Vale a pena fazer dropshipping na Shopee?

Por: LabEcom

Close de mãos embalando uma encomenda para o dropshipping Shopee

O dropshipping é uma das maneiras mais fáceis de vender produtos online. Isso porque, ao contrário do e-commerce tradicional, dispensa a preocupação com estoque e entrega dos produtos — fica tudo por conta do fornecedor. E o dropshipping na Shopee funciona da mesma forma!

Se você não tem uma loja virtual e quer estar em um ambiente de alta visibilidade e, consequentemente, aumentar as vendas, a Shopee é o lugar perfeito. Basta ter um computador ou smartphone com acesso à internet e pronto: você consegue montar a loja no próprio aplicativo ou site.

É só fazer seu cadastro na plataforma, encontrar seus fornecedores e cadastrar os produtos. No entanto, como o site não foi pensado para a prática de dropshipping, você terá mais trabalho para comprar os produtos manualmente a cada venda e repassar os dados de envio ao seu parceiro.

Neste artigo, reunimos todas as informações que você decidir se vale a pena usar a estratégia de dropshipping na Shopee do Brasil.

Vamos lá? Acompanhe e anote o passo a passo! 📝

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Como funciona o dropshipping na Shopee?

Como citamos brevemente, para começar a vender na Shopee, você precisa criar o seu login para ter acesso à Central do Vendedor. Assim, você se tornará um dos lojistas desse marketplace — shopping virtual que reúne várias lojas em uma única plataforma com uma estrutura pronta para vender.

Originalmente, a Shopee não é voltada à prática de dropshipping, que consiste em vender sem ter um estoque próprio. Mas, mesmo assim, é possível comercializar produtos pela plataforma com estoque terceirizado. Nesse caso, você deverá fechar parcerias com fornecedores e realizar a compra diretamente com eles toda vez que fizer uma venda.

👉 Ferramenta grátis: Lista de fornecedores

É permitido fazer dropshipping na Shopee?

A Shopee não deixa claro em seus termos de serviço se é permitido fazer dropshipping na plataforma. A princípio, não haveria nenhum impedimento, mas é importante ressaltar que o marketplace não foi pensado para essa finalidade.

Quem quer aprender como fazer dropshipping na Shopee precisa ter em mente que terá mais trabalho para fechar suas vendas, pois não poderá contar com os mesmos recursos que os vendedores comuns na plataforma (ex: opções de envio integradas). Além disso, será preciso contornar as limitações do sistema e fazer os pedidos por fora, diretamente no site do fornecedor.

É uma situação muito parecida com a do dropshipping no Mercado Livre. Não é proibido, mas é uma prática “extraoficial” dentro do marketplace que demanda um processo diferenciado.

Mas atenção: embora não haja uma proibição explícita da prática, existem relatos de vendedores que tiveram suas contas bloqueadas ao fazer dropshipping pela Shopee. Em tese, a plataforma pode identificar envios de vários endereços diferentes e considerar o comportamento suspeito.

Para não correr esse risco, o melhor mesmo é criar sua loja virtual própria em uma plataforma completa e fácil de usar como a Nuvemshop. Assim, você monta seu e-commerce do zero e ainda tem a opção de integrá-lo com aplicativos que facilitam o dropshipping, como o Dropi e o Drop Nacional.

Crie sua loja virtual
Testar 30 dias grátis

Como fazer dropshipping na Shopee?

Se você veio até aqui para saber como fazer dropshipping na Shopee, vamos te apresentar o passo a passo completo para adotar a prática.

Mas lembre-se: é por sua conta e risco, já que não se trata de uma política oficial da plataforma.

Confira:

1. Crie sua conta de vendedor na Shopee

O primeiro passo para conseguir vender na Shopee é fazer seu cadastro como vendedor pelo site ou pelo app do Brasil. Ao acessar a Central do Vendedor, você pode escolher se prefere se registrar com um CPF (pessoa física) ou com um CNPJ (pessoa jurídica).

A partir desse momento, você consegue acessar o perfil da sua loja para editar as informações. Então, você já pode adicionar produtos e criar os seus anúncios dentro da plataforma. Confira o passo a passo:

  • Entre no site www.shopee.com.br e clique em cadastrar;
  • Adicione e faça a verificação do seu número de telefone e e-mail;
  • Entre na Central do Vendedor e finalize o cadastro;
  • Faça login com o seu nome de usuário que acabou de cadastrar com e-mail ou telefone;
  • Se optar pelo telefone, digite o número do “código de telefone do país” (para números brasileiros é +55);
  • Após acessar seu perfil, complete com os dados solicitados.

Agora você já pode escolher o nome da sua loja, que deve refletir a personalidade da sua marca. Depois, faça o upload de pelo menos cinco imagens e vídeos para identificar sua empresa.

Então, crie uma descrição básica para a sua loja e inclua informações importantes como a história da empresa, quais são os produtos vendidos, tempo médio de resposta do chat e frete.

👉 Ferramenta grátis: Gerador de Nomes para Empresas

2. Encontre fornecedores de dropshipping

Com a sua loja pronta, você já pode ir em busca de fornecedores para fazer seu dropshipping na Shopee. Essa não é uma tarefa muito fácil, pois você terá que encontrar parceiros confiáveis, que cumpram prazos de entrega e garantam a qualidade de seus produtos.

Devido à falta de recursos de gestão de fornecedores na plataforma, o ideal é optar pelo dropshipping nacional, fechando parcerias com empresas brasileiras.

💡 Saiba mais: Como escolher fornecedores?

3. Anuncie os produtos desejados na Shopee

Antes de anunciar os seus produtos na Shopee, leia a Política de Produtos Proibidos e Restritos. Assim, você garante que o anúncio esteja de acordo com todos os termos e condições de uso da plataforma.

Como você está fazendo dropshipping na Shopee, terá que coletar as informações dos produtos diretamente do catálogo do seu fornecedor. A maioria deles já disponibiliza os principais dados do item para facilitar essa tarefa.

Depois, é só seguir os passos abaixo:

  • Entre na central do vendedor;
  • Selecione os produtos;
  • Clique em adicionar um novo produto e preencha todos os dados: nome, categoria, descrição, estoque, preço e upload de fotos do item, conforme informado pelo seu fornecedor;
  • Na hora de configurar os envios, escolha a opção de envio próprio, sem utilizar o serviço Shopee Envios (afinal, o responsável pela logística será o seu fornecedor)
  • Salve o produto e publique seu anúncio.

4. Repasse os pedidos e etiquetas de envio ao fornecedor a cada venda

Assim que você fizer uma venda, deverá comprar imediatamente o produto no site do fornecedor e repassar a etiqueta de envio do pedido. Dessa forma, seu parceiro poderá despachar o item diretamente para o cliente dentro do prazo.

5. Peça o código de rastreio ao fornecedor

Enviar o código de rastreamento do pedido para o consumidor é um passo importante para que o cliente sinta confiança em sua loja. Com ele, o consumidor pode acompanhar o status do envio em tempo real.

Além disso, o código de rastreio também é um recurso para a proteção do vendedor no dropshipping. Acompanhando o pedido, você se certifica de que o produto será entregue ao cliente dentro do prazo e pode contestar o parceiro em caso de atraso, extravio ou outro problema.

6. Acompanhe o envio

Acompanhar o envio de perto é uma tarefa muito importante no dropshipping. Isso porque o fornecedor é responsável pela entrega do produto, mas é o nome da sua empresa que está em jogo.

Ou seja: se houver qualquer problema, você deverá atender rapidamente às demandas do cliente para garantir a boa reputação do seu negócio dentro da Shopee.

Um ponto de atenção é o prazo de entrega, que pode ser maior no dropshipping, dependendo da agilidade do seu fornecedor. Por isso, é importante estar atento a cada etapa do envio para evitar que o cliente fique insatisfeito ou até mesmo desista da compra e gere um chargeback (cancelamento da venda e estorno do pagamento).

Lembrando que a quantidade de chargebacks impacta diretamente na aprovação de vendas futuras e pode levar até a um bloqueio de conta no Shopee, o que prejudica seu negócio.

7. Preste um ótimo atendimento ao cliente

Por fim, é imprescindível prestar um bom atendimento ao cliente para mantê-lo interessado em seus produtos e alcançar a fidelização. Em caso de problemas com o envio ou produto, resolva a situação com o fornecedor e faça tudo o que estiver ao seu alcance para se retratar com o consumidor.

Além disso, um tempo de resposta ágil faz toda a diferença para a satisfação dos clientes, principalmente nas compras online. Se possível, vale incluir um chat em sua loja para um contato mais próximo e rápido.

Além disso, não se esqueça de oferecer formas de pagamento variadas como boleto, cartão de débito, Pix e cartão de crédito com opção de parcelamento.

💡 Saiba mais: Quais são os meios de pagamento online?

Afinal, vale a pena fazer dropshipping na Shopee?

Agora que você sabe como fazer dropshipping na Shopee, fica mais fácil decidir se essa modalidade vale a pena para o seu negócio. Como vimos, você terá que fazer tudo manualmente, já que a plataforma não foi criada para essa finalidade — o que pode até mesmo gerar problemas na sua conta.

Se você quer vender pela internet sem dor de cabeça e automatizar o máximo de tarefas possível, a melhor opção continua sendo montar sua loja de dropshipping do zero. Na Nuvemshop, por exemplo, você cria seu site em poucos passos e tem todos os recursos para terceirizar seu estoque dentro da plataforma.

Crie sua loja virtual
Testar 30 dias grátis

Resumo

Agora você tem todas as informações que precisa para decidir se vale a pena fazer dropshipping na Shopee. Como vimos, não é o objetivo da plataforma e pode dar mais trabalho do que o normal, mas é uma alternativa para quem está começando.

Antes de começar a criar sua loja, confira o resumo do artigo:

Como funciona o dropshipping na Shopee?

Originalmente, a Shopee não é voltada à prática de dropshipping, que consiste em vender sem ter um estoque próprio. Mas, mesmo assim, é possível comercializar produtos pela plataforma com estoque terceirizado. Nesse caso, você deverá fechar parcerias com fornecedores e realizar a compra diretamente com eles toda vez que fizer uma venda.

É permitido fazer dropshipping na Shopee?

A Shopee não deixa claro em seus termos de serviço se é permitido fazer dropshipping na plataforma. A princípio, não há nenhum impedimento, mas é importante ressaltar que o marketplace não foi pensado para essa finalidade.

Como fazer dropshipping na Shopee?

  1. Crie sua conta de vendedor na Shopee;
  2. Encontre fornecedores de dropshipping;
  3. Anuncie os produtos desejados na Shopee;
  4. Repasse os pedidos e etiquetas de envio ao fornecedor a cada venda;
  5. Peça o código de rastreio ao fornecedor;
  6. Acompanhe o envio;
  7. Preste um ótimo atendimento ao cliente.

Vale a pena fazer dropshipping na Shopee?

Cabe a você decidir se vale a pena fazer dropshipping pela Shopee. A vantagem é contar com o amplo público de consumidores da plataforma e anunciar seus produtos livremente. Mas, por outro lado, você terá que fazer tudo manualmente e correrá o risco de ter problemas na sua conta, já que a Shopee não foi criada para essa finalidade.

Deu para entender como funciona o dropshipping na Shopee?

Se você quer uma solução mais prática e eficiente, precisa testar a Nuvemshop. Aproveite os 30 dias grátis e crie sua loja virtual do zero! Você nunca mais vai querer saber de outra plataforma para fazer dropshipping. 😎

Aqui você encontra:

Faça como +90 mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Testar 30 dias grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop

Quer mudar de vida vendendo pela internet?

Crie agora sua loja virtual com a Nuvemshop e venda de maneira profissional.

Criar minha loja

Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies