Como montar uma loja de roupas infantil em 8 passos? [+ ideias de nomes]

Por: Tamires Barlette

Duas crianças sentadas na grama, como se fossem modelos de alguém aprendendo como montar uma loja de roupas infantil

Por crescerem de maneira acelerada, bebês e crianças costumam perder roupas em um espaço de tempo muito curto. Por conta disso, há sempre a necessidade de repor as peças perdidas, tornando esse um mercado de alta demanda. Com isso em mente, já pensou em aprender como montar uma loja de roupas infantil?

Segundo a ABIT (Associação Brasileira de Indústria Têxtil e de Confecção), o mercado de roupas infantil tem registrado um crescimento de 6% ao ano, mostrando grande resiliência durante a pandemia, mesmo em meio a uma desaceleração geral no mercado da moda.

Por isso, vamos te contar tudo sobre como montar uma loja virtual de roupas infantil e conseguir uma parcela desse setor em expansão! É só continuar lendo e conferir nosso passo a passo. Vamos lá? 👚​

Crie sua loja virtual
Criar loja grátis
&utm_medium=banner&utm_campaign=blogpost” img-desktop=”https://d26lpennugtm8s.cloudfront.net/assets/blog_pt/rebranding-BR-Desktop-generic-trial-extended.jpg” img-mobile=”https://d26lpennugtm8s.cloudfront.net/assets/blog_pt/rebranding-BR-mobile-generic-trial-extended.jpg”]

1. Conheça bem o mercado

O primeiro passo para idealizar sua loja de roupas infantil é conhecer bem as vantagens e desafios desse segmento. Para isso, tente responder perguntas como essas:

  • Quantas crianças têm na sua região?
  • Qual a renda média do seu público-alvo?
  • Quais canais de venda são mais populares entre ele?
  • Quais os produtos mais vendidos?

Saber a resposta para essas questões é fundamental para o sucesso do seu negócio. Afinal, elas serão o norte que te ajudará a idealizar as principais características do seu empreendimento, como o mix de produtos e que tipo de pessoas você deseja atingir com ele.

A depender da localização da sua loja e da renda média de quem transita pelas proximidades, por exemplo, você deverá optar por roupas mais baratas. Além disso, ao conhecer os produtos mais vendidos, será possível fazer apostas mais certeiras ao montar seu estoque.

💡 Saiba mais: Análise de mercado: o que é e como fazer uma?

2. Estude a concorrência

É sempre possível aprender algo com a concorrência, seja com os erros ou com os acertos. Por conta disso, recomendamos que você tire um tempo para conhecer mais a fundo seus principais concorrentes e de que forma eles se posicionam no mercado.

Conheça as lojas físicas, confira os preços, produtos oferecidos e de que forma eles se comunicam com o público-alvo. Acesse seus perfis nas redes sociais e tente entender as estratégias aplicadas e que tipo de linguagem eles utilizam.

Após fazer isso, encontre pontos de melhoria, avaliando de que forma sua marca pode se destacar em meio à multidão. Se perceber que seus concorrentes não têm uma presença tão forte no Instagram, por exemplo, você pode investir em campanhas e estratégias voltadas para essa rede social.

💡 Saiba mais: Análise de concorrência: passo a passo para começar a fazer

3. Defina seu mix de produtos

Ter um mix de produtos bem pensado pode fazer toda a diferença entre fidelizar, ou não, seus consumidores. Lembre-se: mesmo que você ofereça produtos de qualidade, a fim de economizar tempo, seus clientes querem encontrar tudo o que precisam na sua loja.

Por isso, é essencial que você pense no que seus clientes desejam encontrar ao visitar seu estabelecimento. Além de oferecer uma experiência de compra mais completa, será possível lucrar mais ao vender vários produtos juntos.

4. Esteja por dentro das tendências entre as crianças

Ao escolher vender para o público infantil, é bastante provável que você se encontre em situações em que precisa buscar um produto com algum personagem de desenho animado específico, por exemplo.

Por isso, além de saber falar a língua dos pais, recomendamos que você conheça também o universo infantil. Quais as principais animações do momento? Quais personagens estão em alta?

Ao conhecê-los, seus canais de comunicação poderão estar alinhados com as expectativas dos pequenos, além de possibilitar que você invista em um estoque com maiores chances de venda.

5. Encontre bons fornecedores de roupas infantis

Com seu mix de produtos definido, é chegada a hora de buscar bons fornecedores de roupas infantis. Com parceiros que oferecem roupas de qualidade a preços competitivos, as chances de potencializar lucros e de o seu negócio prosperar serão maiores.

É possível tanto ter um fornecedor de confiança, como fazer uma combinação de diferentes fornecedores. Dessa forma, você oferece maior variedade, além de ter maior segurança ao diversificar seu estoque. Caso algum problema aconteça com um dos seus parceiros, você corre menos riscos de desabastecimento.

Alguns fornecedores populares são:

  • Atacado infantil;
  • Ropek;
  • Bebê Fofuxo;
  • Dudalui;
  • Brascol;
  • AB&C Moda Infantil;
  • Datitia Baby Store;
  • Paulimar;
  • Revenda Infantil;

Caso queira diferentes opções, você pode encontrar novas com uma rápida busca no Google por fornecedores de roupas infantis.

💡 Saiba mais: Como escolher um fornecedor para o seu negócio?

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

6. Escolha um bom ponto comercial

Saber onde abrir uma loja de roupas infantil é outra etapa fundamental do lançamento da seu negócio . Para potenciar suas chances de venda, busque um local estratégico, onde exista muito tráfego de pessoas que correspondam ao seu público-alvo.

Além disso, há outros pontos a serem observados na estrutura do seu negócio. Certifique-se de que o lugar escolhido tem espaço suficiente para os principais setores da sua loja, como:

  • Estoque;
  • Vitrines;
  • Provadores;
  • Área de circulação;
  • Caixas;
  • Banheiros.

Considere, também, o valor de locação. Afinal, esses custos afetarão diretamente sua margem de lucro e, consequentemente, as chances do seu e-commerce prosperar.

7. Crie uma loja virtual

Mesmo que sua loja de roupas infantil tenha um espaço físico, ao criar um e-commerce, é possível alcançar um número muito maior de pessoas. Com uma boa estratégia voltada para o meio virtual, sua receita pode aumentar de forma exponencial.

Com os desafios da pandemia do coronavírus, o comércio eletrônico sofreu um aumento sem precedentes. Os números não mentem: só em 2020, foram mais de 20,2 milhões de novos consumidores nesse mercado.

Por isso, recomendamos que você crie uma loja virtual. Ao fazer isso, você mostra aos seus clientes que leva seu negócio a sério, além de poder realizar vendas de forma automática, apenas divulgando sua loja em diferentes meios.

Com a Nuvemshop, por exemplo, é possível criar uma loja completa em poucos instantes, sem a necessidade de conhecimentos técnicos e sem pagar nada por isso.

Crie sua loja virtual
Criar loja grátis
&utm_medium=banner&utm_campaign=blogpost” img-desktop=”https://d26lpennugtm8s.cloudfront.net/assets/blog_pt/rebranding-BR-Desktop-generic-trial-extended.jpg” img-mobile=”https://d26lpennugtm8s.cloudfront.net/assets/blog_pt/rebranding-BR-mobile-generic-trial-extended.jpg”]

8. Capriche na divulgação nas redes sociais

As redes sociais tornaram-se um ponto-chave no lançamento de qualquer negócio. Muitos empreendedores, antes mesmo de lançarem sua loja, criam perfis no Instagram, por exemplo, para já começarem a divulgação.

Por isso, é importante que você entenda como cada uma funciona, suas principais ferramentas de vendas e como criar conteúdo relevante que atraia seu público! Para isso, contrate um profissional da área ou faça um bom curso de marketing nas redes sociais.

Crie conteúdos divertidos e poste boas fotos de produtos com os personagens mais populares entre eles.

💡 Saiba mais: Como fazer marketing nas redes sociais?

Ideias de nomes para loja de roupas infantil

Agora que você sabe o que precisa para montar uma loja de roupas infantil, vamos te ajudar também com a parte criativa da sua empresa. Separamos algumas dicas para que você escolha um nome coerente com sua proposta e que encante seus clientes. Confira:

Uma boa forma de deixar sua proposta clara logo de cara é escolher um nome que inclua algumas dessas palavras:

  • Pequenos;
  • Baby;
  • Jardim;
  • Mini;
  • Mirim;
  • Infantil;
  • Criança;
  • Kids;
  • Brincar;
  • BB;

Exemplos:

  • BB Feliz;
  • Recanto da Criança;
  • Paraíso Infantil;
  • Baby Garden;
  • Jardim mirim.

Ao usar estrangeirismos, atente-se ao público alvo da sua loja e avalie se eles têm familiaridade com a língua escolhida. Algumas palavras do Inglês, como “kids” e “baby”, são populares mesmo entre quem não fala a língua fluentemente. Em outros casos, pode ser melhor escolher palavras mais acessíveis.

Se quiser outras opções, com a ferramenta de gerador de nomes para empresas da Nuvemshop, você pode ter um nome original em poucos instantes. É só escolher sua área de atuação, inserir algum nome ou palavra que deseja incluir e pronto: você terá diversas opções para escolher ou se inspirar.

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Já sabe tudo sobre como montar uma loja de roupas infantil?

Neste artigo, reunimos as principais informações para lançar sua própria loja de roupas infantis . Desde fornecedores, ideias de nomes até os fatores essenciais a serem considerados. Se seguir à risca nossos passos, você poderá ter sua própria loja de roupas infantil de sucesso.
Para levar seu negócio a outro nível, que tal criar uma loja virtual grátis com a melhor plataforma do mercado? Com a Nuvemshop, você pode montar sua loja de roupas infantil em poucos cliques, sem precisar de nenhum conhecimento técnico! 💙

Aqui você encontra:

Perguntas frequentes sobre como montar uma loja de roupas infantil

Para montar uma loja de roupas infantil, você precisa: 1. Fazer uma pesquisa de mercado; 2. Buscar formas de se destacar da concorrência; 3. Encontrar um bom ponto comercial; 4. Conhecer os melhores fornecedores; 5. Criar uma loja virtual; 6. Caprichar na divulgação nas redes sociais.

A margem de lucro média de cada peça costuma ser entre 100% e 300%. Mas, além disso, é necessário contabilizar outros gastos da sua loja, como os custos de locação e de salários de funcionários.

Faça como +100 mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Criar loja grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop

Quer abrir uma loja de roupas infantil?

Monte sua loja com a Nuvemshop e venda de maneira profissional para milhares de consumidores online!

Criar loja grátis

Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies