Descubra como calcular o markup para precificar seus produtos

Por: Leandro Markus
Descubra como calcular o markup para precificar seus produtos

Aqui você encontra:

Muitas vezes, definir o preço dos seus produtos de forma consciente e a partir de dados concretos pode ser uma tarefa complicada. Para isso, existem índices criados para auxiliar nesse processo. Então, hoje vamos saber como calcular o markup dos artigos que você vende.

Ao longo deste conteúdo, nos dedicaremos a entender melhor o que é markup, qual sua fórmula e como fazer seu cálculo. Então, lápis e papel na mão, pois vamos começar! ✏️

O que é markup?

O markup é um índice calculado a partir dos custos de produção e/ou aquisição de revenda para produtos e também da margem de lucro pretendida pelo empreendedor. Ele também pode ser utilizado no caso da prestação de serviços. Como dissemos na introdução, a partir desse cálculo, é possível definir os preços de venda dos seus artigos.

Existem alguns métodos diferentes para a precificação de produtos e o markup é um deles. Para conhecer um pouco mais sobre as alternativas existentes na hora de definir o valor de compra, confira nosso conteúdo sobre o assunto:


Saiba mais...

O que compõe o markup

Para o cálculo do markup, é preciso ter as definições do que compõe o índice:

  • Despesas fixas (DF), de forma simplificada, são aquelas mais relacionadas à empresa do que ao produto em si, como gastos administrativos, financeiros e comerciais. Você deve encontrar o percentual dessas despesas fixas em cada unidade do produto ou serviço vendido;
  • Despesas variáveis (DV) são aquelas ligadas à venda, como comissões e impostos. Lembre-se de incluir o preço do frete, no caso de você comprar mercadorias de fornecedores, e seu tempo de trabalho e os gastos com matérias-primas no caso de você mesmo produzir os produtos. No caso da prestação de serviços, considere o custo da hora de trabalho e o total de horas despendidas em um serviço realizado. Aqui, o percentual sobre cada unidade também deve ser encontrado;
  • Margem de lucro (LP, na fórmula que veremos adiante) é a porcentagem do que se espera ganhar na venda — o ideal é estabelecer uma margem para cada produto para que os preços sejam mais agressivos.

Cálculo de markup

O markup é calculado a partir dos elementos que acabamos de identificar no tópico anterior. Eles devem ser aplicados a uma fórmula. Vamos conhecê-la a seguir:

Fórmula do markup

100/[100-(DV+DF+LP)]

Como calcular o markup a partir da fórmula

A partir dessa fórmula, você deve substituir os elementos pelos percentuais que você encontrou para cada produto.

Vejamos um exemplo: suponha que você vai vender uma camiseta e encontrou que, para produzi-la (ou revendê-la), você tem 12% de despesas fixas, 15% de variáveis e pretende ter uma margem de lucro de 18%.

Teremos:

  • Markup = 100/[100-(DV+DF+LP)]
  • Markup = 100/[100-(15+12+18)]
  • Markup = 100/[100-45]
  • Markup = 100/55
  • Markup = 1,82

Como definir o preço pelo markup

Calculado o valor do markup, chega a hora de definir o preço de venda daquela mercadoria. Para isso, é necessário multiplicar o índice obtido pelo custo unitário de cada mercadoria.

No exemplo da camiseta, suponhamos que, para o lojista, cada uma delas custou R$ 17. Nesse caso, teríamos:

  • Preço de venda = Markup x Custo da mercadoria
  • Preço de venda = 1,82 x 17
  • Preço de venda = R$ 30,94

Dessa forma, você chega ao preço pelo qual a camiseta deveria ser vendida para o público para cobrir todos os seus custos e obter a margem de lucro desejada em cada venda.

Dicas extra para a precificação do seu produto

A gestão e a otimização dos preços devem sempre estar entre as suas prioridades, pois isso se reflete na lucratividade do seu negócio.

Uma das melhores ferramentas para enfrentar a concorrência será sempre o preço. Por isso a necessidade de ter um cuidado extremo com a precificação do produto.

Não é interessante estar com o preço muito acima ou muito abaixo dos seus concorrentes: a discrepância pode atrapalhar as vendas e o valor é um dos fortes componentes de posicionamento da mercadoria. Por isso, faça uma análise da concorrência e veja também que preços os competidores estão oferecendo.

Quando chegar o momento de realizar a formação do preço do seu produto, o seu contador será o seu maior aliado no levantamento de todos os impostos (federais, estaduais e municipais) que podem incidir sobre o seu negócio e os artigos vendidos. Como vimos, isso será fundamental na definição do seu markup.

Depois, existem ainda três possibilidades para aumentar a lucratividade em seu negócio:

  • Cobrar o preço limite que o cliente está disposto a pagar — o que pode ser descoberto por meio de pesquisas com seu público;
  • Reduzir o custo de produção em vez de aumentar o preço para ter mais lucro;
  • Aumentar o desejo do cliente pelo produto até conseguir aumentar o valor — uma forma é trabalhando sua marca por meio do branding.

Tudo certo?

Esperamos que este conteúdo tenha te ajudado a entender melhor o que é e como calcular o markup. Dessa forma, você será capaz de definir os preços de seus produtos e serviços de forma consciente.

Quando estiver calculando suas despesas, tenha muita atenção para não deixar nada de fora. Afinal, um custo esquecido terá impacto sobre sua margem de lucro real quando os clientes começarem a comprar, certo?

Então, está pronto para fazer o cálculo do markup e definir os preços dos seus produtos?

Faça como +50mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Testar 30 dias grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop
O melhor evento de e-commerce para PME’s do Brasil

13 a 15 de julho — online e gratuito

Reserve o seu lugar