os consumidores compram cada vez mais por dispositivos móveis — e o headless commerce vem para facilitar essa adaptação a diferentes canais digitais.

De acordo com uma pesquisa do Panorama Mobile Time/Opinion Box cerca de 86% dos brasileiros fizeram uma compra através de um smartphone nos últimos meses de 2021. Esses dados são importantes para mostrar o quão necessário é investir em uma plataforma online que facilite a construção de um design responsivo.

💡 Saiba mais: O que é mobile first?

Crie sua loja virtual
Testar 30 dias grátis

Como o headless commerce funciona?

Agora que você conhece os principais conceitos envolvidos, deve estar se perguntando como funciona o headless commerce na prática. Como vimos, o back-end e o front-end atuam de forma independente nesse sistema, porém se integram a partir das APIs, que possibilitam integrações ou acessos com aplicações desenvolvidas por terceiros.

Dessa forma, a plataforma permite que você adicione novas funções, plug-ins, apps e extensões à sua loja online com mais rapidez. Um exemplo disso é a inclusão de um app de chat dentro do seu site que permita o contato direto com o usuário e agilize seu atendimento ao cliente.

Outro exemplo disso é a possibilidade de personalização do layout do seu site. Em situações de rebranding (reformulação da marca), por exemplo, é uma estratégia válida que pode proporcionar um novo impacto visual para o seu público.

Ao colocar esse modelo em prática no comércio eletrônico, você consegue adotar APIs e ferramentas que agilizam o trabalho dos desenvolvedores. Enquanto isso, os designers e a equipe criativa se concentram apenas em pensar nas melhores ações de engajamento para gerar mais conversões e avaliações positivas.

 

Resumo

Esperamos que você tenha entendido o essencial sobre o headless commerce para considerar a adoção dessa tendência. Cada vez mais empresas optam por esse sistema pela sua flexibilidade e agilidade na hora de criar uma experiência de compra omnichannel.

Confira um resumo com os principais pontos do artigo:

O que é headless commerce?

Headless commerce, ou “comércio sem cabeça” em português, é um tipo de solução de comércio omnichannel (multicanal) na qual o back-end e o front-end são separados, embora integrados através de APIs. Ela oferece mais flexibilidade e agilidade para empresas que querem desenvolver uma estratégia omnichannel e integrar múltiplos canais de venda.

Componentes do headless commerce

  • Back-end;
  • Front-end.

Como o headless commerce funciona?

  1. Vantagens do headless commerce;
  2. Maior possibilidade de customização;
  3. Flexibilidade;
  4. Agilidade para implementar mudanças;
  5. Facilidade de integração com aplicativos via API;
  6. Base de dados única para trabalhar em diferentes canais de venda.

Ficou claro o que a tecnologia headless pode fazer pelo seu e-commerce?

Se você ainda não vende online e quer expandir os canais para se conectar com seus clientes, ter uma plataforma de e-commerce é essencial. Por isso, faça o teste e use a Nuvemshop por 30 dias grátis! Descubra todo o potencial que temos para fazer o seu negócio crescer.

Aqui você encontra:

Faça como +90 mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Testar 30 dias grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop

Quer mudar de vida vendendo pela internet?

Crie agora sua loja virtual com a Nuvemshop e venda de maneira profissional.

Criar minha loja

Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies