Por que um site fica fora do ar e o que fazer nessa situação?

Por: Victoria Salemi
Por que um site fica fora do ar e o que fazer nessa situação?

Aqui você encontra:

Você já tentou acessar um endereço e percebeu que se tratava de um site fora do ar? Ou, pior, seu e-commerce já parou de funcionar em um momento importante?

Se já aconteceu com suas páginas na internet — ou você quer saber como evitar esse problema —, ao longo deste artigo vamos entender as causas, consequências e o que fazer para evitar um site fora do ar.

Então, vamos começar?

Como saber se um site está fora do ar?

Para conferir se um site está, realmente, fora do ar, existem algumas ferramentas em que você pode inserir o link do endereço que deseja consultar:

Cada um desses sites serão capazes de apontar se o endereço que você consultou está mesmo fora do ar. Caso não esteja, mas você não consiga acessar, é possível que o problema esteja:

  • Em sua conexão à internet: cheque se consegue acessar o site por meio de outros dispositivos;
  • Na conexão das operadoras de comunicação: nesse caso, infelizmente, não há nada a fazer, a não ser tentar acessar o endereço por outro dispositivo ou esperar;
  • Com o cache do seu navegador: tente limpá-lo, caso não consiga acessar um site.

Quais problemas um site fora do ar pode trazer?

Um site fora do ar pode trazer vários problemas para quem tem um negócio. Alguns deles são mais óbvios, porém as consequências da impossibilidade de acessar suas páginas podem ir além.

Os principais aspectos negativos que o site fora do ar pode trazer são:

1. Perda em vendas

Se seu e-commerce não estiver no ar, as pessoas não serão capazes de acessá-lo e, portanto, de comprar seus artigos. Além disso, na maioria das vezes, elas não voltam depois para concluir a compra naquela loja. O mais provável é que optem por adquirir o produto na concorrência.

2. Prejuízo para a estratégia de SEO

Outro aspecto negativo do site fora do ar é que ele pode ser penalizado pelo Google na hora de apresentar os resultados para determinada pesquisa.

Isso acontece porque, ao levar as páginas para os usuários, o buscador preza pela melhor experiência possível. E um site que não funciona não agrada os internautas, certo?

Caso seu endereço fique fora do ar com frequência, a tendência é que sua estratégia de SEO (ou seja, de otimização para os mecanismos de busca) seja prejudicada. Depois, mesmo que seu site volte a funcionar, pode levar algumas semanas, até meses, para que você recupere seu ranqueamento.

3. Problemas de credibilidade

Por fim, um site fora do ar pode gerar problemas de credibilidade para uma marca. Imagine que você fez um grande trabalho de branding e que tenha despertado a curiosidade das pessoas pela sua loja.

Com que impressão esse público ficaria se, na primeira tentativa de acesso, o site estivesse fora do ar? Será que eles voltariam depois para conferir? 🤔

Sabemos que as chances são pequenas e que, nesse caso, menos de um segundo seria suficiente para destruir a imagem positiva que você havia construído para sua empresa.

Por que um site fica fora do ar?

Um site pode ficar fora do ar por diversos motivos. Vamos conhecê-los:

1. Erros no código

Uma possibilidade para tirar um site do ar é algum tipo de erro no código de programação, caso suas páginas tenham sido modificadas há pouco tempo. Um sinal que pode identificar que o endereço não está funcionando por este motivo é o código 500, exibido quando você tenta acessá-lo. Ele indica um erro no servidor.

2. Loops de redirecionamento

Outro motivo que pode tirar um site do ar é um loop de redirecionamentos.

Suponha que você tenha três domínios:

  • www.seusite.com.br;
  • www.seusite.com;
  • www.seusite.net.

Para que não precise criar três sites idênticos, são efetuadas as modificações em um deles e o redirecionamento dos outros dois domínios para esse principal. Todavia, caso haja um erro nesse processo de redirecionar, seu site pode ficar fora do ar para pessoas que tentem acessá-lo por um domínio que não o principal.

Além disso, algumas vezes, um navegador pode apresentar erro na hora de levar o internauta à página do redirecionamento. Então, você também pode fazer o teste de trocar o navegador para acessar o site.

3. Domínio e hospedagem expirados

Quando você tem um site, precisa arcar com os custos do domínio (o nome do seu site, seu endereço) e da hospedagem (os servidores que vão armazenar as informações referentes às suas páginas).

No entanto, em geral, esses serviços são pagos por ano. Caso você se esqueça de efetuar o pagamento de algum deles, pode ser que seu site fique fora do ar. Então, fique atento e, se possível, agende o pagamento automático.

Para saber mais sobre o funcionamento de domínio e hospedagem, confira:


Saiba mais...

4. Sobrecarga no servidor

Mais um aspecto que pode tirar um site do ar é a sobrecarga no servidor. Como vimos, esse conceito diz respeito ao armazenamento de informações de um endereço.

Quando muitas pessoas tentam acessar um site ao mesmo tempo e o serviço de hospedagem contratado tem limites de acesso ou de armazenagem, o servidor pode ficar sobrecarregado e deixar de entregar os dados referentes ao endereço. O site, dessa forma, fica fora do ar.

Se você já se deparou com um e-commerce fora do ar em uma data importante, como a Black Friday, por exemplo, saiba que essa é uma causa provável.

5. Ataques DDos e hackers

Por fim, problemas de segurança podem ser os responsáveis por tirar um site do ar.

O primeiro deles são os ataques DDos, que se caracterizam por um script programado para acessar um site diversas vezes em um curto período, causando uma sobrecarga no servidor. Eles podem ocorrer por vandalismo ou intencionalmente por motivos comerciais, por exemplo.

Um ponto de atenção é que, algumas vezes, quando os servidores são compartilhados por vários sites, um ataque a um endereço específico pode afetar também outros hospedados ali.

Além dos ataques DDos, hackers podem afetar seu site, tirando-o do ar. Eles podem roubar ou apagar informações importantes. Portanto, é fundamental encontrar uma hospedagem que invista em segurança.

O que fazer quando seu site fica fora do ar?

Checar qual a causa do seu site fora do ar é fundamental para que seja possível solucionar o problema. Dependendo do que estiver afetando seu endereço, a solução pode ser bem diferente.

Caso o erro seja no código, você precisará revisá-lo ou entrar em contato com o profissional que cuida dessa parte para que ele faça a correção. Infelizmente, caso você dependa de outra pessoa para esse tipo de ação, pode ser que leve algum tempo.

No caso de problemas com o domínio ou com a hospedagem, como a sobrecarga do servidor, será necessário entrar em contato com a empresa contratada para entender o diagnóstico e o que pode ser feito a respeito.

Como evitar que seu site fique fora do ar?

Como foi possível perceber, uma vez que um site esteja fora do ar, a correção pode não ser muito rápida. Portanto, a melhor coisa que você pode fazer é evitar esse problema.

Por esse motivo, vamos conhecer algumas ações que vão te auxiliar a manter seu site em pleno funcionamento:

1. Escolha uma plataforma que garanta que sua loja virtual ficará no ar

Em primeiro lugar, caso você queira vender pela internet, você deve escolher uma plataforma de e-commerce que garanta o máximo de uptime (ou tempo no ar) possível.

Além disso, na hora de escolher a sua (para criar ou migrar sua loja virtual), caso a plataforma já ofereça hospedagem, certifique-se de que ela é robusta e segura. Preste atenção também se a plataforma de e-commerce limita o número de visitas mensais. Opte por aquelas que não tenham esse tipo de restrição.

Para saber mais sobre como escolher uma plataforma de e-commerce e também conhecer todas as funcionalidades da Nuvemshop, confira os artigos:


Saiba mais...

2. Confira a qualidade da hospedagem

Caso você mesmo vá contratar a hospedagem do seu site, não leve apenas o preço em consideração. Como vimos, o barato pode sair caro se o servidor escolhido não tiver capacidade de armazenamento e proteção contra ataques.

Então, pesquise se não há nenhum tipo de limitação. Uma boa ideia é priorizar a hospedagem em nuvem, pois ela facilita a escalabilidade, caso seu site precise de mais espaço.

3. Não se esqueça de renovar hospedagem e domínio

Como vimos, o vencimento da hospedagem e do domínio é capaz de tirar um site do ar. Então, fique atento à época em que elas precisam ser renovadas e não se esqueça de efetuar o pagamento.

Caso possível, programe o pagamento automático, assim você evita esse problema.

4. Fique atento à segurança

Além de uma hospedagem de sites com foco em segurança, também é possível contratar empresas especializadas no assunto.

Ademais, mantenha todos os seus sistemas sempre atualizados, use antivírus em seu computador e, sempre que possível, utilize a verificação em duas etapas em seus logins.

5. Faça backups com frequência

Os backups não vão impedir que seu site fique fora do ar, mas tê-los sempre atualizados vai facilitar muito o trabalho na hora de recuperá-lo. Afinal, você terá todas as informações guardadas e só precisará colocá-las no ar novamente.

Uma boa dica é a de armazenar os dados em um HD externo ou em nuvem. Desse modo, você não sobrecarrega o HD interno da sua máquina e prolonga sua vida útil.

6. Não faça nada sem ter conhecimento

Por fim, se você não tem conhecimentos sobre algum aspecto do seu site, evite mexer sozinho. Posso afirmar categoricamente que não é uma boa ideia — eu mesma já tirei um site do ar porque fui mexer no código sem saber o que estava fazendo. 😅

Busque sempre ajuda profissional para não ter problemas!

Tudo certo?

Esperamos que este artigo tenha te auxiliado a entender melhor o que pode deixar um site fora do ar e como evitar esse problema em seu endereço. Conforme acompanhamos ao longo do conteúdo, os prejuízos causados por um revés como esse podem ser catastróficos.

Quer um acompanhamento integral para seu e-commerce em uma plataforma que tem 99,9% de uptime durante o ano? Conheça o Nuvemshop Empresarial, o plano que oferece assistência personalizada ao seu negócio!

Faça como +60mil lojas e
crie a sua Nuvemshop

Testar 30 dias grátis
Crie a sua loja na Nuvemshop

Quer mudar de vida vendendo pela internet?

Crie agora sua loja virtual com a Nuvemshop e venda de maneira profissional.

Criar minha loja

Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies