Como funciona o boleto parcelado em compras e dívidas?

Por: Renato Burin

Empreendedora negra descobre como funciona boleto bancário parcelado em seu notebook.

O boleto parcelado é um meio de pagamento muito simples: ao escolher essa opção, você pode pagar sua compra em várias parcelas sem precisar de um cartão de crédito, recebendo boletos individuais para cada prestação (os famosos carnês). Se você vende pela internet, é importante oferecer esse parcelamento aos seus clientes.


Quanto mais opções de meios de pagamento uma loja oferecer, melhor, concorda? Seguindo essa lógica, se você quer parcelar suas compras sem cartão de crédito ou pretende oferecer esse método aos seus clientes, precisa saber como funciona o boleto bancário parcelado.

Essa forma de pagamento é muito prática, porque permite que qualquer pessoa parcele suas compras — tendo ou não um cartão de crédito. Além de ser uma ótima opção para quem tem loja virtual, ela também serve para parcelar contas de consumo, impostos e até multas.

Bateu a curiosidade para saber mais sobre o boleto bancário parcelado? Então, continue a leitura e entenda como esse método funciona, quais são os juros cobrados e como oferecer essa opção no seu negócio para vender mais. Vamos lá?

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

O que é boleto bancário parcelado?

O boleto bancário parcelado é uma forma de pagamento em que você pode dividir um boleto em várias parcelas, em vez de quitar o valor do título de uma só vez. Isso pode ser feito por meio do crediário, que é um financiamento oferecido por lojas e instituições financeiras, e também por meio de um cartão de crédito.

Hoje, sete em cada dez brasileiros (71%) costumam optar pelo pagamento parcelado na hora de fazer compras, de acordo com uma pesquisa do Serasa. Ou seja, a demanda pelo boleto bancário parcelado é real — e os empreendedores devem ficar de olho nessa tendência de meio de pagamento.

💡 Saiba mais: 7 meios de pagamento para sua loja virtual

Como funciona o boleto bancário parcelado?

O boleto bancário parcelado mais comum é o famoso crediário, um tipo de financiamento que lojas e instituições financeiras oferecem para dividir o valor de um boleto em várias parcelas. Dessa forma, o consumidor recebe os chamados carnês, que são boletos individuais para cada prestação da dívida.

Então, quando te perguntarem qual é a diferença entre boleto e carnê, você já sabe: o boleto é pago à vista, enquanto o carnê é pago a prazo.

Além disso, também existe o crediário digital, que permite dividir o pagamento de um boleto em várias vezes por meio de um crédito concedido por uma instituição financeira, como se fosse um pequeno empréstimo online.

💡 Saiba mais: Como conseguir um empréstimo para abrir uma empresa?

Nesse caso, o consumidor pode optar por pagar as parcelas em boletos individuais, por débito em conta ou via Pix, por exemplo.

Por fim, há ainda a possibilidade de parcelar boletos no cartão de crédito. Hoje, diversos bancos, fintechs e carteiras digitais oferecem essa opção de pagamento aos seus clientes por meio de aplicativos bancários.

No entanto, é importante ressaltar que todas essas formas de parcelamento implicam na cobrança de uma taxa de juros do consumidor. Para o empreendedor, também existe a cobrança de uma taxa pelo intermediador de pagamentos, que varia conforme a data de recebimento do dinheiro.

💡 Saiba mais: Qual é o gateway de pagamento mais barato?

Qual o juros do boleto parcelado?

Os juros do boleto parcelado são cobrados dos consumidores no momento do parcelamento. Já do lado dos empreendedores, é cobrada uma taxa sobre o valor recebido pela compra. Veja quais são as taxas médias praticadas no mercado.

Juros do boleto parcelado para o consumidor

Quando o consumidor escolhe parcelar um boleto, seja por meio de carnês ou de um cartão de crédito, ele precisa pagar juros à instituição financeira ou loja. Geralmente, essa taxa de juros é calculada de forma personalizada, de acordo com uma análise de crédito feita pela empresa.

Ou seja, uma pessoa que tem um score de crédito (pontuação do CPF) maior e um histórico de pagamentos positivo terá uma taxa de juros menor. Já uma pessoa com score menor ou até mesmo negativado terá que pagar juros maiores pela mesma operação.

O Nubank, por exemplo, afirma que cobra juros entre 2% a 6% ao mês* para parcelar boletos para seus clientes, segundo uma matéria da CNN Brasil. Já no PicPay, o parcelamento de um boleto tem uma taxa de 3,09%* calculada sobre o valor do boleto, mais 3,69%* sobre cada parcela.

💡 Saiba mais: O que é PicPay Empresas e quais são as taxas?

Juros do boleto parcelado para o empreendedor

Se você tem uma loja física ou virtual e quer oferecer o boleto parcelado como forma de pagamento, também terá que pagar taxas às instituições financeiras a cada venda realizada.

Por exemplo, vamos supor que você tenha uma loja online na Nuvemshop e utilize o meio de pagamento Parcelex para fazer as cobranças. Com esse aplicativo, seus clientes poderão parcelar as compras na sua loja em até 24 vezes no boleto ou Pix parcelado.

Nesse caso, a Parcelex cobra uma taxa fixa de 4%* sobre o valor das vendas realizadas.

Outro exemplo é o Mercado Crédito, uma modalidade de crediário digital que você pode utilizar na sua loja virtual Nuvemshop instalando o app Mercado Pago. Nesse caso, você paga as seguintes taxas para cobrar no boleto parcelado:

  • 3,99%* para receber o valor total da compra em 30 dias;
  • 4,49%* para receber o valor total da compra em 14 dias;
  • 4,99%* para receber o valor total da compra na hora.

*Valores consultados em novembro de 2023.

💡 Saiba mais: 19 formas de pagamento para usar na sua Nuvemshop [2024]

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Como parcelar um boleto?

Existem várias formas de parcelar um boleto, dependendo do tipo de compra ou pagamento. Confira as mais comuns.

Como parcelar compras no boleto

Se você quer fazer uma compra parcelada no boleto, a forma mais comum é o crediário disponibilizado por lojas, como já mencionamos. Grandes varejistas como Magazine Luiza, Casas Bahia e Pernambucanas oferecem o carnê físico ou digital para seus clientes dividirem o valor das compras.

Mas, hoje em dia, não é preciso ter um negócio de grande porte para oferecer o parcelamento sem cartão. Diversas lojas online de pequeno e médio porte oferecem meios de pagamento com crediário digital.

💡 Saiba mais: Como vender parcelado na minha loja virtual?

Como parcelar boleto no cartão de crédito

Se você tem um cartão de crédito, é ainda mais fácil parcelar boletos. Você pode fazer isso diretamente na sua conta no aplicativo da empresa do cartão, desde que a instituição financeira ofereça esse serviço.

Geralmente, é só escanear o código de barras do boleto e escolher “cartão de crédito” como forma de pagamento, se estiver disponível. Nesse caso, o app vai mostrar as opções de parcelamento e os juros cobrados.

Mas atenção: não são todos os boletos que podem ser parcelados no cartão de crédito. Algumas instituições permitem somente o parcelamento de contas de água, luz e internet, por exemplo, ou somente boletos emitidos em nome do titular da conta.

💡 Saiba mais: O que é e como funciona o pagamento com cartão de crédito?

👉 Ferramenta grátis: Calculadora de taxas

Como parcelar contas no boleto

As contas de água, luz, telefone, internet e outros boletos do dia a dia podem ser parcelados no cartão de crédito e também no carnê. No segundo caso, geralmente, o parcelamento só é autorizado quando você tem uma dívida atrasada.

Nesse caso, é preciso contatar a empresa e negociar o parcelamento no carnê.

💡 Saiba mais: O que é nota promissória e como preencher o documento?

Como parcelar impostos no boleto

O governo também oferece a possibilidade de parcelamento de impostos no boleto. O Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU), por exemplo, é parcelado por várias prefeituras.

Em São Paulo, é possível parcelar o IPTU em até dez prestações mensais iguais e sem juros. Para isso, basta emitir os boletos no site da prefeitura.

Já o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) pode ser parcelado no cartão de crédito por meio de instituições financeiras autorizadas. Também é possível parcelar diretamente no site da Secretaria da Fazenda, mas somente para débitos inscritos em dívida ativa (situação de inadimplência).

💡 Saiba mais: O que é carnê de pagamento e como oferecer em seu negócio?

Como parcelar multas no boleto

As multas de trânsito também podem ser parceladas no boleto bancário. Para saber quais empresas podem fazer essa transação e em quais condições, consulte o Detran do seu estado.

💡Saiba mais: O que é amortização, tipos e como funciona?

Como vender no boleto parcelado?

Vender no boleto parcelado é uma ótima estratégia para ampliar as formas de pagamento da sua empresa e atrair mais clientes. Afinal, os consumidores querem praticidade na hora de pagar e mais opções para parcelar suas compras.

Para isso, você só precisa escolher intermediadores de pagamento ou gateways de pagamento que ofereçam esse método. Para quem tem loja virtual, os softwares são integrados diretamente ao sistema de administração.

Quem tem uma loja virtual na Nuvemshop, por exemplo, pode instalar os aplicativos Parcelex, BoletoFlex e Koin para oferecer parcelamentos em até 24 vezes no boleto ou Pix, sem a necessidade de cartão de crédito.

Outra opção é utilizar o app Mercado Pago para oferecer o meio de pagamento Mercado Crédito, que também permite o parcelamento sem cartão.

⚙️Confira todas as opções de pagamento na Loja de Aplicativos

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Vale a pena parcelar no boleto bancário?

Depende. Como vimos, o parcelamento no boleto bancário adiciona um custo extra à compra, porque são cobrados juros.

Dessa forma, essa opção deve ser escolhida de forma consciente pelo consumidor. Geralmente, é a alternativa para quem não tem um cartão de crédito, já que a compra a prazo na fatura sairia mais barata.

No entanto, o consumidor deve ter a certeza de que consegue pagar as parcelas, pois uma situação de inadimplência pode levar à negativação do CPF.

Já para o lojista, o boleto parcelado é vantajoso, pois acrescenta mais uma forma de pagamento ao negócio, abre novas possibilidades de compra e tem taxas muito próximas às praticadas pelas operadoras de cartão de crédito e débito.

Então, se você tem uma loja virtual, vale a pena ter uma opção de crediário digital ou parcelamento de boleto para seus clientes.

💡 Saiba mais: Como consultar boleto pelo código de barras?

Ficou claro como funciona o boleto parcelado?

Agora que você sabe como funciona o boleto bancário parcelado, pode utilizar mais uma forma de pagamento no seu negócio — e também nas suas compras, é claro. Lembre-se de optar sempre pelos serviços que cobram taxas menores para reduzir os custos na sua empresa.

E que tal cobrar no boleto bancário parcelado para aumentar suas vendas na internet? Crie sua loja virtual grátis na Nuvemshop e aproveite as diversas opções de meios de pagamento! É fácil, rápido e não requer conhecimentos técnicos. 💙

Referências

Aqui você encontra:

Perguntas frequentes sobre como funciona boleto bancário parcelado

O pagamento parcelado por boleto pode ser feito de duas formas principais: por meio de um crediário, em que os boletos são divididos em carnês, ou por meio de um cartão de crédito, que permite o parcelamento de boletos.

Se você não pagar o boleto parcelado, deverá arcar com multa de atraso e juros de mora. Se a dívida persistir, o credor pode negativar seu CPF nos órgãos de proteção ao crédito, como SPC Brasil e Serasa.

Cada instituição financeira cobra uma taxa de juros específica no boleto parcelado. Além disso, os juros são calculados de forma personalizada, de acordo com o perfil de crédito do cliente.

Para comprar no boleto parcelado sem cartão de crédito, é só escolher uma opção de crediário. Por exemplo, grandes varejistas como Magazine Luiza, Casas Bahia e Pernambucanas oferecem o parcelamento por meio de carnês. Além disso, várias lojas virtuais oferecem crediários digitais, permitindo o pagamento parcelado sem cartão.

Faça como +100 mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Criar loja grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop

Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies