Nosso site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao acessar o site da Nuvemshop, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies

Passos para abrir um e-commerce no Brasil

Requisitos legais para ter um e-commerce de sucesso

Aula 7 5 minutos

Aqui você encontra:

Começar a empreender pode trazer uma série de dúvidas e questionamentos, certo? Portanto, se você quer saber como abrir uma empresa de e-commerce, veio ao lugar certo.

Separei, neste conteúdo, tudo o que você precisa para tirar o seu projeto do papel e dar vida ao seu negócio. Sem mais delongas, pegue o seu bloco de notas e venha comigo. 📝

📹 Veja também: Vale a pena empreender online em 2021?

1. Defina o seu nicho de atuação

O primeiro passo deve ser entender onde você quer atuar, ou seja, qual mercado você quer desbravar. No e-commerce existe demanda para praticamente tudo, desde roupas até cosméticos artesanais.

Pensando nisso, é importante saber exatamente qual será o segmento do seu negócio. Isso será crucial para que você possa encontrar bons fornecedores, definir a sua audiência e se posicionar no mercado.

Portanto, faça uma pesquisa de mercado para entender quais são as melhores oportunidades do momento. Quanto mais informações você tiver, maiores serão as chances de criar um negócio de sucesso.

Quer entender melhor o que levar em consideração para definir o nicho de mercado do seu negócio online? Então confira o vídeo abaixo!

💡 Saiba mais: Como definir seu nicho de mercado?

2. Defina o seu público-alvo

Depois de entender qual será o seu mercado de atuação, você vai precisar conhecer a fundo quem é o seu público-alvo. Isto é, quem são os seus clientes? Como eles se comportam? Como eles compram na internet?

Além disso, você precisa saber onde moram as pessoas que possuem interesse em seus produtos, qual é a idade média delas e quanto elas costumam gastar. Uma estratégia bastante assertiva para esta etapa é criar uma persona — uma figura semifictícia que representa um consumidor real.

Em resumo, é crucial ter conhecimento sobre dados demográficos e comportamentais da sua audiência. Isso será extremamente importante para suas estratégias de marketing e vendas.

💡 Saiba mais: Persona e JTBD: como identificar o seu público-alvo?

3. Escolha o seu modelo de negócio

Você já sabe o que irá vender e quem é o seu público, certo? Agora, falta planejar como funcionará o seu negócio. Isto é, quais serão os fluxos logísticos, onde será o seu estoque ou, até mesmo, se você terá um estoque próprio e todas as questões que vão definir como sua operação funcionará.

No e-commerce, as possibilidades são diversas. Por isso, você precisa estudar os modelos de negócio que podem fazer sentido com o seu atual momento. Por exemplo, você pretende importar produtos? Produzir seus próprios materiais? Vender via dropshipping? Para cada opção, existe um processo diferente.

Portanto, defina a forma como sua empresa irá vender antes de criar sua loja virtual. Isso irá refletir diretamente na experiência de compra que você vai oferecer para o seu cliente.

💡 Saiba mais: 20 ideias para negócios online

4. Defina o seu tipo de empresa

Abrir um comércio eletrônico e vender seus produtos exige comprometimento, tempo e energia. Depois de definir o modelo de negócio, é recomendável abrir uma empresa para poder contar com a credibilidade de ter um CNPJ.

Embora seja possível começar a operar como pessoa física — usando apenas o seu CPF — , saiba que abrir uma empresa legal é o primeiro passo para se profissionalizar. Para abrir um CNPJ, basta acessar o Portal do Empreendedor e apresentar:

  • Documento de identidade dos sócios e proprietários;
  • Contrato Social;
  • Comprovante de Residência;
  • Carnê de IPTU do imóvel onde a empresa terá sede;
  • Comprovante de pagamento das taxas DARE e DARF.

Abrir uma empresa ou criar um registro MEI (microempreendedor individual) deixou de ser burocrático e você pode fazer praticamente tudo online. Além de trazer mais confiança para a sua marca, você se mantém dentro da regularidade.

💡 Saiba mais: Tipos de empresa: quais são e como escolher?

5. Organize um orçamento

É claro que, assim como em qualquer negócio, um e-commerce demanda investimentos iniciais. Seja para criar seu estoque, dar início à produção ou custear a criação do seu site.

Pensando nisso, tenha em mente os gastos que você terá nesse primeiro momento e organize um orçamento especialmente para isso. Assim, você evita ter dores de cabeça e problemas para iniciar a operação da sua loja virtual.

Uma boa dica aqui é criar um plano de negócios, que consiste em um documento que reúne todas as informações importantes sobre sua empresa. Desde o orçamento até as estratégias de vendas, tudo pode ser organizado neste documento que te ajudará a fazer uma gestão mais eficiente do seu negócio.

Quer saber como criar um plano de negócios? Confira o artigo abaixo com o passo a passo:

💡 Saiba mais: Como fazer um plano de negócios?

6. Escolha uma plataforma de e-commerce

Por fim, mas, definitivamente, não menos importante, você deverá pensar na sua plataforma de e-commerce. Esse é o sistema que ficará responsável por manter a sua loja virtual no ar e garantir que as pessoas possam acessá-la e fazer compras.

Escolha um sistema que permita que você crie e gerencie seu e-commerce com praticidade e eficiência. Além disso, a plataforma precisa ser estável, pois não é nada bom perder vendas por conta de um site fora do ar, certo?

A Nuvemshop, por exemplo, além de oferecer toda a infraestrutura necessária para que você crie sua loja e venda sem burocracia, garante um uptime (tempo em atividade) de 99,9% durante o ano. Isso significa que, durante o período de 12 meses, as chances de instabilidade não chegam a 1%.

Além do mais, criar uma loja na Nuvemshop é rápido, prático e você não precisa ter conhecimentos técnicos. Veja um passo a passo no vídeo abaixo:

Crie sua loja virtual e venda pela internet
Crie sua loja virtual e venda pela internet pelo seu computador

Quais são os documentos necessários para abrir uma loja virtual?

Em tese, para começar a vender online é necessário possuir apenas um CPF válido. No entanto, como estamos falando de um mercado altamente competitivo, investir na profissionalização da sua marca pode ser um diferencial.

Pensando nisso, começar com um CNPJ ou um registro MEI enquadrado no CNAE correto irá te ajudar a construir um negócio mais sério. Além de ajudar com a credibilidade da sua empresa, ter um registro profissional traz vantagens como:

  • Emissão de nota fiscal;
  • Abertura de conta bancária empresarial;
  • Otimização da contabilidade.

Outro ponto importante é se ater às particularidades do seu mercado de atuação. Alguns negócios, como os de bebidas alcoólicas, por exemplo, precisam de alvarás específicos para garantir a atividade legal da empresa.

Portanto, busque se informar sobre os cuidados e responsabilidades legais do seu negócio — caso haja. Ademais, não existem muitas exigências burocráticas para abrir uma loja virtual.

A ideia é, justamente, permitir que você empreenda sem grandes obstáculos. Então, se você está pensando em criar uma loja virtual, confira o guia abaixo com tudo o que você precisa para começar a vender online:

Resumo

Abrir uma empresa de e-commerce não envolve muita burocracia, além de não demandar grandes investimentos iniciais. Portanto, se você sonha em vender pela internet, não perca tempo e conquiste o seu espaço no e-commerce!

Crie a sua loja virtual e venda pela internet
Testar 30 dias grátis

Para finalizar a leitura, confira um rápido resumo sobre o que aprendemos por aqui:

Como abrir uma empresa de e-commerce?

  1. Defina o seu nicho de atuação
  2. Defina o seu público-alvo
  3. Escolha o seu modelo de negócio
  4. Defina o seu tipo de empresa
  5. Organize um orçamento
  6. Escolha uma plataforma de e-commerce

Quais são os documentos necessários para abrir uma loja virtual?

  • CPF ou CNPJ
  • Registro MEI (opcional)
  • Alvará de funcionamento (caso seja necessário)

E, se você está procurando por uma plataforma de e-commerce completa, segura e robusta, o que acha de fazer um teste grátis por 30 dias com a Nuvemshop? Crie sua loja virtual e comece a vender hoje mesmo! 💙