11 melhores sites para trabalhar como designer freelancer

Por: Marcos Paiva

11 sites de freelancers para trabalhar com design em 2022

Ser designer hoje em dia é ter uma série de oportunidades para prestar serviços de forma autônoma a empresas. Para começar a trabalhar online e encontrar os melhores projetos, você precisa conhecer sites para freelancers de design.

Essas plataformas reúnem contratantes em busca de designers freelancers e permitem que você faça propostas, feche trabalhos e receba pagamentos online com total segurança. Em contrapartida, a maioria dos sites cobra uma comissão sobre o valor dos serviços prestados.

Quer conhecer os melhores sites de freelancers em 2022 com mais oportunidades para trabalhar com design? É só continuar lendo e anotar nossas dicas para começar a pegar seus projetos!

Vamos lá? 👀

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

O que é um site de freelancer para design?

Um site de freelancer para design é uma plataforma que conecta designers freelancers a contratantes interessados em seus serviços. Na prática, as oportunidades de trabalho são anunciadas no site e os profissionais podem fazer suas propostas dentro dos valores e prazos estabelecidos.

Então, o contratante escolhe um designer freelancer para fechar o trabalho. De modo geral, as plataformas fazem a intermediação dos pagamentos e cobram uma porcentagem da remuneração do freelancer por esse trabalho. No caso dos contratantes, pode ser cobrada uma mensalidade ou um custo por serviço contratado.

A ideia é garantir a segurança nas contratações, exigindo que o interessado nos serviços de design faça o pagamento com antecedência, mas liberando o valor ao freelancer somente quando o projeto é entregue. Assim, os sites de freelancer para design conseguem evitar os temidos “calotes” e problemas na entrega dos trabalhos.

Além disso, o designer freelancer que utiliza essas plataformas tem a opção de assinar planos profissionais. Dessa forma, é possível se destacar dos concorrentes e ter acesso prioritário às ofertas de trabalho.

💡 Saiba mais: O que faz um web designer no e-commerce e como trabalhar na área

Como conseguir trabalho freelancer de design?

A área de design está em plena expansão e não faltam oportunidades de trabalho freelancer. Na realidade, a maioria dos profissionais do setor atua de forma autônoma, prestando serviços para diversas empresas, agências e até mesmo pessoas físicas.

Para você ter uma ideia, uma busca rápida pelo termo “designer freelancer” no site 99Freelas, um dos maiores do mercado, retorna mais de 86 mil profissionais cadastrados. Muitos deles, com centenas de projetos concluídos.

Além dos sites específicos para freelancers, os designers também podem encontrar oportunidades de trabalho em redes sociais, fóruns e eventos da área. E, claro, por meio de indicações obtidas a partir do networking (rede de contatos profissionais).

Mas, entre todas as opções, as plataformas são as mais democráticas, uma vez que qualquer profissional pode se cadastrar e disputar trabalhos, mesmo sem experiência ou contatos prévios.

Quanto ganha um designer freelancer?

A remuneração do designer freelancer varia de acordo com o tamanho do projeto, a experiência e a senioridade do profissional, e também a verba disponibilizada pelo contratante.

De modo geral, os profissionais da área cobram entre R$ 50 e R$ 300 a hora de trabalho freelancer.

Atualmente, uma das áreas mais bem pagas é o UX/UI design. UI significa User Interface Designer, ou designer de interface de usuário, e UX significa User Experience Design, ou design de experiência do usuário.

Profissionais que atuam nessa área cuidam de toda a experiência do usuário em interfaces digitais, criando sites, aplicativos e plataformas focados em usabilidade. Outra área que permanece em alta é o web design, que consiste na criação de sites e apps para a internet.

De qualquer modo, áreas tradicionais como design gráfico e design de produto seguem tendo demanda nos sites de freelancers.

11 melhores sites para trabalhar como designer freelancer

Se você está se perguntando qual é o melhor site para trabalhar como designer freelancer, saiba que a internet tem várias opções. Veja nossa lista completa e escolha o seu:

1. Programa de Especialistas Nuvemshop

Página de Especialistas Nuvemshop representa o melhor site para freelancer de design

Se você trabalha com web design e UI/UX design, o Programa de Especialistas Nuvemshop é perfeito para encontrar oportunidades na maior plataforma de e-commerce da América Latina, a Nuvemshop. Ao se tornar um especialista, você terá seu trabalho recomendado para milhares de lojistas e ainda poderá aproveitar os seguintes benefícios:

  • Comissão vitalícia de 20% sobre o valor da mensalidade de cada loja criada ou migrada para a Nuvemshop;
  • Apoio total da equipe Nuvemshop, com direito a treinamentos, documentações, ferramentas e atendimento especializado;
  • Acesso aos layouts e integrações profissionais da Nuvemshop, que permitem o desenvolvimento de projetos robustos e customizados do zero;
  • Acesso a uma comunidade de Especialistas que se apoiam, compartilham conhecimento e geram oportunidades de negócios entre si.

Lembrando que quanto mais ativo você for no Programa de Especialistas, maior será a visibilidade do seu perfil e mais oportunidades surgirão na plataforma! E o melhor: ao contrário dos outros sites que veremos ao longo do artigo, você não paga nada para participar.

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

2. 99Freelas

O 99Freelas é uma das plataformas para freelancers mais antigas do mercado, que reúne milhares de profissionais e oportunidades. O site é voltado para trabalhos em design, marketing, programação, educação, contabilidade e várias outras áreas.

Os designers freelancers podem se cadastrar gratuitamente e enviar propostas ilimitadas para potenciais clientes. No entanto, ao fechar um trabalho, é preciso pagar uma taxa que varia entre 5% e 20% do valor de remuneração, com valor mínimo de R$ 10.

Além disso, a plataforma oferece planos premium com diversas vantagens, como ter acesso prioritário às ofertas de trabalho e poder enviar as propostas antes de outros freelancers. Eles custam entre R$ 43,90 e R$ 79,90 por mês.

3. 99designs

Página inicial do site 99 designs

A 99designs se apresenta como a maior plataforma criativa de design gráfico do planeta, focada em conectar designers freelancers talentosos a empreendedores. O site já intermediou mais de 444 mil projetos e conta com uma comunidade global de profissionais.

O cadastro como freelancer é gratuito, mas o site cobra um valor de apresentação de US$ 100 no início de cada projeto fechado com um novo cliente. Além disso, é recolhida uma taxa de plataforma que varia conforme o nível do designer, sendo:

  • Nível Top: taxa da plataforma de 5%;
  • Nível Médio: taxa da plataforma de 10%;
  • Nível Inicial: taxa da plataforma de 15%.

4. Freelancer.com

Página inicial do site Freelancer.com

Na categoria de sites internacionais, o Freelancer.com é um dos mais usados por designers freelancers do mundo inteiro. Para quem busca oportunidades no exterior para ganhar em dólar ou euro, por exemplo, é um excelente canal.

Como freelancer, você pode se cadastrar, criar um portfólio e apresentar propostas gratuitamente. Se o trabalho for fechado, o site cobra uma taxa fixa de 10% da remuneração total ou US$ 5 (o valor que for maior), ou 10% sobre a hora trabalhada.

Para os freelancers participantes do Preferred Freelancer Program, uma espécie de plano premium da plataforma, é cobrada uma taxa de 15% por projeto.

5. Workana

Página inicial do Workana

O Workana é outro site de freelancers brasileiro que tem muitas oportunidades para designers. No caso, a maioria dos contratantes são startups e PMEs, além de pessoas físicas com projetos pessoais.

Da mesma forma que em outras plataformas, o cadastro de freelancer e as propostas são gratuitas. No entanto, o profissional paga uma comissão à plataforma que reduz proporcionalmente à medida que a relação com o cliente avança.

No primeiro trabalho fechado, a porcentagem cobrada é de 20%. Quando o cliente paga mais de US$ 300 por um trabalho, a taxa cai para 10% e, após a superação dos US$ 3 mil ganhos no site, cai para 5%.

6. DesignCrowd

Página inicial do DesignCrowd

A DesignCrowd é outra plataforma global de freelancers que oferece oportunidades de trabalho para as mais diversas áreas do design. Por meio do site internacional, é possível se candidatar para projetos de logotipos, materiais gráficos, sites e apps, peças para redes sociais e muito mais.

A criação da conta é gratuita, mas a plataforma cobra uma comissão fixa de 15% sobre todos os pagamentos que os designers recebem. Os meios de pagamento aceitos pelo site são Payoneer e PayPal.

7. Fiverr

Página inicial do site Fiverr

A Fiverr é uma plataforma de freelancers global voltada a projetos menores nas categorias de design, marketing digital, redação, vídeo, música e programação. O site afirma que já foram fechadas mais de 50 milhões de transações por meio de seu sistema.

Para se tornar um freelancer, basta fazer o cadastro na plataforma e começar a disputar os trabalhos. A comissão fixa cobrada por projeto, independentemente da experiência, é de 20%.

8. Upwork

Página inicial do site freelancer design Upwork

Mais uma opção internacional da lista, o Upwork é um dos sites mais tradicionais do mercado. Ele oferece oportunidades para freelancers das áreas de design, TI, marketing, tradução, atendimento ao cliente, entre outras, e atende grandes corporações como Microsoft, Airbnb e GoDaddy.

O cadastro como freelancer é gratuito e as taxas cobradas variam conforme o valor dos serviços prestados a cada cliente, seguindo a lógica abaixo:

  • Remuneração até US$ 500: taxa de 20%;
  • Remuneração entre US$ 500 e 10 mil: taxa de 10%;
  • Remuneração acima de US$ 10 mil: taxa de 5%.

9. GetNinjas

Página inicial do site freelancer design GetNinjas

Apesar de não ser um site freelancer focado em design, o GetNinjas tem uma área específica para trabalhos como criação de logotipos, modelagem 3D, criação de marca e UX/UI design. No entanto, o funcionamento da plataforma é um pouco diferente dos que vimos até aqui.

No GetNinjas, o designer freelancer deve comprar pacotes de moedas que servem para divulgar anúncios de seus serviços na plataforma e desbloquear os contatos de clientes. Se não houver saldo de moedas na conta, o profissional não consegue acessar os dados dos clientes e aceitar pedidos de serviços.

Cada moeda equivale a R$ 0,15 e são vendidos pacotes com 100, 2 mil e até 4 mil unidades. Depois que o freelancer aceita um pedido, ele fica responsável por fechar o contrato com o cliente. Ou seja: a plataforma não faz a intermediação das negociações, como ocorre nos outros sites.

10. Behance

Página inicial do Behance

O Behance, da Adobe, não é uma plataforma de freelancers, mas sim um espaço para o designer freelancer expor seu portfólio, fazer contatos e conseguir oportunidades de trabalho. Ele está nesta lista porque é um dos sites mais usados por profissionais criativos para encontrar projetos.

O cadastro é gratuito e qualquer pessoa pode exibir seus trabalhos por meio da plataforma e entrar em contato com os membros. Para quem possui a licença Creative Cloud, que custa a partir de R$ 43 ao mês, é possível migrar o Behance para um dos planos do Adobe Portfolio — um serviço que cria um site profissional para exibir os trabalhos do freelancer.

11. LinkedIn

Página inicial do LinkedIn

Por fim, o LinkedIn também não está na categoria de sites de freelancers para design, mas é uma rede social repleta de oportunidades para designers. O site é usado para recrutar profissionais, anunciar vagas fixas e para freelancers, divulgar portfólio e fazer networking de maneira geral.

Então, vale a pena criar seu perfil no LinkedIn e deixá-lo o mais completo possível, utilizando filtros e sinalizando seu interesse em trabalhos freelancers. Assim, você poderá ficar de olho em vagas e oportunidades e, ao mesmo tempo, ser encontrado por empresas em busca de designers freelancers.

Já escolheu seu site freelancer para design?

Agora você sabe em quais sites buscar trabalhos freelancer para aumentar sua renda e ter sucesso como designer. Mas, se você quer oportunidades dentro do e-commerce, chegou ao lugar certo.

Pronto para entrar para o Programa de Especialistas Nuvemshop e conseguir muitos trabalhos freelancer? Então, aproveite e faça o seu cadastro na rede de especialistas da maior plataforma de e-commerce do Brasil! 💙

Aqui você encontra:

Perguntas frequentes sobre site freelancer de design

Um site de freelancer para design é uma plataforma que conecta designers freelancers a contratantes interessados em seus serviços. As oportunidades de trabalho são anunciadas no site e os profissionais podem fazer suas propostas dentro dos valores e prazos estabelecidos.

A remuneração do designer freelancer varia de acordo com o tamanho do projeto, a experiência e a senioridade do profissional, e também a verba disponibilizada pelo contratante. De modo geral, os profissionais da área cobram entre R$ 50 e R$ 300 a hora de trabalho freelancer.

  1. Programa de Especialistas Nuvemshop;
  2. 99Freelas;
  3. 99designs;
  4. Freelancer.com;
  5. Workana;
  6. Designcrowd;
  7. Fiverr;
  8. Upwork;
  9. GetNinjas;
  10. Behance;
  11. LinkedIn.

Faça como +90 mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Testar 30 dias grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop

Quer mais oportunidades como freelancer?

Participe do Programa de Especialistas Nuvemshop e comece uma jornada de sucesso.

Faça agora seu cadastro!

Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies