Lojas Nuvemshop

Flora: indústria vende de Minuano a Phytoderm online

Indústria compraflora.com.br/

Mulher com produto da Phytoderm, linha de skincare da Flora.

Uma das indústrias mais tradicionais no Brasil, a Flora atua há 40 anos nos segmentos de cosméticos, higiene pessoal e limpeza, com marcas muito conhecidas pelos brasileiros — entre elas Minuano, Francis, Neutrox, Phytoderm, OX, Kolene e Assim.

Em 2021, a fabricante decidiu apostar em um e-commerce próprio para vender, diretamente ao consumidor, cerca de 300 itens de suas 12 marcas.

A empresa desenvolveu a loja virtual Compra Flora, que reúne produtos de todas as suas marcas, e uma loja virtual exclusiva para a Phyto Beauté, sua linha de skincare.

Ambas foram desenvolvidas com a plataforma Nuvemshop Empresarial e, em menos de 6 meses desde o lançamento, já conquistaram mais de 100 mil visitantes.

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

A meta da Flora a médio prazo é ter até 5% de distribuição por meio de seu canal digital, considerando seu número total de distribuidores diretos.

A venda pela loja própria faz parte da estratégia da Flora para se adaptar a novos hábitos de compra, já que, com a pandemia de Covid-19, muitos consumidores passaram a comprar itens essenciais pelo e-commerce.

Aliás, um relatório da Mastercard prevê que até 80% do aumento de vendas online no varejo essencial seja permanente após a pandemia.

Conversamos com Vinicius Grecco, gerente de operações logísticas, varejo e e-commerce da Flora, sobre os detalhes da estruturação da operação de vendas online. Para saber mais, continue a leitura!

 

Principais aplicativos instalados

Utilizando as integrações da Loja de Aplicativos, a Flora aumenta vendas, gerencia, atende clientes e muito mais!

Por que a Flora investiu em um e-commerce próprio?

Mesmo sendo uma indústria forte e conhecida, com a pandemia, o time da Flora sentiu a necessidade de conectar suas marcas diretamente ao cliente final. Até então, a empresa vendia seus produtos apenas para varejistas físicos e em marketplaces.

Com a quantidade de marcas conhecidas que temos, por que não ter um e-commerce B2C? Nosso foco está em trazer o consumidor para o site, para comprar desde produtos premium até de menor valor agregado.

Vinicius Grecco

Desta forma, o objetivo é incentivar os clientes a experimentarem novas marcas e produtos que não necessariamente chamariam a atenção nos supermercados.

O e-commerce também se tornou uma fonte direta de insights sobre hábitos dos consumidores da Flora, como frequência de compra, categorias mais compradas e perfil dos clientes.

Kit de produtos da Flora

Kits de produtos da Flora misturam itens de diferentes categorias na loja virtual.

Além do site Compra Flora, a Flora criou o site Phyto Beauté para sua linha de skincare, a Phytoderm. Segundo o gerente, esse nicho de mercado exigia maior exclusividade devido à alta concorrência.

Achamos que não fazia sentido vender produtos de skincare junto a produtos de limpeza e inseticidas, por exemplo. Com uma loja dedicada, conseguimos dar foco maior para a marca e trabalhar melhor os lançamentos.

Vinicius Grecco
Imagem do site Phyto Beauté

Loja Phyto Beauté é dedicada aos itens da Phytoderm, linha de cuidados com a pele.

O desafio do consumidor da Flora

Além da oportunidade de mercado, a Flora viu no comércio eletrônico a possibilidade de resolver alguns gargalos de acesso a seus produtos.

Uma das queixas dos consumidores, antes do e-commerce, era a dificuldade em encontrar lançamentos e produtos específicos no varejo físico.

O e-commerce é uma oportunidade de distribuirmos os produtos a nível nacional e levá-los a alguns locais onde não chegavam.

Vinicius Grecco

O gerente acrescenta que, com a loja virtual, a empresa consegue inclusive oferecer preços mais acessíveis do que nos pontos de venda físicos.

“Por não termos intermediários no e-commerce, o custo fica mais barato e a entrega mais rápida”, explica.

Como a Nuvemshop Empresarial facilitou a expansão de canais de venda?

Como nunca havia vendido diretamente ao consumidor, a Flora buscava uma plataforma de e-commerce com bom custo-benefício e infraestrutura para suportar suas integrações de gestão de pedidos, logística e meios de pagamento diversos.

Mais do que isso, precisava de atendimento especializado e rápido para ajudar na gestão da loja virtual.

Foi com estes critérios que o time da Flora escolheu a Nuvemshop Empresarial.

“Diferentemente de outras plataformas, onde seríamos apenas mais um cliente, com a Nuvemshop Empresarial temos um gerente dedicado à nossa conta.”

Com esse plano da Nuvemshop, exclusivo para lojas em expansão, o time da Flora tem momentos específicos para falar da performance da loja e discutir melhorias.

A facilidade para atualizar o site, mesmo sem uma equipe técnica dedicada 100% ao e-commerce, também foi um diferencial, assim como a usabilidade para o consumidor.

“Queremos que o consumidor tenha fácil acesso a várias categorias em nosso site. Se tiver dificuldade em navegar, não vai comprar”, justifica.

Logística: um ponto crítico para indústrias no e-commerce

Com duas fábricas e centros de distribuição em quatro estados, a Flora integrou a plataforma de e-commerce a seu ERP próprio. Também a integrou a diferentes soluções de logística e transportadoras para garantir diferentes modalidades de entrega.

A loja virtual é integrada às transportadoras e soluções da Total Express, Frenet, Jadlog e Mandaê.

Desta maneira, o consumidor decide, na hora da compra, qual empresa fará a entrega dos seus produtos.

Outro diferencial é o frete acessível e até gratuito dependendo do valor do pedido. “Com o frete reduzido, conseguimos fazer com que o consumidor compre mais”, diz o gerente.

Atualmente, o ticket médio da Flora na loja virtual está em cerca de R$80 reais — consideravelmente acima do ticket médio no varejo físico.

Banner presente no site da Compra Flora.

O frete grátis é uma das iniciativas da Flora para aumentar o ticket médio.

Como a Flora gera tráfego para a loja virtual?

Como uma forma de atrair consumidores para o site, a Flora investe em parcerias.

Uma delas é com o PicPay, para oferecer cashback e descontos exclusivos para usuários do aplicativo. Outra é com o Banco Original, com o qual a Flora está desenvolvendo um clube de compras — uma espécie de programa de fidelidade para usuários do banco.

No Instagram, por sua vez, o investimento é em ações e posts com embaixadoras de cada uma das marcas.

Post da Flora para a marca Neutrox, com participação de Ivete Sangalo, embaixadora da marca.

Post da Neutrox sobre uma ação com a cantora Ivete Sangalo.

Dicas da Flora para a indústria no e-commerce

A entrada de fabricantes no e-commerce causará uma mudança na forma como a indústria se relaciona com o cliente final.

Para Vinicius, a indústria tende a encurtar os caminhos até o consumidor, com cada vez menos intermediários.

No e-commerce, se você tiver qualidade, preço competitivo e um site que roda bem, o consumidor vai acabar indo para sua loja virtual para fazer a compra, diferentemente do varejo físico, que é muito disputado e caro para expor da maneira correta seus produtos no ponto de venda.

Vinicius Grecco

Sua indústria já tem uma loja virtual ou está pensando em entrar no e-commerce? Conheça a plataforma Nuvemshop Empresarial! Oferecemos APIs robustas para customizar sua loja e um gerente dedicado para ajudar na expansão do seu negócio.

Aqui você encontra:

Sua indústria já está no e-commerce?

Migre para a Nuvemshop Empresarial em menos de 30 dias e sem dores de cabeça.

Conheça a plataforma

Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies