7 principais dados do e-commerce em 2021

Por: Alejandro Vázquez

Imagem mostrando a tela de um computador com alguns gráficos representa dados do ecommerce

Entre os principais dados do e-commerce em 2021, apresentados no relatório NuvemCommerce, destacam-se o faturamento de R$ 2,3 bilhões, 77% maior que em 2020, e o fato de que 71,7% das compras online foram feitas via dispositivos móveis.


Em 2021, o e-commerce seguiu a tendência que teve início com a pandemia da Covid-19 e o popularizou entre os brasileiros. Nesse contexto, conhecer os principais dados do e-commerce no Brasil é importante tanto para aqueles que já trabalham com as vendas online quanto para quem pretende começar.

Por isso, como já se tornou tradição, a Nuvemshop preparou a sétima edição do seu relatório anual do e-commerce, o NuvemCommerce. Nele, constam estatísticas coletadas a partir de respostas de 940 lojistas da base da Nuvemshop, além de dados de outras regiões do mundo além do Brasil e de tendências do e-commerce para 2022.

Ao longo deste artigo, vamos conhecer as principais estatísticas do e-commerce brasileiro em 2021, mas, para se aprofundar, você pode baixar o material completo. Faça o download gratuito para consultar quando e onde você quiser:

Agora, sem mais demora, vamos conhecer os 7 principais dados do e-commerce no Brasil. Confira!

1. Faturamento do e-commerce no Brasil em 2021

A base de lojistas da Nuvemshop, composta por mais de 90 mil lojas virtuais, teve um faturamento de R$ 2.309.759.562! Isso mesmo, foram mais de R$ 2 bilhões em vendas. Esse valor representou 10,5 milhões de transações ao longo de todo o ano.

O faturamento total representou um aumento de mais de R$ 1 bilhão em relação a 2020, um crescimento de 77%. Já o número total de transações aumentou 70% relativamente ao ano épico de 2020.

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

2. Ticket médio das lojas virtuais

Ticket médio é o valor médio de todas as vendas feitas por uma loja. Em 2021, esse valor foi de R$ 219,46. Em relação ao ano anterior, o crescimento foi de 4%, o que mostra como o consumidor tem vencido o receio de gastar mais ao comprar pela internet.

Ticket médio por segmento

Quando falamos sobre o ticket médio por segmento, os principais destaques foram:

  • Antiguidades: R$ 601;
  • Viagens: R$ 585;
  • Produtos Esportivos: R$ 420;
  • Casa e Jardim: R$ 335;
  • Moda e Vestuário: R$ 236.

3. Participação dos dispositivos móveis no e-commerce

A cada ano, o m-commerce — ou seja, a venda de produtos online para consumidores via mobile — vem ganhando mais espaço. Em 2021, isso não foi diferente e tanto as visitas aos sites de venda quanto as compras se deram massivamente por mobile.

As visitas por dispositivos tiveram a seguinte representatividade:

  • Mobile: 80,8%;
  • Desktop: 19,2%.

Já as vendas tiveram a distribuição a seguir:

  • Mobile: 71, 7%;
  • Desktop: 28,3%.

💡 Saiba mais: O que é mobile first e qual é a sua importância?

4. Faturamento das lojas virtuais na Black Friday 2021

A Black Friday 2021 teve um crescimento de 33% do faturamento em relação ao ano anterior. Na semana da data, tivemos:

  • R$ 84,6 milhões em vendas;
  • 38 vendas por minuto;
  • Ticket médio de R$ 226.

O segmento que mais vendeu na data foi o de Moda e Vestuário, representando quase 65% das vendas. Além disso, 62% dos lojistas prepararam ações especiais para a Black Friday 2021.

💡 Saiba mais: Como vender mais na Black Friday?

5. Canais de venda preferidos dos empreendedores

Quando falamos sobre comércio eletrônico, são vários os canais de venda que compõem o universo. Nesse cenário, é normal que, além da loja virtual, outros meios apareçam como opções.

Pela primeira vez, o WhatsApp foi o preferido entre os lojistas, sendo citado por 74,5% dos entrevistados. Isso acontece por causa das diversas funcionalidades oferecidas pelo WhatsApp Business para facilitar as vendas, como o catálogo online e a função de compras dentro do app.

💡 Saiba mais: Como vender pelo WhatsApp?

Além do WhatsApp, foram citados outros canais importantes. Confira:

6. Canais de atendimento mais utilizados pelos lojistas

O atendimento ao cliente tem papel fundamental nas vendas pela internet, uma vez que o consumidor não tem contato físico nem com os produtos, nem com o lojista. Por isso, estar próximo do público, mesmo que virtualmente, é fundamental.

Nesse contexto, provando a importância dessa proximidade, o WhatsApp foi também o canal de atendimento mais oferecido pelos lojistas, com 92,3% dos respondentes afirmando que usam esse meio de comunicação com o cliente.

📘Confira o e-book: Atendimento ao cliente: guia para lojas virtuais

Outros canais de atendimento com bastante representatividade foram:

  • Direct do Instagram, com 77,3%;
  • E-mail, com 49,5%;
  • Facebook, com 37,8%;
  • Telefone, com 34%;
  • Chat online, com 22,5%.

7. Redes sociais preferidas para as estratégias online

Quem vende pela internet precisa ter presença nas redes sociais. Mas isso não significa que seja necessário estar em todas ao mesmo tempo. É melhor ter uma estratégia bem definida para as redes preferidas do seu público-alvo e trabalhá-la com qualidade.

Com esse cenário em mente, as principais redes sociais escolhidas pelos lojistas na hora de trabalhar a divulgação de suas marcas e produtos são:

  • Instagram: 95,6% dos entrevistados;
  • Facebook: 76,9%;
  • WhatsApp: 63,6%;
  • TikTok: 26,3%.

Apesar de ser unanimidade entre os vendedores, a popularidade do Instagram não é novidade. Desde 2016, essa rede social vem crescendo a cada ano.

Uma rede que vale uma citação especial é o TikTok. Tendo aparecido pela primeira vez na pesquisa apenas em 2020, um ano depois, mais de um quarto dos lojistas já enxerga essa rede social como um canal importante para manter contato com o público.

💡 Saiba mais: Como usar o TikTok?

Resumo sobre os dados do e-commerce

E aí, gostou de conhecer os principais dados do e-commerce no Brasil em 2021? Então, não perca mais tempo e baixe o relatório completo, com mais estatísticas do Brasil e do mundo e tendências para o e-commerce em 2022. Faça já o download gratuito do NuvemCommerce 2022!

E, antes de terminarmos, confira um resumo das informações mais importantes que vimos por aqui:

Dados do e-commerce no Brasil em 2021

  • Faturamento: R$ 2,3 bilhões
  • Ticket médio: R$ 219,46
  • Vendas por dispositivos móveis: 71,7%
  • Faturamento na Black Friday 2021: R$ 84,6 milhões
  • Canal de venda preferido: WhastApp
  • Canal de atendimento mais oferecido: WhatsApp
  • Rede social preferida: Instagram

Se você quer vender pela internet, crie sua loja virtual com a Nuvemshop e faça seu teste grátis de 30 dias. Você poderá ter seu próprio site de vendas e vender online de maneira profissional!

Aqui você encontra:

Faça como +90 mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Testar 30 dias grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop

Quer mudar de vida vendendo pela internet?

Crie agora sua loja virtual com a Nuvemshop e venda de maneira profissional.

Testar 30 dias grátis

Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies