Como contar histórias que vendem com a técnica de storyselling?

Por: Talitha Adde

homem de meia idade aplicando a estratégia de storyselling durante uma venda

Storyselling é uma técnica que consiste em contar histórias sobre a sua marca para se comunicar com o seu público-alvo. Seu principal objetivo é cativar as pessoas de uma forma natural e, assim, conseguir fazer com que ele compre os produtos ou adquira os serviços sem precisar recorrer a estratégias pesadas e cansativas de divulgação.


Se você vende pela internet, o storyselling (em português, “venda de uma história”) pode ser utilizado para criar uma conexão com os seus clientes e gerar uma identificação com a sua marca.

Resumidamente, essa estratégia estimula empresas a se conectar com os seus clientes. Ou seja, todos os processos acabam tendo como base os sentimentos e foco total em conversão.

Por isso, para que você entenda o que é storyselling e como essa estratégia pode ajudar o seu negócio, preparamos um artigo completo sobre o assunto. Vamos lá?

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

O que é storyselling?

Storyselling é uma técnica que consiste em contar histórias sobre a sua marca para se comunicar com o seu público-alvo. Seu principal objetivo é cativar as pessoas de uma forma natural e, assim, conseguir fazer com que ele compre os produtos ou adquira os serviços sem precisar recorrer a estratégias pesadas e cansativas de divulgação.

Por exemplo, vamos supor que você criou uma loja virtual que venda camisetas online e decida criar um vídeo contanto todo o processo de criação da marca e os obstáculos que você teve que passar.

Esse modelo de divulgação faz com que os clientes fiquem mais interessados e acabem se identificando com a marca.

Nessa caso, o objetivo é captar toda a atenção do cliente e fazer com que você se sobressaia em relação à concorrência. E quando você utiliza isso a partir de uma história real fica muito mais fácil conquistar o seu consumidor.

Além disso, existem alguns gatilhos mentais que podemos utilizar durante o storyselling para conquistar ainda mais o público e gerar algumas emoções que auxiliam no processo de compra, veja só:

  • Ações beneficentes: “Ao comprar a nossa camiseta você ajuda a instituição X”;
  • Fazer com que o seu cliente se sinta parte da comunidade: “Seja um dos nossos 100 alunos e garanta seu curso”;
  • Incentivar a mudança: “Mude a sua história profissional com o nosso curso”;
  • Mostrar ao seu público que ele não pode perder essa chance:“Garanta o nosso curso e esteja por dentro dos melhores do mercado!”.

Qual a diferença entre storytelling e storyselling?

Para entender qual a diferença entre storytelling e storyselling, é preciso saber que apesar do nome ser bem parecido, existem algumas características que podem te ajudar a distinguir ambos conceitos.

O objetivo do storytelling é atrair atenção dos clientes e fazer com que elas se apaixonem pela sua marca.

Já o storyselling, como já mencionamos, o foco é estimular a compra e aumentar a taxa de conversão de um negócio.

💡 Saiba mais: Storytelling no Instagram: dicas de como contar boas histórias na rede social

Como contar histórias que vendem?

Para saber como contar histórias que vendem e usar o storyselling é importante criar elementos que conquistem seu público de forma natural.

Por isso, alguns passos são necessários para que você consiga aplicar esse conceito. Veja abaixo:

Entenda e conheça seu público

O primeiro passo é saber quem é o seu público-alvo. Para isso, defina todas as principais características do seu potencial consumidor, como:

  • Idade;
  • Gênero;
  • Cidade de origem;
  • Quais são os hábitos de consumo;
  • Problemas enfrentados durante o processo de compra;
  • O que influencia durante as compras;
  • Entre outros.

Após isso, alinhe todas as histórias com os interesses captados e desenvolva a solução.

💡 Saiba mais: O que é persona e como criar uma para o seu negócio?

Use toda a essência da marca

Quando você consegue apresentar ao cliente o que você tem de especial e único, seja um valor que acredita ou uma história de superação, fica mais fácil ele se identificar.

Porém, não se esqueça que nesse caso, inventar alguma situação que não aconteceu pode te deixar em apuros no futuro, por isso, o recomendado é mostrar um caso real que realmente modificou os rumos da sua vida e da empresa.

Explore todos os diferenciais do seu produto ou serviço

Ao fazer um brainstorm, isto é, técnica para apresentar novas ideias, você consegue identificar todas as características mais relevantes da sua marca.

Por exemplo: se você tem uma vende roupas online e os materiais utilizados nas peças são sustentáveis, esse é o seu diferencial. Ao montar o seu storyselling, exalte esse ponto para os clientes.

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Conte a história da empresa aos poucos

Depois de captar todas as informações dos clientes e apresentar seu diferencial, conte a história da sua empresa aos poucos.

Para isso, tenha um roteiro bem definido de todas as principais etapas de desenvolvimento.

Faça a construção de uma história que vende

É preciso construir uma história que faça sentido e prenda a atenção do seu consumidor. Para que isso aconteça, você precisa transformar os principais pontos da sua empresa e do seu produto em benefícios. Veja algumas dicas:

  • Entenda que o protagonista é o cliente e ele deve ser o centro da atenção. Sempre use uma linguagem direta e como se estivesse falando especialmente com o comprador;
  • Busque entender quais são os principais problemas enfrentados e ofereça o seu produto como solução.

Identifique um problema que precisa de solução

Para envolver ainda mais o seu comprador, observe qual o problema que ele precisa solucionar. O ideal nesse caso é explorar o seu produto de uma forma que ele consiga enxergá-lo como uma alternativa. Exemplo:

“Para você que você, assim como o Mauro (dono da empresa) que tem muitas dores no pé ao caminhar (problema), você precisa adquirir o nosso tênis. Ele é confortável, anatômico sem deixar o estilo de lado. Sendo um dos mais recomendados por fisioterapeutas (solução)”.

Resumo

Esperamos que o artigo sobre storyselling tenha sido o divisor de águas que faltava para que você comece a usar essa estratégia! E agora que você já sabe tudo sobre o assunto, que tal relembrar os pontos principais com um breve resumo? Acompanhe!

O que é storyselling?

Storyselling é uma técnica que consiste em contar histórias sobre a sua marca para se comunicar com o seu público-alvo. Seu principal objetivo é cativar as pessoas de uma forma natural e, assim, conseguir fazer com que ele compre os produtos ou adquira os serviços sem precisar recorrer a estratégias pesadas e cansativas de divulgação.

Como contar histórias que vendem?

  • Entenda e conheça seu público-alvo;
  • Use toda a essência da marca;
  • Explore todos os diferenciais do seu produto ou serviço;
  • Conte a história da empresa aos poucos;
  • Faça a construção de uma história que vende;
  • Identifique um problema que precisa de solução.

E aí, gostou de saber sobre o significado do storyselling? Essa estratégia pode fazer sua empresa explodir em vendas e levar a sua marca para outro patamar quando se fala em identificação com o público-alvo.

Se você ainda não vende de maneira profissional na internet, teste a Nuvemshop por 30 dias grátis e descubra todo o potencial da plataforma!

Aqui você encontra:

Faça como +90 mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Testar 30 dias grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop

Quer mudar de vida vendendo pela internet?

Crie agora sua loja virtual com a Nuvemshop e venda de maneira profissional.

Criar minha loja

Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies