Venda roupa pela internet
com a Nuvem Shop

Criar um e-commerce é a melhor maneira de vender vestuário online
e ampliar o alcance da sua marca


Sem compromisso de contrato, permanência mínima nem custo de cancelamento. Não precisa de cartão de crédito.

Seja cuidadoso com a fotografia de produto

Procure mostrar suas peças em uso, escolhendo uma modelo de estilo alinhado à sua marca e poses que não causem dobras nos tecidos (o que pode dificultar sua apreciação).

Componha conjuntos de peças

É sempre bom ajudar o cliente a imaginar como ele poderia usar determinada peça e em que ocasião. Além disso, criar conjuntos com vários dos seus produtos pode incentivar o consumidor a comprar mais, aumentando o seu ticket médio.

Preste atenção às datas especiais

Uma boa estratégia para conquistar mais clientes é oferecer o produto no momento em que as pessoas precisam - por exemplo, nas datas comemorativas que têm troca de presentes. Portanto, mantenha-se atento a essas datas especiais para lançar ofertas ou promoções que captem a atenção de potenciais consumidores.

Esteja presente nas redes sociais

Hoje em dia, quase todas as pessoas usam alguma rede social. Aproveite esses canais para gerar um vínculo mais estreito com o seu público e vender seus produtos em um ambiente em que as pessoas estejam relaxadas, descontraídas e propensas a comprar.

Compartilhe essa página

Sua loja onde você estiver!

Gerencie sua loja com o nosso aplicativo Android ou iOS.

Gerencie sua loja com o nosso aplicativo Android ou iOS.

Cases de sucesso

"Decidimos usar a Nuvem Shop a partir da necessidade de comercializar nossos produtos para todo o país de uma maneira rápida e eficaz, além de poder administrar o estoque online. Criamos a loja em algumas horas e no dia seguinte já estava vendendo, incrível!"

Juan Manuel Carulla, sócio-fundador da Mohammed

"Tínhamos o temor de ninguém se animar a comprar e a única forma de descobrir era testando. Como a Nuvem Shop oferece bons preços com o servidor já incluso, boa dinâmica para trabalhar e um site amigável para o comprador e para o dono da empresa, decidimos seguir adiante. Já no primeiro mês tivemos boas vendas, principalmente com a ajuda do Facebook."

Joaquín Soraide, sócio-fundador da Chilling Company